Presta atenção nas crianças....no tempo do advento...

Este título é um refrão de uma das maravilhosas músicas do nosso querido e conhecido Pe. Zezinho.

Presta atenção nas crianças…e neste Tempo do Advento, nós estamos prestando a atenção em uma “criança” muito especial…que mudou o rumo da humanidade.

Jesus, o menino- Deus que veio para estabelecer definitivamente a aliança entre Deus e cada um de nós – enquanto humanidade! .

Presta atenção nas crianças…e neste Tempo do Advento, nossos filhos estão “atentos” no presépio e em especial no menino Jesus?.

Ou melhor dizendo, como nós pais estamos sendo observados pelos nossos filhos para que os mesmos tenham uma compreensão clara na importãncia deste Tempo do Advento? Eles sabem o significado disto?

Será que a figura do Papai Noel tem sido o maior objeto de atenção de nossos filhos?

Estas questões tem merecido muita atenção no meu ambiente familiar.

Temos procurado ser fiel em todas as noites, antes de dormir, se colocar junto com os nossos filhos no “pé” do presépio, rezar e lembrar que estamos esperando o Natal – “o aniversário de Jesus”, como o meu filho menor se refere.

Mais que discurso e fala, educaremos os nosso filhos na Fé, fazendo-os acima de tudo VIVER concretamente a expressão da fé nos momentos de celebração vivida pela nossa Igreja e como também na vivência diária do Natal em nossas relações (fraternidade, ajuda mútua, valorização da vida de cada um da família e outros sentimentos que possam garantir a valorização da vida).

Presta atenção nas crianças…e assim você medirá também qual está sendo o seu papel na educação da fé de seus filhos, porque com certeza eles são a continuidade da sua expressão religiosa.

Geralmente, pais consumistas e que dão pouca importância para a Celebração do Natal, refletem filhos ansiosos e consumistas e que valorizam muito mais a pessoa do Papai Noel do que a pessoa de Jesus.

Tempo de Advento…tempo de mudanças…tempo de superação…tempo de atenção!

samu-042.jpg

sexta-feira, dezembro 7th, 2007 religiao-e-familia

No comments yet.

Leave a comment