Israel mata pessoas em águas internacionais e fala em “ação preventiva”. O que pensar? O mundo reage de modo indignado. Difícil amar Israel quando vemos atitudes arrogantes como esta. Parece terrorismo de Estado. Seria o terrorismo que assola Israel também pode ser considerado “ação preventiva”? Pelo jeito a lógica do “dente por dente” não funciona mesmo. E pensar que este pequeno Estado possui armas atômicas…