Penso que a graça do Espírito Santo invade bem depressa aqueles que de todo coração progridem no esforço e se impõem desde o início manter-se de pé e não dar lugar ao inimigo em nenhum combate. Além disso, o Espírito Santo, após tê-los chamado, faz tudo para a comodidade dos principiantes, para facilitar seu progresso no caminho da penitência; e em seguida mostra-lhes suas vias em toda sua verdadeira dificuldade. Ajudando-os em tudo, mostra-lhes quais são os esforços necessários da penitência, dela apresentando as regras e o exemplo, tanto para o corpo como para a alma, até conduzi-los à conversão perfeita a Deus, seu criador. Para isso, Ele os incita constantemente a exercitarem sua alma e seu corpo a fim de que, tendo santificado igualmente uma e outro, tornem-se igualmente dignos da herança da vida eterna: exercitar o corpo pelo jejum, o trabalho e as vigílias freqüentes; exercitar a alma pelos exercícios espirituais e pelo zelo em todos os serviços e atos de obediência realizados pelo corpo.  ( Santo Antão)

1 comentário

  1. Rogério de Sousa Coimbra

    A Graça do Espírito Santo de Deus, é outra maravilha de Nosso Senhor Jesus Cristo; é um dom e uma dádiva Dvivina, como a encontrei em minha vida, me sinto um bastante Bem Aventurado…!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *