Nesse Podcast eu trato do Pecado da Ira e suas consequências na vida humana, como também, apresento a virtude para enfrentá-lo. Se você deseja saber um pouco mais acerca desse pecado que expressa uma necessidade violenta de reação perante os sofrimentos, contrariedades e até injustiças da vida, acompanhe mais esta reflexão, que muito lhe ajudará nesse processo de enfrentamento das dificuldades interiores, que geram tais reações impulsivas. Quando tocamos nos conflitos interiores observando-os além das razões e conceitos que temos, na humildade, temos condições de viver a superação de tais conflitos, que mesmo não nomeados e identificados, existem e interferem poderosamente na nossa caminhada cotidiana. Mesmo que uma pessoa não chegue aos extremos de sua ira, devido a sua passividade, sofre com toda certeza em sua vida as consequências do seu rancor!

Que Deus na sua bondade te abençõe, concedendo-te a graça que pacifica o coração!

Pe. Eliano Luiz Gonçalves.

Vice Reitor do Seminário Diocesano Nossa Senhora Mãe dos Sacerdotes.

“O pecado arrasta ao pecado; gera o vício, pela repetição dos mesmos atos. Daí resultam as inclinações perversas, que obscurecem a consciência e corrompem a apreciação concreta do bem e do mal. Assim, o pecado tende a reproduzir-se e reforçar-se, embora não possa destruir radicalmente o sentido moral.

O pecado é um ato pessoal. Mas, além disso, nós temos responsabilidade nos pecados cometidos por outros, quando neles cooperamos:

– tomando parte neles, direta e voluntariamente;

– ordenando-os. aconselhando-os, aplaudindo-os ou aprovando-os;

– não os denunciando ou não os impedindo, quando a isso obrigados;

– protegendo os que praticam o mal.

Assim, o pecado torna os homens cúmplices uns dos outros, faz reinar entre eles a concupiscência, a violência e a injustiça. Os vícios podem classificar-se segundo as virtudes a que se opõem, ou relacionando-os com os pecados capitais (…)” (cf. Catecismo da Igreja Católica, parágrafos 1865 a 1869).

Com minha bênção sacerdotal,

Padre Eliano Luiz Gonçalves.

Vice Reitor do Seminário Diocesano Nossa Senhora Mãe dos Sacerdotes.