«

»

abr
14

Os valores da Páscoa

VALORES DA PASCOA

Para melhor compreendermos a Páscoa e seus reais valores

Os valores são chaves para a nossa felicidade; são princípios que norteiam toda nossa vida e nos ajudam a dar sentido a todas as coisas. Na grande festa da Páscoa existe uma grande diversidade de valores: ela nos reúne, nos ajuda a criar laços, nos leva ao conhecimento de Deus, de nós mesmos e do outro; nos leva a sermos mais humanos, amigos e solidários.

Neste tempo pascal o valor maior é o da ‘Espiritualidade’: sabemos da grande importância dessa para a humanidade, esta nos marca desde as nossas origens. A espiritualidade sugerida pela Páscoa é capaz de produzir em nós profundas transformações em nossa estrutura de base.  Ela não é superficial e somente exterior, mas é integradora; relacionada com as qualidades do espírito humano – tais como amor, a compaixão, a convivência e a abertura ao transcendente. Esta tem seus fundamentos em Cristo e seu novo mandamento do amor: “Amai-vos uns aos outros. Como eu vos tenho amado” (Jo 13,34).

Outros grandes valores que não faltam na Páscoa são a ‘Unidade’, o ‘Respeito’, a ‘Convivência’ e a ‘Solidariedade’. Assim como esses cinquenta dias são celebrados como se fossem um só, assim também devemos viver, como uma só família humana, buscando uma convivência fraterna e pacífica. Que nossas boas obras e nossas vozes em cada canto das nossas cidades, possam levar a alegria do Ressuscitado sobretudo aos mais pobres, doentes, àqueles mais distanciados e a todas as pessoas, pois são amadas pelo Pai.

O grande valor da ‘Esperança’ é muito cultivado: desde a alvorada de Páscoa, uma nova primavera de esperança invade o mundo; Jesus ressuscitou! Não só para que a sua memória permaneça viva em nossos corações, mas para que Ele mesmo viva em nós, renove a nossa vida e nos potencialize para sermos melhores; para superarmos todos os sinais de morte que nos atingem, pois somos filhos da vitória pascal, a esperança resplandece em nossas faces. Como nos diz o papa Bento XVI: “esperança ativa, que nos faz lutar para que as coisas não caminhem para um fim perverso”.

Nesta Páscoa valorizemos também, a reflexão e meditação principalmente sobre a paixão e a ressurreição de Cristo. A paixão do Senhor, seu sangue derramado foi por amor a cada um de nós, esta deve tocar profundamente nossos corações neste tempo tão especial. Sobre a sua ressurreição, nos diz o apóstolo Paulo: “se Cristo não ressuscitou vã é a nossa pregação e a nossa fé” (1 Cor 15,14). Toda a nossa fé parte do grande marco da Ressurreição. Nele também todos nós ressuscitaremos.

Enfim, as ações nobres, os sonhos e lutas; a fé e a oração por um mundo mais justo e solidário, por cristãos mais renovados e fiéis. Que se encha nosso olhar de luz, como os dos discípulos e discípulas que viram o sepulcro vazio e o Filho de Deus ressuscitado.

FELIZ PASCOA !

Link permanente para este artigo: https://blog.cancaonova.com/padregeraldinho/2017/04/14/os-valores-da-pascoa/

1 comentário

1 menção

  1. Panama disse:

    Ó Maria, Mãe de Jesus, pela vossa união íntima aos sentimentos e sofrimentos de vosso Filho, já se iniciou a nossa participação na vida e no sacrifício de Jesus. Vós fostes a primeira a ser salva e manifestastes assim perfeitamente não só nossa dor e arrependimento do pecado, como também nossa oferenda de cada dia e nossa alegria pascal. Pois, da morte de vosso Filho nasceu a vida eterna para todos os que crerem n’Ele. Ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, ensinai-nos a amar a Jesus e viver da vida que surgiu da sua morte, na fidelidade pela fé, esperança e caridade. Mostrai-nos o lado aberto donde brota para sempre a fonte da salvação. Ensinai-nos a honrar e olhar convosco o Coração ferido de Jesus. Ajudai-nos a compreender e imitar sempre melhor o seu amor. Vós permanecestes de pé junto da cruz de vosso Filho porque já esperavas sua ressurreição. Nós também exultamos porque o pecado foi vencido e a graça apareceu. Ó Nossa Senhora do Sagrado Coração, vós que permanecestes de pé junto da cruz, unida ao Coração do vosso Filho, ensinai-nos o sentido do sofrimento, do sacrifício e da morte, pois, temos que completar em nosso corpo “o que falta” à paixão de vosso Filho para que sua ressurreição se realize e se estenda também a nós. Dai-nos coragem de ficar junto da cruz aceitando a demora de Deus ou seu silêncio aparente, fazendo de nossas provações, da nossa participação nos sofrimentos de nossos irmãos, uma oferenda comum que abre caminho para um mundo novo e melhor. Ajudai-nos também a compreender e aceitar que, se a graça por nós pedida for adiada, será porque receberemos outras maiores, na hora certa para o nosso bem e o de nossos irmãos, e que isso também será um sinal de amor da parte de Deus, nosso Pai. Amém! Reza-se o “LEMBRAI-VOS”.

  1. Pe Geraldinho disse:

    a paz !
    veja meu artigo sobre a Páscoa – http://blog.cancaonova.com/padregeraldinho/2011/04/20/os-valores-da-pascoa/

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>