Finalmente, encerramos com um Posfácio, “Imago Dei, imago hominis” escrito por Marcial Maçaneiro, doutor em teologia sistemática e especialista em ecumenismo e teologia das religiões. Em uma deliciosa e erudita reflexão estético-teológica, o autor retoma as perspectivas abertas pela “Criação de Adão”, cuja releitura ilustra a capa deste livro. Procurando entrar na alma criativa do artista, percebe seu humanismo renascentista genial. O autor encerra fazendo uma ponte surpreendente entre a “quase eterna” pintura de Michelangelo e as tão passageiras imagens da TV e da Internet: ambas colocam o poder criativo no toque dos “dedos”. Literalmente estamos diante de representações “digitais” e, como disse Bento 16, neste “continente digital” a Igreja é chamada a exercer a “diaconia da cultura”. A “nova criação” passa pela ponta dos nossos dedos!

15 Comentários

  1. Renata Prado

    Pe. Joãozinho,

    antes de mais nada, me desculpe por ter escrito alguma coisa em cada post sobre o livro!
    Estou com a sensação de que exagerei…kkkkkkk, mas ao mesmo tempo, te agradeço, pois não tenho ninguém ao meu redor, que se disponha a travar qualquer conversação comigo neste sentido, então elegi seu blog, para me expressar nestes assuntos mais aprofundados e deixo o “ramerrão” do dia-a-dia, para os meus próximos!
    Espero que este livro saia logo, pois tenho fome e sede de conhecimento, de desenvolivmento do pensar e me parece que este livro, será um dos poucos que me trarão compreensão ao alcance das mãos, de temas tão interessantes e tratados de forma clara o bastante, para que alguém leiga como eu o entenda.
    Aguardo anciosa por ele!
    Peço sua benção e compreensão, quanto aos meus exageros e ignorâncias deixados aqui.
    Renata Prado.

  2. Joao,
    Estou louco para ler este livro!
    Com certeza, sera uma bela contribuiçao à “midia catolica”, que mostrou-se ate aqui, ser essencialmente ‘praxis’. Que a teoria contida no livro posssa iluminar a pratica daqueles que trabalham com o ‘fabuloso’ mundo da midia.
    Me manda? hehehehehe
    Gil

  3. Padre Joãozinho,
    o renascentismo de Michelangelo, é plenamente genial, pois antes dele apenas o Filho assumia a condição humana, a partir da famosa pintura, o Pai assume também a condição humana. Para a humana assumir a condição do Pai, ou seja, a de manter uma relação de imagem e semelhança literal e identificável apenas com o atributo divino da criação. A imagem pintada por Michelangelo, marca o inicío do culto próprio do homem que vem fazendo se firmando desde aqueles tempos, para encontrar sua plena realização, em nosso tempo. Porque “na ponta dos dedos” ele criou o “PAI HOMEM”, muito criativo não?

    Na filosofia moderna, a única identificação que sobrou entre Deus e o homem, foi a do atributo de criador. A diferença é que não conhecemos a matéria prima para a criação Ex Nihilo de Deus, mas para a criação humana, comumente, a matéria-prima ex nihilo, é a mentira, como a própria imagem humana do Pai que somente Michelangelo viu, no próprio Pai, para além de Cristo.

    Fique com Deus.

    Abraço

  4. Muito boa a temática, é atual, contemporânea! Esse livro vai dar o que falar! Que não fique na imagem, mas seja realidade, nas almas e na sociedade!

  5. Padre Joãozinho, amei o nome do livro!
    Estou ansiosa para ler o mesmo!
    Abraço

    Deise

  6. sou uma fâ de sua vocação, admiradora, de suas canções e textos, tenho cds de datas anteriores, que só uma pessoa com experiencia e uma dadiva imensa poderia ter. Penso que este livro a começar pelo nome, ja nos deixa na expectativa, é, Deus esta na midia, o que pensar, o refletir, como as pessoas estão vendo e reagindo a tudo isto? as perguntas ficam no ar, mas na certeza de uma luz a chegar, nas palavras sábias de um ser escolhido para dar e levar a palavra de Deus, Pe Joãozinho, só nome ja nos faz lembrar de um evangelista, João, o amado de Deus.

  7. Danielle Piscitelli de Oliveira

    Padre:

    Esse posfácio já deu um gostinho do que será o livro, cujo tema é atual e importante. Tenho certeza de que vamos extrair dessa leitura lições essenciais para nosso caminho.

    Aguardo ansiosa pelo lançamento.

    Um abraço afetuoso,

    Danielle.

  8. Legal!
    Poder criativo na ponta dos dedos.
    O que vejo de mais positivo nessa tecnologia é justamente a possibilidade de os evangelizadores imprimirem um aspecto único e pessoal de Deus em cada trabalho, como uma impressão digital.
    Deus é Único, mas ver diversos aspectos sobre Ele, na música, internet ou litertura, permite que mtas pessoas, especialmente os leigos como eu, possam ter uma visão mais ampla, que facilita o entendimento sobre Ele.

    Sua benção.

  9. Bem interessante pra quem quer ter um olhar crítico sobre o que vê na mídia. Um “Observatório da Imprensa” católico. Adorei a capa!

  10. Jussara Resende

    Pe Joãozinho parabéns!Esse sim é um tema “quente”,que vai abalar estruturas e vai dar muito o que falar.Pode ir pensando aí nos muitos outros volumes,porque há muito que se refletir e discutir sobre o assunto.Pensa com carinho e capricha no marketing,faz festa de lançamento,campanha,etc, porque acho que estamos diante de um Best Seller,porque não?Como dizem:”tira o escorpião do bolso”.È isso mesmo?Passa o chapéu nas emissoras e manda ver.Boa sorte!

  11. Oi Padre Joãozinho como vai? O que vou escrever é para os dois o senhor e o padre Fabio, mas hoje é principalmente para ele que faz 8 anos de sarcedocio, vcs sabem que gosto muito de filmes rs o filme que mais gosto sobre Jesus é do Franco Zefirelli – Jesus de Nazaré este filme passa um milhão de vezes na TV, mas toda vez que passa gosto muito de assisti-lo.

    (..) Jesus vendo os discípulos cantarem e louvarem a Deus por causa da Páscoa judaica os olha contemplando com o coração, Pedro se aproxima e diz:

    – Estamos felizes por estarmos juntos nesta Páscoa.

    Jesus responde :

    – Esperei muito tempo para estar com vcs nesta Páscoa, foi por esta Páscoa que eu vim ao mundo.

    Jesus posteriormente comenta com eles que precisa ir e aonde ele vai os demais não podem seguir com ele, Pedro diz para Jesus que o seguiria para onde ele fosse, mas Jesus declara que ele o negaria naquela noite três vezes, Pedro insiste e Jesus diz:

    – Eu rezei por você e assim QUE SE RECUPERAR VC DARÁ FORÇA PARA TODOS OS SEUS IRMÃOS.

    (..) -Bem aventurado o nosso senhor que abençoou as leis que fizeram o pão brotar da terra, a partir de agora este não será mais o pão da passagem de nossos pais do cativeiro para liberdade, é a passagem do CATIVEIRO PARA MORTE “A LIBERDADE DA VIDA”

    Jesus continua e com isso realiza a primeira Eucarisitia:
    – ESTE É O PÃO DA VIDA AQUELE QUE COMER TERÁ VIDA ETERNA, COMA, POIS ESTE É O MEU CORPO E FAÇA ISSO EM MINHA MEMORIA.

    -A PARTIR DE AGORA ESTE NÃO É MAIS O CALICE DA MEMORIA DO SACRAMENTO DE NOSSO PAIS NO MONTE SIÃO. -(…) ESTE SERÁ O MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA ALIANÇA TIRADO DE MIM (.)

    – Te dou novo mandamento que AMEM UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI…

    Não existe amor maior que dar a sua vida por um AMIGO e se amarem uns aos outros ENTÃO TODOS SABERÃO QUE SÃO MEUS DISCIPULOS…

    (…) Jesus come e pede ao Senhor – PAI É CHEGADA À HORA GLORIFIQUE O SEU FILHO PARA QUE O SEU FILHO POSSA GLORIFICÁ-LOS.

    Que a paz esteja com eles NÃO RECORDEI APENAS POR ELES, MAS POR AQUELES QUE ACREDITAREM EM MIM ATRAVES DELES…

    – EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA

    Padre Fabio quando deitaste homem e se levanta-se Padre naquela hora Jesus através do tempo já o tinha glorificado, pois através de você das suas pregações, canções, livros, artigos textos e OLHARES milhares acreditaram acreditam e acreditarão sempre
    NO CAMINHO NA VERDADE E NA VIDA, Jesus já sabia disso naquela única EUCARISTIA.

    São 8 anos de historia que edificam dois mil anos desta verdade absoluta em nossas vidas. Nunca desista … Jesus nunca desistiu de você tenha certeza disso… Faça sempre o que é correto seja a Imagem e Semelhança de Jesus para o rebanho dele.

    Parabéns! Um grande beijo e abraço DA SUA IRMÃ

    MARILENE MARTINI

    Jesus de Nazaré – Franco Zefirelli

    http://www.youtube.com/watch?v=_0ptCqA4hRc 1

    http://www.youtube.com/watch?v=4bH8f6rUXVs 2

  12. dilma (VT/ES)

    Acabei de ler no site da CN essa mensagem do Santo Papa: “As nossas palavras devem ser ricas de sabedoria, isto é, inspiradas pela verdade, a bondade e a beleza. Muitos, em nossos dias, pensam que a razão pode ter opiniões, mas não certezas; e, menos ainda, certezas comuns a todos. Defendem que tudo é relativo. Mas não! Segundo João, o nosso teólogo e bispo, existe também uma verdade objetiva e imutável, que tem a sua origem em Deus e foi, por Ele, semeada nas suas criaturas. É acessível à razão humana e tem a ver com a vida prática e social. Trata-se de uma lei natural, na qual se devem inspirar as leis positivas da sociedade para promoverem o bem comum”.

  13. Padre Joãzinho,

    O senhor é uma piada! Anda a censurar os meus comentários, nos quais nada mais faço do que postar links com palavras do Santo Papa Bento XVI, para edificação dos seus leitores.

    No entanto, o senhor deve lê-los, como este que aqui vai e não se apagará da sua consciência. Irá também para a lista da qual participo, para ilustrar a sua tolerância como censor.

    Saudações.

  14. Maria Eudora Villarinho

    Em sua histórica viagem ora realizada à Grã-Bretanha, o Papa Bento 16, denunciando a marginalização da religião em geral e do cristianismo em particular, adverte sobre o perigo de até mesmo comemorações como o Natal virem a ser proibidas. Acho dificílimo, se não impossível, que isso venha a acontecer. Num certo sentido, essa impossibilidade não deve entusiasmar a nós cristãos, pelo simples motivo de que o que pode impedir a celebração do Natal certamente não será a oposição do povo cristão a esse absurdo, mas sim os interesses comerciais dos que transformaram a mais bela das datas em mais um dia no calendário do desvario consumista.

  15. Maria Eudora Villarinho

    Em meu texto sobre o Papa Bento 16, por erro de digitação, a passagem “pode impedir a…” ficou sem os vocábulos “derrubada da”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.