Status da Congregação
Alguns números para entender parte da realidade

A representação gráfica dos dados estatísticos da Congregação ajuda a entender imediatamente as desistências que foram verificadas entre dezembro de 2008 e agosto de 2009. Os números, em si, não bastam para expressar a vivacidade ou não de uma Congregação, mas revelam o sentido de um caminho que é compromisso de todos. O empenho de tantos formadores e animadores ajuda a manter vivo o espírito de Padre Dehon em tantas partes do mundo.

Os sinais se referem à diminuição de 25 membros do total da Congregação. Em relação ao mês de dezembro passado são 16 escolásticos de votos perpétuos a menos, e diminuíram, também, em 17 membros dentre os escolásticos de votos temporários. Positivamente, porém, são 12 sacerdotes a mais no total, 24 noviços e dois novos bispos. São sinais não de exaltação, mas, sim, significativos de uma substancial capacidade em tempos difíceis para as vocações, sobretudo, em alguns ambientes onde se está trabalhando. (R.P.)

Após um vôo de seis horas, com escalas em Salvador e Recife, cheguei nas cidades irmãs, Juazeiro e Petrolina. Fui efusivamente acolhido pelo pároco da Paróquia São Cosme e Damião, o indiano Pe. José Philipe. Revi minha amiga de longa data, Dora, e seu marido. Ficamos hospedados na casa da mais que gentil Dilene, que está aí na foto. A casa fica Às margens do Rio São Francisco. Hoje a noite acontece uma caminhada pela paz, seguida de show de evangelização.

Todos aqui perguntam pelo Frater Damião. É meu confrade em Taubaté e aluno do segundo ano de teologia. é natural de Juazeiro. No ano que vem ele irá se preparar para o diaconato. Parece que foi ontem que aquele jovem discernia sua vocação e pensava em buscar a vontade de Deus em terras mais ao sul. De certa forma nesta caminhada da paz dou uma de João Batista, preparando a futura ordenação do Pe. Damião. Rezemos!!!