jan
22

Impactos da fé

Sobre a experiência de Deus em nossa vida

fé em Deus

 

Certo dia um discípulo preocupado com sua espiritualidade e sua experiência com Deus se aproximou do mestre e lhe perguntou:

– Mestre qual o maior impacto da fé em nossa vida?

– O mestre, com seu olhar calmo e manso, respondeu com um sorriso nos lábios.

– Meu caro, na realidade, são dois impactos maiores: o primeiro é que o ser humano se torna mais de Deus, dado à oração, a  uma espiritualidade consistente, à fé. O segundo é que ele se torna mais dos outros, mais próximo, mais humilde, solidário, acolhedor e amigo de todos os homens; um ser humano melhor; pois confiar em Deus e aderir à sua verdade não vai contra a liberdade, o bem e nem à nossa inteligência.

Link permanente para este artigo: https://blog.cancaonova.com/padregeraldinho/2021/01/22/impactos-da-fe/

dez
21

Testemunho de um jovem sobre as drogas

A experiência de Paulo Simeão do Nascimento

Num momento de expectativa e de oração que antecedia a Santa Missa, já indo em direção à capela, o Paulo Simeão, me chamou e passando um pouco de emoção em suas palavras me entregou um pequeno bilhete pedindo que eu rezasse por alguns amigos seus que tinham sido assassinados.

Após a santa missa ele contou-me quem era e como havia encontro nova direção para sua vida: – Padre, sempre fui de uma família católica, acreditava em Deus, ia à Igreja e gostava de estudar. Com meus 14-15 anos, fui ficando independente, comecei a ir para às festas, me afastar da família e dos bons amigos. Me envolvi com amizades erradas e pessoas que não me ajudavam a crescer na vida.

Leia mais »

Link permanente para este artigo: https://blog.cancaonova.com/padregeraldinho/2020/12/21/meu-novo-artigo-2/

dez
01

Qual é a fila para ver Jesus?

pe geraldinho

Olá, a paz

Uma amiga me enviou um vídeo musical maravilhoso na linda voz da cantora norte americana Becky Kelley com a maravilhosa canção ‘qual é a fila para ver Jesus(Where’s the line to see Jesus?).

O vídeo narra a história de uma pessoa que entrou em um centro comercial e ali tinham várias filas: Filas na praça de alimentação, fila nos caixas das lojas e outra fila para o papai Noel. De repente uma criança se aproximou da pessoa, com brilho nos olhos e perguntou: – Qual é a fila para ver Jesus, Ele está aqui na loja, se no Natal celebramos seu nascimento, porque não o vemos mais?

Essa é uma daquelas perguntas singelas e desconcertantes que as crianças nos fazem e que nos levam a profundas reflexões acerca das nossas atitudes. No tempo natalino a movimentação do comércio, as ações midiáticas, as decorações natalina e uma variedade de personagens se espalham por toda parte e muita gente procura de tudo, menos o aniversariante do dia que é Jesus. O mundo consumista vai impondo a mentalidade de que o Natal é uma festa estranha ao cristianismo, uma festa do consumismo, do materialismo, na realidade uma festa pagã, distante do seu verdadeiro sentido. A forma de algumas pessoas celebrar o Natal se tornou uma verdadeira ofensa ao nosso Senhor.

Na realidade a pergunta da criança “Qual é a fila para ver Jesus”, questiona a todos nós a respeito do verdadeiro sentido do Natal. Nos impele a não deixar que o verdadeiro sentido do Natal se perca, a não deixar que certos elementos ou personagens assumam o lugar do menino Jesus, dos anjos e pastores, da família de Nazaré e do clima de religiosidade e fé propício desse tempo. Veja essa linda passagem bíblica que dá sentido ao natal: “Deus amou tanto o mundo que deu o seu Filho único, para que todo aquele que Nele crê não se perca, mas tenha a vida eterna” (Jo 3,16). Também no evangelho de Lucas, quando os anjos avistaram os pastores disseram com todo entusiasmo: “Eu vos anuncio uma grande alegria: nasceu o Cristo Senhor” (2,10). É o nascimento Dele que celebramos no Natal.

A época do Natal deve, de alguma forma, nos fazer pessoas melhores, mais generosas, nos despertar um pouco mais para a caridade, para experiência do renascimento, para fé e para o bem do próximo. Natal é o nascimento de Cristo em nossa vida e também o nosso nascimento na vida Dele. O Natal deve nos aproximar do presépio, da manjedoura, da família de Nazaré, do menino que nos foi dado: como narrou o profeta Isaias: ”Porque nos nasceu um menino, um filho nos foi dado, o governo está sobre os seus ombros. Ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus forte, Pai eterno, Príncipe da Paz” (Is 9,6).

O papa Francisco na sua homilia de natal, com singelas palavras aprofundou a questão dizendo: “O Natal nos lembra que Deus continua a amar todo ser humano”. Viva bem o seu natal! Participe da celebração do natal na sua igreja, reúna sua família com alegria, sobriedade e amor… Com esse verdadeiro espírito do natal, para que possamos construir nossa espiritualidade de forma sólida; nossas famílias e nossa sociedade cada vez mais solidária, pacifica, fraterna e amorosa.

Feliz Natal, um Natal santo, maravilhoso pra você.

 

Link permanente para este artigo: https://blog.cancaonova.com/padregeraldinho/2020/12/01/qual-e-fila-para-ver-jesus/

ago
25

O mês da Bíblia e sua importância

pegeraldinho, bibliaPorque temos o mês da Bíblia?   

O Mês da Bíblia, setembro, surgiu em 1971, por ocasião do cinquentenário da Arquidiocese de Belo Horizonte, Minas Gerais. Com a graça de Deus foi levado adiante com as iniciativas de vários serviços de animação bíblica de nossa Igreja. Até, a partir de 1985, ser assumido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e estender-se ao âmbito nacional.

Objetivos principais: I auxiliar para que a Bíblia esteja mais presente na ação evangelizadora da Igreja: em suas pastorais, movimentos e em todos os setores da sociedade; II produzir subsídios bíblicos nas diferentes formas de comunicação, tornando, assim, a Bíblia mais acessível a todos; III promover o diálogo e as ações evangelizadoras nas comunidades por meio da força e sabedoria da Palavra de Deus. Leia mais »

Link permanente para este artigo: https://blog.cancaonova.com/padregeraldinho/2020/08/25/o-mes-da-biblia-e-sua-importancia/

ago
08

Vocação Sacerdotal, um ofício de amor

Ser padre é passar a vida fazendo o bem

Pensando em vocação, contemplando o rosto de Cristo Sacerdote, louvo ao Senhor pelo chamado feito a mim e a todos os nossos irmãos no sacerdócio. Homens que fazem da vida uma experiência constante de doação, homens que Cristo escolheu para continuar a sua obra no tempo.

Hoje reflito a vocação sacerdotal, pois nestes meus poucos anos de padre já percebo seu valor em minha vida, mas também percebo que muitos da nossa sociedade não a interpretam com o seu verdadeiro sentido ou a interpretam de forma limitada. Devemos lembrar-lhes sempre que a vocação sacerdotal é um caminho edificante, um dom de Deus, uma expressão do seu amor e cuidado para com o povo de Deus e toda a sociedade. Como dizia o santo Cura d’Ars: “O sacerdote faz renascer no mundo o pensamento e o desejo das coisas do Céu”. Leia mais »

Link permanente para este artigo: https://blog.cancaonova.com/padregeraldinho/2020/08/08/a-vocancao-sacerdotal/

Posts mais antigos «

» Posts mais novos