Outubro é o mês das missões. Nosso mural do convento lembra a figura dos confrades que estão a serviço em terras distantes:

9 Comentários

  1. Padre, a sua bênção. Em qual local exato Adélia Prado disse que muita gente se esconde de Deus dentro da Igreja? O senhor citou isso recentemente numa entrevista. Fiquei curioso. Que tal dar a citação exata e, de quebra, escrever um post sobre essa provocação?roc

  2. Pe. Joãozinho, sua benção.

    Eles são bençãos para o mundo.
    Que Nossa Senhora os proteja.

  3. Ligia Oliveira

    Pe Joãozinho,estou gostando de ver…Gosto quando o senhor coloca fotos para nós leitores…
    Te acompanho no twitter também,ótimo lugar para acompanharmos seu sacerdócio…
    Deus te ilumine sempre

    Sua benção

  4. Querido Padre Joãozinho. É uma alegria muito grande tê-lo como amigo, embora quase não nos vemos, se bem que moramos bem pertinho… Um grande abraço e peço sua benção… Léo (Leozinho – RCC Taubaté)

  5. Oi Pe. sua bênção!
    Que mural bem apresentado,Deus abençoe os missionários distantes!
    Abraço fraterno!
    ANA VALESKA

  6. Elaine Mendes

    Ao ouvir o programa do Pe. Jorjão aqui no Rio me surpreendi com a notícia de que a França é o país europeu onde mais se comete suicídios. Isto se deve a ausência de religiosidade do povo de lá, a fé cristã infelizmente está desaparecendo neste país. Espero que possamos enviar muitos missionários a Europa e fazer uma recristianização.

    Sua benção

  7. SE NO PASSADO A EUROPA EXPORTAVA MISSIONÁRIOS, HOJE A AMÉRICA LATINA É UM GRANDE CELEIRO DAS VOCAÇÕES! SEJAMOS MISSIONÁRIOS EM TODOS OS LUGARES, SEJAMOS O FOGO DA ESPERANÇA, DA FÉ E DA CARIDADE!

  8. Maria Inês

    Bom dia !!

    Se pudéssemos ouvir claramente a voz de Deus, não existiriam dúvidas sobre qual seria a sua vontade.
    Será que realmente não ouvimos?
    A Bíblia é um exemplo. Revela quem é Deus e o que Ele quer de nós, portanto, fala.
    Seus ministros falam, imbuídos de sua sabedoria.
    Deus fala em alta voz através das necessidades das pessoas à nossa volta.
    Quando existe a concórdia entre nós Ele clareia o nosso caminho.
    Muitas circunstâncias são a manifestação da Providência de Deus, que grita o seu amor por nós.
    Para quem a sabe escutar, a sua voz está também na natureza.
    Deus fala constantemente no íntimo de nossos corações.
    Para hoje, dia 08 de Outubro:

    OUVIR “AQUELA VOZ” NO MOMENTO PRESENTE

    Abraços,
    Apolonio

    EDUCAR COM AMOR – ESCOLA FRATERNA

    Padre,
    … se vejo “Jesus em cada próximo” com quem falo, a quem faço
    um “ato de amor”, ou a quem me pede algo…se estou atenta no momento presente; ouço sim em meu coração o que Deus quer de mim…

    vejam que nos meus ultimos comentários utilisei ” palavras da Arte de Amar”
    num próximo comentário vou trazer esses pontos da “Arte de Amar” ( Chiara Lubich)
    Maria Inês

  9. Maria Inês

    – A ARTE DE AMAR

    Entre tantas outras crianças reunidas,( no ano de 1998) a menina Angélica perguntou a Chiara Lubich. “Como posso fazer para amar sempre como Jesus?” Como resposta, Chiara entregou a eles o “dado do amor”, em cujas faces estavam escritos os pontos da arte de amar: amar a todos, ser o primeiro a amar, fazer-se um, amar Jesus no próximo, amar o inimigo e amar-se reciprocamente.

    AMAR A TODOS – Ama a todos sem excluir ninguém Exige que amemos a todos: o simpático e o antipático, o bonito e o feio, o rico e o pobre, o adulto e a criança, o jovem e o idoso… Amar a todos como o Pai do Céu que não faz distinção de pessoas, mas “faz nascer o sol sobre os justos e injustos” (Mt 5, 45)

    AMAR POR PRIMEIRO – Ama por primeiro: não espera ser amado. Faça como Jesus fez quando ainda éramos pecadores. Tomou a iniciativa de vir até nós e como prova de amor, deu-nos sua vida (cf. Rm 5, 8)
    Assim, também devemos fazer: não esperar sermos amados pelo outro, mas darmos nós o primeiro passo. E por isso, usar a criatividade, “inventando” sempre pequenos e novos gestos de amor ao próximo.

    AMAR COMO A SI MESMO – Ama o próximo como a ti mesmo. (Mt 23, 29) A cada próximo que encontramos durante o dia, devemos tratá-lo como gostaríamos de ser tratados por ele. Saúdo o próximo porque gostaria de ser saudado por ele; dou um presente…; perdôo… O Amor de Deus que Jesus com o seu Espírito derramou em nossos corações nos impulsiona a amar desinteressadamente, não esperando nada em troca.

    AMAR JESUS NO IRMÃO – Vê e ama Jesus em cada pessoa. O que fazemos aos outros de bem ou de mal Jesus considera como feito a si: “Todas as vezes que fizestes isso a um destes pequeninos, foi a mim que o fizestes”. (Mt 25, 40) Podemos amar Jesus no próximo, desde dizer um “Bom Dia” ao vendedor de jornal, ou de carne, ou de pão, aos colegas de trabalho, ao professor,…
    FAZER-SE UM – É um amor que se faz um com o próximo. Preenchamos o dia com serviços concretos, humildes e inteligentes. O amor não consiste em palavras e sentimentos, exige que “vivamos o outro”: se ele chora, choramos com ele; se ele ri, alegramo-nos com ele. Como o apóstolo Paulo: “Com os fracos me fiz fraco, para ganhar os fracos. Para todos, eu me fiz tudo…” (1Cor 9, 22)
    AMAR O INIMIGO – Ama até mesmo o inimigo. Jesus disse: “Amai os vossos inimigos e fazei o bem aos que vos odeiam. Falai bem dos que falam mal de vós e rezai por aqueles que vos caluniam”. (Lc 6, 27-28) Jesus quer que vençamos o mal com o bem. Agindo desse modo poderemos superar as divisões, derrubar as barreiras e construir a comunidade.
    AMOR RECÍPROCO – Conduz-nos à reciprocidade. Amar até que o amor se torne mútuo. Se a arte de amar for vivida por várias pessoas, na família, no trabalho…, então se chegará ao amor recíproco, que é a pérola do Evangelho: o “mandamento novo” de Jesus realiza a unidade. O amor recíproco é o que caracteriza o cristão: “O que vos mando é que vos ameis uns aos outros”. (Jo 15, 17)
    (Chiara Lubich)

    Maria Inês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.