Natal em Família: Consumo ou Celebração?

Após um dia de trabalho , na capital do meu estado (Espírito Santo), resolvi lanchar no shopping da cidade,por se localizar na proximidade onde estava.
Ao chegar, deparei-me com o mundo “encantado” de Papai Noel.
Quantas decorações ! Quantas músicas natalinas emocionantes! E , é lógico, quantas lojas com promoções “fantásticas” de pagamento para facilitar a sua compra dos presentes que precisa dar para toda a família, afilhados, parentes e outros mais (senão fica fora do “espírito natalino”).
Passei a reparar as famílias que ali se encontravam e olhando para as crianças, você bem observava o quanto estavam “extasiadas” pelo ambiente que ali se produziu e “contaminadas” pelo mesmo, chegavam até fazer birra para que o papai ou a mamãe comprasse logo o seu presente já escolhido naquele momento. Percebi até que alguns pais extremamente “sem jeito” na loja, porque com certeza sentiram que não iriam dar conta dos inúmeros pedidos de suas crianças e aquele momento que poderia ser de lazer, se torna tensão diante do pedido negado pelos pais em relação a compra de determinados brinquedos ou outros presentes.
Fiquei me perguntando,,,”Qual é o Natal em que acredito e que desejo vivenciar com os meus filhos e o meu marido?”.
Eu não tenho dúvida que este mundo encantador (e ilusório) produzido no tempo de Natal, enche os nosso olhos de ambientes decorados maravilhosos e deixam os nossos ouvidos encantados pelas músicas natalinas, A gente até arrepia, mas não é REAL.
É marketing…é consumo…longe da realidade que se apresenta no Presépio.
Real mesmo é o nascimento de Jesus e que quero celebrar com a minha família!
Jesus nasceu Que alegria!
A Humanidade é marcada por este acontecimento extraordinário e é este sentimento de Boa Nova, de alegria e contentamento que quero vivenciar no seio de minha família, porque este sentimento será Eterno e o do mundo encantado do papai noel é passageiro e jamais encherá os nosso corações de Amor e Paz!presepio.jpg

sábado, novembro 24th, 2007 religiao-e-familia

No comments yet.

Leave a comment