Quem ama se faz presente. Deus é o próprio amor. Por isso é especialista na arte de se fazer presente em nossas vidas. Quando Moisés, diante da Sarça Ardente, perguntou qual seria o seu nome, a resposta foi: SOU AQUELE QUE ESTOU, ou seja, a identidade do Amor é se fazer  Presente. Está chegando o dia das crianças e todos se acotovelam nos mercados para conseguir um pequeno presente. Isto tem grande valor se for expressão da presença. Todos somos crianças no jardim de Deus. Ele comemora o dia das crianças nos dando presentes… mais que isso, continua nos dando a sua presença. Fiz uma canção quando tinha 15 anos que retratava de modo poético e romântico esta realidade. Somente recentemente, trinta anos depois, tive coragem de gravá-la no CD: SACERDOTE PARA SEMPRE. Olhando nesta manhã a bela orla de Aracaju, não há como não se sentir agraciado por Deus, após a semana intensa que você acompanhou aqui pelo BLOG.

PRECE DE AMOR

Quanto o sol me aquece, quando a relva cresce

Vejo que estás aqui.

Quando o vento sopra, sinto-te tocar em mim.

E quando escurece, se a relva fenece,

Sei que ainda estás aqui.

Mesmo que não vejo, sei que vou tocar em Ti.

COMO EU TE QUERO, COMO EU TE ADORO

POR TI ME ALEGRO, POR TI CHORO

Quando vejo as flores, mil e uma cores,

Num desabrochar sem flores

Vejo tua face, sinto-te sorrir pra mim.

Toda a natureza, canta tua beleza,

E eu quero cantar também.

Tome meu sorriso, toma minha voz. AMÉM.

8 Comentários

  1. Padre, muito linda essa postagem de hoje. Eu trabalho com crianças de 2 a 5 anos num colégio salesiano em Campinas/SP e estar com crianças, fazer-se com elas é tornarnos crianças um pouco mais e renovar energia, criança é vida!!
    Pq esperou tanto para gravar a música?
    Abraço fraterno. Ótimo domingo.
    ~Lilian Freitas~
    Campinas/SP

  2. Que lindo! Não é a toa que Deus escolheu se fazer presença no altar através de você. Que alma delicada a sua. Sempre coloco assim em relação aos sacerdotes: “Por mais santos que sejamos, se nós estivermos diante do altar e falarmos as mesmas palavras que Jesus, o Milagre não acontecerá, isso é graça somente para poucos escolhidos.” Já sei porque você é um deles. Não dúvide! Você foi escolhido antes de ser gerado no ventre de sua mãe. Abraço materno: Lourdes Dias.

  3. Fabíola (noviça)

    Pe. Joãzinho, parabéns pélo seu testemunho de vida vivido e cantado no meio do povo.

  4. Simone Teixeira

    A gente sabe que há um tempo para cada coisa, mas essa música não deveria ter ficado tanto tempo guardada… Faz a gente contemplar a natureza e perceber Deus presente ao nosso lado!
    Eu sempre ouvi a tradução “Eu sou aquele que Sou”, mas “Eu sou aquele que Estou” dá um sentido bem mais amplo: Deus EMANUEL!!!
    È como rezar a Ave-Maria dizendo, Alegra-te, plena de Graça, o Senhor está contigo…
    Eu sei que Deus está comigo e que Ele está me entendendo muito mais do que eu mesma…
    Continuo contando com sua prece e sua bênção de amigo, irmão e sacerdote.
    Grande abraço,

    Simone.

  5. Que linda música, que bom que gravou!
    A música é um dos dons mais lindos de Deus.

    Gosto demais da “Conheço um Coração”, o sr. nem imagina como já chorei escutando, pq tantas vezes o meu coração fica frio e amargo.
    “Jesus, manda Teu Espírito, para transformar meu coração”

    O sr. é uma benção na vida de muita gente, obrigada por partilhar seu dom conosco.

    Escutar músicas lindas como as suas é um modo muito especial de rezar.

    Sua benção.

  6. maria da Glória Almeida

    Para as mães os filhos são eternas crianças, então parabéns joão, que tenhas sempre um coração de menino. Seja feliz!

  7. Simone Teixeira

    As crianças são presentes de Deus, mas ficamos tão preocupadas em lhes dar o melhor de nós e em trabalhar para sustentá-las que, quando percebemos, elas já se tornaram adolescentes, jovens e adultos… Acho que é por isso que os avós são mais tolerantes: eles querem cuidar dos netos como não conseguiram cuidaar dos filhos! Quantos anos você estudou para assumir a vocação para o sacerdócio? Não existe curso para ser pai e mãe… Nenhum filho vem com “manual de instrução” nem “bula”…
    Quando descobrimos que um é mais sensível, o outro mais malandro; um gosta de conversar e de entender as coisas, o outro acha que isso é baboseira… já cometemos todos os erros, embora o amor seja o mesmo, cada um queria recebê-lo de um modo… Nas minhas orações eu sempre digo a Deus que, antes de serem meus filhos, João Paulo e Luís Filipe são filhos dEle! Peço que Deus venha suprir meus limites de mãe que tem que ser pai e mãe ao mesmo tempo… Eu queria ter estado mais presente na vida de meus filhos, mas não existem “pais perfeitos” e a gente só entende nossos pais quando temos filhos!
    Um grande abraço, Estou precisando mesmo de suas orações!

    Simone.

  8. Amém Padre.Peço a Deus por nsosas crianças.Lamentavelmente as cenas nos semáforos.Corta o meu coração!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.