Hoje foi u domingo-padrão. Absolutamente normal. Missa na paróquia Mãe da Igreja de manhã, almoço com equipes de Nossa Senhora e agora a noite promete ser agitada. Serei jurado e cantarei na final de um festival de músicas em São José dos Campos. Domingo de padre. Que bom!!!!

6 Comentários

  1. Como padre voc eé meu sonho de “consumo” deve ser uito prazeroso trabalhar com alguem assim como você de mente aberta as realidades e as miseriass humanas.. Sem querer ou pretender ser Deus só porque é sacerdote..
    Bacini, bello!
    Grazie mille!

  2. Simone Teixeira

    Amigo,

    Agradeço a Deus pelo seu sacerdócio e a Deus por ter me permitido conhecer o PADRE que você é.
    Obrigada por suas orações e pense no que eu lhe disse, por favor!

    Simone.

  3. Maria Inês

    Pe Joãozinho,

    A música faz parte de sua vida, como o ar que respira, não importa o tamanho do evento! empenho,distância. É um dom a mais a serviço do Reino de Deus.

    Equipes de Nossa Senhora- conheço a espiritualidade, seu fundador pe. Caffarel,viu possibilidade de também chegar a santidade, os casados…
    Poderia fazer um artigo, para as famílias, jovens namorados, noivos, encontrassem o valor do matrimônio.Segundo a espiritualidade das equipes de Nossa Senhora.
    Que o show seja pleno da presença de Jesus no meio de vcs!

    Inês

  4. Maria Inês

    Pe, Joãozinho,

    Ultimamente pela situação em que se encontra em baixa os valôres da família, tenho o desejo, de escrever comentários que tragam evidência os exemplos positivo, pois sinto não ser minha tarefa, apenas descrever negativos mesmo se verdadeiros…mas um desejo de semear a Vida!!!!
    Uma lei mais eficaz: o amor

    Graças à simples “escuta” de uma advogada, um casal prestes a se separar volta atrás e recomeça a vida juntos

    Superando as normas jurídicas que regulam a nosso convívio, o amor assume uma medida maior do que a da justiça e resolve até situações aparentemente sem saída.

    Como advogada não me faltam oportunidades para exercer a minha atividade profissional a serviço dos outros, procurando não limitar as possibilidades de amar, nas circunstâncias concretas. Este modo de ver e de conduzir a profissão muitas vezes provoca uma mudança radical nos outros.

    Um dia recebi o telefonema de uma senhora. Depois de uma briga com o marido a sua filha tinha decidido se separar. O genro tinha contatado um advogado que, em menos de 24 horas, tinha preparado o pedido de separação consensual, faltava somente a assinatura da esposa. A mãe, preocupada, pediu-me para interferir. Ela sabia que aquele era um gesto impulsivo de rancor e não queria que isso prejudicasse o futuro da família deles.

    Sem o mandato de uma das partes eu não podia fazer nada. De qualquer forma, a senhora me pediu que recebesse a sua filha, que ela mandaria até mim com a desculpa de escutar o parecer de um outro advogado.

    Escutei longamente a jovem esposa e percebi que o casamento poderia ser salvo porque, de fato, os dois haviam agido por um impulso, sem a consciência das conseqüências reais. Bastava aquela assinatura embaixo do pedido e para eles, provavelmente, aquilo significaria o fim do relacionamento. No final da conversa a esposa me pediu que a representasse no julgamento.

    Então telefonei ao colega que tinha preparado o pedido, dizendo-lhe que antes de fazer uma separação eu costumo aprofundar bem as razões da crise conjugal, e que para mim 24 horas não eram suficientes. Pedi que me mandasse as cláusulas do processo. Depois de alguns dias procurei pela senhora. Ela me disse que ela e o marido haviam repensado e decidido recomeçar.
    Ultimamente soube que eles têm dois lindos filhos.

    (F. C.)

  5. Olá Pe. Joãozinho !
    Fiquei sabendo q a missa q presidiste aqui na Estiva (Taubaté-SP)ontem foi muito abençoada, dessa vez não tive o previlégio de reve-lo pois participei em outro horário(eu estava na missa do dia dos pais q tbém foi de boa reflexão pricipalmente aos pais), obrigada por se lembrar de nossa Paróquia seja sempre bem vindo !!!
    a sua benção !

  6. Valéria de Castro Lima Santos

    Foi muito boa nossa convivência no domingo, uma surpresa para nós.
    As suspresas são sempre mais gostosas.
    Abraços do pessoal das Equipes de Nossa Senhora de Taubaté

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.