Quem de nós não precisa aprender a conviver com seus medos? A Bíblia nos aconselha em cada página: “Não temas, pois o Senhor está contigo”. O Salmo 22 é uma das mais populares canções de encorajamento: “Ainda que eu passe pelas sombras do vale da morte, não temerei, pois o Senhor está comigo”. Outra coisa muito diferente é o “temor de Deus”. Não é medo. É respeito. Devemos respeitar a Deus, mas também devemos respeito em outras situações. Quando você vai à praia e resolve nadar um pouco, coragem demais pode ser fatal. Meu pai sempre dizia que o mar exige respeito. Não precisamos ter medo do fogo… mas é melhor respeitar para não sair queimado.

Outra situação é essa que Pe. Pio indica em sua inspirada frase. Muitas vezes damos atenção demais ao que os outros pensam e falam sobre nós. Existem pessoas que ficam em pânico só de saber que estão na língua do povo. De fato, isso não é nada agradável. Porém, deveríamos temer, ou seja, respeitar, muito mais o julgamento de Deus. Não é porque o noss pecado permaneceu oculto que saímos ilesos da situação. Deus vê o que está oculto. Antes de fazer qualquer coisa, lembre que Deus está vendo. Ele enxerga os corações. Por isso seu juízo é perfeito. Outra coisa é o juízo das pessoas. Quanto preconceito, segundas intenções, espírito de revanche e vingança…

Não devemos temer os juízo imperfeitos da humanidade. Deus sim… este fará justiça!

2 Comentários

  1. Simone Teixeira

    Pe. Joãozinho,

    Houve um tempo em minha vida em que a opinião das pessoas era fundamental. Eu era insegura demais e neccessitava de aprovação para me sentir bem. Queria ser amada e achava que só os bons mereciam amor…
    Hoje sei que amo e sou amada por Deus e o que pensam ou falam de mim passou a ser problema deles. Não sinto mais a necessidade de ser amada por todos e rezam pelos que não me suportam… Sei que todos temos defeitos e qualidades e você me ennsinou que “se achar a pior do mundo” é ser orgulhoso às avessas… de qualquer forma estou querendo ser mais!
    Todos temos defeitos e qualidades, somos mistura de lama e luz. O importante é buscar o alvo e confiar na misericórdia de Deus que conhece nossos limites e nossas intenções.
    Na nossa primeira conversa em Taubaté você me disse que, se até a sociedade capitalista que é fria e calculista tinha instrumentos como insolvência, concordata e falência, eu estava sendo muito orgulhosa por não aceitar meu próprio fracasso… E, sobre um outro assunto, disse-me também que morrer não era uma forma inteligente de revanche… Valeu!
    Grande abraço,

    Simone.

  2. Márcia Anne Gomes dos Santos

    Olá Pe Joãozinho, Que Deus Nosso Senhor continue abençoando sua Missão de Evangelhizar.
    Meu nome É Márcia Anne Gostaria de parabenizá-lo, por esta pedagogia de fácil entedimento para com os cristãos, principalmente com aqueles que tem seus corações cheios de dúvidas, Gostaria muito que a Canção Nova enviasse para o meu E-mail este sermão.
    Obrigada
    Ass: Márcia Anne
    Que deus abençoe todos nós.

Deixe uma resposta para Márcia Anne Gomes dos Santos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.