Ontem estive na cidade catarinense de Rio Negrinho para participar da gravação de um filme curta-metragem em comemoração pelos 20 anos da MISSÃO DEHONIANA JUVENIL. Esta iniciativa da Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus coloca os jovens no protagonismo da nova evangelização trasnformado-os em missionários. Isto que a Conferência de Aparecida sugeriu recentemente a MDJ já faz desde o milênio passado. Algumas fotos das gravações que envolveram parte da comunidade local.

Com mais de 300 pessoas participando, a gravação do primeiro filme curta-metragem assinado pela Missão Dehoniana Juvenil, nos dias 19 e 20 de junho, aconteceu num clima de muita festa, alegria e fraternidade. Envolvida em toda a preparação e realização, a comunidade de Rio Negrinho mostrou que é possível um mundo melhor.
Coordenado pelo frater Giorgio scj, o filme mostra o que é a MDJ de uma forma criativa e diferente, explorando os recursos de cinema e mídias.
Os meios de comunicação da região divulgaram o evento antes e depois da realização. O jornal da cidade noticiou com foto e matéria de página inteira a gravação do filme, destacando a presença do padre Joãozinho Almeida e de diversas comunidades da região.
A MDJ virou capa de jornal e isso nos impulsiona para levar o anúncio do Reino do Coração de Jesus ainda mais longe.
Agora, o filme segue para a edição, trabalho que está nas mãos da Comphany Videos.
VEJA FOTOS DAS GRAVAÇÕES – CLIQUE AQUI
SITE OFICIAL DA MDJ – www.euqueroummundomelhor.net.br

2 Comentários

  1. Pingback: Pe. Joãozinho, SCJ

  2. Pingback: Amanda

  3. Pingback: Evelise Baier

  4. Pingback: mioco gomes

  5. Pingback: MariaDenisiaS.Silva

  6. FOI MUITO LEGAL ESSE TRABALHO DO MDJ.FOI BEM IMPORTANTE PARA A CIDADE E TBÉM MUITO DIVERTIDO.E FICAMOS MUITO FELIZES EM CONHECÊ-LO PESSOALMENTE PE. JOAZINHO E CONTENTES POR LEVÁ-LO ATÉ CURITIBA NO AEROPORTO.
    QUE DEUS O ABEÇOE SEMPRE!!!!!

  7. Luciana dos Santos

    Parabéns aos responsáveis…
    Uma ótima maneira de se promover a participação da juventude…
    Eu também utilizo a sétima arte, no meu caso,na minha profissão…obviamente em menor proporção…
    organizo peças teatrais…
    o envolvimento dos jovens é realmente muito bom…eles gostam muito e eu mais ainda…

Deixe uma resposta para monica Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.