Agradeço à CODIMUC por me enviar seus principais lançamentos. Vez por outra posto aqui minha impressão. Não é dogma. Não é juizo final. É apenas o que ouvem meus ouvidos cada vez mais exigentes. Poucos CDs moram em meu carro. Prefiro música instrumental. Cada dia acho tudo muito parecido. Cópia da cópia. Se estou comentando o CD TOCANDO O CÉU, do Canal da Graça é porque algumas coisas realmente fazem a diferença. A produção do Rafael de Angeli mostra disciplina espartana e inteligência ateniense. Ele soube aproveitar o melhor de todos. Se tivesse feito uns três antipáticos cortes o disco seria perfeito. Quais? Ele que descubra. Tiago Mattos mostra que é técnico de verdade. Tem lugar ao sol. A masterização tem sido um investimento generoso da CODIMUC que garante os melhores Cds da música católica. Muita gente não entende o que estou dizendo, mas ouve e gosta. Obrigado. Nossos ouvidos agradecem. O teclado puladinho do Marcelo Duarte denuncia que tem a genialidade da segunda metade dos Anjos de Resgate estão na área (detalhe: um anjo só é anjo se for 100%… caso contrário perde o encanto… até anjos foram tentados pela luz e pelos holofotes). As participações famosas não acrescentam quase nada, mesmo sendo a inigualável Celina Borges e o maravilhoso Flavinho. Canal da Graça já é um ministério mais que maduro musicalmente. Definitivamente eles sabem o que estão fazendo. O CD é tão bom que permitiu investimentos de metais e cordas. Os coros são geniais. Nada a declarar. Melhor ainda ouvir um CD sem erros de concordância nominal nem gramatical. Sintaxe perfeita. Poesia não convencional. Claro… tiveram a humildade de submeter as letras à revisão da norma culta. Agradecemos ao Pe. Reginaldo Carreira pela revisão teológica. Não há heresias nem imprecisões teológicas. Num universo água com açucar isso é quase um milagre. O projeto gráfico é assinado pela mais genial amiga do MAC do universo católico: Lize Borba. Cada vez que lembro que ela é catarinense (minha terrinha) me percebo em inevitável louvor a Deus. Aviso aos navegantes: a Lize é mesmo aquela menina estranha que toca guitarra no Beatrix. Nas horas de folga ela produz as capas mais geniais dos CDs católicos. Por que será que aquele monte em Cachoeira Paulista atrai tanta genialidade? Deus sabe o que faz. E as composições? Alex Oliveira assina dez das doze canções. É uma ótima novidade na produção musical católica. Bem vindo ao primeiro time. Um dia ainda prego um retiro para este povo. Mas qual canção não tem o dedo do Alex? Uma delas é a autobiográfica Tua Face (6). Não faria falta no CD.

Só valores no CD? Claro que não. A melhor canção (sempre do meu ponto de vista) é A FORÇA DO LOUVOR. É a letra e a melodia que eu queria ter feito: Posso tocar o céu… sem precisar tirar os pés do chão. Rezo diariamente com esta frase. Alex, só esta canção já teria valido a pena o dom que Deus lhe deu. Mas… (sempre mas…) fiquei assustado ouvindo a interpretação clonada do Pe. Fábio de Melo dialogando com Dalvimar Gallo. Não… eles não estão no CD. O que aconteceu? Sei que referências são referências mas… bem, deixa pra lá! Todo mundo já imitou alguém. E o ponto forte do CD? Bem, tem ali uma genialidade escondida. Coloque a primeira música e escute atentamente. Depois vá direto para a sétima ( o SOUL DE MARIAH). Percebeu? Se tem ouvidos seletivos perceberá que estamos diante de uma nova dádiva de Deus para a música católica brasileira. O nome é Patrícia Romania. Quem é a moça? Nunca vi… só ouvi. Olha, Deus me deu um dom. Quando acende a luz verde sei reconhecer um carisma a quilômetros de distância. Patrícia, você é uma das melhores interpretações que ouvi nos últimos anos. Desculpa Ziza e Adriana… mas chegou alguém que canta bem mais. Coisas da vida. Timbre forte e afinação impecável. Inimiga de Pro Tools. Fala a verdade Tiago Mattos: não tem o que fazer. Tira o dedo… deixa até as suaves imperfeições que acaba soando bem. Porque não deixaram a moça cantar mais? Claro… opção inteligente Rafael… viraria disco solo… e virará! Alguém saberá encaminhar este milagre? Em um Canal da Graça tudo é possível.

Obrigado pelo CD gente. Vocês estarão sempre em meu carro. Não canso de ouvir. “Um pedacinho do céu se fez presente na terra” (Bento 16).

Deus os abençoe!

Pe. Joãozinho, scj

Ontem o BLOG não teve atualização. Coisa rara. Na verdade eu estava na Casa de Retiro Abarés, da Paróquia São Judas Tadeu, que está localizada na beira da represa Arapiranga, perto de onde passará o RODOANEL, imediações de Parelheiros… longe… muito longe. Quarenta Ministros Extraordinários da Comunhão fizeram o seu retiro anual. Tudo foi baseado na doutrina de João Paulo II sobre a Eucaristia. Tivemos especial cuidado em ler, meditar e rezar a MANE NOBISCUM DOMINE (Fica Conosco, Senhor). Agradeço aos que estiveram unidos conosco em prece.

Amanhã vou para Varginha, em Minas Gerais, onde durante esta semana acontecerá a IIIª Assembléia da Província Brasileira Central, de nossa Congregação SCJ. Novamente peço a sua oração. Se tiver conexão, darei notícias.