Archive for maio, 2008

Sagrado Coração de Jesus, abençoai as nossa famílias!

Nestes tempos atuais em que a família vem enfrentando tanta desvalorização , sintoma de uma sociedade que hipervaloriza o EGOcentrismo e o individualismo ; queremos como Família ,que acredita na Familia, suplicar no dia de hoje, solenidade do Sagrado Coração de Jesus, para que nossos corações se tornem;
de marido e mulher , cúmplices e amantes da vida;
de pai e mãe , “lugar eterno” de acolhimento, afeto e cuidado;
e de filhos , espaço de generosidade e bondade;
Enfim, que o Sagrado Coração de Jesus, abençoe nossas famílias e a cada dia faça dos nossos corações um testemunho fiel de Seu Coração que ama o Pai e se coloca a serviço DEle .

sexta-feira, maio 30th, 2008 religiao-e-familia 1 Comentário

A MELHOR AULA DE SEXUALIDADE PARA JOVENS

festa-do-sah-036.jpg

*GERSON ABARCA

Os casais quando vêem seus filhos adentrarem na adolescência ficam desesperados em busca de um curso de sexualidade para eles. Pensam que os cursos podem salvar as escolhas dos filhos.
Já ministrei muito curso para jovens, ao longo dos últimos 22 anos, e atualmente tenho repensado a real validade dos mesmos. Principalmente depois que reencontrei-me com jovens que já haviam realizado a formação comigo e depois que tornaram-se adultos tiveram dificuldades sérias nos posicionamentos da sexualidade pessoal. Lembro-me de um jovem já nos 25 anos que chegou até mim dizendo que estava frito, pois tinha saido com a namorada e teve relação sexual com ela e havia engravidado-na. ” Sabe cara, na prática a teoria é outra…”, revelou-me.
Hoje, repensando em meu tempo de Pastoral de Juventude, começo a lembrar que não tínhamos muitos cursos de sexualidade, acho que não lembro de nenhum. Mas o Pe. Denizar Coelho dava muita formação Bíblica e muito trabalho. Ele sempre falava:”Mente jovem parada, apodrece”. E dava trabalho para a moçada. As vezes não tínhamos tempo de respirar. Hoje, vejo que a galera daquela época que estava nesta Pastoral, estão bem graças a Deus em seus casamentos. Não que eramos santos, pois tinhamos muitos jovens com sérios problemas de ordem sexual, e que na Pastoral encontravam um nova perspectiva de vida, o compromisso da vida Cristã.
Com certeza, a melhor aula de sexualidade que os jovens podem ter, é trabalho e compromisso de evangelização;é estarem apaixonados pela pessoa de Jesus Cristo, por isto muito estudo Bíblico, pois esta paixão vira Amor pela Igreja e pelo Reino; é conduzir os jovens para o reencontro com sua famílias. Nós faziamos as serestas de madrugada para todas as mães dos componentes da pastoral, íamos almoçar na casa da galera e promoviamos estudos Bíblicos na casa dos jovens. Vi muito jovem colaborando na conversão de muitos pais. Inclusive meu pai ( em memória), no dia de minha formatura, chegou falando baixinho ao meu ouvido:”você já me ensinou muito, não sei como que de mim saiu uma pessoa com tanta fé, sou orgulhoso de você”. Interessante que imaginava que meu pai estivesse tão alheio ao meu envolvimento na PJ. Depois disto, fizemos um levantamento para saber quantos eram os pais dos participantes da PJ que eram envolvidos com a Igreja. Detectamos que era um grupo muito pequeno, mas por incrível que pareça, eles queriam nossa presença nas casas deles, de violão na mão e muita música de amor.
É aí que brota a verdadeira percepção da sexualidade como expressão de vida. Como defino no meu livro “Sexualidade na contramão” , Ed Paulus-sp. Os jovens de hoje já sabem muita teoria sobre sexualidade. Está faltando uma vivência comunitária da solidariedade, do compromisso, de projetos de um mundo melhor. Sexualidade teórica, é vulcão em mente parada, só desperta desejos e fantasias.
Gosto muito de ter contato com a moçada que trabalha na T.V. Canção Nova, lá o tempo não para, e trabalho também. Tenho visto poucos grupos de jovens desenvolvendo trabalhos concretos, e por isto sofrem eternas crises existenciais além de estarem se reduzindo a meia dúzia de jovens descomprometidos.
Muito trabalho e vida em comunidade, faz com que os jovens se quer tenham tempo para ver se tem tempo de pensarem nas tramas das fantasias da sexualidade, principalmente daquelas que só se afunilam na genitalidade.

* PSICÓLOGO

sábado, maio 24th, 2008 sexualidade 1 Comentário

Corpus Christi: A festa compartilhada em comunidade.

tapetes-005.jpg

Que alegria! Hoje comemoramos a festa do Corpo de Cristo! Nada melhor que preparamos os tradicionais tapetes partilhando em família e com os irmãos e irmãs da comunidade e assim logo mais estaremos juntos celebrando a solenidade de Corpus Christi expressando a nossa Fé e adoração a Eucaristia, Sacramento do Corpo e Sangue de Cristo!.
Uma manhã abençoada! Muito trabalho, mas uma grande partilha! Pois juntos queremos fazer memória da instituição da Eucaristia e recebe-La neste dia tão especial para nós cristãos católicos. Olha nós aí..cuidando de um dos tapetes.

tapetes-001.jpg

tapetes-004.jpg

quinta-feira, maio 22nd, 2008 Sem Categoria Nenhum Comentário

"Eis a tua mãe!"(Ev. Jo 19,27)

a-cruz.jpg

Nesta linda manhã de outono e fazendo o meu estudo da Palavra me deparo com esta fala de Jesus ao seu díscipulo muito amado João e “ao pe´da cruz”: “Eis a tua mãe”!
Porém , meditando este momento tão doloroso para Maria e João porque estavam lá sofrendo ao ver o Filho e o Mestre tão amado e tão injustiçado pela Lei Humana; ouvi a voz de Jesus dizendo para mim: “Eis a tua Mãe!”.
Então entendi que João naquele momento ao “pé da cruz” está representando aqueles que também querem ser discípulo de Jesus, seguir os seus ensinamentos e desta maneira Jesus comunica esta maravilhosa verdade que temos uma Mãe que cuida, que intercede, que acolhe no colo nos momentos de dor e sofrimento.
“Eis a tua Mãe”! Neste mês de maio quero viver intensamente todos os momentos de Maria perto de Jesus e aprender com Ela!
Convido você também a fazer esta memória através dos Evangelhos, seguindo passo a passo da vida de Maria e desta forma descobrir todo o amor o serviço Dela ao Reino de Deus.
Que alegria temos uma Mãe cuidando de nós e nossa família e junto de Deus nosso Pai! Amém.

quarta-feira, maio 21st, 2008 religiao-e-familia 1 Comentário

Eu e minha família servimos....

A quem?
Esta é uma pergunta que eu e meu marido procuramos fazer sempre no seio de nossa família.
E sempre renovamos e fortalecemos a nossa proposta de que nossa família servirá sempre ao Senhor. E para mantermos esta promessa procuramos a cada dia sermos fiel nos hábitos e atitudes para com os nossos filhos e aqueles que vivem ao nosso redor no sentido de que o nosso testemunho possa ser expressão do amor de Deus para com a humanidade.
Lembrando o Evangelho de João 10,10:
“O ladrão vem só para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundãncia”
Fiquemos atentos aos “ladrões” do consumismo, das drogas, da falta de diálogo e organização do nosso ambiente familiar deixando assim os nossos filhos sem limite e referência.
Façamos de nossas famílias uma fonte inesgotável de amor, respeito, louvor e serviço ao Deus Trindade e contando sempre com a presença da nossa Mãe Maria suplicando sempre a vossa intercessão.
Amém!

terça-feira, maio 20th, 2008 religiao-e-familia Nenhum Comentário

ENQUETE SOBRE VENDA DE BEBIDAS EM FESTAS PAROQUIAIS

Estamos desenvolvendo uma pesquisa sobre a venda de bebidas alcoólicas em festas religiosas de Paróquias.
Entre no blog pensandobem ( blog.cancaonova.com/pensandobem ) e participe.
Vamos ampliar este debate…

Gerson Abarca – Psicólogo

quarta-feira, maio 14th, 2008 drogas 2 Comments

PENTECOSTES E O QUARTO DE CASAL

desejo-de-casal.jpg

Hoje é dia do sopro divino do Espíorito Santo.
Na praia rezando o terço, e caminhando contra o vento sul. Forte vento, frio mas inspirador. Pensando, o Epírito me conduziu ao quarto de casal, principalmente pelo fato de estar procurando uma resposta aos casais para a vivência de Pentecostes, para além do sim matrimonial.
Se somos templo do Espírito Santo, nossa mais direta manifestação desta verdade está no corpo humano. Daí emerge sentidos diversos, desde o cuidar da qualidade de vida corpórea, até a condução da sexualidade, como expressão do corpo como templo do Espírito Santo.
Neste sentido, os casais unidos em matrimônios e juramentados pela prática da fidelidade, terão na expressão do desejo corpóreo mútuo, o sopro do Espírito Santo, que revela o quanto a união dos corpos no matrimônio é abençoada. A castidade conjugal não é a ausência da atividade sexual, mas sim a potencialização do prazer. Isto é tão bom e saudável, que casais que mantém média de relação sexual de duas a três vezes por semana, rejuvenescem até 15 anos. É o presente de Deus para se fazer cumprir: “O que Deus uniu, o homem não separe”.
É o resultado favorável do sopro do Espírito Santo na vida conjugal, o desejo emanado dos sentimentos de amor um para com o outro.
Durante muitos anos, se escrevessemos sobre o Espírito Santo associando com os desejos da carne, seriamos condenados por heresias.
Estamos ligando os dons do Espírito Santo, dentro da perspectiva matrimonial. Como presente de Deus. Por isto o quarto conjugal, espaço da manifestação carnal do amor mútuo, é um templo a ser cuidado, protegido e carinhosamente decorado. Como é bom chegar em casa, após período de viagem à trabalho, principalmente ao pensarmos que teremos o leito conjugal a possibilidade de revitalizarmos o afeto diante da pessoa amada, a parceira, o parceiro.
Deixar preservado o quarto de casal, utiliza-lo como manifestação e troca de sentimentos amorosos, é permitir a pentecostes no casamento, dia após dia.
Nos lares cujo casais valorizam a união dos corpos, no respeito às diferenças, no respeito aos limites, mas principalmente na busca da troca do prazer corporal, haverá longevidade de pratas e ouros, e os filhos saberão que casamento vale a pena, que família ainda é espaço onde acontece a alegria.
Os filhos, mesmo resistindo as particularidade do quarto de casal, verão neste movimento de intimidade dos pais a certeza de que aquela casa possue alicerce profundo e solidificado sobre rocha. Aliás, quem veio primeiro, os filhos ou o casal? Quem sairá primeiro, os filhos ou o casal? Que eu saiba, os filhos chegaram pelo resultado de uma pentecostes no quarto de casal; foram educados na alegria de um casal unido e feliz;saem para o mundo, pois ao mundo voltam; fica o casal. Com a diferença, que nos casais que conseguiram cultuar o amor conjugal, mantendo viva a chama do amor romântico desde o namoro, não sofrerão o vasio do ninho. O casal estará junto para assumirem outras empreitadas que a vida lhes colocar, ou que o Espírito Santo soprar.
Mas para isto, como disse Mons.Jonas Abib em entrevista coletiva à C.N. no acampamento de Pentecostes em Cachoeiro Paulista-SP: “É preciso ser vigilante no Senhor, e movidos pelo Espírito Santo de Deus…”

domingo, maio 11th, 2008 Sem Categoria, sexualidade conjugal 2 Comments

O Rosário de Nossa Senhora

Este é o nome do album de CD meditado pelo nosso amado Monsenhor Jonas Abib e pelo nosso querido D. Alberto Taveira. Na parte I podemos meditar os mistérios Gozosos e Luminosos e na parte II continuamos a meditação contemplando com os mistérios Dolorosos e Gloriosos.

Na minha adolescência , aprendi com Chiara Lubich, fundadora do Movimento dos Focolares denominada Obra de Maria que a melhor forma de demonstrar o nosso amor à Nossa Senhora , pedir a vossa intercessão e contemplar a vida de Jesus é através das meditações dos mistérios do Rosário.

Chiara Lubich em seu pequeno roteiro de meditação dos mistérios e que nos deixou de herança introduz a seguinte reflexão:
“Rezar o terço é como falar com uma pessoa amada. Quando amamos alguém, queremos dizer-lhe mil vezes: eu amo você, eu amo voc~e, eu amo você. Não é uma repetição, é uma necessidade de coração. Maria é nossa mãe, nosso modelo, é quem nos deu Jesus. Por esta razão e com este significado também nós rezamos o terço.”

Monsenhor Jonas Abib no CD nos faz refletir também as palavras do nosso amado e saudoso João Paulo II, citando uma mensagem deste Santo homem sobre o rosário:

“Por que a Canção Nova resolveu gravar este rosário? Porque aquilo que o Papa João II fez foi dizer ao mundo que o Rosário é a oração para este mundo. Para salvação das pessoas, para a Transformação das famílias. Para a mudança da nossa sociedade e para que o mundo seja salvo.
É a oração dos simples, é a oração dos sábios, é a oração dos pobres. É a oração de todos! E E aqui está a Canção Nova para rezar com vocês todos os dias,o Santo Rosário”.

Por mais de 10 anos deixei de lado esta prática de oração e agora com a minha caminhada junto a Canção Nova retomei não só o terço, mas o Rosário. Maria tem me ajudado a SUPERAR esta tendencia maligna do dia a dia que nos faz sempre dizer: “Não tenho tempo, o dia é muito corrido”. Ela me ensinou, pois com as primeiras retomadas das meditações pedi o vosso auxílio de como fazer as meditações ao longo do decorrer do dia e é o que tenho feito. Ao acordar pela manhã já inicio o primeiro mistério e no decorrer do dia do trabalho, casa, cuidado com as crianças , etc; vou meditando os seguintes e a noite faço último mistério Glorioso e na alegria da Ressurreição e de ter completado todos os mistérios e ter a certeza que eu e minha família podemos ter a garantia que Maria está em nosso meio.

Uma vez por semana, eu e meu marido começamos também a introduzir o terço para as crianças e assim contribuir para que elas também compreendam na prática da vida este significado maravilhoso que é viver todos os mistérios que representam a vida de Jesus no nosso dia a dia.

Neste mês de maio onde celebramos o mês de Maria nada melhor demonstrarmos o nosso amor por ela, introduzindo no dia a dia da rotina pessoal e familiar o Santo Rosário. Deixo esta proposta lançada e garanto que vocês estarão colhendo muitos frutos deste ato de amor contínuo à nossa Mãezinha querida.

sábado, maio 3rd, 2008 religiao-e-familia 2 Comments