Archive for março, 2008

Os "ingredientes" para a infidelidade conjugal

infidelidade.jpg

Neste mês, me deparei com a notícia de três separações de casais da “sociedade” e que surpreendeu muita gente, pois todos possuem algumas condições comuns: casais entre 15 a 20 anos de vida conjugal, com êxito profissional e bem estar econômico e social.
Um único motivo das separações: INFIDELIDADE CONJUGAL de um dos parceiros(as).
Mas também, identifico alguns “ingredientes” também comuns e que acredito (pela minha experiência conjugal própria e profissional) contribuiram para a quebra de “fidelidade”.
Primeiro ingrediente: todos “católicos de fim de semana”. A participação na comunidade religiosa com certeza fortalece o casal no seu sacramento matrimonial. Sem a presença amorosa de Deus, todo casamento está fadado a um fracasso.
Segundo ingrediente: excesso de trabalho que potencializa o individualismo de cada um.Todos eram conhecidos como excelentes profissionais e que ambos (cada casal) tinham “muito trabalho”. A convivência conjugal saudável requer uma dosagem na distribuição de tempo tanto para o próprio fortalecimento da vida a dois como para o cuidado dos filhos e o processo educacional dos mesmos. Interessante que todos tinham mais que uma empregada, para dar “conta das crianças”.
Terceiro Ingrediente: A preocupação do destaque em colunas sociais e festas . Quando nos propomos de construir uma vida conjugal coerente, se faz necessário que o casal construa a sua base em sentimentos verdadeiros e não superficiais, pois um dia “a casa caí” e sem dúvidas quem mais sofre com esta triste realidade são os filhos.
Olhar para a experiência do outro pode e muito contribuir para o fortalecimento da nossa própria experiência e assim fazermos as mudanças que são necessárias para que a nossa existência conjugal seja reflexo permanente do amor de Deus na realidade.
Fico muita triste pelas separações e penso muito em seus filhos, mas oro para que o Espírito Santo possam iluminá-los e que todos reencontre o verdadeiro amor que um dia os levou a se unirem “até que a morte os separe” e que gerou seus filhos.
Fico me perguntando: qual é o testemunho que fica para os filhos? qual será o sentido da vida para cada um a partir da separação de seus pais? É possível assim acreditarem no Amor?.
Mais uma vez podemos constar que: DINHEIRO, FAMA E PRESTÍGIO NÃO TRAZEM FELICIDADE.

O AMOR DE DEUS SIM É A VERDADEIRA FONTE DE FELICIDADE ETERNA!

A nós profissionais de saúde é dado a responsabilidade de contribuirmos para que o casal possa superar as suas dificuldades e assim construir novos caminhos, porém sem a presença de Deus o Sacramento do Matrimônio não cumpre o seu verdadeiro sentido e se torna simplesmente um evento social e tradicional, correndo o risco destas separações que relatamos a custa de muito sofrimento.

Como vai o seu Sacramento Matrimonial?

Como canta o Pe. Zezinho: ” Que os filhos encontrem no colo o sentido da vida”

segunda-feira, março 24th, 2008 vida-conjugal 6 Comments

Viver o Tríduo e Tempo Pascal em Família

paixao-de-jeusu.jpg

Nós pais precisamos envolver ao máximo nossos filhos nas celebrações litúrgicas como agora, que estamos vivendo o Tríduo Pascal.

Uma das formas de se viver a radicalidade do Evangelho em família é comprometer-nos nestes momentos fortes da nossa Igreja.

Tenho observado algumas famílias que não assumem este compromisso e acabam se utilizando destes momentos simplesmente como feriado, descanso e diversão.

Ontem, na quinta-feira santa, no horário da Santa Missa, um amiguinho de meu filho adolescente que os pais “não saem da igreja” estava convidando ele para sua festa de aniversário.

Nos posicionamos com o nosso filho e juntos refletimos que todos nós como família estaríamos indo para a Celebração litúrgica e Adoração do Santíssimo e depois se desse tempo ele estaria dando um abraço ao amigo e com a orientação de que já não deveria consumir a carne vermelha e seus derivados, pois já estaríamos vivendo o momento da Paixão de Jesus.

Ele entendeu, aceitou e fomos todos juntos.

Digo que infelizmente a maioria das famílias não tem comprometimento concreto com a liturgia da Igreja e acabam não oportunizando os seus filhos para umas prática concreta da religiosidade.

A três anos vivenciamos o jejum quaresmal em família , isto é, cada um de nós na quarta-feira de cinzas e após a missa escolhe o que deixará de consumir ou fazer durante a quaresma.

Sentimos como pais que esta experiência para as crianças é fantástica, pois vivenciam na prática a abastinência de seus desejos. Nunca forçamos eles para isto, sempre falamos que deve ser uma “opção de coração” e a resposta nestes anos sempre foram positivas.

Hoje, na sexta feira da Paixão de Jesus, já me deparei com famílias da nossa comunidade fazendo churrasco e aproveitando para ir a praia o que é uma triste realidade e uma grande incoerência.

Oro nesta vigília, para que a Páscoa de JESUS RESSUCITADO que celebraremos amanhã RENOVE todas as famílias cristãs para que as mesmas possam tornar-se cada vez mais TESTEMUNHAS VIVAS do Amor de Deus para o mundo.

sexta-feira, março 21st, 2008 Sem Categoria 1 Comentário

Somente o Amor!

chiara.jpg

Ontem, a minha família acompanhou toda a celebração de despedida da nossa amada Chiara Lubich, fundadora do Movimento os Focolares ou como a Igreja denominou – Obra de Maria.
Sim, com Chiara podemos ter a certeza de que é possível viver a santidade na realidade na qual estamos inseridos !
E ela ,em uma de suas inúmeras mensagens indica para nós a fonte de sua Santidade:

” O mundo está cheio de insatisfeitos, porque o homem não acertou na fonte de sua felicidade. O astro brilha no céu e a terra subsiste porque eles se movem, o movimento é a vida do universo.
O homem só é plenamente feliz quando aciona e não deixa morrer o motor de sua vida: O AMOR…”

Chiara Lubich pede que geremos este amor para todos e seu testemunho a partir de agora deverá ser a nossa fonte de entusiasmo e renovação nas horas mais dificeis.

Não canso de agradecer a Deus por conhecer a acolher o carisma da Obra de Maria em minha vida através da presença de Chiara Lubich.

E sei que Chiara estará intercedendo por cada um de nós para que a nossa fidelidade ao Projeto do Reino seja vivdo a cada momento presente.

Somente o Amor! É o que Chiara nos ensinou….

quarta-feira, março 19th, 2008 religiao-e-familia 1 Comentário

O IDEAL DE CHIARA LUBICH

amor.jpgChiara Lubich partiu para uma terra que não há mais fronteiras..o paraíso eterno!
Chiara foi para nós aqui na terra aquela que acreditou que o caminho da Unidade entre os povos é o que nos leva para a civilização do amor.
Chiara Lubich fundou ,junto com outros jovens em sua época ,o Movimento dos Focolares que hoje representa uma grande corrente para que cada homem e mulher encontre Jesus em seu meio e assim a civilização do amor possa ser uma realidade.
Nossa família se entristece pela perda física de Chiara, mas se alegra pelos ensinamentos que nos deixou e que procuraremos a cada dia ser fiel, pois é a forma mais concreta de demonstrar o nosso amor por ela .
Nós cantamos: Toda a Vida é um Dom pra todo Homem! Toda Vida é um Dom em cada Momento!
Chiara Lubich, te amamos! Celina, Gerson e filhos

sexta-feira, março 14th, 2008 Sem Categoria 2 Comments

Casal Billings nos ensinando o MOB

ensinado.jpgensinado.jpg

O Método da Ovulação Billings é uma presente de Deus para a vida da Mulher! E este presente foi dado pelas mãos do casal Billings, médicos cientistas que juntamente com a sua equipe de colegas organizaram uma metodologia que pudesse contribuir com as mulheres no sentido de que as mesmas pudessem identificar os seus sinais e sintomas de fertilidade.

Eles sabiamente se utilizaram da natureza para explicarem o Método. Vamos ler agora com atenção o que o casal quer nos ensinar:

“Consideramos o corpo de uma mulher como a terra, na qual gostaríamos de plantar uma semente. A terra deverá ser quente e úmida para que a semente germine. Algo semelhante ocorre no corpo da mulher que vai conceber uma criança. Quando a mulher está na fase fértil de seu ciclo, isto é, quando pode conceber uma criança, seu corpo produz uma secreção mucosa especial. Este fluxo mucoso é produzido no colo do úterino e tem como função de nutrir, proteger, selecionar e conduzir espermatozóides até as tubas uterinas.

O ser humano, como a semente, não pode crescer sem umidade. Enquanto a mulher realiza suas tarefas cotidianas, pode saber que sua fase fértil iniciou quando sente uma sensação de umidade ou molhada ou escorregadia e observa o fluxo mucoso que no início é opaco e pegajoso e depois, pouco a pouco, se torna mais claro e elástico, e depois tanto a sensação , como a observação da presença do fluxo mucoso começa a regredir e a mulher volta novamente ao seu tempo infértil.

Este período de fertilidade, é também denominado como período ovulatório, pois num destes dias acontecerá a ovulação,que é a saída do ovo maduro da mulher e este ficará disponível para a fertilização menos que 24 horas. A mulher saberá reconhecer através do Método qual destes dias férteis é o sinal da ovulação.

Quando o casal quer evitar uma gravidez, deve abster-se de qualquer contato genital (e não afetiva) nos dias reconhecidos como dias férteis (presença de sensação e observação do muco) e se desejar a gravidez devem manter o contato genital nestes dias férteis onde num destes dias ocorrerá a ovulação.

O Método da Ovulação é aplicável em todas as variações da fisiologia reprodutiva da mulher, tanto normal como patológica: Ciclos regulares; Ciclos irregulares e Ciclos não ovulatórios. A pré-menopausa; Estresse ou tensão emocional e Baixa fertilidade;

A mulher que deseja utilizar o Método de Ovulação Billings é instruída para não fazer qualquer investigação interna na vulva. Ela é instruída a ficar atenta, durante todo o dia, às mudanças de sensação na vulva. Quando for conveniente, a mulher faz sua observação visual, caso haja quantidade de muco para ser vista, porém o mais importante é O QUE ELA SENTE MAIS DO QUE ELA OBSERVA NA PARTE ÍNTIMA (VULVA).
A mulher é instruída para anotar num gráfico, usando as suas próprias palavras para descrever as sensações e observações e o que acha necessário para o seu bom entendimento dos seus períodos férteis. A mulher sem instrução poderá utilizar as cores para identificar os períodos do seu ciclo menstrual.

É evidente que o Método da Ovulação Billings é uma filosofia tanto quanto uma técnica e que as instrutoras têm uma função imprescendível para ajudar casais a viverem juntos em harmonia e a obterem grande felicidade .”

Não tenho dúvidas de que o casal Billings é um instrumento de Deus às Famílias!

quarta-feira, março 12th, 2008 Sem Categoria 2 Comments

MÉTODO DA OVULAÇÃO BILLINGS NA REEDUCAÇÃO DA SEXUALIDADE MASCULINA

O Planejamento Natural da Família pelo Método da Ovulação Billings, trouxe um grande benefício para os homens – o resgate da sexualidade como expressão de afeto, carinho e partilhada com as diferenças fisiológicas da mulher – .

Um dos medos que se coloca nos homens quando a esposa revela querer usar o MOB, é a idéia que ele ficará sem atividade sexual por muitos dias do mês. Em pesquisa que desenvolvi com trinta casais usuários do MOB, na qual publiquei no livro” Prazer Sexual na Vida Conjugal“- Ed Paulus, revelo que os casais usuários do MOB, dentro de um período de seis ciclos menstruais da mulher, passam a ter um índice de relação sexual 100% a mais do que um casal usuário de pílula.

Brinco sempre com casais de noivos: ” Vocês querem mandar ver no início do casamanto, usando a pílula, e depois amargarem pelo resultado das disfunções sexuais que os hormônios artificiais provocam; ou preferem começar a vida sexual no casamento de forma planejada, espaçada e ciclicamente partilhada, nesta opção, os casais terão boas relações sexuais pela longevidade conjugal – Qual a escolha? Quer chegar aos 80 anos com mais de 50 anos de matrimônio tendo boas relações sexuais ? – Com o MOB você pode conseguir.

Se imaginamos que o mundo masculino foi educado a ver a mulher como depósito dos desejos sexuais dos homens, aceitar abertamente que a esposa use o MOB, é uma escolha quase que impossível. Tanto que apenas 4% dos casais escolhem o Planejamento Natural da Família.

Mas quando um homem tem a coragem de quebrar com sua educação machista, ele verá seu casamento crescer em vivência amorosa, prazer sexual, pois tal escolha será uma grande revelação de amor pela parceira. Quem ama cuida, e a participação do homem na vivência do MOB junto com sua esposa, é uma revelação real do amor manifesto por ela.

Com o MOB, o homem passa a ter no processo da abstinência periódica, o controle da ansiedade sexual, a disciplina do prazer. Evolue de animal para pessoa.

Gerso Abarca – Psicólogo, usuário do MOB há 17 anos em parceria com a esposa Maria Celina. Membro da CENPLAFAM

domingo, março 2nd, 2008 planejamento-familiar 2 Comments