Archive for agosto, 2009

TRÊS MENINOS

sábado, agosto 29th, 2009
GERSON COM SEUS TRÊS FILHOS - DAVI À DIREITA, SAMUEL À ESQUERDA E HÉLDER AO CENTRO

GERSON COM SEUS TRÊS FILHOS - DAVI À DIREITA, SAMUEL À ESQUERDA E HÉLDER AO CENTRO

Educar meninos é uma tarefa que nos coloca em constante questionamento. Nos meus três filhos – Samuel, Davi e Hélder, tenho que estar em constante atenção para não fazer reproduzir mitos do masculino e das posturas machistas.

Meu querido pai, que provavelmente aprendeu com seu pai, e todos os homens no seu coletivo social, sempre nos alertava em casa que fazer xixi sentado no vaso sanitário era coisa de “bichinha”. Hoje, diante deste ensinamento, poderíamos dizer que estaríamos cultivando mentes homofóbicas.Mas meu pai fazia estas torturas conosco ( Edson, Vander e eu ), como uma cultura machista, sem aparentes mas intenções. Mas se eu, desenvolver qualquer tipo de processo educacional com induções machistas, estaria errando enormemente. Principalmente por todas as oportunidades educacionais que tive.

Mas sempre me surpreendo ao ver homens, pais de meninos, que nas rodas de amigos sempre acabam banalizando as mulheres com piadas picantes e ao mesmo tempo acentuando jargões. Dias atrás, um destes pais ficou bravo com seu filho de aproximadamente 13 anos porque estava sentado de pernas cruzadas e disse: “Menino, descruza estas pernas agora, tá parecendo mulher!!!”.

Porém, um dia destes meu filho pegou-me fazendo xixi sentado e logo veio com gozação: “ah! papai esta fazendo xixi como mulherzinha…” E saiu brincando e satirizando pela casa. Perguntei para ele onde tinha aprendido desta forma sobre fazer xixi, e ele disse que a mulecada na rua sempre fala estas coisas.

Pensando bem, a melhor forma de sabermos o que os pais estão ensinando aos filhos, é sentar nas calçadas nas rodas de meninos.

Educar meninos é sem dúvida uma tarefa que exige muita atenção, para que não reproduzamos conceitos machistas, formando assim futuros destruidores de mulheres, quem sabe homofóbicos.

AMOR E SEXO - E AS BANALIDADES GLOBALIZADAS

sábado, agosto 29th, 2009

Gerson Abarca*

Nesta sexta passada, dia 28 de agosto 2009, comecei a assistir em um canal de T.V. comercial ao lançamento de um programa sobre sexo e amor. Queria ver a analisar a condução da temática, pois afinal de contas estudo sobre sexualidade há um bom tempo. Minha intenção era de ficar até o final do programa para depois melhor avaliar. Sabia que pela emissora, não iria ver algo muito diferente do consumismo típico da mídia de consumo, mas quem sabe… Imaginei!

Não consegui ficar ligado se quer cinco minutos . Até que tentei.

Tirando as banalidades dos artistas globais, que como sempre acabam fazendo a cena ou encenam aquilo que o patrão deles manda, pois sei que muitos deles acham ridículo o que fazem como atores na mídia globalizada; o que mais deixou-me irritado foi de ver uma cientista, ligada a USP, da área da Psiquiatria, se sujeitando àquele papel . No entre jogo dos quadros, ela, a tal “cientista” ( entre aspas, pois a partir de hoje já não a lerei como antes), dava seus “pitacos”, como se ela fosse a portadora da verdade sobre sexualidade, mas ; porém; contudo; todavia, suas opiniões se perdiam naquele cenário de mentiras ou de uma “verdade vendida”.

Pensei, nós pagamos impostos para financiarmos cientistas de Universidades Públicas para prestarem este tipo de serviço. Mas a força da grana transforma cabeças, e também gente bela em fera.

Este programa é mais uma mentira, com pó de arroz de uma pseudo-ciência.

* Psicólogo. Autor do livro “Sexualidade na contramão”, Ed Paulus/SP

PROFISSÃO PSICÓLOGO NO BRASIL

sábado, agosto 29th, 2009

GERSON ABARCA*

Os profissionais de Psicologia comemoraram no dia 27 de agosto o “Dia do Psicólogo”. A comemoração é neste dia por ser a data em que foi aprovada a lei federal que cria a profissão.

No Brasil os Psicólogos estão muito bem articulados através do sistema Conselho Federal de Psicologia (CFP) que têm seus regionais espalhados por todas as regiões geográficas, através dos Conselhos Regionais de Psicologia (CRPs), que são 18 ao todo.

Se formos pensar o papel dos Psicólogos para a sociedade, veremos que nas diversas áreas da organização social o Psicólogo pode contribuir. Pois a principal ferramenta de trabalho desta categoria é “o olhar diferenciado”, “o fazer analisar e contextualizar”, “levar a pensar”. Muito diferente do que preconizava-se no início da profissão, que nasce no Brasil no auge do Regime Militar (Ditadura), e com isto, com uma demanda curativa. “Aqueles que tratam os loucos”. Não é por acaso que ainda hoje muitos temem o Psicólogo por imaginar que somos capazes de ver o que está escondido no pensamento das pessoas, ou mesmo por que teremos o poder de curá-las de suas “loucuras”.

Mas o contexto de hoje é outro. Graças a ação política do CFP de construção de novos referenciais para a Psicologia no Brasil, já observamos a população buscando o Psicólogo como um profissional que vai colaborar nas estratégias de superação dos problemas do cotidiano, sem no entanto dar fórmulas mágicas para curas. Mas também vemos a crescente procura das instituições governamentais e privadas, como também as sociais (Entidades, Ongs,etc.), tendo no quadro de profissionais um Psicólogo.

O leque de possibilidades de ação dos Psicólogos é realmente imenso, como: Clínicas, escolas, hospitais, juridica, comunidades, empresas, ecologia, formação acadêmica, trânsito,etc, etc, etc… Com um leque enorme de métodos e teorias da psicologia.

Vamos dizer que, uma instituição séria, de qualquer gênero, possui um Psicólogo em seu quadro técnico, respeitando-se as proporções de tamanho do negócio . Lógico que uma empresa pequena poder não ter condições de contratar um Psicólogo, mas aquelas que já estão adequadas aos modernos métodos de administração, mesmo pequenas, já contratam empresas de psicologia para prestarem assessoria. Um administrador público que ainda não contratou  Psicólogos na gestão dos trabalhos, com certeza está desatualizado.

A postura do Psicólogo deverá ser pautada pela ética da profissão, que hoje está bem gestada pelo CFP. Neste sentido, o melhor caminho é sempre consultar um Psicólogop devidamente registrado no sistema CFP. Se não , pode acontecer desastres de intervenções desprovidas de postura ética e depois as vítimas não terem onde recorrer. Como já aconteceu com um amigo meu que contratou um tal consultor de RH e que se intitulava também “psicanalista”. No decorrer da tal consultoria, os relacionamentos inter-pessoais na empresa chegaram a picos de estresse, que no final meu amigo empresário observou que tinha alguma coisa errada com aquela consultoria. Pediu-me orientação, e ao narrar quais eram os métodos utilizado pelo “guru”, viu que o mesmo estava utilizando mapa astral para identificar perfis dos seus colaboradores. Pena que ele não teve coragem de denunciar ao CRP de seu estado.

Entre no site do Conselho Federal de Psicologia ( CFP ), e certifique do quanto de áreas e ações dos Psicólogos no Brasil: www.pol.org.br

* É PSICÓLOGO. Conselheiro Efetivo no CRP16 – ES

Dia 27 de agosto - Dia do Psicólogo.Parabéns Equipe do Instituto Pensamento!

quinta-feira, agosto 27th, 2009

SURPRESA E PARABÉNS PELO DIA DO PSICÓLOGO

GERSON ABARCA, ALINE ZAMPIROLLI E FABIANA MOULIN

Queremos homenagear os nossos colegas do Instituto Pensamento que assumiram esta profissão que ao nosso ver é de grande importãncia para a recuperação , promoção e prevenção da Saúde Mental das pessoas.

Somos testemunhas diária dos benefícios que estes colegas trazem para os seus pacientes e famílias.

Que Deus continue abençoando o exercício profissional de CADA UM , bem como outros colegas da área.

Com carinho,

Celina, Natália e Meire – Instituto Pensamento

CONFECOM AMEAÇADA

quarta-feira, agosto 26th, 2009
* Gerson Abaraca

A primeira Conferência de Comunicação agendada pelo Presidente Lula, para início de                                 Dezembro de 2009, que têm como meta estabelecer critérios de contole social da mídia e estabelecer um marco regulatório para a comunicação social no Brasil; está ameaçada pelos empresários da comunicação, ou grande parte deles, que retiraram a participação do processo de estruturação da Conferência, numa nítida tentativa de esvaziar o debate e depois dizer que não é representativo. Parece que a questão de embate é quando se pensa sobre o controle social da mídia, onde eles acreditam ser muito arriscado o governo querer exercer este controle. Porém, o processo de Conferências de áreas específicas, é uma forma de envolver o maior número de instituições e principalmente os usuários, que é a população como um todo. Em um regime político democrático, as Conferências garantem vez e voto de todos. Temos como exemplo a Conferência Nacional de Saúde, que está enraizada desde os municípios, passando pela instância estadual até chegar no âmbito Federal. Se na saúde as teses defendidas e aprovadas nas Conferências anteriores estão sendo aplicadas ou não pelo poder executivo, é outra coisa. Mas a Conferência Nacional de Saúde é o marco referencial que pauta a agenda da saúde no Brasil.

Assim também poderá ser na área da comunicação, onde a participação da sociedade em seus diferentes escalões e representações, estará dizendo a condução da comunicação social no Brasil. Com a saida dos empresários, fica sem dúvida, um buraco. Este é um perigoso jogo na qual as instituições sérias deste país precisam ficar atentas, pois o que parece é a dificuldade dos “donos da mídia”, em dividirem esta fatia muito rentável no mercado, tanto no controle das idéias no coletivo, como do dinheiro.

Alguém por acaso está com medo da gripe suina ???

Quem cria esta paranóia no coletivo ?

A mídia sem regulamentação democráticas, torna-se um grande meio ditatorial em plena democracia.

MARCADAnte mania oPTante

sábado, agosto 22nd, 2009

* GERSON ABARCA

Estamos assistindo a cada dia as notícias dos bastidores da política brasileira. A de ontem foi a gota d’agua no copo que está cheio há muito tempo.

O Senador Mercadante, mesmo ferindo seus princípios ( pelo menos os que viamos ao longo de sua carreira política), na tribuna do Senado, recua da posição inicial de se afastar da liderança do PT no Senado, para ser fiel ao Presidente Lula.

Ele abre mão de sua ética política ( que até então pensávamos que tinha), para continuar de mãos dada com seu mais intimo amigo, até mais do que sua própria família e aliados, que gostariam de ver uma posição mais determinante, alá Mercadante, e menos vacilante.

Sabemos que a saída do Senador Sarney em termos de mudança de postura política para a casa Senado, vai representar muito pouco, pois quem está de olho gordo para assumir a presidência também não posuem (partidos) uma trajetória diferenciada da turma do Sarney. Se aqueles que imaginávamos possuir uma vida política de transparência e defesa da cidadania, estão “MARCADAnte”. Imagine esperar algo de muitos outros que sempre estiveram ao lado do poder econômico?

Na verdade, o Congresso Nacional está sem partidos com caras definidas. Todos estão muito parecidos. Parece que na convivência no Congresso, absorveram semelhanças por osmose.

E não vem o Gabeira do partido PV, querer se colocar na diferença, pois ele também já saiu bem arranhado com os benefícios políticos econômicos que imaginava que ninguém ficaria sabendo. Meu querido pai Manoel ( já falecido), sempre me dizia:”quem permite se corromper por dez centavos, abre as portas para se corromper por dez milhões. A diferença está no valor, mas a semelhança é a mesma – é corrupção tanto quanto -“.

Enquanto isto, no Brasil de hoje: filas de pessoas em sofrimento nos Postos de Saúde espalhados pelos quatro cantos, a espera de um atendimento médico; Escolas sucateadas, e professores com medo de atuarem pelo crescente índice de violência nas comunidades escolares; Seitas neopentecostalistas crescem como cresce o número de bares e farmácias pelas esquinas deste país; Milhares de jovens entram no mundo do crak, de todas as classes sociais; Crianças e jovens com um pouco mais de estrutura econômica, que poderiam estar contribuindo na solidariedade aos menos favorecidos ( nossa maioria esmagadora da população), estão viciados na internet, elaborando bate-papo vazios; etc,etc,etc.

VAMOS CONTINUAR ASSISTINDO?

ESPERANDO AS CENAS DO PRÓXIMO CAPÍTULO?

MAS É ISTO MESMO, ESTAMOS ACOSTUMADOS COM A NOVELA DAS OITO…

….TOMARA QUE TUDO TERMINE COMO NAS NOVELAS: E VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE.

* UM EX-PETISTA. PERDIDO( sem saber para onde ir) NESTA ILHA DA FANTASIA POLÍTICA!

SARNEyTICIDA - UM ANTÍDOTO CONTRA A CORRUPÇÃO

quinta-feira, agosto 20th, 2009

Estamos vendo de camarote a baila da corrupção no Congresso Nacional. Mas é melhor falarmos das derrotas do Flamengo, crescimento do Timão e certeza que o São Paulo será tetra campeão.

Mas ficamos boca aberta diante de tanta corrupção.

Tudo bem que o Sarney é hoje o “bode espiatório”. Na verdade parece que é a juventude que está alienada, mas as falcatruas vêm dos adultos.

Sempre digo:

CRIANÇA NÃO MENTE, INVENTA;

JOVEM NÃO MENTE; CRIA SITUAÇÕES;

ADULTO…MENTE.

Mentira é coisa de gente grande. Estamos vivendo uma grande mentira política brasileira.

E olha que têm gente mudadndo de partido, pra quê?

QUEM NÃO TÊM COISAS ESCONDIDAS QUE ATIRE A PRIMEIRA PEDRA. NA NOSSA POLÍTICA É ASSIM.

Quem sabe um produto “Sarneyticida”, possa acabar com esta corrupção?

Mas o melhor produto é o voto, o verdadeiro exercício da democracia.

Paulo – O Teólogo da Ética

segunda-feira, agosto 17th, 2009

Gerson Abarca*

Paulo, de origem judaica, possuía grande conhecimento de sua religião e a praticava ao “pé da letra”. Por isto foi um forte perseguidor dos Cristãos, por que estes traziam uma nova perspectiva de pensar a fé em Deus, à partir de Jesus Cristo.

Paulo, “cai do cavalo”, cena muito bem narrada em Atos dos Apóstolos e passa a seguir um caminho oposto ao que até então estava seguindo, de perseguidor a perseguido. Isto é, converte-se para o cristianismo e se torna o grande missionário da Igreja Primitiva, levando o Evangelho à povos de culturas diferentes. Entra no mundo dos pagãos e fala de Jesus Cristo com ardor renovado no Espírito Santo.

Mas em Paulo temos uma forma de pensar a prática Cristã que segue os caminhos da consciência. Ele nos trás uma nova forma de buscarmos a vida em Cristo. Uma forma que exige de nós a maturidade de pessoas adultas, que seguem uma escolha por consciência pessoal e não simplesmente por pressão à disciplina de uma regra. Como ele vivia no passado uma religião extremamente apegada aos costumes e as regras; apegados aos mandamentos e toda forma de controle, onde o “não” sempre estava em maior tom do que o “escolha!”, viveu na pele a perseguição daqueles que não queriam aceitar o Cristianismo. Por isto que de perseguidor e passar a perseguido.

Em I Coríntios 6, 12,: “A mim tudo é permitido, mas nem tudo me convém”, Paulo instaura a busca pela integridade e vida plena em Cristo, à partir de escolhas pessoais. Não nos limita a entender que a vida em Cristo é um mero seguimento a uma regra. Tudo posso, tudo me é permitido, mas nem tudo me convém. O que não convém? É tudo aquilo que vai contra a sintonia com a proposta de Cristo, e é pela palavra que conheceremos tal proposta. É pelo conhecimento dos Evangelhos que saberemos o que nos convém para estarmos em Cristo.

Assis, Paulo reafirma a tendência em Cristo da prática da ética, onde a moral existente em Cristo nos remete a vivência na convivência com os irmãos em comunidade, em que a ética é a forma de se aplicar a moral. E por isto, precisamos crescer em autonomia (maturidade) para conseguirmos refletir sobre uma regra e consequentemente a colocarmos em prática.

Quando seguimos e regra pela regra tornamo-nos escravos daquilo que alguém nos impôs. Mas se refletimos a regra, ligamos com nossas escolhas e focalizamos com os que mais nos aproxima de Cristo, aí sim estaremos realizando uma fé autônoma e de escolha na liberdade cristã. Estaremos vivendo a ética.

Em I Coríntios 6, 16, São Paulo nos trás um elemento concreto sobre a aplicabilidade desta chave de vivência de ouro que está no versículo 12. No versículo 16 ele diz: “não sabeis que aquele que se une a uma prostituta torna-se com ela um só corpo? Pois está dito: “os dois serão uma só carne”. E acrescenta: “mas quem adere ao Senhor torna-se com ele um só espírito”. (6,17).

Neste exemplo, Paulo nos mostra uma ação que imoraliza a prática Cristã mas colocando-nos uma reflexão do motivo pelo qual não devemos nos envolver com um prostituta. Se desejamos aderir ao Senhor para tornarmo-nos com Ele um só Espírito, não nos convém envolver-nos com prostitutas.

Com está ação reflexiva, São Paulo nos trás a possibilidade de realizarmos nossas escolhas com maturidade e consciência. Instaura uma moral com ética. E a ética só pode ser vivida em ambientes de pessoas autônomas, amadurecidas; capazes de estabelecerem parcerias e trocas.

*Psicólogo – Psicoterapeuta.

QUANDO TER DE TUDO PODE NÃO SER NADA

quinta-feira, agosto 13th, 2009

Quando pelo tudo que se tem leva a pessoa à escravidão ao ter. A certeza de que o tudo que se tem pode não valer nada, é o sentimento de vazio interior, que as vezes se manifesta em patologias comportamentais.

Uma situação muito interessante aconteceu comigo, quando uma paciente empregada doméstica de profissão chegou para a sessão de psicoterapia rindo pra valer. Ela dizia que no caminho, uma ex-patroa dera-lhe carona e  ao parar em frente à clínica a patroa pergunta-lhe para onde estava indo. Ela respondera que era na sua análise com o Abarca (como muitos me chamam na região onde moro). A ex-patroa assustada diz: – “nossa, como você consegue pagar esta análise, pois eu tenho a maior vontade de fazer mas acho muito caro”. Esta paciente ficou muito intrigada com a fala da ex-patroa, pois o carro que dirigia era um BMW e estava abarrotada de jóias. E ela, uma empregada doméstica conseguia fazer sua análise.

Quantas são as pessoas que sonham em ter muito dinheiro, e quando conquistam este ideal tornam-se frias e começam a desenvolver sofrimentos por solidão; fora as obsessões em torno das questões de segurança, onde se isolam para não serem vítimas de assaltos ou sequestros.

Por isto que ter sem antes ser, é um caminho quase que certo para o nada.

E NADA LEVAREIS AOS SETE PALMOS ABAIXO DA TERRA.

A FUNÇÃO DO PAI PARA A PSIQUE*

sábado, agosto 8th, 2009

*Relativo à mente

Neste dia dos pais, estou pensando muito em meu querido pai Manoel Barbosa ( Em memória).

As lembranças que me vem são as melhores possíveis, mesmo tendo passado por várias dificuldades ao longo de sua paternidade, devido a questões pessoais de sua própria formação familiar e ao mesmo tempo pelo trabalho. Ele tinha que manter um lar com nove pessoas, sete filhos e o casal.

Se for lembrar dele brincando conosco, ou passando um final de semana tranquilo detro de casa, com certeza teria pouco para lembrar. Se for lembrar das muitas cenas de conflito dele com minha mãe, certamente teria muito para lembrar. Mas você deve estar perguntando: – como que eu ainda tenho mais motivos de lembrar com aquela saudade gostosa de meu pai, em um cenário pouco favorável ?

Eu também fico me perguntando. Tenho achado respostas quando olho para dentro de mim e encontro muitos traços de minha personalidade que são semelhantes a dele, como: Zelo pelo trabalho; busca da melhor qualidade no que faz; senso de responsabiliade familiar; compromisso na sociedade em que está envolvido; corinthiano; conversador; contador de anedotas; zelo pelos amigos; busca pelo conhecimento; mil projetos na cabeça; senso de justiça;  emotividade e muito mais…

Também das mazelas, na qual luto para supera-las…que não vem ao caso aqui, apenas uma  da qual sempre me pego caindo nela, que é o impulso comportamental em situações onde sou colocado à prova ou provocado, principalmente nos meus limites pessoais.

PROCURE FAZER UMA SÉRIA ANÁLISE DAS COISAS QUE JÁ FAZEM PARTE DE SUA ESTRUTURA DE PERSONALIDADE E QUE VOCÊ IDENTIFICA COM SEMELHANÇAS DE TEU PRÓPRIO PAI. VAI ENCONTRAR MUITAS.

Estudando as tramas da estrutura emocional na constituição da personalidade, através de elementos da teoria psicanalítica, vamos entender o por que a função do Pai na psique é tão forte.

O pai é a representação da lei na estrutura familiar nos moldes da cultura pela qual estamos inseridos; mas também é na maioria das tribos indígenas estudadas pela antropologia no Brasil. Como também é na cultura Judaica, da qual trazemos muitas referências por causa da nossa formação religiosa Cristã, que têm como referência a história do povo Judeu.

Na família sempre nos deparamos com aquela situação em que os filhos pedem para a mãe permissão para realizarem algo, mas a resposta é “pergunte para o seu pai”.

A mão uterina, aquela que acolhe, têm a feição materna, por isto mesmo que no dia das mães somos movidos pela emoção. Mas no dia dos pais, parece que os abraços são mais centrados. Vemos no pai a mão que conduz, que orienta. Lógico que estamos falando aqui de uma tendência mas não de uma verdade absoluta para todas as pessoas.

O Pai da Psicanálise ,Freud, trouxe-nos a idéia do triângulo amoroso entre Pai-Filho-Mãe. Nele temos as identificações cruzadas em que as meninas tendem a se identificar com o Pai e os meninos com a mãe. Mas esta identificação se dá pela relação de vínculo afetivo dentro desta tríade. Aprendemos como homens a nos identificar com mulher a partir da figura materna, mas na busca de semelhança com a figura paterna. Assim acontece também com as mulheres, que aprendem a identificação com homem a partir da figura paterna também estabelecendo semelhança com o pai.

Na dinâmica de uma família, a FUNÇÃO PATERNA é fundamentante. Mesmo muitos querendo descartar a presença do Pai em uma família, principalmente mulheres que desejam produção independente de filho, o Pai continua tendo seu valor e significado. O Pai faz parte do alicerce de uma famíla, como também a mãe e os filhos.

Trazendo para o cenário religioso Cristão, o Pai é tão importante e fundamentante, que “Deus se fez carne para habitar entre nós…”( Prólogo do Evangelho de João,cap 1). No Filho Jesus, Deus se faz Pai. No Espírito Santo, Deus se fez Trindade.

A relação Pai-Filho-Mãe é manifestação de tríade, trindade. Um casal pode ter 10 filhos, que verá a realização de 10 tríade ( Pai-Filho-Mãe).

Por isto mesmo que meu querido pai Manoel nunca deixará de habitar minha alma (psique).

TENHAM TODOS UM FELIZ DIA DOS PAIS.

AGRADEÇA SEMPRE, EM QUALQUER SITUAÇÃO, O PAI QUE TE GEROU OU QUE TE CRIOU. POIS NO SEU PAI DEUS SE FAZ SEMELHANÇA.

Subscribe to RSS feed