Recebi um comentário de alguém que consegue a proeza de reunir em poucas linhas as críticas mais deturpadas e até mentirosas sobre a Igreja Católica. Infelizmente é exatamente este o discurso que nossos alunos ouvem na escola de professores que se dizem formados em história, mas não verdade não aprofundaram muito seus conhecimentos no tempo da faculdade. Sou professor de filosofia (fiz doutorado em Educação na USP) e conheço bem este discurso aguado. Agora leia o comentário:

Acho que o tempo da Igreja Católica Apostólica Romana já passou, com todas suas crendices e fábulas. Já foi o tempo que um homem para ocupar um cargo público, seja Prefeito, Governador, Presidente da República, tinha de ter a aprovação da Igreja Católica Apostólica Romana. Os Bispos católicos colocavam e tiravam a quem quissessem. Todos tinham MEDO da poderosa Igreja Católica, iclusive os poderosos. Daí surguiu a idéia das indugências e o pagamento em dinheiro para comprar a salvação. E foram milhões e milhões de dólares. Se querem acabar com a pobreza e a miséria, e só tirar um pouco do muito ouro e pedras precisosas que tem lá no Banco do Vaticano, com certeza dá para acabar com toda a miséria e fome no mundo por dezenas e dezenas de anos. E a Igreja Católica não ficará mais pobre em nada, porque foram tomadas milhares e milhares de propriedades para se comprar a salvação no céu. E isso é totalmente anti-bíblico. Salvação é pela graça mediante a obra de Jesus Cristo na cruz do Calvário. Lembro de uma ocasião que a Igreja Católica apoiava o início do Movimento dos Sem Terra e a Reforma Agrária Já no Brasil, O Sr. João Batista de Figueiredo ocupava a Presidência da República, General rigoroso e de língua solta, estava sendo entrevistado na porta do Palácio dos Despachos em Brasília/DF, quando foi indagado se era a favor da Reforma Agrária Já e dos Sem Terra, uma vez que tinha o apóio explícito da Igreja Católica a resposta pronta dele foi:”que bom, vamos fazer a reforma agrária sim, mas que a Igreja Católica comece pelos milhões e milhões de fazendas e casas ociosos que tem pelo Brasil afora, depois que a Igreja Católica comecar a fazer, o Governo Também o fará”. Nunca mais a Igreja Católica tocou nesse assunto. Quanto a idolatria, bem vocês conhecem a Bíblia Sagrada e o que ela diz à respeito dos idólatras. Só falta obedecê-la. ADORAR SOMENTE A DEUS. Um grande abraço.

30 Comentários

  1. Hoje tem que ter aprovação do deputado da Universal KKK Ai meu Deus… rs Seremos poucos… Seremos fortes.

  2. Ihhh padre, nem dê “ibope” para esse pessoal, o objetivo deles é somente atacarem a Igreja Católica e não tentar descobrir a verdade dos fatos. É um típico protestante, aliás, infelizmente a maioria parece pensar assim. Não são todos é verdade, existem protestantes que são boas pessoas e sabem muito bem que esses ataques é fruto de uma imaturidade e ódio cego à Igreja Católica.

  3. ROSE SILVA

    O que temos que suportar de quem não conhece a verdadeira fé católica, mais se empenham em divulgar as mentiras que ouviram aos quatro cantos do mundo, com a única intenção de nos ridicularizar. Se ao menos procurassem conhecer a Igreja verdadeiramente não estariam falando tanta bobagem, Deviam sim era ter uma aula de teologia com Prof. Felipe Aquino ou com Pe. joãozinho. Já fui muito chamada de idolatra e de que o meu deus não é o DEUS dos evangelicos. Que pena eles esquecem tambem o que Jesus ensinou “não julgues para não serdes julgados”. Enfim espero no meu SENHOR QUE ME AMA COMO SOU.
    ROSE SILVA
    RECIFE -PE

  4. Pingback: Twitter Trackbacks for As grandes mentiras sobre a Igreja Católica « Padre Joãozinho, scj [cancaonova.com] on Topsy.com

  5. Ouço muito esse discurso, tenho um evangélico em casa, às vezes discuto, outras vezes deixo pra lá, acho que Deus não se agrada se eu continuar discutindo, não sou formada, não sou como os padres que sabem colocar bem as palavras, então acaba virando discussão, com estas idéias erradas a respeito da igreja católica eles acabam ficando grosseiros e sem educação e ainda acham que estão certos e que eles é que vão para o céu, desculpe o desabafo aqui no seu blog Pe, tenho muito respeito pelo senhor e por seus conhecimentos, sua benção.

  6. É um ignoante mesmo… Padre, por favor, ensine a ele a diferença entre latria – dulia – hiperdulia. Depois disso ele pode formular uma opinião sensata sobre nós.

  7. O tempo vai e o tempo vem e as acusações são sempre as mesmas … Poderia usar a quem escreve esse tipo de coisa uma “extensão” do que disse o “tão conseituado Figueiredo” , já que ele o tanto admira : ” Já que a Igreja católica é o maior exemplo de quem tem e não dá , porque VOCÊ não dá um exemplo à igreja e viva seguindo a sua vida apenas com a roupa que tem no corpo ? Afinal de contas todo o contrário é acúmulo de algo que não é emergencialmente necessário !”. Muitas das milhares de coisas que o mundo revela hoje de bom teve seu inicio com a Igreja católica , isso é indiscutível.

  8. Muito bom artigo, sou recem formada em história, e minha monografia foi baseada na educação no período da idade média, mas especificamente após a reforma protestante, no entento eu por intermédio do orientador estudei a educação católica também até memso para saber o que era uma educação protestante, em fim a igreja católica fez muito bem a humanidade, errou sim, mas quem não erra? e a questão da terra é só um detalhe, ainda temos muito o que melhorar em nosso pais, não adianta os professores de História culparem a igreja é uma saída tranqüila para eles, bom pelo menos foi isto o que entendi durante os tres anos da minha licenciatura.
    exelente artigo padre joãozinho.

  9. Maria Rita

    É padre…ainda bem que temos o disernimento de respeitar as diferenças,esse é o diferente.Com suas idéias e ideais,não sou nenhuma autoridade em filosofia.Só entendo que eu sou católica independente do que esteja acontecento lá no Vaticano ou com sua “fortuna”,como ele diz!Acredito num mundo melhor para todos nos e não acho que nossos lideres católicos estejam omissos a isso!

    S.BENÇÃO!

    Maria Rita

  10. Pingback: João Carlos Almeida

  11. Pingback: Amanda

  12. Cristiano Estolano

    Padre,
    Boa Tarde!

    Quando li esse comentário, com toda honestidade, senti raiva primeiro. Depois, à medida em que fui lendo mais, passou para nojo, e, por fim, pena, pois se uma pessoa acredita realmente nisso que escreveu, ela só conhece da Igreja Católica aquilo que os pseudo-pastores “ensinam” nas seitas-cheque por aí, e está totalmente vulnerável aos ventos “nova-erísticos”.

    Por isso que muitas vezes fico preocupado com o ecumenismo do jeito que é propagado em determinados meios… fica parecendo mais sincretismo do que propriamente ecumenismo.

    Peço perdão pelo misto de sentimentos negativos mencionados no primeiro parágrafo, mas é que a gente toma tanta pancada na cabeça, em sua maior parte agressões gratuitas e inverídicas, que ficamos um tanto irritados.

    Abraços e que possamos ajudar a tantas ovelhas perdidas como essa a entenderem realmente o que é a IGREJA CATÓLICA – única fundada por Cristo (que está na Biblia mencionada pelo “comentário”).

    Cristiano Estolano
    Catequista
    Igreja de São Jorge – Quintino – RJ

  13. É uma pena que nós humanos não sabemos lidar com as diferenças,não sabemos respeitar as opinioes,o modo de pensar de cada um.Jesus não veio ao mundo para colocar politica em suas leis.Jesus veio para colocar unidade entre as pessoas.Sejamos “um”, como eu sou um em Deus.Disse Jesus.Sou Católica e tenho varios amigos protestantes que me respeitam e que eu respeito muito também.Não estou aqui para julgar a crença de ninguém,mas também fico indignada quando criticam minha Igreja, pessoas que desconhecem totalmente as leis de Deus. Nossa Igreja errou sim no passado, as vezes ainda erra, como todas as Igrejas ou “seitas” que erram o tempo todo.Mas o humano é falho, principalmente quando o assunto é fé.O fundador do protestantismo mesmo, é um; que não sabendo lidar com as pressões da Igreja na época, resolveu fazer esta divisão,não sendo ele, seríamos até hoje todos da principal Igreja de Cristo.Tu és Pedro e sobre esta Pedra eu edificarei a minha, e as portas do inferno não prevalecerão sobre ela. Mas Martin Lutero deixou um documento onde ele comprova toda a devoção por Maria, sempre a amou e não deixou de ama-la, documento este que voces ignoram.Concordo com voce, adorar somente a Deus.mas amar sim!!! Maria a escolhida!!!amar sim as pessoas que foram reconhecidas por Deus como Santas e santos, pessoas que entregaram sua vida a serviço de Deus, humanos como nós sim, mas aceitaram o sim! de Jesus e seguiram no até o fim de suas vidas largando para trás, riqueza dinheiro ou poder!!!conhece a vida de São Francisco de Assis? conhece a vida de Santa Rita? conhece a vida destas pessoas que entregaram suas vidas a Deus sofrendo tudo que uma vida pode sofrer para agradar somente a Deus e mais nada???? não adoramos Santos, mas amamos de um jeito certo, como Jesus os ama.Todos foram pessoas especiais aqui na terra,pessoas escolhidas, e que estão sim juntos de Deus intercedendo por nós.Não foram pessoas arrogantes, mesquinhas que ficam julgando como nós julgamos aos outros. Trabalhamos mais para o Senhor!! sem ficar apontando quem é o melhor na história.Deus não quer isto minha gente!! Deus é amor.Quem erra, são os humanos, não a Igreja, a Igreja é Cristo e nós temos que ser de Cristo. Um Feliz Natal para todos e em especial para o Pe. Joãozinho, e um ano novo iluminado pelo amor de Deus.Paz e bem.

  14. Pingback: Alex Marques

  15. Malu Martins

    Boa noite, padre Joãozinho
    Confesso que este assunto sempre me incomodou muito, pois é recorrente no discurso de quem deseja denegrir a imagem da Igreja Católica. Sou universitária e muitas vezes me contorci na cadeira para não sair do sério. Nunca consegui ouvir estes discursos sem me indignar, pois o que observo é que os fatos históricos são na maioria das vezes deturpados, manipulados, alteradas suas conotações ou simplesmente ignorados os contextos históricos e culturais das épocas em que ocorreram. Isto sem falar nas “invenções”, que de tão repetidas e ensinadas aos quatro ventos adquirem o status de verdade absoluta. Também penso que se houve erros, estes se deram na dimensão humana, partiram de algumas pessoas e não da Igreja como um todo. E isto ocorre em todas as religiões. Aproveito para lhe desejar um Natal abençoado, junto dos que ama e dos que o amam. Boas férias, bom descanso, o senhor merece. Uma frase: “Você é responsável por aquele que cativa.” Saint Exupéry. Mas, como lhe disse no twitter, não deixe que algumas pessoas egoístas nos privem de sua companhia. O senhor é inspiração para nós, é modelo de retidão e honestidade, porém não tem a obrigação de realizar caprichos infantis. Um abraço fraterno. Sua bênção.
    Malu

  16. Boa noite padre Joãozinho!
    sua bênção
    Sem comentários longos a esse respeito…sou feliz por ser católica e ponto final.
    tenho aprendido com o senhor e com o padre Fábio,que religião certa;é aquela que mais nos aproxima de Deus,e nos faz, ser uma pessoa melhor!
    Não perco mais o meu tempo discutindo o certo ou errado…Deixo essa parte para Deus;somos filhos do mesmo Pai…somos filhos do mesmo Deus e isso pra mim é certeza.
    Deus o abênçõe muito neste Natal,realizando através do seu ministério,todos os seus desejos e planos, o tornando cada vez mais uma bênção para o seu povo.
    te amamos muito,sua filha espiritual!
    com carinho,Alice.

  17. Eu tenho apenas 13 anos mas não gosto que fale mal da minha igreja tá ?! Um Feliz Natal e um beijo para o Pe. Joãozinho. :D’

  18. Maria de Fátima Costa

    Como dizia Pe. Léo; o encardido se mete em tudo….esse é o verdadiro encardido, é uma anta, um jerico…rsrsrs….não dou ouvidos a esse tipo de gente.

  19. È o mesmo discurso de sempre !! Já me acostumei !! Nem ligo !!
    Como disse certo cientista uma vez: “Muita ciência nos aproxima de Deus ; pouca, nos afasta dEle ” !!
    A conversa que tenho com irmãos evangélicos amigos é sempre amistosa, quando não é, não há conversa !!

    Abraço a todos !!

    Paulo -Lavras/MG

  20. Elaine Mendes

    A Igreja Católica Apostólica Romana ou é muito amada ou extremamente odiada. É como Jesus Cristo, ou O ama ou O odeia, pois Ele foi muito radical na sua doutrina, aquela parte então que ele diz “quem não comer minha carne e meu sangue não terá a vida eterna”, quantos o deixaram sozinho depois disso. Aceitar a cruz? Se sacrificar para lidar com a fraqueza do outro? Jamais! “Eu quero é ser feliz agora! Faço tudo que o pastor mandar para ser curada da minha doença, ter minha casa e não ír para o inferno”. Enfim, é isto essencialmente que pensa as pessoas destas seitas que tendem a atacar o católico, aliás, essas pessoas têm um orgulho, uma soberba, que me dá nojo. Vou contar um fato:

    Na minha paróquia há um trabalho social que fornece cestas básicas e atividades sócio-educativas para idosos pobres. A maioria faz parte destas seitas e no bingo que foi feito uma senhora ganhou um anjo. Ela simplesmente desprezou o presente e disse que ia deixar para a filha, pois não acredita em santo mas no pastor da TV e mostrou toda orgulhosa a fitinha do pastor costurada no avesso da blusa. Daí minha mãe perguntou, então por que você está aqui? Ela não respondeu nada.

    É… todo mundo fala o que convém sobre a Igreja Católica, veja o autor do “Código Da Vinte”, falou o que lhe convinha sobre a Igreja Católica e agora ganha milhões. Quero ver ele mexer com o profeta Maomé.

    Cada vez mais acredito que faz parte da identidade das pessoas destas seitas atacarem o catolicismo, pois justificam a sua posição religiosa nos supostos erros doutrinários da Igreja Católica.

    Aliás, se uma pessoa deixa de procurar o Cristo na Igreja Católica e vai a essas seitas é porque não crê mais na autoridade de Pedro. Muitas vezes seu critério de escolha vem dos milagres que ocorrem na suposta seita. A candidata a presidencia do PV, Marina Silva, era católica praticante, quis até ser freira, mas agora é protestante (Assembléia de Deus) porque, diz ela, foi curada de uma doença graças às orações dos membros desta igreja. Se uma mulher dessas escolhe outra religião baseada em milagres, o que dirá o povo mais simples?

    Sei que o Espírito Santo sopra onde quer e que a fé em Jesus realiza milagres, mas até que ponto essas bençãos e milagres acirram ainda mais a divisão dentro do cristianismo? Será que isso vem de Deus?

    Sua benção

  21. Simone Teixeira

    Pe. Joãozinho, eu sei que são mentiras. Sei que nem o museu do Vaticano é propriedade da Igreja, pertence ao Governo da Itália, é patrimônio da humanidade e só é administrado pela Santa Sé. Sei também que as ditas “propriedades da Igreja” incluem Igrejas nos centros das cidades e muitas que são patrimônio histórico. Não há como se vender a Catedral da Sé ou a Catedral de minha cidade… As riquezas da Igreja foram roubadas em inúmeras guerras e o País Vaticano é menor que uma pequena chácara em nossa região. O Papa é o único Chefe de Estado que não tem nem avião particular… Sei que esses argumentos são estúpidos: é como sugerir que se vendam todos os museus do mundo para acabar com a fome! Entretanto, gostaria que você desse a resposta clara e objetiva a todos que carregam essas mentiras como se fossem verdades e que fazem disso uma barreira para sua fé. Por favor, escreva sobre esse assunto ou nos indique um livro que ensine a verdade histórica dos acontecimetnos. Grande abraço, Simone.

  22. Pingback: Ma Isabel Rodrigues

  23. Não idolatramos Maria e os santos, nós os veneramos pelos méritos da Cruz de Cristo em suas vidas.
    Sabemos que não é esvaziando o Banco do Vaticano que a desigualdade social vai deixar de existir; poderia ser um paliativo durante um curtissimo tempo, mas sem medidas politicas, isso não se resolve.
    Sobre o poder da Igreja, ela já teve muito poder, hoje ela se situa geográficamente num mundo que se volta cada vez mais para os minimaretes das mesquitas e, o papa dá sinais visiveis de não estar disposto a abrir novas cruzadas.

    Agora eu penso até que ponto esses pontos explicados a luz da teologia católica é uma verdade para nós num mundo onde os Dogmas e orientações eclesiásticas são cada vez subjetivos?

  24. Melissa Amaro Batista

    Ele deixou o email dele prá gente poder responder?????

  25. Boa tarde,
    Esse além de mostrar desconhecimento está preso à época medieval.
    Meu filho, esse discurso “capenga” d a riqueza do Vaticano para acabar com a fome no mundo está “caduco”.
    Se tiver o hábito de assistir ao noticiário terá observado que já foram enviados para África mais de 500 vaticanos e a miséria persiste. Por quê?
    Porque os políticos locais não querem que a miséria africana diminua, pois se isto acontecer não haverá mais razões para pedirem ajuda aos países mais desenvolvidos economicamente.
    Entre no mundo real, deixe o fanatismo, a miséria existe porque os políticos corruptos usurpam o dinheiro público, colocam-no nos bolsos, nos bolsos dos empresários, nas obras super faturadas,etc.
    Soube o que aconetceu recentemente no Brasil, não? O caso do dinheiro dos panetones, nas meias, em trajes íntimos,etc.
    Ah, lembra-se de que fizeram uma “rodinha” de oração para que a situação fosse “resolvida”? São seu companheiros de igreja, não se esqueça…
    Devemos limpa o nosso quintal antes de olhar o do vizinho e esse papo está caduco e os católicos não entram mas nessa…
    Vá estudar antes de escrever bobagens.

  26. rosane -rofeme

    Padre o sr ja oviu a musica do novo cd do Pe Fábio de Melo que ele canta com o Andre Leon, fala bem de ser Cristão. Nossa Igreja Catolica Apostolica Romana, sempre sofrerá criticas sabe pq ela é forte, e incomoda muita gente sem Fé e sem temor a Deus, temos que rezar pelos mentirosos pois estão precisando de nossas orações, muita paz e saúde para todos.

  27. SUA BENÇÃO PADRE;
    EU ACHO ISSO UM ABSURDO, ESSES “EVANGELIQUINHOS” SO FALA DA IGREJA CATOLICA, E AINDA POR CIMA FALA MAL. A IGREJA CATOLICA INCOMODA MUITA GENTE E SEMPRE INCOMODARA… PRINCIPALMENTE OS EVANGELICOS. E DIGO UMA COISA A TODOS OS CATOLICOS: “NAO TENHAS MEDO DAS CRITICAS OU COMENTARIOS QUE OS PROTESTANTES FAZEM A IGREJA CATOLICA, POIS ELES NAO SABE O QUE FALA”
    MUITO OBRIGADO….
    UM ABRAÇO

  28. sou professora de hoistória e católica.confesso que durante meu curso eu ficava muito confusa pois parecia que queriam colocar na minha cabeça que Deus não existia ou que a igreja católica era somente vilã de toda a história.então qual a melhor maneira para sanar minhas dúvidas,estudar, estudar muito nates de falar e sair pregando por ai ataques à igreja e começando por pontos polêmicos.procurei entender, analisar o contexto histórico em que cada fato ocorreu, e ver o que de ganho temos hoje graças a nossa igreja.sou historiadora, mas sou católica, creio e defendo minha fé, e minha igreja.querem falar mal dela. estudem, estudem, estudem, atacar por atacar é ignorância.
    deixa pra lá padre, eu sei que entristece e aborrece, mas deixa para lá.

  29. Sergio Souza

    Durante a minha vida escolar, essas mentiras eram postas como verdade… E ficam como verdade mesmo quando muitos já participam e estão engajados na Igreja. É algo comum ouvir de um ou outro católico a frase:

    “Sou católico, participo de grupo tal, amo minha Igreja, mas acho que a Igreja deveria doar seus tesouros do Vaticano”.

    Ou então, essas questões incomodam a muitos católicos, mas eles preferem não ir atrás da verdade e se acomodam no silêncio.

    Há muito tempo existe a necessidade de nós católicos trabalharmos uma evangelização mais próxima das famílias. Mais perto dos jovens, incluisve em suas escolas. Ou seja, é preciso investirmos na formação do povo católico, na minha visão, ainda é mal formado. Questões como essas acima, como a inquisição, indulgências e etc, ainda são nebulosas para muitos. O povo católico tem que despertar para estudar e estudar a doutrina da Igreja e a História da Igreja, para que estejam prontos e firmes para responder qualquer mentira como essas acima:

    1Pd 3,15 – “Estai sempre prontos a responder para vossa defesa a todo aquele que vos pedir a razão de vossa esperança”.

    Enfim, trata-se de um discurso aguado, e pela colocação final, “IDÓLATRAS. ADOREM SOMENTE A DEUS” e parece sabermos de onde vem…

    Deus lhes abençoe

  30. ELINE LACERDA DE SOUZA

    PADRE JOAÕZINHO BOM DIA.

    O SENHOR VIU O QUE ACONTECEU COM O PAPA ANTES DE COMECAR A MISSA DE NATAL? UMA MULHER PARTIU PRA CIMA DO PAPA E JOGOU NO CHÃO? POIS FOI. EU NÃO ENTENDI PORQUE ELA FEZ ISSO. O SENHOR PODE ME EXPLICAR PORQUE ELA FEZ AQUILO? UM GRANDE ABRAÇO. ELINE.EU PREFIRO NÃO COMENTAR O QUE FALARAM DA IGREJA CATOLICA E PONTO. EU DEIXO PRA QUEM ENTENDE MELHOR DO QUE EU.EU SOU CATOLICA.

  31. Ao ler o comentário, deu-me vontade de rir.
    As indugências foram pagas com DÓLARES!
    Ahahahahahahhahah. Santa ignorância, Batman! Diria Robin, admirado ao ler o comentário!
    Mas Robin está errado: não é santa, não, é só ignorância.
    A Igreja possui muita riqueza em ouro? Possui, sim. Boa parte patrimônio histórico e cultural da humanidade, que não pode ser comercializado.
    Vender-se-á a Capela Sistina por quanto, mesmo? Vão vender os afrescos de Rafael, nos Museus Vaticanos? Vão extrair o ouro da Basílica de San Vitale e assim destruir um dos mais belos mosaicos do mundo?
    Vão vender todas as esculturas barrocas das Igrejas do Brasil? Colocar à venda a Catedral de Notre Dame e a Saint Chapelle?
    As terras da Igreja, no Brasil, e isso eu não tenho certeza, mas já vi vários casos assim, não são usadas ou mesmo vendidas pela Igreja, não. Estão num regime jurídico de enfiteuse – hoje não mais admitido pelo Novo Código Civil – mas que permitia a exploração por particulares e até a venda.
    As pessoas esquecem que a Igreja é composta por pessoas. A Igreja, enquanto corpo de Cristo, é santa; as pessoas pecam e cometem erros, inclusive padres. Houve guerras religiosas provacadas por protestantes e por católicos, por cristão e muçulmanos, por judeus e pagãos. Há também a intolerância atéia, tão nefasta quanto qualquer intolerância. Tentar dizer que todos os padres são ruins, todos os políticos são corruptos, todos os advogados são desonestos, todos os médicos mercenários é apenas uma simplificação.

  32. Sonia Luciano de souza

    Padre Joãozinho. Adoro seu blogo pois é refletido sempre temas relevantes só que sinto-me frustada pois falta o principal pra mim que é a sua colocação sobre os temas em pauta. Gosto muito de ouví-lo dialogando com Pe. Fábio e gostaria também de ouvir suas colocações no blog sobre os temas em pauta. Sua benção!!!

  33. Anne Herrera

    Desculpa mais onde mesmo está a mentira nisto ? Acho que o senhor não estudou direito certo pois a igreja católica tem sim os seus males!Se o senhor pensar um pouquinho você vai enxergar a verdade! Sou protestante presbiteriana não tenho nada contra mais se o senhor que é padre pode fazer postagens ridículas eu também tenho esse direito a é só mais uma coisa a igreja católica cobrou sim de muitas pessoas o “preço” da salvação.Você deveria estudar um pouquinho mais toda religião tem os seus erros isto é verdade.Obrigada

  34. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Isso foi uma piada?
    Tudo, simplesmente tudo, o que foi dito nesse comentário ta errado…
    Nisso dizem que se pode criticar o que não se conhece…
    Será?

    Um abraço pe. Joaozinho, Deus o abençoe e conserve sempre!

  35. luiz eduardo

    sou catolico sou formado em historia e sabemos que a igreja catolica fez barbaridade na idade media e moderna mais sabemos tambem hoje que os neopentecostais faz abissurdo com a boa fe do fiel de sua igreja explora a boa fe dele a igreja sim e santa justa e amiga pois esta igreja que peceguiu na idade media tambem foi perseguida na idade antiga povos pagaes inclusive o imperio romano e aida hoje ela e persiguida por hindus,budistas,mucumanos e judeus esta igreja que sofre mais vence na fe no silencio todo seu amor por deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.