O debate vai ficando mais respeitoso e interessante. O estudioso leigo, Orlando Fedelli, acaba de revelar o que já sabíamos:

“Eu me recuso a aceitar esse Concílio como infalivel, e repilo tudo o que o Vaticano II “pastoralmente” ensinou contra o ensinamento de sempre da Igreja Católica.”

A questão está cada vez mais bem situada. Será que é mesmo possível que um Concílio, ainda que pastoral, tenha sido “incoerente” e até “contrário” ao ensinamento dogmático anterior da Igreja Católica? A simples hipótese causa perplexidade. Pessoalmente não consigo imaginar aonde este maravilhoso Concílio errou. Sugiro ao Sr. Orlando Fedelli que mostre e comprove estes erros.

73 Comentários

  1. Joel Xavier

    COM A PALAVRA, ORLANDO FEDELI:

    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cartas&subsecao=polemicas&artigo=20090828113357&lang=bra

    “…Muito obrigado por seu apoio e por sua crítica ao que faz e, principalmente, ao que diz e ensina Padre Joãozinho, abusando da missio canonica que realmente ele recebeu e tem. Missio canonica que eu, como leigo, não recebi e não possuo. E por não possui-la, eu não posso ensinar oficialmente em nome da Igreja.

    Mas, como leigo batizado na Igreja Católica Apostólica Romana, dela faço parte e tenho o dever de ensinar a verdade que a Igreja sempre ensinou e da qual devo dar testemunho, inclusive com a vida, caso seja necessário.

    Os leigos sempre precisaram testemunhar a verdade católica até com o derramamento de seu sangue, quanto mais com o “derramamento” da palavra.

    E mais vale ensinar a verdade, mesmo que sem missio canonica do que trair a verdade e ensinar heresias com missio canonica.

    Como você bem lembra, os pais são obrigados a ensinar a verdade católica a seus filhos, e os tios e padrinhos também são obrigados a ensinar a verdade católica a seus sobrinhos e afilhados.

    Assim também, os professores têm o dever de estado de ensinar a verdade católica a seus alunos e a dar aulas de religião.

    Isso sempre foi ensinado pela Igreja. Você bem lembra ainda que o sacramento do Crisma nos faz soldados da Igreja, soldados de Cristo, com o dever de defender a fé com o seu saber e com os argumentos que possuam. Sempre, na história da Igreja, os leigos ensinaram a quem podiam, ainda que não tendo a missio canônica oficial, própria do clero.

    O menino Giovanni Bosco — portanto, ainda um leigo -, Giovannino Bosco ensinava catecismo e procurava afastar da porta das igrejas os que perturbavam de qualquer modo a Missa. E ele não havia recebido missio canônica para fazer isso. Entretanto, ele se tornou São João Bosco.

    Na história há Joões e Joões.

    Há Joãozinhos e Joãozinhos…

    E quantos leigos defenderam a Fé!

    Quantos Papas convocaram os leigos a difundir a Fé e a defendê-la contra os hereges. Mesmo contra padres e contra Bispos hereges.

    Padre Joãozinho quer reduzir os leigos a “cães mudos”.

    A mim, ele quer me fazer ou omisso, ou cúmplice do silêncio dos que têm a missio canônica de ensinar a verdade e se calam. Quer me fazer cúmplice, por omissão, dos que abusam dessa missão canônica, ensinando mentiras e heresias sobre a presença real de Cristo na Eucaristia, ou negando que só na Igreja Católica se alcança a salvação.

    Ou cúmplice daquele — o próprio Dr. Padre Joãozinho – que afirma que aceita o dogma de que “Fora da Igreja não há salvação”; que “subscreve esse dogma em gênero , número e grau” e, frases depois, nega serpentinamente esse mesmo dogma, nos meandros maliciosos e torcicolosos do seu contexto.

    Padre Joãozinho defende o Vaticano II.

    Eu me recuso a aceitar esse Concílio como infalivel, e repilo tudo o que o Vaticano II “pastoralmente” ensinou contra o ensinamento de sempre da Igreja Católica.

    Mas até o Vaticano II pode dizer alguma verdade. Pois se o ditado italiano admite que, “por vezes até o demônio pode dizer “Ái, Jesus!”” [Delle volte anche il demonio può dire Gesù”] também pode acontecer que até o Vaticano II tenha dito uma verdade.

    Por exemplo, veja como o Vaticano II disse a verdade sobre o direito e o dever dos leigos de ensinar e defender a doutrina católica:

    “A todos os leigos, portanto, incumbe o preclaro ônus de trabalhar para que o plano divino da salvação atinja sempre mais a todos os homens de todos os tempos e de todos os lugares da terra. Conseqüentemente, sejam-lhes dadas amplas oportunidades para que também eles participem ativamente na obra salvífica da Igreja, de acordo com suas forças e as necessidades dos tempos” (Vaticano II, Lumen Gentium, nº 83).

    Será que Padre Joãozinho recusa essa tese do Vaticano II que ele diz defender?

    Ou será que Padre Joãozinho quer que o leigo tenha o dever de ser cúmplice das mentiras que ele ensina através de sua “Missio canônica”?

    O que nos manda a lei de Deus, a moral católica e o catecismo é dizer, ensinar, como nos for possível, a verdade que os Papas sempre ensinaram, no âmbito em que vivemos e atuamos.

    Padre Joãozinho quer que sejamos cúmplices mudos de suas heresias.

    Padre Joãozinho quer que sejamos ou covardes ou mentirosos.

    Como leigo, cumprirei o meu dever de combater as heresias dele e desse outro padre escandalosamente embonecado com maquiagens e que disse heresias contra a presença real de Jesus Cristo na hóstia consagrada.

    E termino citando duas jaculatórias. A primeira é da ladaínha de todos os santos (muitos deles leigos):

    “Ut inimicos Sanctae Ecclesiae humiliari digneris,
    Te rogamus, audi nos”

    [Para que vos digneis humilhar os inimigos da Santa Igreja, nós Te rogamos, ó Senhor]

    E outra jaculatória invocando o auxílio de Nossa Senhora no combate a seus inimigos, os hereges, que, muitas vezes, na história, foram Padres e até memso Bispos:

    “Dignare me pugnare pro Te, Virgo sacrata.
    Et da mihi virtutem contra hostes tuos”

    [Torna-me digno de lutar por Ti, Virgem sagrada,
    E dá- me virtude contra teus inimigos].

    Virtude e sabedoria para combater os hereges é o que peço a Deus, por meio de Nossa Senhora, ainda que não tenha missio canonica.

    Um abraço amigo, meu caro Gustavo.

    Vamos ao combate, isto é, ao “duelo” doutrinário a que padre Joãozinho me desafiou.

    In Corde Jesu, semper,
    Orlando Fedeli”

  2. Pois eu mostro aonde o concílio errou:

    http://intribulationepatientes.wordpress.com/2009/08/31/quo-vadis-parve-ioannes/

    Formou péssimos Padres como o Senhor. Que antes do concílio, há muito já estariam exomungados por causa dessas heresias.

  3. Sugiro ao Sr. Orlando Fedelli que mostre e comprove estes erros.

    Na verdade o site Montfort tem uma seção exclusiva para tratar do Concílio Vaticano II: http://www.montfort.org.br/index.php?secao=home&subsecao=temas&artigo=11&lang=bra#target2

    Att!

  4. Joel Xavier

    Revdmo. Pe. Joãozinho,

    Sua benção.

    Em 01/09/2009 o senhor escreveu “O debate vai ficando mais respeitoso e interessante.”. http://blog.cancaonova.com/padrejoaozinho/2009/09/01/orlando-fedelli-revela-que-e-contra-o-concilio-vaticano-ii/

    Longe qualquer interesse de ofender porém permita-me lembrar-lhe que o senhor já se referiu à Montfort e ao Professor Orlando de maneira muito pouco respeitosa, veja: “Até meu irmão, Pe. Zezinho, um incansável evangelizador, caiu no cinismo do Montfort. Não preciso multiplivar argumentos para que seja visível o desejo de dividir, dispersar, desagregar. Certamente estamos diante de uma mente doentia. Só nos resta rezar. De fato não é sábio dialogar com satanás, como diria Santo Inácio de Loyola. http://blog.cancaonova.com/padrejoaozinho/2009/08/20/obrigado-pe-joao/”.

    Indo ao mérito, proponho um texto que pode nos ajudar muito na discussão que apenas se inicia. O senhor escreve: “Será que é mesmo possível que um Concílio, ainda que pastoral, tenha sido “incoerente” e até “contrário” ao ensinamento dogmático anterior da Igreja Católica? A simples hipótese causa perplexidade.”. Pois bem, considere o texto abaixo:
    ________

    O SEGREDO (DE FÁTIMA) JÁ ADVERTIA CONTRA O VATICANO II E A MISSA NOVA
    Cruzada de Fátima

    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=veritas&subsecao=igreja&artigo=Cruzada-de-Fatima&lang=bra

    Comentário da Montfort:

    Publicamos, hoje, esta entrevista do Padre Karmer sobre o Terceiro Segredo de Fátima. Também nós tivemos acesso a essas informações. Entretanto, o que nos contaram é que Nossa Senhora recomendou que não se mudasse a doutrina. Não nos contaram que havia o termo “diabólico” para qualificar o Concílio. Também a questão da fumaça saindo do chão nunca nos foi narrada. No mais, a entrevista repete o que ouvimos de um velho sacerdote alemão sobre o conteúdo do Terceiro Segredo de Fátima.

    EDIÇÃO 92, MAIO DE 2009

    Uma Entrevista Exclusiva com o Padre Paul Kramer para o Cruzada de Fátima.

    Pergunta: “O sr. vê uma conexão entre o Terceiro Segredo de Fátima e a introdução da Missa Nova?”

    Pe. Kramer: “A irmã Lúcia de Fátima disse que se aconteceria uma desorientação diabólica na Igreja. E não há nada que poderia ter feito mais, para realizar isso, do que a reforma litúrgica, que exaltou como sagrados, princípios estranhos dentro de uma liturgia aparentemente Católica. De fato, há algo mais importante que a questão da desorientação diabólica. Estou me referindo à parte do Terceiro Segredo de Fátima que não foi revelada ainda. Eu sei que isto é um fato, porque pessoalmente conversei com um teólogo alemão, Reitor de seminário, e que é um amigo de longa data do Papa Bento.
    Quando Bento XVI era ainda Cardeal Ratzinger, por volta de 1990 ele revelou, para esse seu amigo, que no Terceiro Segredo de Fátima, Nossa Senhora previne para não se mudar a liturgia: literalmente, para não misturar elementos estranhos dentro da liturgia Católica. Assim sendo, claro, com a Missa Nova de Paulo VI, foi exatamente o que foi feito. Elementos do Protestantismo, ambos em simbolismo e nas palavras da liturgia, foram trazidos para dentro e misturados na estrutura Católica, a ponto de os criadores do novo Rito claramente declararem, que aquilo não era o Rito Romano, mas uma nova criação”.

    “Nossa Senhora também alertou que haveria um Concílio diabólico na Igreja que causaria um grande escândalo. E claro, foram os documentos do Vaticano II – A Constituição da Liturgia – que deu impulso ao Papa Paulo VI para reformar a liturgia de uma tal maneira desastrosa, que causou uma tal perda da fé e confusão na Igreja.”

    “Assim sendo, depois que isso aconteceu, o teólogo alemão a que estou me referindo, voltou para um país da América do Sul onde foi Reitor de um seminário, onde contou, para um jovem padre o que o Cardeal Ratzinger lhe tinha relatado. E precisamente quando ele relatou que Nossa Senhora alertou contra as mudanças na Missa e que haveria um Concílio diabólico na Igreja, os dois viram um afloramento de fumaça vindo do piso. Porém, era um chão de mármore. Isto não poderia ser de modo algum um fenômeno natural. Ambos, o jovem padre e o velho Reitor alemão, ficaram tão impressionados que escreveram um dossiê, e o enviaram para o Cardeal Ratzinger.”

    “…o velho padre alemão, amigo de longa data de Ratzinger, tomou nota do fato de que quando a visão do Terceiro Segredo foi publicada ela não continha aquelas coisas, aqueles elementos do Terceiro Segredo que o Cardeal Ratzinger tinha revelado a ele, quase 10 anos antes. O padre alemão, – Padre Dollinger – contou-me que esta questão estava queimando na sua mente, no dia que ele concelebrou com o Cardeal Ratzinger. Padre Dollinger me disse: “Eu enfrentei o Cardeal Ratzinger face a face”. E claro que perguntou para o Cardeal Ratzinger, “como isso pode ser todo o Terceiro Segredo? Lembra-se do que Vossa Eminência me contou antes?”

    “O Cardeal Ratzinger foi posto na parede. Ele não sabia o que dizer, tanto que murmurou para seu amigo alemão, “Wirklich, gebt das der etwas”, que quer dizer: “Realmente, havia mais alguma coisa aí”, significando que há mais alguma coisa no Terceiro Segredo. O Cardeal declarou isso claramente.”

    Pergunta: “Essa é uma história incrível. Padre Dollinger é uma testemunha confiável?”

    Padre Kramer: “E digo-lhe mais: Nós estávamos falando de um padre mais velho, um amigo pessoal de longa data do Papa Bento, um homem que por muito tempo foi familiarizado com São Pio de Piertrelcina [Padre Pio]. De fato, ele me disse que tinha ido se confessar com Padre Pio 58 vezes. Ele é um homem que, por muitos anos, foi Reitor de um seminário na America do Sul; um homem que é altamente estimado, que é de grande reputação na Igreja. Eu também ressaltaria que, na diocese onde ele trabalhou, o que eu disse a respeito do Terceiro Segredo de Fátima, e que o Cardeal Ratzinger revelou a ele, era de conhecimento comum entre os padres mais jovens, e os que eram seminaristas e diáconos, no tempo que este homem era o Reitor. Todos eles sabiam da história que o Cardeal Ratzinger tinha contado a ele.
    “Como mencionei, juntos eles haviam feito juntos um dossiê, e o enviaram ao Cardeal Ratzinger. Então, ele é um homem de grande credibilidade, pessoa meritória; um homem de grande seriedade que não é dado a criar histórias fabulosas, ou exagerar sua própria importância. Um homem que não tem nenhuma necessidade de tais coisas; ele é um homem da mais alta credibilidade”.

    Para citar este texto:

    Cruzada de Fátima – “O Segredo (de Fátima) Já Advertia Contra o Vaticano II e a Missa Nova”
    MONTFORT Associação Cultural
    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=veritas&subsecao=igreja&artigo=Cruzada-de-Fatima&lang=bra
    Online, 01/09/2009 às 20:14h

  5. Joel Xavier

    Eis o Terceiro Segredo de Fátima: O cardeal Pacelli o leu… E contou algo

    Orlando Fedeli

    Em 1936, pouco antes de partir para sua viagem aos Estados Unidos, o Secretário de Estado de Pio XI, Cardeal Eugênio Pacelli, o futuro Pio XII, disse ao Conde Enrico Pietro Galleazzi:

    “Suponha , meu caro amigo, que o comunismo seja apenas o mais visível dos órgãos de subversão contra a Igreja e contra a tradição da revelação divina, então nós vamos assistir á invasão de tudo o que é espiritual, a filosofia, a ciência, o direito, o ensino, as artes, a imprensa a literatura, o teatro e a religião. Estou obcecado pelas confidências da Virgem à pequena Lúcia de Fátima. Essa obstinação de Nossa Senhora diante do perigo que ameaça a Igreja, é um aviso divino contra o suicídio que representaria a alteração da fé, em sua liturgia, sua teologia e sua alma”.(…)
    “Ouço em redor de mim os inovadores que querem desmantelar a Capela Sagrada, destruir a chama universal da Igreja, rejeitar seus ornamentos, dar-lhe remorso de seu passado histórico”.
    “Pois bem, meu caro amigo, estou convicto que a Igreja de Pedro deve assumir o seu passado ou então ela cavará sua sepultura”.
    “…um dia virá em que o mundo civilizado renegará seu Deus, em que a Igreja duvidará como Pedro duvidou. Ela será tentada a crer que o homem se tornou Deus, que seu Filho é apenas um símbolo, uma filosofia como tantas outras, e nas igrejas os cristãos procurarão em vão a lâmpada vermelha em que Deus os espera”. (Monsenhor Georges Roche e Philippe St. Germain, Pie XII devant l´Histoire, Laffont, Paris, 1972, pp 52 – 53; idem Abbé Daniel Le Roux, Pierre m´aimes-tu?, edit Fideliter, Brout Vernet 1986. p. 1; idem Padre Dominique Bourmaud, Cien Años de Modernismo, Ed Fundación San Pio X Buenos Aires, 2006, p. 312; apud Dom Bernard Fellay, Superior Geral da FSSPX, Resposta de 22 de junho de 2001 à carta do Cardeal Castrillon Hoyos de 7 de maio de 2001. Communicantes, Août 2001, http://www.sspx.ca/Communicantes/Aug2001/French/Monseigneur_Fellay_repond.htm).

    Que profecias precisas!
    Claro é, porém, que o Cardeal Pacelli não era profeta.
    Ele afirmava que estava impressionado com o que Nossa Senhora de Fátima falava “obstinadamente” a Lúcia — uma das videntes de Fátima – sobre “o suicídio que representaria a alteração da fé, em sua liturgia, sua teologia e sua alma”.
    De onde o Cardeal Pacelli tirou essas previsões de Nossa Senhora de Fátima para a vidente Lúcia?
    Em nenhum livro, ao que saibamos, se conta que Nossa Senhora teria dito tais coisas a Lúcia.
    De onde, então, o Cardeal Pacelli, o futuro Pio XII, tirou essas previsões?
    Só pode ter sido do texto do Terceiro Segredo de Fátima, escrito por Irmã Lúcia, segredo ao qual o Cardeal Secretário de Estado de Pio XI deve ter tido acesso, e cujo texto ainda não foi publicado. (Publicou-se somente a descrição da visão a ele correspondente).
    No Terceiro Segredo de Fátima, Nossa Senhora teria antecipadamente acusado o Concílio Vaticano II e a Missa Nova de Paulo VI como suicidas.
    É por isso que os Papas têm se recusado a publicar o Terceiro Segredo de Fátima: ele condena o Concílio Vaticano II e a Nova Missa de Paulo VI.

    São Paulo, 24 de maio de 2007, festa de Nossa Senhora Auxiliadora,

    * * *

    ———————————————————–
    Para citar este texto:
    Fedeli, Orlando – “Eis o Terceiro Segredo de Fátima: O cardeal Pacelli o leu… E contou algo”
    MONTFORT Associação Cultural
    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=veritas&subsecao=igreja&artigo=pacelli_3segredo&lang=bra
    Online, 01/09/2009 às 20:41h .

  6. Caro leitor

    Responda com sinceridade: voccê acredita que o comentário abaixo foi escrito por uma garota de 16 anos? Tenho dificuldade. P. Joãozinho, scj
    ——

    Se chegar a ler meu comentário, peço cordialmente a vossa benção sacerdotal muito reverendo padre Joãozinho.
    Bom, eu confesso que não conhecia o senhor, e nem mesmo de todo este “conflito” entre o senhor e a Montfort.
    Bom, o que me espantou de certa forma foi a Santificação dos protestantes. Li as citações do Concilio de Latrão De coração cremos e com a boca confessamos uma só Igreja, não de hereges, mas a Santa, Romana, Católica e Apostólica, fora da qual cremos que ninguém se salva.
    E também li as citações do Vaticano II: Por isso, as Igrejas e Comunidades separadas, embora creiamos que tenham defeitos, de forma alguma estão despojadas de sentido e de significação no mistério da salvação. Pois o Espírito de Cristo não recusa servir-se delas como de meios de salvação cuja virtude deriva da própria plenitude de graça e verdade confiada à Igreja Católica.
    Bom, confesso que pasmado fiquei.
    Mas o que me espantou se estou errado é as divergências ocorrentes entre os dois Concílios, enquanto uma diz em alta e clara voz que Fora da Igreja de Roma não existe salvação, ao contrario do Vaticano II que grita a pleno pulmões que estas “comunidades e seitas” não ouso chamar uma verdadeira desgraça de Igreja, não estão despojadas do mistério da Salvação. Será que é verdade?
    Ora, mas e isso? A Igreja é o próprio Cristo presente entre os homens , o sacramento universal da salvação , oferecendo a todos os povos a salvação nela e por ela . Desse modo manifestou-se o Concílio Vaticano II : “Ela [ A Santa Igreja ] é o instrumento da Redenção de todos os homens” (Lumen Gentium ,9), o “sacramento universal da salvação” (Lumen Gentium , 48)
    Quem não está integrado nessa comunidade de almas justificadas , está apartado da graça redentora e consequentemente da vida divina. (Lúmen Gentium)
    Nossa, engraçado, combatendo o Vaticano II com o próprio Vaticano II? Ora, então só nos resta definir. Infelizmente um Concilio que tanto amo, realmente caiu em contradição? Ou será que é mais uma vez a má interpretação errônea do Concilio que falou mais alto.

    DIGNITATIS HUMANAE
    Cremos que esta única e verdadeira religião subsiste na Igreja Católica e Apostólica.

    Então alguém que não anda na verdadeira religião está salva mesmo assim?
    Ora, meu caro e bom “pastor” e “pescador” de homens e de almas. Acabou de ver que as palavras que o senhor disse se contradizem com a fiel doutrina da Santa Igreja.
    Nenhum papa disse coisa contraria a isso.
    E como o senhor um sacerdote de vila, que nunca e com a gloria de Deus chegará a Roma com suas idéias modernistas pode dizer coisa contraria as afirmações da Igreja?

    Infelizmente é esse o quadro que vemos nos nossos sacerdotes, eu mesmo já presenciei um sacerdote que mudou a formula da consagração do vinho. Deplorável, infelizmente é isso, a Igreja anda como o TITANIC, afundando rápido. Mas eu tenho fé na Virgem Maria que Deus não deixará nenhum sacerdotezinho de meia pataca derrubar uma fortaleza divina de mais de 2000.
    Sou uma adolescente, tenho 16 anos, e ao invés de ficar procurando bater palminhas para Cristo procuro pronunciar o Angelus e catar Salve Regina do que cantar aquela tal musiquinha protestante que vira e meche se canta infelizmente no Santíssimo Sacrifício de Cristo.

    Mas o que faz é pior, o senhor se acha o papa Joãozinho XXIV, e com suas “ bulas” infelizmente pastoreia de maneira errada a comunidade que deveria ser regida com cetro de ferro.

    Em Cristo e na Beatíssima Virgem Maria, que Deus tenha misericórdia de sua alma.

  7. me perdõe, errei sei, disse uma coisa como a mudança da formula da consagração, coisa que nao posso provar.
    Mas Deus o sabe, pode ter certeza, eu vi e ouvi.
    Falei tudo isso porque a ira me invadiu.
    Mil perdões e clemência, quem sou eu?
    Um leigo querendo ensinar um padre a rezar a missa.
    Pesso cordialmente vosso perdão.

  8. Pe João, Salve Maria!

    O senhor está interessado em saber se houve erros no Concílio Vaticano II?

    Solicito humildemente que leia o artigo

    http://intribulationepatientes.wordpress.com/2009/06/08/o-concilio-e-o-protestantismo-parte-1/

    Note bem que o concílio incentivou a oração em conjunto com os hereges.

    As Sagradas Escrituras, Santo Agostinho e São Tomás de Aquino nos advertem seriamente para não o fazermos.

    Não é esta uma contradição evidente entre o sábio ensinamento da Santa Igreja e as opiniões lançadas pelo Concílio Vaticano II?

    Santo Agostinho, por exemplo, nos ensina:

    “É de importância capital para a salvação dos homens que estejam unidos pelo dogma, antes de estarem pelo culto.” Santo Agostinho, 1, De Vera religione.

    E as Sagradas Escrituras também trazem palavras claras sobre o contato com hereges:

    “Acautelai-vos, para que não percais o fruto de nosso trabalho, mas antes possais receber plena recompensa. Todo aquele que caminha sem rumo e não permanece na doutrina de Cristo, não tem Deus. Quem permanece na doutrina, este possui o Pai e o Filho. Se alguém vier a vós sem trazer esta doutrina, não o recebais em vossa casa, nem o saudeis. Porque quem o saúda toma parte em suas obras más.” II Jo 1,8-11

    Como pode, então, a Unitatis Redintegratio, em seu número 8, incentivar a oração em comum com os hereges, ditos “irmãos separados”?

    “Em algumas circunstâncias peculiares, como por ocasião das orações prescritas «pro unitate» em reuniões ecuménicas, é lícito e até desejável que os católicos se associem aos irmãos separados na oração.(…)” UR n.8

    Há muitos exemplos de ambiguidades no CV II. Mas no texto citado acima, já não se pode falar apenas em ambiguidade. É um erro, claríssimo, contido nas letras do pastoral e falível concílio.

    Espero que o senhor reflita sobre a gravidade e a clareza dos erros do concílio.

    AMDG,

    Márcio

  9. Padre…acredito que existam personagens…pelo que já lemos, não é de se espantar…cartas falsas, e-mails de acusação com assinaturas falsas, montagens de textos…veja bem…eu não vejo credibilidade nesta disputa de egos, de querer mostrar quem é o mais fundamentado, quem conhece mais documentos da igreja…existem comentários excelentes, mas a maioria é uma salada, cheia de ambiguidade, opiniões pessoais se misturam com a opinião do Papa…sinceramente, não temos uma boa fonte por aqui…muitos textos extremamente longos copiados de outros blogs, pra quê? Um puxa-saquismo doentio, uma cegueira irritante…é desestimulante o bate-boca, o querer defender seu ponto de vista acima de todos…quantos deuses, com falsa modéstia…ah, cansa!Quanta soberba, falta de respeito pelo próximo, falta de humildade, caridade, SINCERIDADE, amor, compreenssão…Não é a toa que nosso mundo está do jeito que está…se os que “buscam a conversão” agem assim…
    Sua benção,

  10. Procurando achei esta afirmação espantosa: O Concílio Vaticano II foi uma conspiração maçônica. Os textos são próprios a causar medo. Ou este senhor Orlando é doido ou então ele é outro Cristo. A CNBB precisa se pronunciar.

    http://luterofedeli.wordpress.com/2007/08/11/orlando-fedeli-vaticano-ii-conspiracao/

  11. Salve Maria a todos

    Andrade, tem um trabalho longo falando do Vaticano II, está na página principal da Montfort:

    http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cadernos&subsecao=religiao&artigo=religiao_vaticano_ii_parte_3&lang=bra

  12. Utilizar uma passagem do Concílio Ecumênico Vaticano II,a saber:

    A todos os leigos, portanto, incumbe o preclaro ônus de trabalhar para que o plano divino da salvação atinja sempre mais a todos os homens de todos os tempos e de todos os lugares da terra. Conseqüentemente, sejam-lhes dadas amplas oportunidades para que também eles participem ativamente na obra salvífica da Igreja, de acordo com suas forças e as necessidades dos tempos” (Vaticano II, Lumen Gentium, nº 83).

    legitimamente aprovado pela Igreja, na qual o nosso papa Bento XVI é perito, para detonar o próprio Concílio Vaticano II, é uma tautologia enorme, do tamanho do universo. Falácia essa que desmascaro!

    O Papa Leão X, que guiou a Igreja na época da Renascença, que excomungou Martinho Lutero por suas 95 teses contrárias à Igreja, condena a atitude de quem quer minar ou rechaçar QUAISQUER concílios aprovados pela Igreja.

    O Papa Leão X condenou: “Um meio foi dado a nós para enfraquecer a autoridade de Concílios, para contradizer seus atos livremente, julgar seus decretos e corajosamente confessar tudo o que pareça verdade, seja o que for que tenha sido aprovado ou desaprovado por qualquer Concílio” (SS. PAPA LEÃO X, Bula Exsurge Domine, erro condenado nº 29).

    Vivat Cor Jesu per Cor Mariae!

  13. Sergio Souza

    Padre Joãozinho,

    O sr Orlando Fedeli não tem respostas para questionamentos mais simples quanto mais para o Concílio Vaticano II. Ele continua devendo a resposta sobre as razões do RECONHECIMENTO PONTÍCIO para a CANÇÃO NOVA, segundo Fedeli, uma organização herege, mas e que o próprio PAPA BENTO XVI concedeu a esta Comunidade. Esse mesmo Papa que ele faz questão de estampar sua foto em seu site.

    A MONFORT como os TESTEMUNHAS DE JEOVÁ OU MÓRMONS, são um grupo fechado que julga estar o mundo corrupto, e pretende ter a verdade como patrimônio seu e solução para todos os problemas da humanidade. Os membros das seitas são geralmente submetidos a um regime autoritário, imposto por um líder “iluminado” que lhe dificulta o SENSO CRÍTICO. Não o padre Joãzinho, mas o Fedeli que doutrina a seus seguidres a serem cães mudos.

    Orlando sim, comporta-se como um leão a espreita e na marginalidade da Igreja, ELEVANDO meia dúzia de cegos de leigos a se rebeleram para dividirem a Igreja do Senhor, como se tivessem uma PROCURAÇÃO DIVINA para caçar padres e Bispos em desacordo com suas desvairices. A treslouquice é tão grande que um desses adoradores Fedelinos neste blog auto outorgou a MONFORT como “A PORTA ESTREITA”.

    A MONFORT, em suma, não passa de uma SEITA. E toda ela nasce assim: Um dia, Fedeli, foi da TFP, se acha muito grande, não concorda, funda outra SEITA, e algum seguidor da MONFORT, vai encontrar algum erro, porque existem inúmeros, e vai fundar outra e assim vai.. Na verdade os maus exemplos de Lutero, Charles Taze Russel, Joseph se perpetuaram e inspiram pessoas como Fedeli.

    DEUS LHE ABENÇOE

  14. Sizenando

    kkkkkkk

    Ontem me deram uma lavada neste Blog por ter repetido uma frase que sugeria um erro da Igreja na Idade Média.

    Agora li um texto acima citado pelos mesmos tradicionalistas dizendo que a nossa tão amada Igreja é:

    UM TITANIC AFUNDANDO.

    Titanic é obra humana e não de Divina e já esqueceu que esta obra humana nem Deus afundaria, bastou um iceberg e foi resolvido este problema.

    “Jesus disse que nem as portas do inferno prevaleceriam contra a Igreja de Jesus…”

    Isto não é apenas uma afirmação, é sim uma profecia, isto quem dizer que nada neste mundo ou “noutro” poderá vencer a Igreja de Deus, isto inclui todos os inimigos mesmo os de dentro da Igreja como Dom Marcel Lefebvre, e se o Vaticano II fosse mesmo um inimigo, também será vencido pelo poder do Espírito Santo e não por homens falsos, mentirosos, fofoqueiros, bagunceiros e etc…

    Nossa amiguinha falou da Igreja com 2000 anos, eu diria que a nossa Tradição tem exatamente 2009 incluindo todo o periodo de vigência do Concílio Vaticano II, resto lembrar que a Igreja ainda não afundou apesar de todo este ataque maciso por parte de amotinados internos.

    Outros tradicionalistas já falam apenas de 1960 anos de tradição, excluindo aí o Concílio Vaticano II e os últimos 5 Papas, vejam quem dividiu a História da Igreja em antes e depois do CV II, não fomos nós Carismáticos que ainda continuamos firmes nesta mesma Igreja seguindo com o Papa a seu comando.

    Antes do CV II era assim …
    Depois do CV II ficou assim …

    Para mim a Igreja continua Santa como sempre foi e não divido esta história em duas partes, mas ela é uma só que começou lá com Jesus e continuará até o retorno do mesmo Jesus nas nuvens, e creio que estaremos lá vitoriosos esperando por Ele.

    Venha o que vier, a fé na vitória e a continuidade do caminho, que é o caminho correto com o Papa venceremos todos os inimigos.

    A paz de Cristo.

  15. Andrade…

    Talvez você não saiba, mas os maçons são os inimigos de primeira linha contra a Igreja Católica e trabalham pelos menos há dois séculos contra a Igreja e a civilização cristã.

    Se você está nesta república e com sua democracia tal qual se chegou o que é, deveria agradecer a eles os maçons e outros colaboradores subversivos. A maçonaria não trabalha sozinha ela faz laço de amizade ‘fraternidade’ muito mais além do que alguns esquadrinham.

    Foram eles os primeiros a exigir e se rejubilar com o que fez o Concílio Vaticano II e o que promoveu. Foi uma Eminência muito próxima do Papa Paulo VI, Cardeal Bea do secretariado para unidade dos cristãos que foi até Nova Iorque falar com os B´nai Brith e outros da maçonaria. Na época do concílio ele foi perguntar a eles: O que vocês querem?

    A resposta deles foi: Proclamem a liberdade religiosa!

    Há mais…

    O comunismo que tal? Cadê o concílio infalível e dogmático que padre João insiste em dizer que temos que aceitar, aceitar e aceitar? Onde está o concílio dogmático e infalivel que condenou os absurdos e crimes cometidos em 1917 e posteriores avanços na china, no méxico, na espanha, brasil…?

    No entanto o comunismo fruto do ideal maçônico e do espírito liberal protestante foi recusado pelo Concílio de ser condenado. Porque? Você tem o direito de saber Andrade!

    Tudo em nome do Ecumenismo!

    Acordaram por não condenar e omitir sobre o comunismo para assinar o pacto de Metz com a URSS por vinda dos Russos ao concílio aceitando que o Concílio nada dissesse contra a União Soviética e o Comunismo, em troca da permissão de irem ao Vaticano II alguns observadores da Igreja russa, escolhidos entre os homens de confiança do Partido Comunista Soviético.

    Quer mais arbitrariedades e omissões? Pois é dessas omissões e arbitrariedades que os que pensam que “venceram” esperavam uma nova primavera na Igreja.

    Na abertura do concílio infelizmente o Soberano Pontíficie João XXIII proferiu essas palavras: ‘consideramos nosso dever nos apartar completamente desses profetas da desgraça que predizem o pior sem cessar…” ipsis letteris.

    Mas sabe de quem ele falava no inicio de sua alocução?
    Qual foi o maior evento do inicio do século XX ocorrido na história? Fátima 1917!

    Fazerem-se de surdos as advertências do inicio do século XX em que Deus por mãos da Virgem comunicava aos 3 pastorzinhos e alertava o que adviria foi ponto capital desse concílio.

    O Vaticano II condensa sim os 3 ideais maçônicos (liberdade, igualdade e fraternidade) isso é tão óbvio quanto dizer que 2+2 = 4.

    Vou lhe dar essa pérola em simples noção:

    Maçonaria – Vaticano II
    ____________________________
    Liberdade – liberdade religiosa
    Igualdade – Ecumenismo
    Fraternidade – Colegialidade dos Bispos

    Mas quem trouxe isso para Igreja? Como trouxeram? Porque trouxeram? Você tem o direito de saber Andrade! E não foi só o ideal maçônico bem como o Modernismo também. Eles que trouxeram isso para dentro da Igreja. Os católicos romanos têm o direito de saber urgentemente o porque a Igreja está como está hoje em uma divisão fragmentada dentro dela.

    Foi essa pedra de tropeço o Vaticano II que gestou a crise atual.

    Esses doutores, teólogos, filósofos mestres de dúvidas e incertezas pensam que nós resistimos a essas arbitrariedades por caprichos. Pois foram seus mentores que trouxeram a divisão. Não nós! Seus pais já tramavam muito antes o golpe contra a Cúria Romana e a Igreja, quando culminou no Vaticano II.

    Senão te contam caro Andrade e escondem essas coisas pode começar a colocar dúvida que esses ou são dos frutos destes que erigiram essa situação calamitosa ou são mesmos promotores da ruína da Igreja.

    Ademais os próprios homens que pensam que “venceram” são eles nada insuspeitos. Os maus sempre entregam seus horrores porque não existe mentira que um dia não venha a luz do dia.

    Eles, portanto é quem proclamam que houve um 1789 na Igreja. Certas Eminências que dizem isso e não simples leigos.

    Não entender o que é -conspiração – certamente escandalizará Andrade e qualquer um. Mas ela existe sim e tão obviamente que seus vestígios estão desde quando Deus é Deus e o Mundo é Mundo. Veja lá nas sagradas escrituras em Gênesis quem são os que conspiram e conspiraram contra Deus e sua Igreja e o Cristo e quem são os que resistem e irão resistir para triunfo da Verdade Católica no mundo. Veja o que um profeta Jeremias falava contra a casa de Israel e como conspiravam os que tinham o dever de ensinar a Verdade.

    Ademais como sei que padre João vai ler esse comentário. Será que o senhor padre conhece tão bem a história de subversão do último milênio na qual culmina na situação calamitosa que está hoje a Igreja justamente depois do Vaticano II? Eu duvido! Duvido que ensinem isso nos seminários. Tanto que duvido que ensinem nos seminários o que é a doutrina do Modernismo…Só em seminários impares.

    E digo mais se o mundo está do jeito que está é porque é a Igreja que vai mal e que tem a única autoridade de mudar a atual situação. Pois ela é a Luz do mundo e não a ONU ou Ongs de quinta-categoria e suas filantropias sem Deus, sem a Verdade e sem direito.

    É a Igreja que tem a maior autoridade na terra para mudar o mundo e não instituições como a ONU fruto de mão maçônica. É a Realeza Social de Nosso Senhor Jesus Cristo que tem por direito ser proclamada pelo Estado e não um mero privilégio como a alguns décadas atrás diziam os “vencedores”.

    Andrade.

    Aviso-te que a maçonaria é obra de protestantes. Pelo fruto se reconhece a arvore.

    Dou lhe mais outra pérola e que tudo isso inquiete essas almas que se fazem de surdos às advertências de Deus e as advertências da Igreja Católica com sua doutrina e magistério perene.

    As ultimas 3 maiores revoluções do último milênio da história elas se estreitam e se unem numa orquestração altamente diabólica e que desgraçadamente seu espírito se infiltrou na Igreja como fumaça de Satã, como mesmo confessou Paulo VI e ficou aterrorizado.

    Acabou a Igreja? Não! Sou contra a Igreja? Jamais! Que Deus e a Virgem não permita.

    ->Fora dá Igreja não há salvação!<-

    Pode doutores de dúvidas titubear e serpentear a subscrever esse dogma. Mas eles não têm autoridade suficiente para mudar uma sequer Verdade que é e jamais deixará de ser.

    Concreta e Absolutamente jamais o gênero humano poderá corromper a essência da Igreja que é divina. Nem doutores, nem teólogos, nem filósofos da modernidade tem esse cacife ainda que aos olhos do senso comum hoje aparentem e tentem. No entanto esses promotores de dúvidas, incertezas e mentiras pagarão muito caro por esses frutos amargos distribuídos as almas.

    Suas consciências começam por se atormentar. Que dá prova de como estão na via das trevas. Que isso inquiete essas almas!

    Deus faz justiça e não tarda.

    Ademais o ouvido afastado do Norte houve tudo menos a Sabedoria Eterna.

    A Virgem Gloriosa disse: “Meu imaculado coração há de triunfar”. Esqueceram de Fátima? Pois é! A mensagem da Virgem não morreu e o que se pediu ainda está muito que pendente. O Terceiro Segredo? Porque não publicam integralmente? Mostrem aos fiéis católicos que tem o dever de saber o que a Virgem disse sobre o que ocorreria a partir de 1960 na Igreja.

    Nem sua Eminência Cardeal Bertone teve a capacidade à força para refutar um católico italiano quando este captou o que fez o Vaticano com a mensagem do Terceiro Segredo.

    Na tentativa de resposta desta Eminência só resultou mais arbitrariedade.

    Ademais.

    Há um dever de ser cumprido pelas autoridades eclesiásticas e este é eminente! Os pecados multiplicando-se no mundo contra Deus. Deus há de corrigir esse mundo por meio de castigos e a Virgem em Fátima falou disso.

    O gênero humano permanecendo em sua obstinação e pecados contra Deus e sua Igreja. Deus castigará a humanidade pelo que o próprio homem plantou. E seus frutos?

    Guerras, catástrofes, abortos, eutanásia, dogmatização da mentira, promoção de iniqüidade e perversidade em tudo e todas as partes. Tudo que os próprios homens surdos a Verdade plantam.

    No entanto.

    Deus já deu o remédio para a sociedade humana atual para se corrigir. Que ouçam a Virgem de Fátima!
    A resposta para mudar a situação de crise dentro da Igreja e no mundo começa a partir dos próprios eclesiásticos ao qual em grande maioria se fazem de surdos!

    Diz a sabedoria “quem planta vento colhe moinhos”.
    Hoje se fazem de ouvido mouco aos pedidos de Deus…mas a Virgem disse “Meu imaculado coração há de triunfar” e esses que hoje se riem e taxam com adjetivos tão eloqüentes e sábios os que resistem, e pensam que estão “vencendo” com suas arbitrariedades e fantasias em matéria teológica e doutrinal no redil da Igreja Católica Romana irão se aterrorizar quando se der conta do que promoveram.

    Que isso inquiete a consciência do senhor padre João. É o meu mais profundo desejo neste dia! O senhor tem o dever de ensinar a Verdade Católica e não essas aberrações teológicas fruto do ‘eu soberano’.

    Abismados então pelo que Deus provará acontecer pelo desenvolver da história a Igreja de Cristo Rei irá triunfar contra os inimigos internos e externos.

    Kyrie Eleison.
    A.M.D.G!

  16. Ricardo,

    “tautologia enorme”? “minar ou rechaçar” um concílio ecumênico.

    Francamente meu caro o senhor não entendeu o uso deste ponto do Vaticano II.

    Mas em se tratando de minas será o senhor tão perspicaz em encontrar as minas próprias já aderidas nos textos do Vaticano II?

    Boa sorte!

    A.M.D.G!

  17. Caro D Pelayo

    Entendi perfeitamente e tanto entendi que fico com Leão X, Papa Bento XVI, perito no Vaticano II, na hermenêutica da continuidade. O Concílio Ecumênico Vaticano II é aprovado legitimamente. Você não aceita o que Leão X disse?

    O Papa Leão X condenou: “Um meio foi dado a nós para enfraquecer a autoridade de Concílios, para contradizer seus atos livremente, julgar seus decretos e corajosamente confessar tudo o que pareça verdade, seja o que for que tenha sido aprovado ou desaprovado por qualquer Concílio” (SS. PAPA LEÃO X, Bula Exsurge Domine, erro condenado nº 29).

  18. “O católico que escolhe seus dogmas e seus mandamentos não é católico, é protestante.”

    Gustavo Corção

  19. “A Revelação somente suplanta a filosofia porque a consuma.”

    Etienne Gilson

    “Existe um vínculo essencial entre a caridade e a defesa da verdade”

    Dietrich von Hildebrand

    “A fé católica não é só crer na existência de alguém que cria, conserva e governa o universo, mas é a fé em uma verdade revelada que nos ajuda a compreender a que estamos chamados a fazer neste mundo.”

    Santa Edith Stein

    “Não há muitas igrejas, há apenas uma. É a Igreja Católica de um lado, e seu inimigo mortal do outro.”

    Hilaire Belloc

    “Somente a ortodoxia católica faz o homem feliz: é como os muros postos ao redor de um precipício onde pode brincar uma porção de crianças”

    Chesterton

    “Os perniciosos erros que se espalham pelo mundo, tendem à descristianização completa dos povos”

    Garrigou-Lagrange

    “A religião católica contém a Verdade total revelada por Deus e não dizemos isso com arrogância nem para desafiar ninguém. Não podemos diminuir esta afirmação”

    Dom Héctor Aguer

    “A recusa da verdade não salva o homem”

    Cardeal Ratzinger

    “Nosso Senhor disse: “Ide, ensinai as nações, convertei-as. mas não falou: “Dialogai com elas sem tentar convertê-las.”

    Marcel Lefebvre

    “Quando os homens não adoram o verdadeiro Absoluto, incensam um absoluto falso”

    Fulton Sheen

    “A comunhão católica romana é a comunhão com a Igreja dos Apóstolos”

    Cardeal Newman

    “Só os que tem medo da verdade temem a Cristo”

    Cardeal Mindszenty

    “A Igreja é, sobretudo, dom de Deus e não nossa criatura”

    Papa Bento XVI

    “O cristianismo é essencialmente realidade, não mera doutrina”

    Josef Pieper

  20. Sergio Souza

    Somente registrando… JOEL XAVIER

    Antes de dizer que o padre Joãozinho se referiu a Orlando Fedeli de maneira POUCO RESPEITOSA.

    Seria um gesto cristão, o irmão humildemente, registrar nesse BLOG e reconhecer que a Associação Monfort, costuma ser, não POUCO, mas EXAGERADAMENTE DESRESPEITOSA ao emitir su opinião aoriticar, segundo a própria visão, outros movimentos da Igreja, e comprovamdamente neste blog, seus fiéis também o fazem.

    Sergio

  21. Sergio Souza

    Eu já emiti inúmeras vezes a minha opinião sobre a MONFORT.

    Comprovadamente é um moviménto sectário à margem da Igreja Católica, e como tais não deve ser levada a sério.

    Sergio

  22. E desde quando o Prof. Orlando e toda a Montfort esconderam que eram contra o CVII?

    Isto é tão ou mais notório quanto as heresias e protestantizações da RCc.

    In Córdibus Iesu et Mariae, semper!

  23. Sergio Souza

    Olha o nível desse pessoal da MONFORT:

    “Formou péssimos Padres como o Senhor. Que antes do concílio, há muito já estariam exomungados por causa dessas heresias”.

    PEDRO, QUANDO FALTA ARGUMENTOS, PART-SE ENTÃO PARA O BAIXO NÍVEL DAS AGRESSÕES.

    Padre Joãozinho é um Sacerdote da Igreja, inserido dentro da Igreja e em plana comunhão com ela.

    Diferentemente da MONFORT, a quem você serve com devoção e vive na marginalidade. Vocês são como ovelhas conduzidas por um falso pastor de nome FEDELI.

    Sergio

  24. Sergio Souza

    VERDADE CLEBER… A MONFORT NUNCA ESCONDEU QUE ERA CONTRA O CONCÍLIO VATICANO II, ASSIM COMO TAMBÉM NÃO ESCONDEU QUE SÃO REBELDES, PREPOTENTES, INCOERENTES, E SÃO UMA SEITA MARGINAL À IGREJA DE JESUS CRISTO…

    A MONFORT ESCONDE RESPOSTAS QUE NÃO DÃO AOS QUESTIONAMENTOS QUE LHES SÃO FEITAS, AS DO PADRE JOÃOZINHO ATÉ HOJE NÃO APARECERAM.

    MAS SENDO JUSTO, SERIA ATÉ INJUSTO DIZER QUE A MONFORT AS ESCONDE, PORQUE NINGUÉM PODE ESCONDER AQUILO QUE NÃO TÊM.

    O PAPA BENTO XVI CONCEDEU À CANÇÃO NOVA O RECONHECIMENTO PONTIFÍCIO. A COMUNIDADE CANÇÃO NOVA ESTÁ LIGADA À RCC, PORQUE SEU FUNDADOR FAZ PARTE DO CONSELHO NACIONAL COMO MEMBRO CONVIDADO.

    SEGUNDO LÍDER MONFORTIANO FEDELI, SE REFERE, A CANÇÃO NOVA COMO HERESIA E OS LIVROS DO MONSENHOR JONAS COMO LIVRECOS. ABRINDO UM PARENTESIS, OS MEMBROS DA SEITA TESTEMUNHAS DA ASSOCIAÇÃO MONFORT VÊM A ESTE BLOG COBRAR RESPEITO DO PADRE JOÃOZINHO AO FEDELI, MAS NÃO SE DÃO À PRÁTICA DO RESPEITO.

    ORA, SE A CANÇÃO NOVA E A RCC, SEGUNDO FEDELI, SÃO HERESIAS, O PAPA BENTO XVI, CONSEQUENTEMENTE TEVE DE SER A FAVOR DESSAS HERESIAS PARA CONCEDER O RECONHECIMENTO PONTIFÍCIO. ENTÃO, RACIOCINANDO CONFORME A MONFORT, O PAPA TAMBÉM É UM HEREGE. E EM SENDO UM HEREGE, POR QUE A MONFORT OSTENTA UMA FOTO DE VOSSA SANTIDADE, SE VOCÊS SÃO CONTRA AS HERESIAS?

    ATÉ HOJE FEDELI DEVE UMA RESPOSTA… E VAI CONTINUAR DEVENDO POR QUE NÃO A TEM.

    Sergio

  25. Sr. Sergio,

    Sim, vergonhosamente ele é sacerdote da Igreja, o que não se nega, mas que envergonha qualquer católico com um mínimo de instrução na Doutrina da Santa Igreja. Usa-se da “plena comunhão” para ensinar heresias e modismos há muito condenadas, assim, de que adianta a comunhão jurídica se não há comunhão de Fé?

    O Professor Orlando não é um “falso pastor”, e sim um grande fiél que, vendo e conhecendo muito bem a situação drástica da catequese atual, se dá o trabalho de honrosamente ensinar a mesma doutrina que a Santa Igreja sempre ensinou, diferentemente dos FALSOS PASTORES de fato e de direito que deveriam fazer o que ele faz e não fazem, e ao invés, deturpam e negam a Fé que sempre foi ensinada.

    Falsos Pastores são os padres e todos os ordenados que corrompem a integridade da Fé dos fiéis ensinando-lhes heresias como o Dr. Pe. Joãozinho, Melo, Rossi, Zezinho…

  26. Renato,

    Muito boa essas frases e melhor ainda as pessoas que proferiram as mesmas. Só gente de primeira! Gosto muito do Chesterton, tenho devorado seus livros e artigos especialmente no blog do Angueth.

    Abraços

  27. Se a Santa Igreja não fosse Divina o concílio vaticano II a teria destruido.

  28. Confuso Sergio Souza, o Sr. se deu ao trabalho de clicar no link que eu recomendei e averiguar as referidas heresias do padre, que muito provavelmente antes do CVII não seriam ditas de forma tão escancarada…

    E na página do link tem um enorme texto refutando as heresias…

    Então, pastel, antes de falar que falta argumento, se dê o trabalho de verificar a postagem…

    Você que fica igual a uma maritaca repetindo que falta argumento aos opositores do pseudo-catolicismo carismático.

    Se você realmente estivesse seguro de que nos falta argumentos, você não ficaria esperniando aos quatro cantos a mesma coisa.

    Papagaio, Maritaca, Louro José…

  29. Sr. Sergio,

    Tendo tantas cartas sérias para responder e palestras de primeiríssima qualidade para dar, o Professor não vai se dar ao trabalho de ficar destrinchando as obviedades dos erros da RCc e de seus adeptos. Sobre a resposta ao Pe. Joãozinho, não o acuse, pois ele já disse que a responderá, e creio que o fará muito bem.

    Sobre a aprovação da CN por parte de Roma, do Papa, realmente tendo em vista aos escandalos dados diariamente pela mesma, certamente esta aprovação é suspeitíssima, não estou contestando-a, mas, contesto que quem a deu não conhece a realidade da aprovada, e ainda que conheça, espero que assim como São Pio X depois de ter aprovado o movimento Silon o condenou, que Roma também o faça com a RCc que de Católica só tem o nome, e o último nome.

    In Christo!

  30. Sergio Souza

    Cleber…

    É mais fácil baixar o nível de seu discurso atacando o padre Joãozinho do que efetivamente respostder as questões colocadas acima.

    Seria injusto cobrar-lhes tais respostas porque seu mestre, alvo de seu culto de adoração Fedelina, nãos as têm também.

    Presta atenção no que você escreve: “dá o trabalho de honrosamente ensinar a mesma doutrina que a Santa Igreja sempre ensinou”.

    A DOUTRINMA DA SANTA IGREJA PREGA A OBEDIÊNCIA AOS LEGÍTIMOS PASTORES DELA: PADRES E BISPOS. ISSO O FEDELI FAZ ABSOLUTA QUESTÃO DE RASGAR A DOUTRINA DA IGREJA. O SR ORLANDO FEDELI É UM LEIGO REVOLTADO E FRUSTRADO, E VIVE À MARGEM FAZENDO SUAS PRÓPRIAS REGRAS E DOUTRINAS.

    Vocês são sectários! Vivem na marginalidade da Igreja. No submundo de antros onde se prolifera a REBELDIA, ALTIVEZ E DESOBEDIÊNCIA à Igreja e seus pastores, qualidades essas encontradas pelo mestre que está por trás de tudo isso: SATANÁS.

    VOCÊ NÃO PASSA DE MAIS UM CEGO, GUIADO POR OUTRO CEGO, E NÃO PERCEBERAM CAIRMA NA VALA. A QUEM VOCÊ TECE HONRAS, NÃO PASSA DE UM SUJEITO QUE VIVE A ÂNSIA DE DESTRUIR A IGREJA. O SR FEDELI É TÃO PROTESTANTE QUANTO CHARLES TAZE RUSSEL, JOSEPH SMITH, DAVI MIRANDA E EDIR MACEDO. HOMENS QUE SURGEM COMO “ILUMINADOS” E SE AUTO OUTORGAM COMO ÚNICOS CONHECEDORES DA VERDADE. INFELIZMENTE, VOCÊ É MAIS UMA DAS VÍTIMAS. FEDELI NÃO NEM UM POUCO DIFERENTE DELES!

    Antes de escrever, dá uma lida! PORQUE COMPROVADAMENTE OS FEDELINOS NÃO SEGUEM EM SUA TOTALIDADE A DOUTRINA DA IGREJA, VOCÊS VÃO SEGUINDO E INTERPRETANDO À SUA MANEIRA AQUILO QUE LHES CONVÉM!

  31. Hum… Ele se entregou… rsrsrsrs
    Uma coisa interessante no site da Montfort é que, se não estou enganada, eles não têm espaço para comentário e para vermos os comentários dos outros… Os comments são interessantes para vermos a quantas andam as coisas…
    Acho o site da Montfort muito imparcial e imprudente, inconseqüente…

  32. Rogério Amaral Silva

    Esses modernistas da RCC querem fazer do CVII um super concílio, coisa que o própri Papa Bento XVI repele.
    Sem contar a hipocrisia de idolatrar o CVII e negar todos os outros concílios anteriores ao CVII. São um bando de cegos, guias de cegos. Hipócritas, filtram um mosquito e engolem um camelo. É o típico farisaísmo protestante de hoje.

  33. Sergio Souza

    ONDE É QUE O ROGÉRIO OUVIU ISSO QUE O PRÓPRIO PAPA REPELE O CONCÍLIO VATICANO II?

    ONDE ESTÁ PUBLICADO ISSO? NÃO SABIA QUE OS SEGUIDORES DE FEDELI TINHA UMA PROCURAÇÃO DIVINA PARA FALAR EM NOME DO PAPA…

    O FATO É QUE FEDELI HAVIA PROFETIZADO QUE BENTO XVI IRIA RASGAR O CONCÍLIO VATICANO II E O NOVO MISSAL… RASGOU A BOCA FEDELI!!!! MAL INFORMADOS, NEM SEQUER DÃO O TRABALHO DE VER QUE BENTO XVI UTILIZA O NOVO MISSAL NAS CELEBRAÇÕES…

    MORRAM DE ÓDIO FEDELINOS!!!

    OS AUTO OUTOGRADOS TRADICIONALISTAS CADA VEZ MAIS BEIRAM AO DESESPERO DE SUAS TRESLOUQUICES. NÃO FAZ MUITO TEMPO E UM DOS ADORADORES DE FEDELI DCLAROU AQUI NESTE BLOG QUE A SEITA MONTFARSA ERA A PORTA ESTREITA… E AGORA FALAM EM NOME DO PAPA. CUIDADO ROGÉRIO MENTIRA É ALGO DO DIABO, O PRÓPRIO JESUS DISSE QUE O DIABO É O PAI DA MENTIRA..

    MAS VOU LHE DAR ALGUM CRÉDITO.. SEI QUE VOCÊ NÃO MENTIU EM RELAÇÃO EM DIZER QUE O PAPA É CONTRA O CONCÍLIO VATICANO II. A GENTE SABE QUE VOCÊ OUVIU E REPETIU SEM SABER DO QUE ESTAVA FALANDO…

  34. Sergio Souza

    ISSO MESMO ANNE… NNGUÉM VER OS COMENTÁRIOS DOS OUTROS NO SITE DA MONTFARSA.

    ELES CHAMAM-NOS DE CONVIENTES… ORA QUALQUER SER COM UM MÍNIMO DE INTELIGÊNCIA SABE QUE SE FÔSSEMOS CONVENIENTES, JAMAIS O PADRE JOÃOZINHO PUBLICARIA UM COMENTÁRIO SEQUER DELES…

    MAS SABE O QUE ACONTECE? A MONTFARSA É ASSIM: MENTEM E ACUSAM OS OUTROS DE SEREM MENTIROSOS. SÃO REBELDES E ACUSAM OS OUTROS DE REBELDIA. SÃO INCOERENTES E ACUSAM OS OUTROS DE INCOERÊNCIA… SÃO SECTÁRIOS E ACUSAM OS OUTROS DE DIVIDIREM À IGREJA…

    PORQUE O LÍDER DELES É ASSIM E ELE PERPETUO ESSE DESVIO DE PERSONALIDADE AOS SEUS SEGUIDORES, PODE LER NOS COMENTÁRIOS…

    FEDELI NÃO PASSA DE UM LUTERO!

  35. Sergio Souza

    OLHA O QUE O CLÉBER PENSA DO PAPA:

    “Sobre a aprovação da CN por parte de Roma, do Papa, realmente tendo em vista aos escandalos dados diariamente pela mesma, certamente esta aprovação é suspeitíssima, não estou contestando-a, mas, contesto que quem a deu não conhece a realidade da aprovada…”

    EM OUTRAS PALAVRAS O PAPA É UM DESINFORMADO! SAI DANDO APROVAÇÃO ASSIM SEM UM MÍNIMO DE INVESTIGAÇÃO, É ISSO CLEBER?

    VOCÊ ESTÁ ACUSANDO O PAPA DE SER IRRESPONSÁVEL? PORQUE O PAPA DÁ UM RECONHECIMENTO A UMA CMUNIDADE DO QUAL DESCONHECE SUAS PRÁTICAS? E VOCÊ DA MONTFARSA AINDA OSTENTAM A FOTO DELE NO SITE? QUE INCOERÊNCIA É ESSA?

    QUEM DÁ ESCÂNDALO AQUI É A MONFORT! PORQUE SÃO REBELDES E VIVEM NA MARGINALIDADE. A QUEM MAIS CONDENA, PROTESTANTISMO, E É QUEM MAIS SE ESPELHA PARA DIFUNDIR SUAS IDÉIAS FRÍVOLAS. VERDADEIRAMENTE FEDELI NÃO PASSA DE UM NOVO LUTERO!!!

  36. Sergio Souza

    PEDRO, O REI DA INCOERÊNCIA ESTÁ DE VOLTA… O REI NAS ASNEIRAS..

    ELE VIVE NOS CHAMANDO DE PAPAGAIO, MAS SÓ TEM ISSO PARA FALAR QUANDO É QUESTIONADO…

    VEJA O NÍVEL DE QUEM É DA MONTFARSA!!

    PEDRO, SE TIVESSE UM MÍNIMO DE DECÊNCIA, SUMIRIA DESSE BLOG TAMANHA DERROTA QUE LHE FOI IMPOTS ANESSE SITE…

    E CONTINUA DEVENDO O BISPO DA MONTFORT.. JÁ SEI PEDRO: VAI ME CHAMAR DE PAPAGAIO… SÓ QUE ISSO QUE VOCÊ TEM A DIZER, NÃO É?

    CUIDADO… SEUS AMIGOS COMEÇARAM A PROFETIZAREM MENTIRAS NESTE BLOG. E O DIABO É O PAI DA MENTIRA, CUIDADO PARA NÃO SER SEU PAI…

    BEM SE EU SOU O LOURO JOSÉ.. VOCÊ É O ASNO PEDRO… E DE FATO O É!

  37. Sérgio Souza,

    Presta atenção rapaz, os dois, Pe. João e Orlando Fedeli estão começando a se entender, você é que está gerando a cizânia falando essas coisas a respeito do Orlando Fedeli, aliás só para você saber eu nem sigo a Montfort, tenho uma posição diferente deles, mas nem por isso deixo de reconhecer quando eles estão certos.
    Sei que o pessoal tradicionalista pode te deixar nervoso às vezes, mas procure rebatê-los com argumentos e não querer ganhar no grito.
    Aliás, eu também não concordo que o Papa tenha dado reconhecimento pontificio à Canção Nova por negligência, mas também estou longe de acreditar que o Papa concorda com algumas práticas da RCC, talvez o Papa, como pastor que é e não carrasco, com esse reconhecimento, queira fiscalizar mais de perto essas práticas e futuramente orientá-los para o caminho correto.

    Fique com Deus.

  38. KKK

    O “sensitismo” dos “rccistas” não lhes permite uma boa e calorosa discussão. Logo se derretem em baixarias e em repetir o que já foi por vezes respondido. Pobres.

    Sr. Sergio, São Pio X, que sempre gozou fama de santidade e é tido como um dos maiores Papas de todos os tempos, permitiu que se aprovasse ou aprovou o SILON. Deves saber, mas vou falar. O Papa não é infalível em questões que não se refiram a Fé e a Moral, logo, são sucessíveis ao erro, e ao que sei, a aprovação de uma comunidade ou ordem não goza deste atributo, a infalibilidade. Tanto que depois o mesmo SILON, que havia sido aprovado pelo Papa, foi por ele mesmo condenado. É isto que queremos, que não só a CN, mas que toda a RC seja um dia desmascarada, condenada e expurgada do seio da Santa Igreja.

    “FEDELI NÃO PASSA DE UM NOVO LUTERO” engraçado que o “novo”, segundo você, crê na em tudo que a Igreja ensina, e combate o erro, o que não é perfil do real Lutero e sim de rccistas.

    In Christo!

  39. Cuidado com julgamentos temerários, sr. Sérgio, se é que sabes o que isto!

    Acaso, Pe. Joãozinho e Cia LTDA são seu “alvo de seu culto de adoração”? O fato defender o Professor ou quem quer que seja, não significa e nem dá o direito a ninguém, nem ao senhor, de acusar-me de adorá-lo ou cultuá-lo. Isto vale também para o senhor, creio que por mais que defendas os Padres da RCc e demais modernistas, não os adore e preste-lhes culto, o que seria sim idolatria. Cuidado!

    A honra que atribuo ao Professor deve-se à sua coragem e bravura de mesmo no meio de tanta confusão, manter-se fiel à Igreja e tudo o que ela sempre ensinou e que hoje os modernistas deturpam, negam e combatem. Mesmo nos seus já quase centenários oitenta e tantos anos de vida, não se dá por satisfeito e vencido pelo cansaço de tanta batalha que é pesada. Isto é sim ser digno honra!

    A obediência que a Igreja nos impõe aos legítimos pastores cessa diante dos maus. Ou você obedeceria uma ordem ilegítima de um legitimo Padre ou Bispo, mesmo do Papa? Se o Papa lhe ordenasse adorar satã, por vir de um legitimo Papa a ordem você adoraria satã? Claro que não! É por aí que vai nossa “rebeldia”. Somos intolerantes ao erro do modernismo, como os abusos da rc.

    Já que falas em legitimidade me diga algo. Por acaso o senhor conhece algum “legitimo” da rc que tenha mudado o “pro multis”? Nem mesmo a “legitima” cnbb o fez, quanto mais os seus servos. Que legitimidade é esta? Que só segue o que lhe convém? Pe. Joãozinho reza “por muitos” na consagração como ordenado por Roma há anos? Será?

  40. Sr. Sérgio, Salve Maria!

    O que a Santa Sé aprovou foram os ESTATUTOS da Canção Nova que, provavelmente, não contêm nada contra a fé católica. O curioso é que a CN até hoje esconde o conteúdo dos mesmos. Onde estão os tais estatutos? Até que ponto eles refletem a realidade da CN?

    Além disso, infelizmente, há outros movimentos reconhecidos pela Santa Sé cujos fundadores incorreram em graves erros teológicos que tiveram repercussões na ação de seus respectivos grupos. Dou como exemplo as “Oficinas de Oração e Vida”, fundadas por Fr. Inacio Larrañaga. Fr. Inacio escreve o seguinte despautério a respeito de Deus:

    “Estás substancialmente presente em todo o meu ser.”

    O texto completo pode ser encontrado aqui:
    http://books.google.com/books?id=xUaKsYf3WfMC&pg=PA27&lpg=PP1&hl=pt-BR#v=onepage&q=&f=false

    Há muitos outros erros em seus escritos, mas tomei este como exemplo porque não existem manobras “contextuais” capazes de “salvar” esta afirmação. Ela é claramente herética e trata justamente da PRESENÇA SUBSTANCIAL DE DEUS, que se dá na EUCARISTIA e não em “todo o nosso ser”. Também não se pode alegar licença poética, pois há verdades de fé em questão. Não é somente Pe. Joãozinho que faz confusão com o conceito de substância, lamentavelmente…

    O que me diz, Sr. Sérgio? Fr. Inácio está certo ou errado? O fato de que o movimento fundado por ele recebeu aprovação eclesiástica garante sua ortodoxia? Por extensão, a aprovação que a Canção Nova recebeu garante a ortodoxia de seus membros e colaboradores?

    Aguardo sua resposta.

    Atenciosamente,
    Leonardo Brum

    P.S.: A Montfort não é um blog, por isso não há comentários lá.

  41. Sergio Souza

    Leonardo,

    Você acabou de atestar que vocês acham o PAPA um incompetente:

    Você diz: “O que a Santa Sé aprovou foram os ESTATUTOS da Canção Nova que, provavelmente, não contêm nada contra a fé católica”.

    Provavelmente? Ainda paira dúvidas? Será que Vossa Santidade em caso de dúvidas iria dar o Reconhecimento Potifício. O Papa é um irresponsável, Leonardo? Você acabou de chamar o Papa de irresponsável. Que tipo de católico é você?

    Você diz: “O curioso é que a CN até hoje esconde o conteúdo dos mesmos. Onde estão os tais estatutos? Até que ponto eles refletem a realidade da CN?”.

    Veja que você deve saber mais do que o Papa Bento XVI. Você possui uma informação que teoricamente ele não a tem. Você tem uma cópia dos Estatutos da Canção Nova? Porque você afirma com tanta certeza que a Canção Nova as esconde, é porque deve pertencer a Comunidade ou tê-la em casa escondida. E você sabe dessa informação, como o Papa, chefe da Igreja desconhece isso? Como se vê, você mais uma vez chama o Papa de desinformado. O Papa é um MAL INFORMADO, desconhece para que dá o Reconhecimento Pontifício, Leonardo? Que tipo de católico é você?

    E pelo visto, você afirma categoricamente que o Papa proliferou o Reconhecimento Pontifício a outros Hereges, não é Leonardo? Ou seja, abriu, segundo você, as portas do inferno sobre a Igreja. É isso que você pensa do Papa, Leonardo? Que tipo de católico é você?

    Outra, e se você acha tudo isso do Papa como que a seita Montfort ostenta uma foto do Papa em seu site?

    Já sei que tipo de católico é você. Um cego guiado por um cego chamado Orlando Fedeli. Você é um sectário, separado da Igreja, conspirando contra a Igreja, em antros do submundo a serviço do prícipe da rebeldia que é satanás.

    Já sei que tipo de católico é você, você é um dos inimigos dela citado por.

    E outra, a Montfort não é um blog, mas também não é um site, é uma organização chefiada por um ex-TFP, inspirado por LUTERO, e que vive da desvairice de se achar um “ilumindado” cuja a missão é restaurar a Igreja de Deus plenamente corropmpida, destruindo-a e se ponto acima de todos. Não é diferente de Davi Miranda, Edir Macedo, Joseph Smith…

    Leonardo… Converta-se a ame a Igreja, não uma dissidência dela. Seja um seguidor de Jesus Cristo e não um Fedelino! Saia da margem! Seu MONTFARSIANO!

  42. “Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem e vos perseguirem e, mentindo, disserem todo mal contra vós.” (São Mateus V, 11)

    Sr. Sergio, Salve Maria!

    Saiba que suas ofensas são para mim motivo de honra. É melhor parar de apelar e responder objetivamente meus questionamentos:

    Fr. Inácio está certo ou errado? O fato de que o movimento fundado por ele recebeu aprovação eclesiástica garante sua ortodoxia? Por extensão, a aprovação que a Canção Nova recebeu garante a ortodoxia de seus membros e colaboradores?

    Para dar as respostas, sugiro que siga este conselho de Nosso Senhor:

    “Que seja o seu dizer, sim sim, não não. O que passar disso provém do maligno.” (São Mateus V, 37)

    Ainda estou aguardando…

    Leonardo Brum

  43. Sergio Souza

    Cleber…

    Recado: Seja um seguidor de Jesus Cristo, digno de louvor, honra e glória, e não seja seguidor de uma dissidência como você vem fazendo…

  44. Sergio Souza

    Leonardo…

    Foram colocados vários questionamentos a você mas parece que deram um nós na sua cabeça.

    RESPONDE: Você confirma que o Papa é adepto da heresia? Que o Papa é um mal informado? Que o Papa é um ireeponsável?

    Só mais uma.. Quem o Bispo da Montfort?

    Só isso…

    Ainda estou aguardando…

    Para você que segue Fedeli, recado da Bíblia: “Deixai-os. São cegos e guias de cegos. Ora, se um cego conduz a outro, tombarão ambos na mesma vala”. É onde você está!

  45. Sergio Souza

    Sim…

    Olhe-se no espelho e proclame a você próprio o que você escreveu:

    “Que seja o seu dizer, sim sim, não não. O que passar disso provém do maligno.” (São Mateus V, 37)

    Quando me dar as respostas que até agora seu mestre também não as deram, lembre-se disso… Porque eu as pedi anteiormente e você passou disso, então você mesmo se afoga nas armadilhas do maligno! Mas tens outra chance

  46. Sérgio, Salve Maria!

    Eu lhe perguntei primeiro, então creio que seria justo que você me respondesse primeiro. Você não deu nó nenhum em minha cabeça, apenas me encheu de perguntas antes de responder as minhas. Está fugindo? Em todo caso, vou lhe fazer esta concessão.

    Não sei quais foram os motivos que o papa teve para aprovar a Canção Nova (ou seus estatutos), isso só Deus sabe. O fato é que foi um erro, assim como foi um erro por parte da Santa Sé aprovar outros movimentos como as Oficinas de Oração e Vida. Julgar a culpa que o papa tem por esse erro não cabe a mim, só a Deus (ou a um outro papa), mas o erro existe. Você me questiona:

    “E pelo visto, você afirma categoricamente que o Papa proliferou o Reconhecimento Pontifício a outros Hereges, não é Leonardo?”

    Pois eu afirmo e reafirmo. Isto é um FATO que eu DEMONSTREI aqui. Refute a demonstração, se for capaz. A Santa Sé e os papas não são absolutamente infalíveis e já houve papas na história que favoreceram erros, como Honório e o próprio São Pedro, que prevaricou diante dos judeus. Você se alicerça em premissas falsas para defender seus sofismas. Você pressupõe que é impossível o favorecimento de um erro por parte de um papa e nos acusa injustamente de infidelidade.

    Agora é sua vez de responder:

    Fr. Inácio está certo ou errado? O fato de que o movimento fundado por ele recebeu aprovação eclesiástica garante sua ortodoxia? Por extensão, a aprovação que a Canção Nova recebeu garante a ortodoxia de seus membros e colaboradores?

    Seja honrado e responda.

    Leonardo Brum

  47. P.S.: Não sou membro da Montfort e não moro em São Paulo. Creio que o bispo deles seja D. Odilo Scherer, mas não tenho certeza.

  48. Sergio Souza

    Louvado seja o Nosso Senhor Jesus Cristo!

    http://blog.cancaonova.com/redacao/2009/09/01/portal-cancao-nova-chega-a-7-milhoes-de-acessos/

    Antes de qualquer comentário eu queria louvar o Senhor pelos números da Canção Nova!

    A primavera ainda não chegou e o cancaonova.com já está colhendo as surpresas de Deus: 7 milhões de acessos no mês de agosto.

    Isso mesmo! 7 MILHÕES DE ACESSO EM AGOSTO!

    É claro que não poderíamos deixar de agradecer aos seguidores da Montfort que AJUDARAM A COMPOR esse expressivo número de acessos, acessando principalmente o blog do Padre Joãozinho.

    Inclusive o padre do blog Joãozinho, no ranking de blogs da Canção Nova é o 2º no quesito de publicações e é o 3º no quesito de comentados!

    Agradeço de todo o coração ao Cléber, Pedro, Leonardo entre outros seguidores da Monfort por fazerem parte da família dos 7 milhões!

    O espaço estará democraticamente sempre aberto a vocês e quem sabe vamos chaegar a marca dos 10 milhões de acessos, também com a colaboração e audiência de vocês. Vocês são importante nisso!

    SER CANÇÃO NOVA É BOM DEMAIS

    Com orações,

    Sergio

  49. Sergio Souza

    Ok.. Leonardo, Deus lhe abençoe!

    Só queria dizer que o fato de estar em São Paulo não necessariamente que a Montfort esteja em plena comunhão com Dom Oldilo Scherer.

  50. Sergio Souza

    Leonardo..

    Você é quem foge das questões. Eu nunca defendi aqui Leonardo Boff e você vem me empurrar Leonardo Boff.

    É simples. Você acha que o Papa é um herege ao ter dado o reconhecimento pontifício a canção nova, que você acha herege?

    Responde…

  51. Sergio Souza

    Outra coisa Léo… Em nenhum momento aqui eu defendi Frei Inácio, você é que vem me empurrar também.

    Onde é que está escrito que eu defendi Frei Inácio???? Faz isso não Léo, é feio levantar falso testemunho.

    Agora vá direto ao ponto e me responde:

    Você acha que o Papa é adepto da heresia ao conceder o reconhecimento pontifício à canção nova? Você acha a canção nova herege, netão para ele conceder o reconhecimento, ele tem que concordar com as heresias. E aí? É sim ou não!

  52. Sergio Souza

    1ª RESPOSTA DEFINITIVA AO LEONARDO…

    Obrigado por fazer parte dos 7 milhões de acessantes da família CANÇÃO NOVA.

    Outra questão sem resposta. Foi muito mais fácil, assim como o Pedro pelogia, se esquivar da questão do Bispo respondendo convenientemente que: Não faço parte da Montfort!

    Que lástima Leonardo! Para quem o tempo todo passou defendendo a Montfort agora foge dela?

    E outra, convenhamos, para quem se julga ter respostas para tudo, foi horrível sua colocação: “Creio que o bispo deles seja D. Odilo Scherer, mas não tenho certeza.”.

    Desde quando esse seu “achismo” e localização geográfica em São Paulo da Montfort garantem a comunhão com a Igreja do Senhor? Nenhuma Leonardo! Era mais fácil você dizer: “Não temos!”.

    Vou te mostrar, e humildemente te ensinar como se dá uma resposta a um questionamento:

    Diferentemente de você, EU NÃO ACHO, eu tenho certeza dos Bispos de acolhem a Canção Nova. Então toma aí para você:

    Dom Antônio Afonso de Miranda, na época, Bispo de Lorena (SP) auxiliou nos primeiros passos, o Monsenhor Jonas Abib.

    Dom João Hipólito de Morais, que sucedeu Dom Antônio na Diocese de Lorena, foi um grande incentivador da obra Canção Nova. A ele foi dedicado o Centro de Evangelização em Cachoeira Paulista (SP). Dom Eduardo Benes, permaneceu na diocese por apenas quatro anos, mas foi tempo suficiente para mostrar sua sólida amizade. “A comunidade Canção Nova dá um testemunho muito grande, que aparece nos meios de comunicação, mas, que tem uma base interna de muita vida de oração, e isso tudo me fez ter pela Canção Nova uma grande estima”, afirma.

    O atual Bispo de Lorena, Dom Benedito Beni afirma que a Canção Nova é um Dom do Espírito para a Igreja e que este Dom apresenta dois importantes aspectos: “o primeiro é da evangelização, a Canção Nova surgiu para evangelizar. E o segundo complemento desse carisma é a própria vida comunitária, é uma novidade na Igreja”.

    Dom Alberto Taveira, Arcebispo de Palmas, TO, reconhece na Canção Nova uma Obra divina e desde 1998, ordena os sacerdotes vocacionados a Canção Nova.

    Isso sem contar os Bispos que acolhem a Canção Nova nas várias cidades onde ela têm casas de missão: Brasília, Gravatá, Fortaleza, Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo…

    Dom Odilo, acolhe a Canção Nova, e tem um blog na Canção Nova, sabia? Acessa: http://blog.cancaonova.com/discipulosemissionarios/

    EU NÃO ACHO QUE DOM ODILO ACOLHE A CANÇÃO NOVA… EU TENHO CERTEZA, E TE PROVEI, LEONARDO! É ASSIM QUE SE FAZ!

    Quer saber a opinião de Dom Odilo sobre a Canção Nova?

    O Arcebispo de São Paulo, Cardeal Odilo Pedro Scherer, ao destacar que “ter um meio de comunicação como a CN, com seu sistema, ajuda muito a que nós, como Igreja Católica, neste mundo imenso que é a cidade de São Paulo, não submerjamos no silêncio”.

    Dom Odilo explica que “cada meio de comunicação multiplica a capacidade da Igreja de chegar à casa das pessoas e acompanhar suas vidas. Por isso, nós temos que fazer todo o possível para estar presentes nos meios de comunicação, e até mesmo apoiar os que estão ligados à Igreja para que eles possam ajudá-la a fazer o seu trabalho”.

    Leonardo, são os BISPOS da IGREJA DO SENHOR. Sucessores legítimos dos Apóstolos. SERÁ TODOS SÃO A FAVOR DAS HERESIA QUE VOCÊS DIZEM QUE A CANÇÃO NOVA TEM? Seja mais humilde! SERIAM TODOS ELES HERÉTICOS?

    Só um conselho, antes de você ACHAR, procura TER CERTEZA ou então diga NÃO SEI!

    E todos esses comentários dos Bispos podem se acessados no portal da Canção Nova, já bem FAMILIAR A VOCÊ, não é?

    E para terminar. Não sei se você teve aula de CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA, mas deveria iniciar ou voltar a estudá-lo:

    “§2179 Paróquia é uma determinada comunidade de fiéis, constituída de maneira estável na Igreja particular, e seu cuidado pastoral é confiado ao pároco, como a seu pastor próprio, sob autoridade do bispo diocesano.” E o lugar onde todos os fiéis PODEM SER CONGREGADOS PELA CELEBRAÇÃO DOMINICAL DA EUCARISTIA. A paróquia inicia o povo cristão na expressão ordinária da vida litúrgica, reúne-o nesta celebração, ensina a doutrina salvífica de Cristo, pratica a caridade do Senhor nas obras boas e fraternas.

    Não podes rezar em casa como na Igreja, onde se encontra o povo reunido, onde o grito é lançado a Deus de um só coração. Há ali algo mais, a união dos espíritos, a harmonia das almas o vínculo da caridade, as orações dos presbíteros”.

    Que tipo de católico é você, que segue um Luterano enrustido, como Fedeli, sem estar congregado com os irmãos fiéis? Sem estar em união com os Bispos da Igreja?

    Reveja sua vida espiritual e converta-se dessa rebeldia à Igreja de Deus.

    Antes de postar algum comentário neste blog, agradeça também a Deus pela Canção Nova que acolhe EM SEU BLOG, o comentário do seguidor de um herege como você!

    Já lhe esclareci a verdade dos fatos. QUER ANDAR NA REBELDIA? CONTINUE!

    Mas lhe peço em nome de Jesus, creia que, quando quiseres voltar, a Igreja, EM COMUNHÃO A SEUS VERDADEIROS pastores, essa mesma Igreja estará de braços abertos para te acolher!

    FIQUE EM COMUNHÃO COM A IGREJA, NÃO À MARGEM DELA COMO FAZ A MONTFORT, PORQUE “AS PORTAS DO INFERNO JAMAIS SE PREVALECERÃO CONTRA ELA”.

  53. Sergio Souza

    2ª Resposta definitiva a Leonardo

    Ao contrário de você Leonardo, eu fui atrás da Arquidiocese para saber a PALAVRA OFICIAL DA IGREJA sobre o site. NÃO O QUE EU ACHO… ASSIM COMO VOCÊ DISSE. Toma a certeza!!! E VEJA A VISÃO QUE ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO TEM SOBRE A MONTFORT!

    É ASSIM QUE SE FAZ LEONARDO!

    O golpe final nos seguidores da MONTFORT!!!

    Eu aqui descrevi a visão que os Bispos da Igreja Católica, VERDADEIROS PASTORES, de quem é católico, têm em relação a Canção Nova.

    Agora vamos ver a visão que a ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO, tem sobre a MONTFORT.

    Fiz alguns questionamentos sobre a Montfort a Arquidiocese de São Paulo e veremos a PALAVRA OFICIAL da Igreja em São Paulo que é a que um verdadeiro católico deve seguir.

    Introdução:

    Prezado Sérgio,

    A Associação Monfort é dirigida por Orlando Fedeli, ex-integrante da TFP. Suas idéias são bastante polêmicas não aceitando o Magistério da Igreja, principalmente em relação ao Concílio Vaticano II. Embora este tenha rompido com a TFP as mensagens que são passadas através deste site denotam sua ligação estreita com o pensamento daquele movimento. Em relação às suas perguntas, respondo abaixo:

    PERGUNTEI: Esse movimento é aprovado pela Arquidiocese de São Paulo?
    Não. Este movimento não fala em nome da Igreja. A palavra oficial da Arquidiocese está no site da Arquidiocese (arquidiocesedesaopaulo.org.br), no Jornal O São Paulo e nos documentos emitidos pelo arcebispo.

    Vocês têm algo publicado contra ou favor deles?
    Não.

    Há algum comunicado do Vaticano em relação a esses movimentos do estilo da MONFORT?
    Não. O católico ouve o magistério da Igreja e não movimentos que pretensamente dizem ser os donos da verdade.

    Vocês aconselham os fiés a acessarem essa formação da Monfort?
    Não. Pois ele não traz o pensamento oficial da Igreja e nem é uma voz autorizada do Magistério.

    Caramba!!!! Olha a diferença da visão de uma PASTOR OFICIAL DA IGREJA, tem em relaççoa a Canção Nova e em relação a Montfort.

    PALAVRA OFICIAL DA IGREJA, e não a minha viu? A Montfort não passa de uma seita!

    Faz o seguinte Montfortianos. Acessem cada vez mais

    Olha, qualquer um pode fazer os mesmos questionamentos para a Arquidiocese e receberão a mesma resposta. ACONSELHO A VOCÊS QUE REPUDIAM A SEITA MONTFORT E FEDELI LUTERO, a buscarem respostas nos VERDADEIROS PASTORES DA IGREJA.

    Com isso está decretado para a Montfort aquilo que Jesus disse: Mateus 7,15 “Guardai-vos dos falsos profetas. Eles vêm a vós disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos arrebatadores”.

    FEDELI=FALSO PROFETA!

    Quem quiser receber um cópia desse e-mail, deixe seu endereço neste blog e eu encaminharei.

    Vitória!!!!!!!!!! Viva a Igreja do Senhor!!!!!!!!! Vitoriosa Igreja do Senhor!!!!!!

    Isso não os exclui de acessar o site. Como eu disse, até para quem tem ódio da Canção Nova, como vocês, ela permite que vocês a acessem o site dela.

    Ainda assim agradeço por fazerem parte da família dos 7 milhões de acessantes!

  54. Leonardo, salve Maria!

    Esse cara é mesmo uma piada!

  55. Sergio Souza

    3ª Resposta definitiva a Leonardo

    Ao Leonardo…

    Pobre Leonardo! É de dar pena!

    Tradicionalistas, um jeito de ser Igreja Apostólica Brasileira.

    Para a soberba dos Montfortianos: 1Pd 5,5 – “Todos vós, em vosso mútuo tratamento, revesti-vos de humildade; porque Deus resiste aos soberbos, mas dá a sua graça aos humildes (Pr 3,34)”.

    Contra o cerco de Fedeli: 1Pd 5,8 – “Sede sóbrios e vigiai. Vosso adversário, o demônio, anda ao redor de vós como o leão que ruge, buscando a quem devorar”.

    Você se esquivou de questões e não nos deu respostas.

    Ao contrário, tentou me empurrar a Teologia da Libertação e o Frei Ignácio Larrañaga.

    O tempo todo ficou muito claro, E VOCÊ SABE, que eu sempre falei da Canção Nova, e sempre lhes fiz questionamentos em relação a essa Comunidade, da qual VOCÊ NÃO TEM RESPOSTAS.

    Como lhe ensinei e provei, a Canção Nova está plenamente em comunhão com a Igreja do Senhor, através do Papa e dos Bispos da Igreja.

    Você num surto de ACHISMO, achou que pelo fato da Montfort ser em São Paulo talvez o Bispo dela fosse Dom Odilo.

    E como eu não tabalho com ACHISMOS e COM CERTEZAS, eu lhe provei que a sua Montfort não está em comunhão com a Igreja do Senhor.

    O que por si só já desqualifica sua posição de católico e automaticamente coloca você, Cléber’s, Pedro sem Pelogia e com Pelogia na qualidade de PROTESTANTES.

    Em suma não há diferença no comportamento de Fedeli e do Dom Carlos Duarte Costa, fundador da igreja apostólica brasileira. Não há diferença entre os seguidores da Igreja Apostólica Brasileira e vocês MONTFORTIANOS

    NA PRÁTICA VOCÊS ESTÃO CONTRA OS VERDADEIROS PASTORES DA IGREJA DO SENHOR E ADERIRAM A FALSOS PASTORES.

    Para que você entenda, se é que quer entender…

    Aos verdadeiros pastores da Igreja lhes foi confiado: 1Pd 5,4 – “Velai sobre o rebanho de Deus, que vos é confiado. Tende cuidado dele, não constrangidos, mas espontaneamente; não por amor de interesse sórdido, mas com dedicação; não como dominadores absolutos sobre as comunidades que vos são confiadas, mas como modelos do vosso rebanho. E, quando aparecer o supremo Pastor, recebereis a coroa imperecível de glória”.

    Esse pastoreio foi confiado ao Papa e os Bispos em comunhão com ele. E como povo de Deus, somos e pertencemos a esse rebanho, e devemos ouvir a voz desses pastores. Não devemos ouvir a voz, de um desqualificado como Orlando Fedeli a quem NADA LHE FOI CONFIADO POR DEUS, a não ser meia dúzia de cegos seguidores dessa perniciosa organização satânica chamada MONTFORT. À margem da Igreja, afogada na soberba e frustração de uma mente doentia e desequilibrada de seu mestre fundador, a quem consegue levar cegos seguidores nos devaneios de suas frívolas idéias.

    Ao contrário de você, Leonardo, eu lhe mostrei a comunhão que a Canção Nova tem com a Igreja do Senhor, pena que você não nos mostre o mesmo em relação a Montfort, porque tão autosuficinete talvez ela não e seus seguidores não precisem dos Bispos e nem padre nenhum, não é Leonardo? Cuidado para não andar recebendo a Sagrada Eucaristia da Montfort!

    Respondendo a questão que você quis jogar para mim:

    LEMBRANDO… NÃO SOU ADEPTO DA TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO E NEM DO FREI IGNÁCIO LARRAÑAGA. O LEONARDO TENTOU ME EMPURRÁ-LOS NA FALTA DA QUALIDADE E CONSTÂNCIA DE SEUS FRACOS ARGUMENTOS. NA FALTA DE ARGUMENTOS PARA RESPONDER MEUS QUESTIONAMENTOS, E DESSA FORMA, LEONARDO SE COMPORTOU COMO UM TÍPICO PROTESTANTE.

    1º) FREI IGNÁCIO LARRAÑAGA

    Não sou adepto desse movimento dele… Você falando mal dele ou não, para mim não tem efeito nenhum. (RISOS)

    Não conheço o trabalho e a missão de seus seguidores. Não sou obrigado a conhecê-los… Não fazem parte do meu dia a dia. Em minha paróquia, e nem na Arquidiocese onde resido, não vimos nada a respeito dos trabalhos do Frei Ignácio Larrañaga. A única coisa que sei são suas Oficinas de Oração. Mas não sei do seu conteúdo e nem nada. Nunca peguei em um livro dessas oficinas de Oração.

    Não posso atacar e nem defender aquilo que eu desconheço, Leonardo. Você gastou tempo e energia tentando maldosamente me empurrar o Frei Ignácio Larrañaga, sem ao menos dar-se o trabalho de me perguntar se eu o conhecia.

    De qualquer forma, irei questionar a ARQUIDIOCESE sobre suas denúncias contra o Frei Ignácio Larrañaga. E vamos aguardar a Palavra do PASTOR DA IGREJA, que para o Católico é a que vale. Não é?

    Se você tiver algum documento do Vaticano condenando-os por heresia, terei o imenso prazer em ler. E em o Vaticano condenando os trabalhos do Frei Ignácio Larrañaga, pode ter a certeza que estaremos juntos lutando contra essa heresia, mas entendeu? A IGREJA. Não você, nem Fedeli… Vocês não são os pastores! Releia a passagem de PEDRO, e veja quem é o seu Pastor.

    2º) TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO

    Sigo e concordo com as Palavras do PAPA BENTO XVI. E é o que devemos fazer, como CATÓLICOS AUTÊNTICOS. Ouvir o MAGISTÉRIO DA IGREJA, Leonardo, não ouvir falsos pastores como Fedeli.

    O que o Papa diz sobre a TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO.

    Ao explicar que “a missão da Igreja é religiosa, mas se abre às soluções dos grandes problemas sociais”, o Pontífice disse durante a improvisada conferencia de imprensa no avião que “há sempre espaço para um debate legítimo sobre como criar as condições para a libertação humana e sobre como fazer eficaz a doutrina da Igreja e indicar as condições humanas e sociais, as grandes linhas nas quais os valores podem crescer”.

    Entretanto, o Papa esclareceu que hoje “mudou profundamente a situação na qual a teologia da libertação nasceu”. “É evidente que as fáceis promessas que faziam acreditar que podem conseguir de uma revolução as condições para uma vida completa estavam equivocados; isto agora sabem todos e o ponto é como a Igreja deve estar presente na luta pela justiça: sobre isto se dividem teólogos e sociólogos”, adicionou.

    O Santo Padre explicou que antes de ser Pontífice, “na Congregação para a Doutrina da Fé tratamos de fazer uma ação de discernimento para nos liberar dos falsos milenarismos e da politização”.

    Bento XVI se referiu também à Teologia da Libertação como um “fácil Milenarismo, que acreditou melhorar as condições de vida com a revolução”. O Milenarismo é a heresia que acreditava na iminência do fim do mundo e o advento de um reino terreno de paz e justiça perfeitas que duraria mil anos.

    As idéias da Teologia da Libertação, acrescentou o Papa, “eram errôneas, mas isto todos já sabem”.

    O Papa se referiu também à figura do assassinado Arcebispo de São Salvador, Dom Oscar Arnulfo Romero, e advertiu que “uma parte política queria apropriar-se deste personagem”, que em sua opinião, “merece ser beatificado”.

    O Santo Padre explicou também que “a mudança da situação política na América Latina propiciou também a mudança substancial da doutrina que prega” a Teologia da Libertação; e esclareceu que “o magistério da Igreja não pretendeu destruir o sentido de justiça social, mas sim reconduzi-lo pelo caminho justo”.

    EM SUMA… VOCÊ PODE FALAR O QUE VOCÊ QUISER DA TEOLOGIA DA LIBERTAÇÃO OU FREI IGNÁCIO, REPITO NÃO SOU ADEPTOS DESSES MOVIMENTOS.

    Enfim… O que você quer mais? Satisfeito com a derrota lhe imposta? É o que acontece com quem se põe CONTRA A IGREJA DO SENHOR!

    Ainda assim, obrigado por ter acessado o site mais uma vez e por fazer parte da família de 7 milhões de acessantes!

  56. Negligente, irresponsável, prevaricador… Vamos esperar o próximo elogio que a Montfort faz ao Papa.

    A Montfort está de olho na Igreja. E não permitirá que ela tome decisões sem que Orlando Fedeli aprove. E se a Igreja ousar desobedecê-lo, a Montfort defenderá com unhas e dentes a humanidade da perigosa Igreja Católica.

    Um pequeno detalhe: Tudo o que a Igreja diz e dirá, até um proximo concilio, é e será proveniente do Concílio Vaticano II. Pode reclamar, pode ciscar pelo chão, pode esculhambar, pode assobiar chupando cana, pode chorar, poder correr pelado com abacaxi na cabeça na corrida de São Silvestre, pode fazer o que quiser, mas nem mil Montforts conseguirão mudar um fato: a Igreja Católica vai continuar seguindo o Concílio Vaticano II. Quer queiram, quer não queiram.

    Que Nossa Senhora, mãe da Igreja, que cuidou de cada concílio com suas orações, nos livre da Montfort!

  57. Rafael Teófilo

    Leonardo,

    Melhor rezar por esse sujeito.

    Se com o pouco que viu ele já ficou “surtado”, imagine só quando sair a resposta do Professor Fedeli ao desafio de Padre Dr. Joãozinho?

    Salve Maria!

  58. Sergio Souza, Salve Maria!

    Não sou membro da Montfort, portanto não sei a qual bispo estão subordinados, assim como não saberia responder outras coisas a respeito deles. Não tenho a obrigação de saber tudo.
    Em todo caso, sou amigo do professor Orlando e procuro defendê-lo de acusações injustas como as suas.

    Em nenhum momento falei de Teologia da Libertação. Ou você não entendeu minha argumentação, ou você fingiu que não entendeu para fugir.

    Sobre Frei Inácio, você escreve:

    “Você falando mal dele ou não, para mim não tem efeito nenhum. (RISOS)”

    Como não tem? Você não é o grande defensor de tudo o que o Vaticano e os bispos aprovam? Você não defende tudo o que está em “plena comunhão” com a Igreja?

    Pois então…O movimento de Frei Inácio é APROVADO pela Santa Sé e, no entando, há claras HERESIAS em seus escritos. Portanto, o fato de que a Canção Nova goza de aprovação semelhante por parte do Vaticano não dá garantia NENHUMA de que não haja hereges em suas fileiras.

    O argumento é este. Ou você o refuta, ou você se rende. Pare de ficar sofismando.

    Se o bispo da diocese em que a Montfort se encontra for D. Odilo, tenha certeza que a Montfort o reconhece como pastor e se submete a ele dentro das prerrogativas que lhe cabem. Se um bispo defende algo contra a fé (não estou dizendo que seja o caso de D. Odilo), não só temos o direito de não nos submetermos ao erro, mas temos o dever de nos opormos a ele. O fato de ser bispo não o torna infalível e a própria infalibilidade do papa só é exercida em certas condições.

    Ainda aguardo as respostas aos meus questionamentos, porque o que está em questão é sua principal premissa. Sem ela, todo o seu edifício de argumentação desmorona. Por isso o seu medo em responder.

    A aprovação da Santa Sé está aqui:
    http://www.vatican.va/roman_curia/pontifical_councils/laity/documents/rc_pc_laity_doc_20051114_associazioni_sp.html#TOV
    A heresia (claríssima) de Frei Inácio está aqui:
    http://books.google.com/books?hl=pt-BR&id=xUaKsYf3WfMC&q=%22est%C3%A1s+substancialmente+presente+em+todo+o+meu+ser%22#v=snippet&q=%22est%C3%A1s%20substancialmente%20presente%20em%20todo%20o%20meu%20ser%22&f=false

    E agora?

    Leonardo Brum

    P.S.: Esta é apenas a “ponta do iceberg”. Ainda há vários outros erros de vários outros movimentos facilmente constatáveis. Mas para que a discussão não se ramifique, fico por aqui.

  59. Sr. João, Salve Maria!

    Que São Pedro, primeiro papa da história, tenha prevaricado, não sou eu quem digo, mas São Paulo inspirado pelo Espírito Santo. Leia o segundo capítulo da Espístola aos Gálatas. São Pedro, felizmente, arrependeu-se do seu erro, mas o fato é que errou e a acusação feita a ele de “não agir conforme a verdade do Evangelho” foi justa.

    Quando você escreve:
    “Tudo o que a Igreja diz e dirá, até um proximo concilio, é e será proveniente do Concílio Vaticano II.”

    parece defender que um concílio “substitui” o outro, assim como a nova constituição de um país revoga aquela que a precedeu. Não é assim. O ensinamento dogmático de todos os concílios precedentes ao Vaticano II permanecem para sempre.

    Leonardo Brum

  60. Sergio Souza

    Era tudo que faltava!

    Leonardo…

    Você tem um mínimo de inteligência e creio de dignidade também. Sabe muito bem que o tempo todo eu coloquei aqui que questionei sobre o Reconhecimento Pontifício…

    EU PROVEI A VOCÊ QUE…

    RESPONDI SEUS QUESTIONAMENTOS. Aprenda a ler! Já está bem grandinho.

    VOCÊ ATÉ HOJE DEVE: O PAPA BENTO XVI É UM HEREGE? SIM OU NÃO? ESTAMOS ESPERANDO!

    Inteligentemente você percebeu também que o fato de você não saber qual é o Bispo da Montfort era natural. Porque como eu lhe ENSINEI, não o há!

    APRENDEU? É ASSIM QUE FAZ LEONARDO! VOCÊ COLOCOU NESSE BLOG QUE “ACHAVA’ PORQUE ERA DE SÃO PAULO O BISPO DELES ERA DOM ODILO… (RISOS)

    FOI LHE ESFREGADO NESSE BLOG A OPINIÃO DA ARQUIDIOCESE DE SÃO PAULO!!!!!!!!!!!!!!

    Gora vamos… Fale do RECONHECIMENTO PONTIFÍCIO QUE O PAPA DEU A CANÇÃO NOVA. SEJA DIRETO! DIGA SE O PAPA ERROU… (VOCÊ JÁ COMEÇOU A DAR A RESPOSTA EM TRATAR COM DERESPEITO O APÓSTOLO PEDRO). FALTA O RESTO… SOLTE O SEU ÓDIO

    E outra… É lastimável você se referir a São Pedro como você se referiu. Você acaba de se vestir a roupa de um PROTESTANTE. Vê se nesse blog o se desespero de não Ter respostas aos questionamentos E FATOS que lhes foram colocados, e para fugir dos questionamentos age SEM RESPEITO NENHUM pela figura do Papa.

    Você não passa de seguidor enrustido da Montfort acaba aqui de decretar a sua visão ERRONEA E SECTÁRIA pela figura do Papa da Igreja.

    DEFINITIVAMENTE VOCÊ NÃO É CATÓLICO.

  61. Sergio Souza

    Colegas de trabalho que são Protestantes recolheram o depoimento da visão de um ‘católico sobre São Pedro.

    “Que São Pedro, primeiro papa da história, tenha prevaricado, não sou eu quem digo, mas São Paulo inspirado pelo Espírito Santo”.

    Os protestantes estão vibrando de alegria com a visão de um Montfortiano sobre o Primeiro Papa. Dizem: “Olha o que os Católicos acham do Papa?!”

    Que falta de zelo pela figura de Pedro. Um mártir da Igreja!

    Montfortianos, lavem essa boca antes de se referir DERESPEITOSAMENTE pela figura de Pedro!

    A Igreja não se refere a Pedro assim… Ah! Tá explicado. VOCÊS NÃO PERTENCEM À IGREJA!

    Você diz… que esse Frei Inácio possui claras heresias e que são aprovados pela Santa Sé. Tranquilamente vamos acreditar em suas palavras e pensar que realmente há heresias nesse movimento…

    Concluímos então que você ACABA DE DECLARAR NESSE BLOG que O PAPA BENTO XVI É UM HEREGE! SIMPATIZANTE DE HERESIAS!!!

    GRAVÍSSIMO ISSO LEONARDO! VOCÊ CERTAMENTE NÃO É CATÓLICO!

    E se o Papa é um simpatizante de heresias, porque NÃO APROVA A SUA MONTFORT? Mais herege que ela é impossível! Uma heresia a mais ou a menos não ia fazer diferença, não é LEONARDO?

    Se você não percebeu, mas já percebeu sim, porque lhe ensinei aqui o que os Bispos da Igreja do Senhor acham da Canção Nova. Esse é um espaço para o católicos, não sabemos qual é a sua religião. Mas Católico você não é!

    ESTÁ PROVADO! VOCÊ MESMO SE ENFORCOU!

    De qualquer forma, agradecemos a você por engrandecer o número de acessos. VOCÊ É UM TESTEMUNHO DE QUE SER CANÇÃO NOVA É BOM DEMAIS! MESMO A ODIANDO, NÃO CONSEGUE DEIXÁ-LA!!!

    Valeu Leonardo Montfortiano!

  62. Só não há hereges na Montfort. Se a Igreja seguir o Concílio Vaticano II está no erro e merece ser ignorada.

    A Igreja vai seguir o CVII até que chegue o CVIII. Já decretou a Montfort, com toda sua autoridade apostólica:

    Católico que segue a Igreja Católica = herege.

    Católico que segue a Montfort = católico fiel a doutrina de sempre.

    Na verdade quem segue a Montfort = sedevacantista enrustido

    A Montfort não se enxerga.

  63. Sr. Sérgio, Salve Maria!

    O senhor escreve:

    “Você tem um mínimo de inteligência e creio de dignidade também. Sabe muito bem que o tempo todo eu coloquei aqui que questionei sobre o Reconhecimento Pontifício…

    EU PROVEI A VOCÊ QUE…

    RESPONDI SEUS QUESTIONAMENTOS. Aprenda a ler! Já está bem grandinho.”

    Pois parece que o senhor é quem não sabe ler. Primeiro disse que eu queria lhe “empurrar” Leonardo Boff e a Teologia da Libertação. Não sei de onde o senhor tirou isso. Depois escreveu:

    “Fale do RECONHECIMENTO PONTIFÍCIO QUE O PAPA DEU A CANÇÃO NOVA. SEJA DIRETO! DIGA SE O PAPA ERROU”

    Pois eu já disse que foi um erro. Repito o que escrevi alguns posts atrás:

    “Não sei quais foram os motivos que o papa teve para aprovar a Canção Nova (ou seus estatutos), isso só Deus sabe. O fato é que foi um erro, assim como foi um erro por parte da Santa Sé aprovar outros movimentos como as Oficinas de Oração e Vida. Julgar a culpa que o papa tem por esse erro não cabe a mim, só a Deus (ou a um outro papa), mas o erro existe.”

    Então, sr. Sérgio, sou eu ou o senhor que não sabe ler?
    O reconhecimento foi um erro, mas não faz do papa um herege, pois o que se aprova são os estatutos e não as heresias dos movimentos.

    Eu quis entabular um raciocínio gradual com o senhor, primeiramente tratando de sua premissa: a de que o reconhecimento pontifício garante que não haja heresias no movimento reconhecido. Eu demonstrei que esta premissa é FALSA com um contra-exemplo: as Oficinas de Oração e Vida. Seu fundador, Frei Inacio, defende inúmeros erros. Coloquei a heresia mais clara dele: a de que Deus estaria substancialmente presente em todo o seu ser. Tal afirmação é totalmente contrária ao ensinamento da Igreja. No entanto, os ESTATUTOS do movimento foram aprovados pela Santa Sé. E os estatutos não contém as heresias de Frei Inacio. Em todo caso, tais aprovações não fazem bem à Igreja.

    Era preciso derrubar sua premissa antes de tratar do caso da Canção Nova, seria mais conveniente debater por partes, mas o senhor parece não compreender os fundamentos do raciocínio lógico e rebate com acusações carregadas de sentimentalismo e sem a mínima coerência.

    Quanto à Montfort, nunca vi o professor Orlando defender uma heresia. Aliás, você sabe o que é uma heresia? Pelo que você escreve, tenho sérias dúvidas. A posição da Arquidiocese de São Paulo (vou acreditar em você e assumir que esta resposta veio deles) a respeito da Montfort está equivocada, pois a Associação não tem pretensões de falar em nome da Igreja. O próprio site deixa isso claro em sua página principal:

    “As idéias expressas neste site são de responsabilidade exclusiva de seus autores, os quais são, como todos os membros da Associação Cultural Montfort, leigos católicos. Nessa condição,os colaboradores deste site jamais têm qualquer pretensão de falar em nome da Santa Igreja, mas apenas procuram defendê-la e difundir o que Ela sempre ensinou, de forma fiel e submissa ao Magistério eclesiástico.”

    Além disso a Arquidiocese reconheceu que não publicou nada acerca da Montfort, nem a favor, nem contra. Se a Montfort é tão ruim assim, seria obrigação dos bispos publicarem algo contra ela, exortando os fiéis para o próprio bem deles. E se há bispos que apóiam um movimento como a Canção Nova, que celebra Missas com fantoches e difunde erros em programas de TV, sou obrigado a discordar deles. Tal discordância não tira minha comunhão com a Igreja. O senhor deve demonstrar isso teologicamente antes de sair acusando desesperadamente.

    Quanto a São Pedro, não fui em nenhum momento desrespeitoso com ele. Apenas repeti o que está na Palavra de Deus:

    “Quando, porém, Cefas veio a Antioquia, resisti-lhe francamente, porque era CENSURÁVEL.
    Pois, antes de chegarem alguns homens da parte de Tiago, ele comia com os pagãos convertidos. Mas, quando aqueles vieram, retraiu-se e separou-se destes, temendo os circuncidados.
    Os demais judeus convertidos seguiram-lhe a ATITUDE EQUÍVOCA, de maneira que mesmo Barnabé foi levado por eles a essa DISSIMULAÇÃO.
    Quando vi que o SEU PROCEDIMENTO NÃO ERA SEGUNDO A VERDADE DO EVANGELHO, disse a Cefas, em presença de todos: Se tu, que és judeu, vives como os gentios, e não como os judeus, com que direito obrigas os pagãos convertidos a viver como os judeus?”
    (Gálatas II, 11-14)

    O senhor aceita a Palavra de Deus, sr. Sérgio?

    O grande problema é pensar que o Papa é absolutamente infalível. Quando se parte dessa idéia falsa, há sérios problemas quando ocorre um erro da parte do papa. Ou essas pessoas pensam que o erro não é erro (como vocês) ou pensam que o papa não é papa (como os sedevacantistas). Lamentável.

    Leonardo Brum

    P.S.: O senhor ainda não respondeu. Peço que me dê pelo menos uma resposta. Frei Inacio está certo ou errado quando diz que Deus está substancialmente presente em todo o seu ser? Se o senhor não souber dar a resposta, não está em condições de discutir, pois sua principal premissa depende disso.

  64. Pedro Meira

    Alguns bispos já escreveram contra a Montfort, como foi o caso de D. João Vlk, de Anápolis, e D. Orani Tempesta, qdo. foi Arcebispo de Belém/PA. Naturalmente, foram desqualificados como “modernistas” pelos seguidores de Fedeli. A Montfort não conta com nenhum reconhecimento ou apoio da hierarquia católica, nem mesmo dos bispos da FSSPX, entidade que Fedeli chegou a acusar de cismática por criar seu próprio tribunal eclesiástico. De maneira geral, a hierarquia eclesiástica apenas ignora a existência da associação de Fedeli, que na verdade, é um grupo inteiramente à margem,como os americanos “the remnant” e “the wanderer”, até mesmo das grandes correntes tradicionalistas, a do lefebvrismo e do tefepismo.

  65. Pedro Meira

    A propósito, a opinião sobre a Ass. Montfort de D. Lourenço Feichmann, um dos principais representantes da corrente lefebvrista:
    http://www.permanencia.org.br/revista/atualidades/fedeli.htm

    e de Plínio Corrêa de Oliveira, fundador da TFP:
    http://www.pliniocorreadeoliveira.info/MAN%20-%2019840828_VoltandoascostasControversiaRealejo.htm

  66. Sergio Souza

    Leonardo…

    VOCÊ É QUEM NÃO ACEITA A PALAVRA DE DEUS:

    PALAVRA DO SENHOR, que Fedeli e seus seguidores RASGARAM DE SUAS BÍBLIAS.

    At 2,42 – “Perseveravam eles na doutrina dos apóstolos, na reunião em comum, na fração do pão e nas orações”.

    REPITIMOS: PERSEVERAVAM NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS.

    Os seguidores de fedeli insistem e têm insistido neste blog CATÓLICO e Obediente à Igreja de Cristo, em seguir a falsa e perniciosa doutrina de fedeli.

    REPITIMOS: O católico DEVE PERSEVERAR NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS. EM COMUNHÃO COM A IGREJA E SEUS LEGÍTIMOS PASTORES.

    O seguidores de Fedeli insistem e têm insistido em seguir a voz do falso mestre fedeli, po isso, não na vala da rebeldia:

    “Deixai-os. São cegos e guias de cegos. Ora, se um cego conduz a outro, tombarão ambos na mesma vala”.

    REPITIMOS: PERSEVERAVAM NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS.

    Infelzmente, os fedelinos estão em plena descomunhão com a Igreja Católica, portanto não podem ser chamados de católicos e fedeli não é um legítimo pastor da Igreja, portanto NADA DO QUE FALE deve ser levado a sério, porque faz questão de ser um FALSO PASTOR em descomunhão com a IGREJA.

    REPITIMOS: PERSEVERAVAM NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS.

    MAS CERTAMENTE OS SEGUIDORES DE FEDELI DESCONHECEM QUEM SÃO OS BISPOS:

    CATECISMO DA IGREJA CATÓLICA

    § 77 – “Para que o Evangelho sempre se conservasse inalterado e vivo na Igreja, os APÓSTOLOS DEIXARAM COMO SUCESSORES OS BISPOS, a eles ‘transmitindo seu próprio encargo de Magistério.” Com efeito, “a pregação apostólica, que é expressa de modo especial nos livros inspirados, devia conservar-se por uma sucessão contínua até a consumação dos tempos”.

    § 861 “Para que a missão a eles confiada fosse continuada após sua morte, confiaram a seus cooperadores imediatos, como que por testamento, o múnus de completar e confirmar a obra iniciada por eles, recomendando-lhes que atendessem a todo o rebanho no qual o Espírito Santo os instituíra para apascentar a Igreja de Deus. Constituíram, pois, tais varões e administraram-lhes, depois, a ordenação a fim de que, quando eles morressem outros homens íntegros assumissem seu ministério.”

    § 862 “Assim como permanece o múnus que o Senhor concedeu singularmente a Pedro, o primeiro dos apóstolos, a ser transmitido a seus sucessores, da mesma forma permanece todos Apóstolos de apascentar a Igreja, o qual deve ser exercido para sempre pela sagrada ordem dos Bispos.” Eis por que a Igreja ensina que “os bispos, por instituição divina, sucederam aos apóstolos como pastores da Igreja, de sorte quem os ouve, ouve a Cristo, e quem os despreza, despreza a (aquele por quem Cristo foi enviado”.

    REPITIMOS: PERSEVERAVAM NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS.

    Como se vê, é NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS que devemos perseverar.

    Agoram mostrem seguidores de Fedeli, as razões para se seguir a doutrina da montfort.

    REPITIMOS: PERSEVERAVAM NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS.

    Fedelinos, continuem acessando o portal da Canção Nova. Ironia mesmo, de quem muito odeia essa obra de Deus, é quem mais a engrancedendo através dos seus toscos comentários.

    Vocês fazem parte da família dos 7 milhões de acessantes, querendo ou não, fazem parte!

  67. Sergio Souza

    VAMOS VER O QUE OS SUCESSORES DOS APÓSTOLOS ACHAM DA CANÇÃO NOVA:

    Os seguidores de Fedeli, já INTERIRAMENTE FAMILIARIZADOS COM ESTE PORTAL, a quem agradecemos por sua fidelidade a este portal, sabem onde acessar estes depoimentos de LEGÍTIMOS SUCESSORES DOS APÓSTOLOS.

    Foi logo no início dessa obra de Deus que DOM AFOSNSO DE MIRANDA, na época, Bispo de Lorena, apontou a missão da futura comunidade de consagrados. O caminho foi trilhado e o crescimento surpreendeu o prelado. “Não imaginava que aquele pedido fosse se transformar no que a Canção Nova é hoje. Não pensava que dali ia sair uma ‘fundação de Igreja’ que a Santa Sé iria aprovar”, comemora.

    Bispo amigo da Canção Nova, como ele mesmo se diz, Dom Eduardo Benes conheceu essa obra de Deus de perto, quando antecedeu Dom Beni na Diocese de Lorena. O prelado afirma que “a Comunidade Canção Nova dá um testemunho de fé que aparece nos meios de comunicação, mas que tem uma base interna de muita vida de oração. Isso tudo me fez ter por ela uma grande estima”.

    Dom Orani João Tempesta, destaca, ainda, o papel catequético do Sistema CN de Comunicação: “Com o uso de todos os meios disponíveis para evangelizar é possível ver o fruto da possibilidade de crescimento maior do nosso povo, da educação na fé, dessa educação a distância que acontece, em grande parte, através da mídia”.

    Cardeal Odilo Pedro Scherer, ao destacar que “ter um meio de comunicação como a CN, com seu sistema, ajuda muito a que nós, como Igreja Católica, neste mundo imenso que é a cidade de São Paulo, não submerjamos no silêncio”.

    Dom Odilo explica que “cada meio de comunicação multiplica a capacidade da Igreja de chegar à casa das pessoas e acompanhar suas vidas. Por isso, nós temos que fazer todo o possível para estar presentes nos meios de comunicação, e até mesmo apoiar os que estão ligados à Igreja para que eles possam ajudá-la a fazer o seu trabalho”.

    Com o Reconhecimento Pontifício, a responsabilidade da Canção Nova é multiplicada, segundo o Arcebispo de Palmas (TO), Dom Alberto Taveira Corrêa, também assistente da Fraternidade das Novas Comunidades, porque “a evangelização não conhece limites e temos que chegar até os confins da terra. Ninguém pode ficar fora do alcance deste amor de Deus porque somos instrumentos desse amor para chegar a outras pessoas”.

    O Arcebispo de Palmas acredita que uma comunidade só pode ser um agente autêntico de evangelização se tiver uma espiritualidade consistente. “Daí entendermos como a CN trabalha na formação espiritual dos seus membros e, também, como contribui para formar espiritualmente tantas e tantas outras pessoas por este mundo afora”.

    Dom Antonio, que apontou o início da missão da Canção Nova, vê a obra chegar à maturidade e aposta em novos horizontes:
    ”Vá em frente quanto mais puder ir! Sempre em frente, cada vez mais! Porque a obra é de Deus. Não tenha medo de caminhar. Quando reconhecemos algo como uma obra de Deus que está transformando e mudando a sociedade, vamos fazer. E a Canção Nova tem ido em frente”.

    ISSO SÓ É POSSÍVEL POR QUE:
    At 2,42 – “Perseveravam eles na doutrina dos apóstolos, na reunião em comum, na fração do pão e nas orações”.

    Eis o segredo. Só pode experimentar ESSA LINDA COMUNHÃO COM OS PASTORES DA IGREJA, QUEM PERSEVERA NA DOUTRINA DOS APÓSTOLOS.

    Infelizmente, os anti-católicos “tradicionalistas” de espírito luterano, não sabem o que é isso porque claramente SE REBELAM contra a IGREJA DO SENHOR, em favor da seita MONTFORTIANA.

    E aí se explica os frutos da Canção Nova e se compara com os frutos pôdres da montfort, que são pedro’s pelogia e despelogiado, leonardo’s, cléber’s… pobres almas!

  68. Sergio Souza

    Completando…

    Leonardo você é tão conhecedor do Frei Inácio… VOCÊ ACHA QUE O PAPA BENTO XVI É UM HEREGE AO APOIÁ-LO?

    RESPONDA!

  69. Ele já respondeu, animal!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  70. Mas em Padre
    Qual é o problema não aceitar um concilio pastoral??
    ele não definiu nem um dogma
    só rejubilou os maçons e os inimigos da igreja,

    PS:VC É UM(JOAOZINHO)

  71. Pe. Carlos Augusto

    Saudações a todos! (Gregos e Troianos)

    Não pude deixar de me manifestar depois de ler todos esses comentários postados.

    Me envergonho profundamente pelo baixo nível dos comentários postados. Não se vence um debate pela força das palavras, mas sim, pela força dos argumentos.

    Estes debates, em forma de comentários, é uma disputa cega e surda, onde um não quer ouvir os argumentos do outro. apenas penera aquilo que pode servir de armar para um próximo ataque!

    Meus filhos, sejamos coerentes com a nossa fé! Se amamos a Igreja de Cristo, na qual fomos inseridos pela graça do Batismo que outrora recebemos. Em vez de ficarmos discutindo com quem nada pode fazer para confirmar ou negar as nossas opiniões (ainda que enxertadas de sitações, na maioria dos comentários não passam de meras opiniões pessoais) devemos, isso sim, buscar conhecer cada vez o que a Mãe Igreja ensina, sem preconceitos ou falsas convicções, mas com o coração aberto à ação do Espírito de Deus. Sem falsos mestres (sejam eles quem forem), pois nosso único Mestre e Senhor é Nosso Senhor Jesus Cristo.

    Afinal de contas somos discípulos de Cristo ou discípulos de A ou B?

    Existem coisas muito mais importantes do que gastarmos nosso tempo com essas discussões que não vão dar em nada, pois todos estão fechados às opiniões contrárias as suas.

    Isso em nada se parece com as famosas “quaestiones disputatae”, pois ali se valorizava a força dos argumentos em detrimento a força das palavras, aqui se vê o contrário!

    Deus Abençoe!

    Pe. Carlos Augusto (Belém-PA)
    padrecarlos_belem@hotmail.com

  72. Para perceber a contradição do Concílio Vaticano II com a Fé Católica Apostólica de Sempre é só estudar a Tradição da Igreja, os dogmas e os concílios infalíveis. Ah, mas ia me esquecendo que não se estuda isso nos seminários.

  73. Michel Melo

    Eu não consigo entender como o senhor Sérgio Souza consegue não responder uma única pergunta que lhe foi feita.
    Tenho a minha opinião formada sobre tradicionalismo x modernismo, e não opinarei aqui quanto a essa questão. Mesmo sabendo do tempo que se passou essa discussão (construção do conhecimento) eu gostaria de saber a resposta do senhor Sergio Souza a questão levantada pelo senhor Leonardo Brum. Pois a construção do conhecimento se dá através de perguntas e respostas, e, pelo lado do senhor Leonardo Brum teve-se as respostas, mas o senhor Sérgio Souza não as deu. Disso depende a minha conclusão no tema levantado.
    Se possível responda a questão Sergio
    Que DEUS nos abençõe!
    Michel Melo Oliveira

Deixe uma resposta para Andrade Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.