Estamos nos últimos acordes da 3ª Assembléia. Foram dias de bonita fraternidade, intensos debates, muito trabalho e oração. Os 64 participantes preparam as malas para voltar aos seus lugares de origem. Tem gente de todo o Brasil, do Maranhão até o Paraná, passando pelo Mato  Grosso, Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo. O grupo é feito majoritariamente de religiosos jovens. Foram feitas preciosas indicações para que o governo provincial possa montar o seu plano de ação. Hoje mesmo volto para Taubaté. Amanhã a missão continua em Goiânia.

9 Comentários

  1. Sergio Souza

    Eh! Padre Joãozinho que alegria em suas palavras. Deus abençoe muito a todos vocês, e que o Espírito Santo lhes fortifique no cumprimento das metas do plano de ação.

    Deus abençoe a todos!

  2. Maria Inês

    Padre,

    Que alegria saber que muitos religiosos são jovens!
    Que o Espírito Santo ilumine a caminhada de todos Dehonianos que a Messe é grande …

    Boa viagem! continue contando com minhas orações!

    Maria Inês

  3. Li na Montfort a resposta ao seu desafio. Teremos uma replica?

  4. Simone Teixeira

    Desejo que você faça uma boa viagem até Taubaté! Conheço a estrada… E que o vôo para Goiânia amanhã também seja bem tranquilo.
    Acompanho sua missão em prece, agradecendo a Deus por todo bem que faz através de sua vida e de seu sacerdócio!
    Desejo que essa 3ª Assembléia venha a dar muitos frutos.
    Grande abraço,

    Simone.

  5. A noite cai e me divido entre três notícias: a triste explosão em Santo André, permeada de matérias televisivas, um tanto quanto teatrais, que tornam secundária a tragédia, em busca do melhor ângulo, da casa mais destruída, do morador mais sortudo e até dos restos mortais de um fogo de artifício; a saga de Zelaya justificada pelo ministro de relações exteriores, e a evangelização dos índios no interior do Amazonas, cuja pérola jornalística se traduz na “necessidade ecumênica de salvar as almas, sem perder a tradição”, criticando os padres salesianos,acusados de acabar com a nudez diabólica dos nativos e, vangloriando o padre, cujo ritual indígena fez parte de sua ordenação, que celebra numa maloca e, os pastores que batizam no Rio Negro…lembro-me da ignorância invencível…porque não noticiam a calamidade pública que se tornou a dengue no interior do MT? Esqueceram da gripe suína?
    Mais cedo, ouço nova pesquisa sobre a ínfima parcela de jovens que usam preservativos…são dúvidas (sempre as mesmas) de uma juventude que não descobriu que seu corpo é templo do Espírito Santo…a mãe ao lado da filha, mostrando-se antenada diz:” minha primeira preocupação são as DST, a segunda, uma gravidez não planejada”…no outro canto, num posto público, a jovem de 15 anos, no auge dos seus 7 meses de gravidez é convidada a dar conselhos a outras mocinhas…”tomem remédio, usem camisinha, mesmo se ele não quiser”…sinto-me de outro mundo…acaso não seria mais prudente e produtivo noticiar os estragos da promiscuidade assumida como normal pela atual geração de pais e filhos? Ah…logo em seguida é lançada a notícia, com ares de vitória, da vacina contra a Aids…interpreto o sorriso da repórter com bastante acidez…tá tudo resolvido, camisinha mais vacina…as feridas deixadas pelo sexo casual, a insatisfação dos pares, que no auge dos seus 30 anos já provaram de tudo, isso não merece ser notícia…sinto um pouco de enjôo…
    Acho que prefiro adormecer com a fortaleza criativa de Oscar Niemeyer, operado no auge dos seus mais de 100 anos…
    Boa noite!
    Bom retorno Padre…

  6. Olá, Padre, boa noite!

    Gostei muito de alguns programas que assisti com o sr. no programa Direção Espiritual.
    Teologia é um assunto muito interessante.
    O programa que o sr. e o Padre Fábio mencionaram, sobre teologia, vai sair mesmo?
    Espero que sim.

    Que Deus lhe abençoe.

  7. Lembrei-me de que, em um dos programas Direção Espiritual que o sr. participou, o sr. falou sobre a composição de uma música que marcou minha infância e que me emociona até hoje:
    “Maria que Deus amou e escolheu, pra mãe de Jesus, o Filho De Deus, Maria que o povo inteiro elegeu…”
    Não sabia que, de início, o refrão não era Ave Maria, mas um canto em línguas.
    Lindíssima música.
    Que Nossa Senhora abençoe o senhor!

  8. Elaine Mendes

    Nossa Juliana,

    gostei muito do seu comentário e sou solidária contigo, também me sinto um peixinho fora d’água, já não tenho mais paciência a muito coisa que é passada nos meios de comunicação profanos.

    Soube ontem no jornal O Globo que a Rede Globo fará um programa chamado Sagrado no qual líderes das maiores religiões do Brasil farão comentários sobre as principais notícias da semana e que também uma vez por semana haverá um debate entre esses líderes sobre o comentário feito pelo líder espiritual da semana. Achei interessante a iniciativa só que desconfio que esse tipo de programa deve ser exibido nos piores horários possíveis, pelo menos, é um passo inicial.

    E aí pe Joãozinho? Você aceitaria participar deste programa?

    Sua benção.

  9. Não sabia deste projeto de programa Elaine…interessante!
    É engraçado como a conversão vai nos aprimorando na filtragem do que vemos, ouvimos, lemos…já estive do outro lado…não queria ser careta…agora não aguento tamanha permissibilidade de certas atitudes deploráveis…
    Deus Abençoe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.