Os frutos de conversão do Jejum

Por no dia mar 13th, 2009 sobre Sem Categoria.

 

   A quaresma é tempo de conversão, dentro dos exercícios espirituais, a oração, o Jejum e a esmola, tempo rico onde o Espírito Santo trabalha a nossa santificação.  Uma pratica excelente de vida espiritual é o Jejum. Ele nos ajuda a rezar com o corpo e nos dá o dom da temperança, do domínio de si, para controlar os nossos apetites desregrados. Serve para o amadurecimento espiritual e para os combates que travamos todos os dias. “O jejum que me agrada porventura consiste em o homem mortificar-se por um dia? Curvar a cabeça como um junco, deitar sobre o saco e a cinza? Podeis chamar isso um jejum, um dia agradável ao Senhor?” (Isaías 58,5).

     Fiquei pensando nestas passagens da liturgia da quarta-feira de cinzas, que o jejum que agrada a Deus vai muito mais além das praticas de mortificação ou abstinência. O verdadeiro jejum deve partir do coração, deve provocar libertação e mudança de vida, ou seja, de comportamento, se não vale de nada, mesmo porque a maior prova da vida de oração e jejum é o bem comum, atingi aqueles que eu provoco escravidão, o jejum precisa mudar o meu comportamento com Deus e com os meus irmãos. De que adianta rezar tanto se meu comportamento não muda, continuo maltratando as pessoas, trabalhando desonestamente e mantendo os outros escravos do meu homem velho.  

“Sabeis qual é o jejum que eu aprecio? – diz o Senhor Deus: É romper as cadeias injustas, desatar as cordas do jugo, mandar embora livres os oprimidos, e quebrar toda espécie de jugo”. (Isaías 58,6)

      Muitas vezes associamos o jejum somente a privar-se de comer algo, muitas pessoas pensam em até emagrecer com o jejum. Existem muitas formas interessantes de ajudar nosso corpo a rezar: Já pensou em fazer jejum de silêncio, porque falamos demais e muitas vezes machucamos e cometemos erros. Já pensou em fazer jejum do consumismo e durante toda quaresma só comprar o estritamente necessário; não humilhar as pessoas, fazer um exercício de perdão, sempre dar o primeiro passo, jejuar do orgulho e da vaidade. Teve um ano que eu fiz jejum dos olhos, não vi TV durante quarenta dias e vigiei para não pecar pelo olhar: “os olhos são a janela da alma”. 

“Jesus respondeu-lhes: Por causa de vossa falta de fé. Em verdade vos digo: se tiverdes fé, como um grão de mostarda, direis a esta montanha: Transporta-te daqui para lá, e ela irá; e nada vos será impossível. Quanto a esta espécie de demônio, só se pode expulsar à força de oração e de jejum”. (São Mateus 17,20)

      O jejum é uma grande força espiritual, “pois não lutamos contra homens de carne e sangue, mas com os espíritos malignos espalhados pelos ares”. Os Santos sempre fizeram do jejum uma arma contra as forças do mal e como Jesus disse aos seus discípulos a oração e o jejum são armas fortes contra o demônio. A fé exige atos práticos, que revelem os frutos de minha conversão. O próprio Jesus é mestre, ele orou e jejuou durante quarenta dias antes de começar sua missão pública, daí revestido do Espírito Santo pode realizar a sua missão salvadora.  

Existem varias maneiras de se fazer o jejum e conseguir progresso espiritual e para toda a Igreja, ai vai uma sugestão, dá para todo mundo fazer, hoje sexta-feira é o dia recomendado pela Igreja para vivermos o jejum:

Jejum da Igreja:

      Assim é chamado o tipo de jejum prescrito para toda a Igreja e que, por isso, é extremamente simples, podendo ser feito por qualquer pessoa. Alguém poderia pensar que esse seja um jejum relaxado ou que nem seja realmente jejum, porque ele é muito fácil. Mas não é bem assim.
      Esse modo de jejuar vem da Tradição da Igreja e pode ser praticado por todos sem exceção, sendo esse o motivo porque é prescrito a toda a Igreja. O básico desse tipo de jejum é que você tome o café da manhã normalmente e depois faça apenas uma refeição – almoçar ou jantar -, a depender dos seus hábitos, de sua saúde e de seu trabalho. A outra refeição, a que você não vai fazer, será substituída por um lanche simples, de acordo com as suas necessidades.
     Dessa maneira, por exemplo, se você escolher o almoço para fazer a refeição completa, no jantar faça um lanche que lhe dê condições de passar o resto da noite sem fome.
O conceito de jejum não exige que você passe fome. Em suas aparições em Medjugorje, a própria Nossa Senhora o repetiu várias vezes. Jejuar é refrear a nossa gula e disciplinar o nosso comer. O importante, e aí está à essência do jejum, é a disciplina, e é você não comer nada além dessas três refeições. O que interessa é cortar de vez o hábito de “beliscar”, de abrir a geladeira várias vezes ao dia para comer “uma coisinha”. Evitar completamente, nesse dia, as balas, os doces, os chocolates e os biscoitos. Deixar de lado os refrigerantes, as bebidas e os cafezinhos.
      Para quem é indisciplinado – e muitos de nós o somos -, isso é um jejum, e dos “bravos”! Nesse tipo de jejum, não se passa fome. Mas como “a gente” se disciplina; como refreia a gula! E é esta a finalidade do jejum. Qualquer pessoa pode fazer esse tipo de jejum, mesmo os doentes, porque água e remédios não quebram jejum. Se for necessário leite para tomar os remédios, o jejum não é quebrado, pois a disciplina fica mantida. Para o doente e para o idoso, disciplina mesmo talvez seja tomar os remédios e tomar corretamente. 

      O importante é ser comedido e agir com sabedoria. Nossa intenção não é bancar os heróis. Repito: “não temos de provar nada a ninguém, nem a nós e nem mesmo ao Senhor”.  

Sempre inicie o seu Jejum depois do café da manhã, para evitar mal estar e dores de cabeça durante o dia, pois este não é o objetivo do Jejum. Controle-se evitando o habito de beliscar o dia todo, pois sem disciplina não há santidade. Quero sugerir, que a comida que você não for usar dê a pessoas carentes que você conhece, ou a uma instituição de caridade. 

“Jesus respondeu: Está escrito: Não só de pão vive o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus”. (São Mateus 4,4).

Você faz ou já fez a experiência do jejum? Clique em comentários e partilhe a sua experiência e seus pedidos de orações.

Acesse e veja também:Confissão: Sacramento de cura e libertação

Deus abençoe o seu Jejum. 

Pe Luizinho,
Missionário Canção Nova.

Fonte de pesquisa: Livro Práticas de Jejum, Monsenhor Jonas Abib, editora Canção Nova. Clique em comentários e envie seu recado e pedido de oração.

4 Responses to “Os frutos de conversão do Jejum”

  1. ana maria says:

    peço a jesus gue me ajuda gue me de força pois estamos passando momentos muito dificil em todo sentidos pois presiçamos de soluçoes e so jesus pode nos ajudar, pois estamos sem saber o gue fazer pois presiçamos de vender imovel e para guitaçoes de dividas e gue jesus nos ajuda e nos de força amem. eu toda minha familia peço jesus sabedoria paz amor gue jesus guie meus passo e me ajuda a trilha em toda area de nossa vidas amem.

  2. Padre, sua benção!!! Estou praticando o jejum, tenho conseguido ser disciplinado no propósito estabelecido, porém não tinha idéia de que os impulsos diários de beliscadas impactassem no resultado. Este artigo contribuirá muito para minha melhora no meu proposito. Peço orações por todas as familias e em especial pelas familias Brandão e Souza, a paz no mundo, ultimamente as pessoas estão muito agressivas e precisam de DEUS. Oração pela minha Mãe, filhos e irmãos.

  3. Alvaro says:

    Olá Pe.Luzinho! parabéns pela explicação do jejum tenho certeza que tem ajudado a muita gente a entender melhor o jejum. Eu e minha esposa estamos fazendo o jejum da Igreja nas sextas-feiras e tem sido uma benção para nós. E de acordo com a mensagem do Papa sobre a quaresma, aprendemos que o fruto do nosso jejum deve ser revertido para os mais pobres. E estamos fazendo isso, nas sextas levamos sempre um prato mais especial para os necessitados, aquilo que deixamos de comer naquele dia. E quando Jesus não bate a nossa porta, vamos atrás Dele, nas ruas ou praças. Tem sido uma experiência muito gratificante para nós. Que Deus derrame sobre todos nós a sua Paz e sua infinita misericórdia, hoje e sempre! Amém.

  4. Marco Aurelio says:

    Visite o site http://www.espacomissionario.com.br

    E venha descobrir o que Maria tem para lhe dizer com suas mensagens deixadas à humanidade, e conheça (O Código Jesus).

    Acompanhe todas as terças-feiras o Terço na Basílica de Lourdes em Belo Horizonte e o comentário do Evangelho com Raymundo Lopes e os Missionários do Coração Imaculado.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.