O jejum  nos proporciona a renovação da fé, dá forças a nossa alma e nosso corpo. Isto para vencermos os inimigos: em  nós mesmos e contermos os apelos da gula. Só assim  podemos vencer os adversários e os combates usando o remédio do jejum.

O jejum concede de Deus os auxílios divinos para derrotarmos os adversários carnais e principalmente espirituais. Sabendo que com a graça de Deus não vão prevalecer sobre nós os inimigos e nem podem permanecer em nós.

Precisamos combater com o jejum os desejos da carne que são contrários do espírito.    (cf. Gl 5, 17).

 Com o jejum o espírito é submetido ao seu Senhor, ao Soberano que o remete para os prazeres e dons espirituais (celestes), assim sendo capazes de desprezar as provocações terrenas juntamente com seus desejos. Não permitindo que o pecado reine em seu corpo mortal.

Pois o homem só será livre quando seu corpo estiver submetido à alma, como seu juiz e a alma governada por Deus como seu superior.

 “… não existe nenhuma obra de virtude sem a experiência da tentação, nenhuma fé sem provação, nenhum combate sem inimigos, nenhuma vitória sem compromisso” (São Leão Magno).

A nossa vida sempre passará por esta via, a via da provação, do combate.

Mortifiquemos o homem exterior para que o interior seja restaurado.

Precisamos buscar grandes progressos espirituais. Devemos sair da superficialidade de nossa vida espiritual e crescermos espiritualmente. Sair do alimento líquido para o sólido.          

Hora de fechar as brechas de nossas almas para que o mal não faça parte de nossa vida. Redobrarmos a prudência e a cautela.

 

4 Comentários

  1. Grande Padre…

    Parabéns pelo texto. Gostaria de convidá-lo a acessar o meu site.

    http://blog.cancaonova.com/dominusvobiscum

    E desde já vamos marcar um programa de rádio com a sua participação! Forte abraço! Seu irmão de noviciado… Cadú

  2. Bom dia grande amigo Pe. Reinaldo!

    Muito bom os textos, com certeza nos ajudará muito. Parabéns, passarei por aqui sempre. Grande abraço “SANTÃO”!!!!!

  3. Érica Trindade

    Parabéns meu querido , Pe. Reinaldo…não só por sermos irmãos de noviciado, mas fico orgulhosa por ter feito parte da sua formação para o sarcedócio e sempre acreditar em Você.
    Uma grande abraço e continue assim, um homem de Deus .
    Parabéns pelo Blog ( visualmente está muito lindo !!!) e claro, pelo texto .
    Um grande abraço.
    Érica Trindade
    (Bady)

  4. Padre, gostei muito de suas sabias palavras, que bom este vai ser mais um meio para conhecermos ainda mais, os misterios que Nosso Senhor deseja revelar a nos, atraves do seu ministerio.
    Parabens

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *