31. agosto 2007 · 10 comments · Categories: Jovem

Não estou tentando criar uma nova versão do PHN, mas para se vivê-lo bem, é preciso radicalidade. A autenticidade do “Por hoje não vou mais pecar”, requer uma decisão radical de não aceitar nenhuma espécie de pecado em nossa vida.

Muitas das vezes, não conseguimos viver o PHN, porque queremos assumir tudo de vez. O pecado se vence com decisões fortes e constantes, não de uma só vez, mas com radicalidade e perseverança. É necessário viver o PHN.

Se fizermos um propósito por dia, mas sendo radical, funciona. E não pensar assim: nunca mais vou cair em tal pecado; podemos cair em um erro e sabemos que somos fracos, se um dia não formos fiéis, vamos nos desesperar por não ter cumprido o propósito assumido. Mas se assumimos por dia, vai ser mais fácil e compensador, porque não vai ser peso para cada um de nós.
O PHN, veio para levantar uma juventude que busque a Deus com profunda radicalidade. Os dois juntos formarão em nossa vida uma grande fortaleza dentro de nós na luta contra o pecado.

A radicalidade com eficácia e tenacidade fortalece a nossa vivência do Por Hoje Não e faz com que não o vivamos de qualquer maneira. Dizer NÃO ao pecado pode ser fácil (pois pode ser da boca para fora), mas assumir com radicalidade, dar um novo peso e levar ao compromisso mais sério, porque quem assume com radicalidade, viver por uma opção pessoal.

Ninguém obriga o outro a ser radical ou viver o PHN, mas cada um por si mesmo, toma decisão e opta pela santidade, diz não ao pecado. Pois quem convence a cada um de nós a respeito do pecado é o Espírito Santo.

A experiência do PHN para mim, tem sido muito real, principalmente quando a cada dia em minha vida, vejo pecado ou situação de pecado, procuro vencer e lutar contra cada pecado por vez, todos os dias. Pois percebi que não posso vencer todos os pecados de uma só vez, mas a cada dia digo “Por Hoje Não”! E também quando fiz a opção de viver a radicalidade em Jesus junto com o PHN tem sido um ótimo remédio em minha vida na luta contra o pecado e na busca pela santidade.

Posso dizer com toda certeza que ser radical em Jesus é assumir e encarar a santidade de maneira diferente e alegre. Não tenho permitido em minha vida, nenhuma espécie de pecado, mesmo que se pareça “bobo”, pois é do tal pecado “bobo” que se abre a porta para um pecado grande, onde pode até me levar à minha ruína.

A vivência do “Por Hoje Não” e da radicalidade tem crescido dentro de mim de maneira progressiva. Tenho vivido a leitura e o estudo da Palavra de Deus de maneira nova, a Santa Missa, a adoração e a confissão, de maneira muito mais séria que antes. A radicalidade me leva ao compromisso.

Vejo que Jesus sempre foi radical! Nós não podemos ser menos que Ele.
Portanto, esta dobradinha: Radicalidade + PHN, é um antídoto que dá certo para a santidade.

10 Comentários

  1. Henrique Romera Garcia

    A paz de Jesus!!!!!!!!!!!!
    Padre que beleza ler esta mensagem, ela alegrou o meu coração e me deu uma nova motivação para viver o PHN agora com radicalidade e com compromisso. Parabéns por ser um instrumento nas mãos de nosso Grande Deus e Senhor Jesus Cristo.Abraço!!!!!!! Paz e Bem!!!!!!!!
    SOU o Henrique tenho 18anos fiquei nos seminário 3 meses e hoje estou namorando que o Senhor me ajude a viver a Santidade!!!! Orem por mim….

  2. Olá Padre Reinaldo!
    Muito bom esse texto!
    O que me cahamou a atenção mesmo, e pode me ajedar a ser mais compreensiva quanto aos meus irmãos, é que “quem convence a cada um a respeito do pecado é o Espírito Santo”, agora, espero interceder mais em minhas orações pelos meus irmãos, para que ainda mais pela força do Espírito, Ele nos convensa da desgraça do pecado, nos de o dom do discernimento e uma constante conversão.
    Parabéns padre!
    Que Senhor esteja contigo comigo e com a Canção Nova!
    Amem.

  3. herberth henrique santos do nascimento

    A radicalidade com eficácia e tenacidade fortalece a nossa vivência do Por Hoje Não e faz com que não o vivamos de qualquer maneira. Dizer NÃO ao pecado pode ser fácil (pois pode ser da boca para fora), mas assumir com radicalidade, dar um novo peso e levar ao compromisso mais sério, porque quem assume com radicalidade, viver por uma opção pessoal.

    É por iss o que gritamos um não para o pecado e um sim a santidade. (nossa meta)

  4. Ola Padre, Deus abençoe sua vocação..
    Sou André de Vitoria ES, faço cmainho vocacional, estava em Campo-RJ, trabalhando no Kairos..
    fica com Deuss

  5. Padre gostei muito do texto e foi muito bom ler ele justo agora que falei não ao pecado que me escravisava.Quanto mais nos reconhecemos pecador mais difícil pecar.Ouvi isso a muito tempo atras e cair no pecado.Agora lendo seu texto sei que o pecado sempre vai existir em nossas vida e cabe a nos dizer não e porta larga que é a porta boba…Me chamo Maria Cleide fui da Renovaçõa carismática e agora estou voltando ao trabalho Pastoral na minha Igreja..Ore pela minha caminha…E que a Paz esteja com cvs!!!!!PE/Recife…

  6. Maurício

    Padre a Paz!!!

    As vezes me culpo muito por pecar e esqueço que sou humano e que o pecado faz parte da humanidade. Sei que não podemos nos apoiar na misericordia de Deus e que é necessário viver o PHN sempre em minha vida.
    Obrigado por me ajudar a compreender aquilo que Jesus me diz!!!

    Abraço,

    Maurício

  7. É melhor colocar, padre, os exemplos dos santos, melhor do que uma pessoa que nem santa é, na minha opinião, como o Dunga, para vencer o pecado.

    Os santos, com modificações de sentidos, que nunca ouvir falar deste membro do grupo de anões, e várias renuncias falam realmente com propriedade forte.

    Reze, nas missas, por minhas intenções.

    Obrigado.

  8. Quanta bobagem se fala sobre santidade nesse meio neutorizado e erotizado da CN. Santo Deus.

    Pecado se vence só com a graça de Deus e já foi vencido a tempo por Jesus.

    Por que ficar criando confusões nas cabeças das pessaos a partir das neuras sexuais não resolvidas?

    P H NÂO vou ser besta e idiota vendo e ouvindo as neuras da CN.

  9. SOMOS TUDO O QUE QUEREMOS SER, SEM INTERFERENCIAS EXTERNAS , SEJAM ELAS, MATERIAIS OU ESPIRITUAIS. DEUS JAMAIS QUER INTERFERIR NOS NOSSOS DESEJOS, POIS JÁ SABEMOS DE ANTEMÃO O QUANTO QUEREMOS E O QUE QUEREMOS, SE É CERTO OU ERRADO OU SE É POR ESTE OU POR AQUELE CAMINHO.
    SER JUSTO É SEMPRE TRILHAR POR CAMINHOS EM QUE O CORAÇÃO FALA MAIS ALTO É ONDE A COMPAIXÃO NOS MOVE COM TERNURA (RM 12,21).
    A TODO MOMENTO EM QUE VIVEMOS, TEMOS A CERTEZA DE QUE TEMOS ALGO MUITO IMPORTANTE A FAZER, POIS A NOSSA VIDA PASSA MUITO RÁPIDAMENTE, PORTANTO TEMOS QUE FAZER AGORA JÁ , NÃO PODEMOS DEIXAR QUE TUDO PASSE ENQUANTO PENSAMOS E PENSAMOS ATÉ QUE TUDO JÁ PASSOU E O MOMENTO CRUCIAL PARA A AÇÃO TAMBÉM JÁ SE FOI, E ONDE NÓS FICAMOS ?.

    PARA ISTO E POR ISTO TEMOS O DEVER DE PROCURAR EM NOSSOS CAMINHOS AS MARCAS DOS PASSOS DE JESUS, É POR ONDE CAMINHAMOS E ENCONTRAMOS FORTALEZA. “EM BUSCA DA FELICIDADE” É UM FILME EM QUE MOSTRA O QUANTO A DETERMINAÇÃO DE UM HOMEM PODE LEVÁ-LO AO SEU OBJETIVO, À SUA VITÓRIA, É BEM VERDADE QUE EXISTEM MOMENTOS DE DESESPERO EM QUE NÓS PRECISAMOS DO APOIO DE NOSSOS FAMILIARES E AMIGOS ( ECLE 4: 9-10),É O QUE TODOS NÓS CRISTÃOS CATÓLICOS PRECISAMOS ABRAÇAR. (PRO 18,1), MAS JÁ É O QUE NÃO OCORRE NO FILME.
    `A PROCURA DE UM IDEAL DE VIDA, SEMPRE BUSCAMOS A FELICIDADE , UM ESTADO DE ESPIRITO EM QUE TODOS NÓS PRECISAMOS VIVENCIAR POR MUITO MAIS TEMPO, É BOM E FAZ BEM ,AS COISAS DO MUNDO NOS TIRAM DA NOSSA REALIDADE CRISTÃ TÃO INTENSAMENTE QUE NOS LEVA, MUITAS DAS VEZES A PERDER O RUMO, O CAMINHO EM QUE JESUS NOS OFERECE E INSISTE EM NOS MOSTRAR POR INTERMÉDIO DE OUTRAS PESSOAS E ATÉ MESMOS DAS COISAS EM QUE NÓS MAIS AMAMOS, POSSO EXEMPLIFICAR OS NOSSO FILHOS , OS NOSSOS ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO E MUITAS OUTRAS COISAS QUE NOS FAZEM FELIZES, TUDO ISTO É CRIAÇÃO DE DEUS PAR A FELICIDADE DO HOMEM. (GEN 2, 18 23)

    NÃO PODEMOS , EM HIPOTESE ALGUMA DEIXARMOS NOS LEVAR PELA MELANCOLIA, MENOSPREZO, PALPITES DOS OUTROS QUE SÓ PENSAM PEQUENO, TRAUMA DE INFÂNCIA EM QUE NOSSOS PAIS DIZIAM, “VOCÊ NUNCA VAI SE NADA”, “VOCÊ NÃO PRESTA PRA NADA “, ORA SE ISTO É MOTIVO PARA FAZER EU DESISTIR, O QUE POSSO EU FALAR DE MEUS CONHECIMENTOS RELIGIOSOS PARA TER QUE DESISTIR TÃO FACILMENTE POR UM PALPITE OU OPINIÃO NEGATIVA ?. SERÁ QUE EU CREIO NO PODER DE DEUS ? ,DESTE MODO VEMOS QUE NÃO , POR ISTO, TEMOS QUE, ALÉM DE ACREDITAR NA RELIGIÃO EM QUE PROFESSAMOS COMO SENDO A BASE DE NOSSAS VIDAS, SERMOS CORAJOSOS PARA DEIXARMOS NOS EMBALAR PELA FORÇA QUE MOVE A NÓS PROPRIOS. TEMOS QUE DAR O PRIMEIRO PASSO E ENTÃO PELA FORÇA DA FÉ EM DEUS E EM NÓS MESMOS, SERMOS CAPAZES DE ATINGIRMOS OS NOSSOS OBJETIVOS, A BEM DA VERDADE TEMOS QUE SABER SONHAR, OU SEJA DESEJARMOS OBJETIVOS ATINGÍVEIS.

  10. sandra helena chaves da cruz

    padre bom dia a paz , para mim viver viver a santida e viver um dia apos o outro , as pessoas querem viver o hoje ja penssando no amanha , sei que tenho que fazer o melhor hoje , se amanha o pecado retornar em meu ser , humilde em dizer para meu pai , esme aqui senhor na minha pequenes , e nao pecar mais , parece simples nao tenho a certeza que nao , meu coracao tem que esta aberto as decepcoes do meu interior , a paz bom dia .familia pereira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *