Maio foi um mês mais que especial no Progen-Projeto Geração Nova.

No dia 20 de maio, aconteceu no Progen o I Retiro para intérpretes do Mãos que Evangelizam.

O Retiro teve como tema a passagem de Jeremias 1, 05 “Antes que no seio de tua mãe fosses formado, eu já te conhecia; antes do teu nascimento já te havia consagrado”, foi um domingo inteiro de oração, pregação, adoração ao Santíssimo Sacramento e Santa Missa com a participação de diversas pastorais  e pessoas ligadas a evangelização dos surdos do estado de São Paulo.

Deus realizou muitas curas nesse dia. O domingo começou com  o amor de Deus tocando nossos corações por meio da Oração conduzida pelos missionários da Comunidade Canção Nova Rui Junio, Anailde e Débora, nos fazendo recordar que Ele que desde o ventre nos chamou e já havia nos escolhido e amado de forma muito especial.

Ainda pela manhã, Verinha que é Missionária da Comunidade Canção Nova  pregava a importância de os intérpretes reconhecerem a necessidade da Perseverança no caminho do Senhor , mas, que isso só se daria a partir de uma experiência com Ele.

Na Santa Missa, Pe. Aluísio Ricardo ungiu e orou por cada um dos intérpretes, pedindo para que o Senhor reinflamasse o Espírito e renovasse a missão, o chamado de todos os intérpretes. A Celebração Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus, que dá força para prosseguir a caminhada.

No período da tarde, o Espírito Santo se manifestou com poder no nosso meio. A Pregação de Jimmy Fioramonte, também missionário da Canção Nova foi um momento de derramamento do Espírito, curando nossos corações. O dia foi encerrrado com uma Adoração ao Santíssimo Sacramento, onde quem abriu o coração o teve curado das feridas do dia a dia, de trabalho, situações familiares e de toda história. Foi um momento muito marcante, uma oportunidade de encontro pessoal com Jesus.

Para a intérprete Lauriane Lamins que  participou da organização do encontro o resultado final superou todas as expectativas: ” foi o primeiro retiro específico para intérpretes que fizemos, sei que já deu bons frutos, pois muitos já partilharam. Deus falou com cada um em particular, isso nos deu um fôlego novo para continuar lutando”, disse Lauriane.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *