Print Friendly

Descubra se você deve ou não “ficar” com alguém

ficar é errado?Hoje em dia não existe mais aquela história dos pais escolherem os maridos para suas filhas. Também já se foi o tempo em que um rapaz tinha que pedir ao pai da moça para namorá-la. Em nosso tempo, quase ninguém vive um processo de conhecimento e aproximação para namorar alguém. Agora é mais fácil. Não precisa de nada disso. Basta você começar a “ficar” com alguém. Se vocês gostarem, ótimo. Começam a namorar. Se não, vai cada um pro seu lado e tudo certo.

O “Ficar“, como todo mundo sabe (e se você não sabe vou explicar), possui cinco características:

  1. Relacionamento sem compromisso (fidelidade não é elemento essencial);
  2. Relacionamento que dispensa pré-conhecimento do outro;
  3. Relacionamento de tempo indeterminado (um minuto, uma hora, uma noite, várias, etc.);
  4. Relacionamento que pode acontecer a partir da simples atração física;
  5. Relacionamento que começa com um beijo e que pode chegar até uma relação sexual.

Mas, e aí? Ficar é certo ou errado? Vamos tentar descobrir?!

Nossa sociedade vive um tempo que chamo de “transtorno de estresse pós-traumático“. O tipo de coisa que acontece depois de uma situação muito difícil como um trauma, um acidente, etc. Depois disso, a pessoa passa a evitar tudo o que se relaciona ao trauma ocorrido. Por exemplo: a pessoa tem medo de lugares fechados, porque um dia ficou presa no elevador; evita entrar em um carro, porque um dia quase morreu em um acidente. Enfim…

O trauma afetivo da nossa sociedade foi causado exatamente quando vivíamos “naquele tempo” em que ninguém podia nada e as pessoas eram obrigadas a ficar com quem não queriam. Vivíamos um tempo de certa repressão afetiva, mas o que vivemos agora é totalmente contrário: fomos para o outro Ficar é neta da revolução sexualextremo. Saímos do “nada pode” para o “tudo pode”. Saímos da “repressão” para a “perversão”.

Porém, aprendi que transtornos precisam ser curados e que todo desequilíbrio é vício corrosivo que destrói e pode matar. Um dos ícones desse transtorno é o que conhecemos como Revolução Sexual, evento que segundo o filósofo Luiz Felipe Pondé “foi um dos maiores engodos da história recente”. O “ficar” é, infelizmente, neta legítima dessa Revolução.

Ficar é errado? O que você acha? Será que um relacionamento em que o fator fidelidade não é importante é certo? Como se pode exigir fidelidade de alguém que foi formado para ser infiel na “Universidade Federal do Ficar”?

Será que conhecer a pessoa com quem vou me envolver é necessário? Mas o que é conhecer alguém? Conhecer é simplesmente saber o nome (coisas que muitos ficantes nem sabem ou esquecem com a mesma facilidade que pegam outras(os)!)? Será que uma pessoa que “fica” (ou se deixa “ficar”) com alguém, simplesmente porque encontrou (ou tem) um corpinho e/ou um rosto bonito, espera de verdade um dia ser amada(o) e valorizada(o), por aquilo que tem dentro e não por aquilo que está fora? Não machuca ser tratada(o) ou tratar os outros assim? E ainda ter que ouvir (ou dizer): “fiquei por ficar”? Será que isso te satisfaz mesmo?

Será que pode ser certo algo que comece com um “beijo descomprometido” (coisa que nem mesmo as prostitutas fazem, porque sexo pode até ser comprável, mas um beijo nunca! O beijo exige sentimentos de nobreza maior…) e que pode terminar com o sexo irresponsável feito de qualquer forma sem medir consequências (gravidez, doenças, exposição indevida da imagem íntima…), quase sempre feito bem jovem e rapazescondido das pessoas que você mais ama, porque elas não ficariam muito felizes em saber disso?

E aí? Ficar é errado? Alguém poderia dizer: “Ah, mas eu só fico se eu gostar da pessoa…” E será que é certo com você mesma(o) aceitar que alguém fique com você somente “por pena ou dó” se aproveitando das suas carências? Você se deu ao trabalho de saber se ele/ela gosta de você? Se se gostam, por que não namoram? E se não gosta… será que você não vai se machucar muito mais quando vê-lo(a) com outra pessoa? Afinal, ninguém pode exigir exclusividade no “ficar”, não é?

Outros diriam : “Como vou saber se ela/ele é a pessoa certa se eu não ficar”? Primeiro que as pessoas não são carros pra você fazer test-drive (eu experimento, se gostar… eu levo). Segundo, que, pra descobrir a pessoa certa ou saber se vai gostar dessa pessoa e vice-versa, com certeza, você não vai descobrir pelo beijo ou outras coisas mais…

Tem muita gente por aí que pode beijar muito bem, mas é um “cavalo” na hora de conversar. Tem muita gente por aí que pode fazer “as outras coisas mais” com você de uma forma muito prazerosa, mas você nunca vai ser para ele(a) mais que uma(um) ficante. Alguém que pode até te fazer muito “feliz” na cama, mas, por outro lado, pode te fazer viver as experiências mais amargas da sua vida fora dela.

Se quer conhecer a pessoa certa e descobrir se vai gostar dela e se ela vai gostar de você, use sua boca pra outra coisa. Tem uma passagem na Bíblia que vai te ajudar: “Os lábios do justo saberão agradar, mas a boca dos maus é mera perversão” (Pr 10,32). Olha que coisa maravilhosa! O manual da vida (A Bíblia) está dizendo que a primeira forma pra conhecer alguém é conversando com ela de verdade  e ouvindo o que ela tem a dizer.

Pode ter certeza: se você não se agradar do que está dentro dele(a), o que está fora também não vai te satisfazer. E, se ele(a) não estiver interessado nas melodias do seu coração, caia fora! É fria! Porque surdez afetiva é o primeiro sintoma de uma doença chamada desamor. Se quiser que as coisas terminem do jeito certo, então, comece do jeito certo. E, se depois de todo esse texto, ainda existe alguém que está se perguntando: Ficar é errado? Vou responder com todas as letras (e sem interrogação): “Ficar é errado.”

Deus abençoe

Pe. Sóstenes Vieira


37 Comentários

  1. Nossa Padre o blog ta lindo…Parabens!!!

    Que bom que Deus colocou no mundo pessoas como vc que vieram para fazer a diferença…

    Fique com Deus

  2. pe o sr é D+. seu blog está ótimo, e eu… tenho saudades. gde abraço. vanessa – cac.

  3. Concordo plenamente Pe. Sóstenes,não podemos deixar que esse virus si alastre mais ainda em nossa sociedade levando-nos a uma vida contrária a respeito do Santo Evangelho e da Familia Cristã,conhecer para namorar no plano de Deus é o melhor para todos pois leva ao plano de familia edificados e enraizados na verdadeira Fé, construindo nossa casa sobre a rocha e não sobre areias.

  4. Eu estou impressionada como vc está escrevendo muitooo bemm…gostei muito desse texto,e fui fazendo uma reflexão de tantas coisas que eu já vivi em minha vida,como ficar…da forma que você escreveu não tem como não se questionar e chegar a conclusão que “ficar é errado”
    mas vou aproveitar esse texto e trabalhar com os adolescentes aqui,mas acredito que como eu naquele tempo ficar é algo de “BOA” mas não é tão de boa assim, tendo essa consciência..
    Daqui a pouco sai um livro hemm?
    Parabéns
    Estou rezando sempre para que a sua evangelização seja fecunda e converta muitos corações através dos seus escritos…
    tô tão orgulhosa de você,muitooooooo
    Deus abençoe

  5. Padre sostenes

    parabens pelo blog adoro acessar e ver textos lindo que ajuda muito na nossa vida

  6. Padre a sua bênção! Parabéns! Este texto está lindo, perfeito! Sabe, trabalho em uma multinacional e na festa de final de ano pude presenciar uma cena do ficar. O casal conversou 10 minutoe e logo depois estavam ali se “pegando”. Algum tempo depois encontrei com ela do outro lado do salão. Já não estavam mais juntos. Enfim, no dia seguinte conversando com os estagiários, comentei sobre o assunto sem colocar nomes claro, e para minha surpresa me disseram que era assim mesmo, “pega” depois cada um pro seu lado, quem sabe “pegar” outro. Fiquei chocada com a declaração, ainda ficaram me zoando, que é por isso que estou a tanto tempo sozinha, que não “pego” ninguem…Só respondi a eles que eu não sou descatável!

  7. Padre PARABÉNS era tudo o que eu precisava ouvir pois penso exatamente como o senhor nunca fiquei com ninguém na minha vida pois acho uma falta de respeito com o outro pois “ficar” para mim é o mesmo que se aproveitar do que o outro tem de melhor e depois quando enjoa descarta como um objeto usado tenho 18 anos mais desde pequena sempre fui bem ensinada quanto a isso gosto do jeito como as pessoas de antes se conheciam e carrego comigo os valores dos meus avós que só se separaram na hora da morte na verdade padre nem assim rsrs quando minha avó faleceu um mês depois ele foi junto. Eu admiro o romantismo e o respeito que um tem ao outro no momento em que se conhecem não é do nada e sim com o bom e velho tempo e quando se tem certeza do amor entre ambos parti assim para o namoro esse sim vale apena pois o tempo vai mostrando os defeitos e qualidades do casal ate chegar nas etapas do noivado e finalizando com o casamento no qual vão construindo fortes laços de amor, amizade e companheirismo etapas que poucos conseguem cumprir até na famosa frase “até que a morte nos separe” .
    Muito obrigada por esta bela reflexão penso que muitos jovens precisam ler isto e depois pensar se eles vão querer continuar “ficando”. Que Deus lhe abençoe mais e mais muito obrigado e reze por mim e minha família manda um grande abraço para o senhor fike com DEUS

  8. Anne Nunes Rodrugues

    Muito interessante, Padre! É isso aí, tem gente que acha ficar” é o máximo.
    Amei o texto.
    Sua bênçaõ, Padre!

  9. Dena Karla de Freitas Queiroz

    nossa esse texto mexeu muito comigo.mas é a mas pura verdade.

  10. Infraestrutura

    Ficar na minhã opinião é algo que começa errado, é como um relacionamento que inicia-se cheio de mentiras, esse relacionamento jamais dará certo, pois como sempre é dito o que começa errado acaba errado. Hoje em dia os jovens acham esse começar errado super “moderno”. E isso é o fim, pois os valores realmente estão indo embora e as pessoas não estão se importando, tudo parece tão normal… É Pe. vamos rezar por essa geração nova que esta crescendo errado!!!

    Ótimo dia Deus te abençoe e te proteja.

  11. Ficar na minhã opinião é algo que começa errado, é como um relacionamento que inicia-se cheio de mentiras, esse relacionamento jamais dará certo, pois como sempre é dito o que começa errado acaba errado. Hoje em dia os jovens acham esse começar errado super “moderno”. E isso é o fim, pois os valores realmente estão indo embora e as pessoas não estão se importando, tudo parece tão normal… É Pe. vamos rezar por essa geração nova que esta crescendo errado!!!

    Ótimo dia Deus te abençoe e te proteja

    • padresostenes

      paz
      vamos sim continuar orando… a cada dia ser de Deus e fazer as coisas certas é mais exigente…
      Deus abençoe

  12. ana maria de melo medeiros

    esta muito bom padre e isso mesmo DEUS ABENÇOE E TE PROTEZA SEMPRE

  13. ENIR ROCHA CAMARGO

    OLHA EU NEM SEI O QUE DIZER , MAS TEMOS QUE NOS CUIDAR, E ORAR MUITO PARA QUE ISSO NÃO ACONTEÇA,

  14. Patricia Nascimento

    Muito bom mesmo, que Deus abençoe sempre essa sabedoria que sem duvidas vem do alto.
    É preciso responsabilidade para adentrar o territorio alheio.
    Gostei muito, obrigada por esse presente, padre!

    Patrícia Nascimento

  15. Bravo! Bravissímo…Muito bom. Só acho que no: “Ficar é errado!” podia ter um ponto final.
    Parabéns por ser essa pessoa incomum.
    Você existe mesmo?

    • padresostenes

      ok
      sugestão aceita…
      coloquei um ponto final no lugar da exclamação… obrigado
      gostei da pergunta final…
      uma saudável provocação como gostava de dizer o Dom Alberto… kkkk
      mas existo sim…
      Deus abençoe minha filha

  16. Que lindo! Padre, parabens pelo seu blog ameeeeeeei…..!!
    Padre, depois dessa verdade ñ dar pra ter mais dúvidas, em relção ao ” ficar ” obrigada! por ser sincero e realista no seus escritos.Que Deus te abençoe cada vez +… e ilumine o seu caminho, que o senhor continue sendo LUZ no mundo e SAL no meio de nós. muiiiiito obrigada!

    Um grande abraço!!

    De sua filha ! Cláudia

  17. Parabéns Padre pelo BLOG,estou gostando muito………

  18. Fiz esta pergunta ao meu amigo, eu disse para ele que eu não fico.
    E ele me disse que não há problema nenhum em ficar.(…) Bom é isso obrigada pe. pelas
    palavras vou seguir o meu caminho mesmo se os outros não concordarem comigo.

    • padresostenes

      Paz
      é isso mesmo minha filha…
      parabéns…
      Fazer a coisa certa nem sempre é fácil e muito menos na maioria das vezes é que todo mundo faz…
      mas não nascemos ou existimos pra viver como todo mundo… nascemos e existimos para viver na Verdade…
      Deus abençoe

  19. Caramba Padre, daqui a pouco vou ler o blog todinho!! Parabéns, amei esse espaço aqui. Principalmente esse post. Se Deus quiser vou deixar esse mundo de lado de uma vez por todas!!! Obrigada Padre. Deus te abençoe!!

  20. Erlon Monteiro Lourenço

    Parabéns pelo texto e pelo Blog padre. Excepcional!

Deixe uma resposta para Maria Clara Bueno Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *