Print Friendly

Cuidado com o que entra pelos seus ouvidos…

Desde os tempos mais antigos sabemos que a música sempre fez parte da nossa história, música de aniversário, de casamento, do país, em fim tem música pra tudo, não é? Sabia que existe uma música que pode matar? Pois é, existe sim é chamada música envenenada.

Ela funciona exatamente como um veneno, você põe pra dentro sem a morte tocando flautasaber que isso pode te fazer mal, só depois percebe as consequências, outras vezes nem dá tempo de perceber isso porque ela foi “tocada” de uma forma tão sedutora e sutil que você nem percebia que ela estava destruindo coisas importantes na sua vida, como valores, fidelidade, castidade, etc. Já percebeu também que tem pessoas que quando se separam de alguém gostam de ficar “curtindo uma fossa” ouvindo as famosas “músicas de dor de cotovelo”? E o que acontece? Ficam melhores? Não! Aquelas músicas acabam destruindo mais ainda… muitas dessas músicas te deixam cego, pois você deixa de ver as pessoas como são: Filhos (as) de Deus, uma pessoa que merece respeito e que é tão valiosa (conf. I Cor 6,20), por exemplo com aquelas aqui no Brasil que falam que a pessoa é uma fruta, ou um animal, etc…. esse tipo de música abafa o som do céu.

Se você quer ter vida e vida em abundância (Jo 10,10), use mais o seu senso crítico, seja inteligente e faça três (03) simples perguntas a si mesmo antes, durante ou depois de uma música:

    musica de Jesus

  1. Essa música tocaria no céu?
  2. Essa música não está abafando o som do céu em mim?
  3. Jesus ouviria essa música?

Deus abençoe
Pe. Sóstenes Vieira

8 Comentários

  1. paz de jesus padre muito bom o tema abordado, quando eu escolho músicas para ouvir eu analiso todos os pontos da música, com certeza vc já sabe que eu ouço músicas cristãs em geral, mas nao ouço só músicas cristãs , gosto de artistas como Djavan, Maria Rita, Ed Motta, Lulu santos, Guilherme arantes, Renato teixeira entre outros, gosto de boa música, como disse antes eu analiso todos os pontos, presto atenção na letra da música, questões técnicas musicais, esses artistas que eu citei fazem parte do meu gosto em questão de musica secular vamos dizer assim, mas o que faz eu escutar essas musicas que não sejam músicas cristãs e a questão técnica ser boa, e tbm as letras, que sejam letras com algum conteudo, uma história, manifesto e etc… mas coisas do tipo que nao ofende pessoas, que nao diz palavrões, coisas sobre sexo essas assim eu nao ouço, por exemplo funk, acho que até tem uma batida legal, mas felismete agora eu não gosto das letras e para mim que sempre trabalhei com musica, acho uma música pobre tecnicamente, mas quando ouço algum funk com uma letra legal, na minha opinião sao poucos, eu até acho a batida bacana… escutaria de normalmente no meu carro em casa enfim, o senhor bem sabe quanto tempo eu trabalhei com musicas mais especificadamente os bailes “funk“ , confesso que infelismente muitas vezes eu não sei convencer a menbros da minha propia familia a pararem de ouvir isto, pois infelismente como o senhor citou o funk ou qualquer outro tipo de musica com letras promiscuas de uma forma tão sedutora e sutil age,destruindo coisas importantes na vida de jovens que se deixam influenciar por essas musicas basta apenas olhar as danças que são deste tipo de musica, realmente creio eu que não condiz com a realidade de uma pessoa cristã de verdade e de coração.

    • padresostenes

      paz Leandro…
      é isso mesmo precisamos ter muito discernimento e estar sempre nos fazendo aquelas 3 perguntinhas e existem sim “algumas” músicas que mesmo não tendo sido feitas por pessoas da igreja ou diretamente ligadas a ela, mas que traduzem coisas muito boas, o Pe. Fábio é mestre em perceber isso e usa várias delas na sua missão de evangelização, costumo até chamar essas músicas de “músicas pontes” pois nos unem… mas esteja muito atento…
      E quanto a sua família tenha paciência não esqueça “A planta não cresce puxando” deixar de ouvir músicas envenenadas geralmente só vai acontecer depois de um encontro profundo e pessoal com a pessoa de Jesus Cristo, por isso o melhor por enquanto é propor sempre que puder músicas saudáveis para eles, sem “foçar a barra” Deus abençoe

  2. concordo plenamente Padre.Para nós que buscamos formar uma família em Deus é muito difícil no mundo que estamos,mas hoje sei qie posso contar com a ajuda do Espírito Santo para ensinar o que convém aos que desejam o céu. A nossa filhinha hoje costuma dizer quando esrtar em um ambiente com músicas ou programas que “matam” o seguinte:_ “eu sou católica por isso não escuto essa música;ou; novelas…” e ainda nos pede para gravar “músicas de Deus” para ensinar aos coleguinhas na vizinhança ou na escola. Nisso posso ver em quem pus minha confiança. Deus cuida de nós e também dos nossos, principalmente quando não estamos por perto; basta confiar.

    • padresostenes

      nossa que experiência maravilhosa…
      espero que muitas outras crianças possam assim como ela ter referências que verdadeiramente levem aos valores eternos…
      aquilo que verdadeiramente vale a pena
      Deus abençoe

  3. Patricia Nascimento

    Querido padre, achei linda sua colocação.
    Nossa qualidade de vida depende daquilo que vemos, comemos, escutamos…
    As pessoas não percebem como as músicas estão desvalorizando e destruindo
    o templo sagrado que somos. Por exemplo, é lamentável vê crianças cantando
    e dançando musicas que as agride, que rouba a inocência delas e pior sob os
    olhos dos próprios pais que as incentivam, pq acham “bonitinho”.
    Faz-se necessário ser seletivo e exigente com as coisas que nos são oferecidas.
    Está sendo implantado no mundo uma cultura alienadora e desumana que fere
    nossa integridade dada pelo próprio Deus.

    Hoje acompanhei a Missa pela televisão, sua homilia despertou em mim a vontade de ser mais do céu…
    Que o Senhor Continue abençoando sua vida, padre Sóstenes, e esse dom lindo de nos
    tocar com palavras tão cheias de sabedoria.

    Patrícia Nascimento

  4. EU FAZIA FAXINA NA CASA DE UMA PESSOA QE SÓ OUVIA CD EVANGÉLICO, EU ACHAVA AQILO CARETA ,AI RESOLVI SEGUIR A IGREJA CATOLICA,AI AS COISAS COMEÇARAM MUDAR NA MINHA VIDA , E DEIXEI DE MUITAS COISAS E UMAS DELA FOI DE OUVIR CERTOS TIPO DE MUSICA QANDO EU COLOCAVA CERTAS MUSICA EU ME SENTIA MAL UMA PERTUBAÇÃO, AI OS MEUS CD AOS POUCOS FORAM SENDO TROCADOS POR CD CATÓLICO , QE OJE FAIS UMA DIFERENÇA NA MINHA VIDA E UMA PAZ

Deixe uma resposta para Patricia Nascimento Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *