Israel mata pessoas em águas internacionais e fala em “ação preventiva”. O que pensar? O mundo reage de modo indignado. Difícil amar Israel quando vemos atitudes arrogantes como esta. Parece terrorismo de Estado. Seria o terrorismo que assola Israel também pode ser considerado “ação preventiva”? Pelo jeito a lógica do “dente por dente” não funciona mesmo. E pensar que este pequeno Estado possui armas atômicas…

9 Comentários

  1. Pingback: Pe. Joãozinho, SCJ

  2. Pingback: Jheynne Fernandes

  3. Pingback: línguas de Fogo

  4. Pingback: Vanessa Kern

  5. Pingback: MariaDenisiaS.Silva

  6. Pingback: Twitter Trackbacks for Assassinato de Israel em águas internacionais « Padre Joãozinho, scj [cancaonova.com] on Topsy.com

  7. Pingback: Alice

  8. Fernanda Bianchi

    Mais uma notícia muito triste. Atacar um barco com ajuda humanitária. Ação preventiva? Como assim? É Padre, estas atitudes arrogantes realmente só podem gerar mais violência e incompreensão.

  9. Olá padre,bênção!
    INDIGNAÇÃO!!! é a palavra certa, não existe outra!
    Diante de td isto…não podemos ter outra reação, que não seja de indignação! é mt triste padre.
    Paz e bem!!

  10. Amar ISRAEL é uma das coisas que me encantam em Deus. Ele consegue ser misericordioso sem ser injusto. Que incógnita!!!

  11. Sergio Souza

    No fim das contas somente o Irã é intolerante, instransigente, violento…

    Não defendo aqui as ambições do Irã na sua corrida armamentista, porém convenhamos, por coerência, Israel merecia também as mesmas sansões econômicas…

  12. Sergio Souza

    Pois bem… Vamos debater.

    Vale a pena lermos no blog da Revista Veja o comentário de Reinaldo Azevedo.

    Ele, Reinaldo, trata do outro lado da história…

    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/cegados-pelo-odio/

    CEGADOS PELO ÓDIO

    O noticiário sobre a intervenção das forças de segurança de Israel na tal flotilha que rumava para Gaza foi verdadeiramente estarrecedor. Não se trata, obviamente, de endossar a violência desse ou daquele. E acho compreensível que pesem dúvidas e suspeitas sobre a força empregada, que pode ter sido excessiva etc. e tal. Até aí, o jornalismo pode ir sem delinqüir, sem abrir mão de sua tarefa. O que não pode é desprezar os fatos. E os fatos são estes:

    1 – A organização que liderava a ajuda humanitária é a turca IHH, liderada por Bülent Yildirim, ligado ao Hamas. Sobre essa ligação, há EVIDÊNCIAS presentes. E suspeitas fundadas de que tenha mantido contato com os jihadistas e com a Irmandade Muçulmana;

    2 – Pode-se ser contrário ao bloqueio a Gaza — o territorial é feito pelo Egito, embora se silencie a respeito. Mas ele existe. Enquanto existe, tentar furá-lo é promover um ato hostil a Israel;

    3 – O país já havia afirmado que não permitiria que os barcos chegassem a Gaza;

    4 – O cerco à flotilha, antes da intervenção, foi antecedido de uma demorada tentativa de negociação. As forças de segurança de Israel queriam que os barcos se dirigissem a uma cidade israelense, onde os ditos suprimentos seriam desembarcados. Avisaram que não seguiriam viagem. Inútil! Os “pacifistas” não aceitaram;

    5 – Há outras maneiras de fazer a ajuda humanitária chegar à Faixa de Gaza. Furar o bloqueio, por mais estúpido que ele fosse, corresponde a submeter Israel a uma espécie de humilhação. Especialmente se o organizador do evento é um amigo do Hamas. Levar adiante tal proposta é apostar no pior;

    6 – O vídeo deixa evidente que os “pacifistas” atacaram os soldados de Israel, depois de esgotadas as negociações. Fala-se do filme, mostra-se o filme, fica confirmada a agressão. Mas o texto de condenação a Israel, sem matizes, segue adiante;

    7 – Há sete soldados israelenses feridos — dois deles por tiros. Teriam ferido a si mesmos só para criar um pretexto verossímil para matar pessoas? Por que, então, já não atiraram quando estavam no helicóptero?;

    8 – Uma jornalista da TV árabe Al Jazeera acompanhava o grupo e assegura que os soldados israelenses estão mentindo. Ela acompanhava o grupo? Não me digam!;

    9 – Com que então um grupo de “humanistas” organizados por Bülent Yildirim — não consegui saber se ele estava em algum dos barcos; é provável que não — iria conseguir desmoralizar o bloqueio imposto por Israel na marra?

    10 – Mas por que o bloqueio existe? Ele é parte só da natural perversidade daquela gente? Não! Eu não endosso isso ou aquilo, mortes muito menos. Se cabe alguma censura a Israel, ela se deve à operação militar propriamente, que pode não ter sido a mais hábil, fornecendo pretexto verossímil para todos os seus inimigos, que são muitos. Mas isso é só uma hipótese por enquanto. Faltam dados para saber se houve uso excessivo da força. Podem gritar à vontade. “Humanistas” como esses já fizeram coisas piores.

    É assustador que o alinhamento com uma causa e o ódio — sim, o ódio! — a Israel impeçam muita gente de ver o que está diante de seus olhos. Ou pior: mesmo vendo, fazem de conta que não está ali.

  13. Não podemos esquecer que Israel tem pleno direito de defesa, DESDE QUE SEJA PROPORCIONALMENTE!

    Não podemos deixar que o anti-sionismo nos cegue e nos faça defender terroristas e países que apoie os mesmos.

    Não estou querendo acusar as vístimas desse ataque de terrorismo, mas se alguns ativistas atacaram os soldados com armas de fogo, estes deviam ter abrido fogo contra eles e não contra as embarcações.

    De toda maneira é uma notícia triste e preocupante!

    São Tiago Matamouros rogai por nós!

  14. Respondendo as perguntas do Padre Joãozinho:
    .
    Primeiramente gostaria de dar bom dia ao Padre Joãozinho e demais leitores. Vou responder os questionamentos feitos pelo Padre do ponto de vista judeu. O ponto de vista que jornais e TV omitem, até porque o Brasil tem assumido posições duvidosas no cenário internacional. Ademais, sempre houve ódio contra Israel e os judeus, porque, no fundo, ele é só o reflexo do ódio contra às leis do Eterno expressas no Tanakh (“antigo testamento”) que contrariam os preceitos fundamentais de duas religiões poderosas: Cristianismo e Islamismo.
    .
    As falas do nobre Padre estão entre aspas para facilitar a compreensão das respostas.
    .
    “Israel mata pessoas em águas internacionais e fala em ‘ação preventiva’. O que pensar?”
    .
    RESPOSTA: o Mashiach (Messias) ainda não veio, pois se já tivesse vindo, as guerras, a fome, a morte já teriam cessado, inclusive as hostilidades contra Israel, conforme escrito pelos Profetas. Veja o porquê em: http://retorne.wordpress.com/2010/05/22/por-que-jesus-nao-e-o-messias-segundo-os-judeus/
    .
    “O mundo reage de modo indignado.”
    .
    RESPOSTA: O mundo é hipócrita. Tem dois pesos e duas medidas. Enquanto os Hamaz e o Hezbolah estavam disparando mísseis diariamente contra civis israelenses, a ONU não fez nada, as nações cristãs não fizeram nada, ninguém fez “passeata”, nem “reclamou” para que isso parasse. Quando Israel disse basta! Construiu um muro para evitar atentados e guerreou contra seus inimigos. Imediatamente, Israel foi acusada de “desumana”, “nazista”, “ditatorial”, além das milhares de “passeatas humanitárias” que o mundo fez contra o “terror sionista”!
    .
    Ninguém reclamou do fato dos terroristas usarem crianças e outros civis como escudos humanos! Ninguém reclamou dos homens bombas, mulheres bomba e crianças bombas contra soldados! Só reclamaram contra o Direito de Israel de se defender!
    Hipocrisia! É por isso que o mundo sempre reage indignado quando o assunto é Israel.
    .
    Quando a ONU fez a partilha de território em meados do séc. XX, Israel concordou com a formação do Estado palestino, mas todos os países vizinhos, ao invés de aceitar os termos da ONU, ressalte-se, TODOS, atiçados pelo Egito(mais uma vez o Egito), simplesmente declararam guerra simultaneamente para destruir Israel! Uma nação que tinha acabado de nascer.
    .
    Israel venceu e, como TODAS as nações do mundo que vencem guerras, Israel tomou para si áreas territoriais dos DERROTADOS. Mas, para Israel, de novo, tudo é diferente… Israel é a única nação do mundo que não pode apropriar-se de terras das nações derrotadas! Todos sempre fizeram isso e ninguém reclamou, mas para Israel, o peso da balança sempre é diferente! Para mim, isso é hipocrisia.
    .
    Recentemente, o Brasil, tão logo fez “negociações diplomáticas com o Irã”, enviou armas para o Irã usá-las contra Israel!! Ninguém noticiou! Governo brasileiro não disse nada e o Exército nem comentou o assunto. Veja: http://delrei.wordpress.com/2010/06/02/visao-de-direitos-humanos-do-brasil-em-relacao-a-ira-e-israel/
    .
    O Mesmo Lula foi a Israel e negou-se a visitar o túmulo do fundador do Estado de Israel! Um insulto a Israel! O mesmo Lula foi ao Irã e criticou Israel e depositou flores no túmulo de um terrorista. O mesmo Lula tentou fazer um acordo Nuclear fajuto com o Irã que, trocando em miúdos, ainda permite o Irã a desenvolver a bomba Nuclear! O mesmo Lula mantém relações diplomáticas com Venezuela, Cuba e Coreia do Norte!
    .
    Lula é um hipócrita. Se ele quer paz entre Israel e Irã que tal ele impedir que armas brasileiras sejam enviadas para o Irã atacar Israel?
    .
    “Difícil amar Israel quando vemos atitudes arrogantes como esta. Parece terrorismo de Estado. Seria o terrorismo que assola Israel também pode ser considerado ‘ação preventiva’?”
    .
    RESPOSTA: Vocês já viram judeus explodindo estações de trem? Escolas? Claro que não. Vocês já viram judeus amarrando bombas no corpo para “varrer o povo X ou Y da face da terra”? Claro que não. Mas vocês já viram islâmicos fazendo tudo isso!! Já viram o presidente do Irã jurando inúmeras vezes “varrer Israel do Mapa”! Já viram o Hamaz e o Hezbolah jurando que não vão parar de atacar Israel enquanto houver um judeu vivo!! Certamente vocês já viram a bagunça que esse povo aprontou contra civis inocentes em Londres, Nova York, Berlim, Madrid e outros… e tudo isso com dinheiro do Irã! Mas o mundo inteiro, ao invés de criticar tais abusos contra os direitos humanos, só sabe criticar Israel que combate quem faz esses abusos!
    .
    Mundo hipócrita! Recentemente, um terrorista que já matou centenas de criancinhas em escola, foi morto nos Emirados Árabes por algum espião. O mundo acusou Israel de “nazista” (Acusou sem provas) de que foi Israel que matou o terrorista. Evidentemente, Israel adoraria ver aquele terrorista morto, basta ver a ficha do terrorista para entender o porquê.
    .
    A reação da Inglaterra foi expulsar o embaixador de Israel em “protesto”. Expulsou sem provas. E mesmo que fosse Israel, o correto seria agradecer Israel por eliminar um terrorista que matava civis no mundo inteiro, inclusive na Europa.
    .
    Que mundo é esse que se indigna contra alguém que mata um terrorista que explode bombas em escolinha de crianças, mas não se indigna quando há 50.000.000 de crianças menores de 10 anos escravizadas legalmente para finalidades sexuais em países árabes?
    .
    Que mundo é esse?! É um mundo, no mínimo, hipócrita.
    .
    Que mundo é esse que não se horroriza com a matança de milhares de cristãos no sul da África pela mão do Islã, mas chora pela morte de terroristas que explodem escolinhas e matam pais de família?! É um mundo hipócrita, com dois pesos e duas medidas, no mínimo!
    .
    “Pelo jeito a lógica do ‘dente por dente’ não funciona mesmo.”
    .
    RESPOSTA: Com certeza a lógica do ‘dente por dente’ não é o ideal. O ideal é o perdão, é a paz, é o amor ao próximo, a Tsedacá (caridade) para com todos. Coisas que seu Jesus aprendeu muito bem com os sábios judeus. Esse é o ideal. Mas até sua “caridosa Igreja” partiu para as CRUZADAS quando os mulçumanos saquearam cidades cristãs e prometeram invadir Roma… Vocês se defenderam no “olho por olho, dente por dente”, mesmo não sendo o ideal. Mas era o possível e o necessário a ser feito naquele momento. Mas, de novo, só Israel que não pode se defender…
    .
    “E pensar que este pequeno Estado possui armas atômicas…”
    .
    RESPOSTA: Possui armas nucleares sim e muitas outras que vocês não fazem ideia. Nós, judeus, somos apenas 0,2% da população mundial, mas 33% dos prêmios nóbeis da ciência são nossos! E somos o povo que mais investe em educação e ciência do planeta. Não somos melhores, nem piores que outros povos. Mas com certeza nos esforçamos muito para isso.
    .
    Gostaríamos que o Messias já tivesse vindo e que as armas, a guerra e a violência fossem completamente desnecessários conforme os profetas prometeram. Mas enquanto isso não acontece, temos que nos defender dos hipócritas que não nos ajudam e ainda apoiam nossos inimigos para que nos destruam.
    .
    Israel tem armas atômicas e muitas outras. Mas Israel já fez terrorismo contra alguma Igreja Cristã? Alguma Mesquita? Alguma escolinha de crianças? Não! Israel não suja as mãos com isso.
    .
    Vocês não têm notícias de judeus matando inocentes. Salvo na guerra, claro, ainda mais quando os inimigos usam inocentes para servir de homens bombas e escudos humanos… Aí fica difícil para qualquer exército.
    .
    Mas notícias de islâmicos fanáticos matado inocentes vocês têm, e ninguém protesta! A culpa é sempre de Israel. Vocês deviam temer o Irã. Já imaginou quando ele tiver armas nucleares? Uma coisa é explodir 50kg de dinamite no metrô de Londres, outra coisa é explodir um artefato nuclear! E o governo do Irã, infelizmente, abastece os terroristas com armas que, além de matar inocentes no mundo inteiro, atrasa a vinda do Mashiach para o fim definitivo da guerra, morte, pestes e doenças em nosso mundo.
    .
    Bom dia para todos e ótimo feriado de Pentecostes para vocês!

  15. Sergio Souza

    Repentinamente, os noticiários desviaram a atenção internacional do programa nuclear iraniano, inclusive, atrapalhando os planos do governo americano de aprovar na ONU, uma nova rodada de sanções ao regime dos aiatolás.

    Com essa Israel não contava… Tirou para si a atenção que o mundo devia ao Irã. Note-se que FAIXA DE GAZA era um assunto morto e enterrado na mídia internacional.

    Mas o ódio em ambas as partes é tão grande que cega qualquer inteligência de uma simples avaliação dos riscos políticos consequenetes de uma atitude como essa que Israel tomou.

    Infelizmente, nessa guerra é um sujo sujando outro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.