2 Comentários

  1. Elaine Mendes

    Cadê o sr? Ah foi o sr. que tirou a foto, né?
    Sua benção.

  2. Padre João, olhe isso:

    Paciente Terminal Contra o Relativismo

    Este é um vídeo do episódio de um seriado onde um paciente terminal recusa o discurso relativista de uma pseudo-capelã que bem poderia simbolizar uma carismática da RCC ou outro seguidor do Concílio Vaticano II. Este concílio quer o relativismo religioso do ecumenismo, quer o diálogo da “verdade que encontraram ou julgam ter encontrado”(DH3). Essas doutrina pueril desaba na hora da morte. Lá o moribundo quererá a verdade edificada na rocha da Verdade, não no barro do subjetivismo.

    Acho que cabe a cada um de nós interpretar o que Deus quer, diz a mulher no vídeo. Começa por afirmar a sua incerteza com um vago “acho”, depois afirma a verdade de “cada um”. O católico deve afirmar a fé universal, comum a todos, clérigos e leigos. Ela não é indivudal, mas universal. O paciente diz que tudo o que tem ouvido é sobre a “nova era”. O concílio veio fazer o aggiornamento para agradar ao mundo, é um concílio dessa “nova era”, da consciência indivudal de cada um, da religião que pessoalmente julga ser verdadeira.

    “Sim, ele sabia. Absolutamente.”

    http://www.istoecatolico.com.br/index.php/Videos/Diversos/paciente_contra_o_relativismo.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.