SEXUALIDADE CONJUGAL - DESAFIOS DO PRAZER SEXUAL

vinculo-amoroso.jpg

Para um casal ter plenamente a vivência do prazer sexual, é necessário a conjugação de três elementos básicos: Vivência afetiva amorosa; Convivialidade social; Espiritualidade partilhada.

Na vivência afetiva amorosa, o casal terá o cultivo do vinculo amoroso, devendo para isto nunca esquecerem dos impulsos iniciais que os uniram. O cultivo do amor romântico, que pode ser possível ser regado com galanteios, poesia, carinhos, carícias. Com bons momentos de lazer conjugal.

Já a convivialidade social é o cultivar a parceria das atividades domésticas do dia a dia, do cuidar dos filhos de forma partilhada, e ter o desejo de sempre estar se dispondo ao outro para ajuda-lo no que for preciso. É a parceria, das contas a pagar, dos investimentos a fazer, enfim, acomunhão dos projetos pessoais partilhados.

Já a espiritualidade partilhada, é a união em torno do Sagrado. Estarem conjugando a mesma fé e esperança, e acima de tudo vivenciando o amor, um para com o outro. A prática religiosa colabora e mais ainda a vivência em comunidade. Poder ter aquele compromisso de uma missão evangelizadora, com franco apoio um do outro. Conviver com outras famílias na dimensão da comunidade Cristã. Conheço casais que cada um pratica uma religiãoi diferente, mas conseguem cultivar as mesmas esperanças e se respeitam e apoiam mutuamente, sabemos que esta é uma realidade difícil de ser vivenciada, mas possível.

Com a junção destes três ingredientes, dificilmente o prazer sexual não será uma consequencia certa. A cama do casal será desta forma o templo de coroamento de uma parceria que deu frutos. O prazer sexual para o casal será a providência, o presente de Deus. E os filhos verão na felicidade dos pais, que casamento vale a pena.

Tags: , ,

Leave a Reply

Subscribe to RSS feed