Archive for outubro, 2009

SEXUALIDADE - O USO INDEVIDO DO MOB - PARA ACENTUAR REPRESSÃO SEXUAL

sábado, outubro 31st, 2009
Livro de Gerson Abarca sobre este tema

Livro de Gerson Abarca sobre este tema

O encontro de formação que está acontecendo neste final de semana na Canção Nova de Cacheiro Paulista-SP, reune aproximadamente 500 pessoas de todo o Brasil para potencializar instrutores do Planejamento Natural da Família através do Método da Ovulação Billings (MOB).

Em linhas gerais, o MOB consiste em ajudar a mulher a identificar seu padrão básico de fertilidade para poder planejar uma gravidez ou não. A mulher passa a ser portadora de sua fisiologia, domina o rítimo do ciclo menstrual e junto com seu esposo fará uma bela parceria de preservação natural da sexualidade conjugal, sem fazer uso de química.

Hoje, o MOB atinge uma eficácia de 99,1%, acima dos métodos contracepitivos artificiais, sem trazer efeitos colaterais na mulher e educando o casal para a sexualidade com foco na abstinência periódica.

Porém, observamos que há mulheres que utilizam o método para evitarem a relaçao sexual, geralmente são mulheres que apresentam algum trauma na expressão de sua sexualidade na área fisiológica e que desenvolvem um padrão de conduta repressivo.  Colocam limites nas formas de manifestar a criatividade sexual, e vivem a vida conjugal em risco.

As formas de usar o MOB como um escudo para não ter a relação sexual são muitas, mas aqui trago algumas cenas: A cada ciclo menstrual ela fica sempre com muita dúvida para identificar seu padrão de fertilidade, e quase sempre por medo de que pode engravidar. Fica argumentando com seu esposo que enquanto não identificar realmente o seu período fértil, não poderá ter relação; outra situação comum é de dizer que seu ciclo é muito irregular, gerando mais dúvidas; se o processo educacional da mulher for de limites exagerados na forma de expressar carinhos, as vezes até por uma visão religiosa distorcida, em que associou relação sexual com pecado, não permitirá a manifestação de carinhos e carícias no período fértil dizendo que é muito arriscado e pode engravidar.

Vemos que este uso indevido do MOB está quase sempre relacionado ao medo de engravidar. O que revela o uso do MOB como um meio de controle e não de planejamento. Mas o MOB deve ser escolhido como uma filosofia de vida, da vida em abundância. A boa usuária do MOB, não têm medo de uma gravidez, simplesmente vive a plenitude de sua sexualidade propulsora da vida, e consequentemente o relacionamento sexual é tocado a uma forte gama de afeto, respeito e planos. Se um filho for fecundado sem que esteja no plano do casal, para a usuária madura, será visto como uma benção e não como um martírio.

O uso indevido do MOB para acentuar repressão da expressão da sexualidade, está colaborando para que muitos homens fiquem com receio que suas esposas utilizem esta metodologia, pois imaginam que vão ficar sem atividade sexual.

Sou testemunho em meu casamento com Maria Celina  do blog sermulher da Canção Nova , já com 18 anos de casado e três filhos planejados, que o MOB trouxe para nós uma intensidade na atividade sexual que com certeza não é atingida ao longo dos anos pelos casais que escolhem meios artificiais para controlar natalidade. Lembre que quase 80% dos casais apresentam disfunção na manifestação do prazer sexual, e apenas 4% dos casais no Brasil tiveram a coragem de escolher o Planejamento Natural. Parece que a busca desenfreada pelo prazer está trazendo mais desprazer. E é comum os relatos dos casais que já usam o MOB há vários anos, que estão tendo intensidade sexual com qualidade afetiva.

Gerson E Maria Celina - 18 anos de uso do MOB

Gerson e Maria Celina - 18 anos de uso do MOB

É bom lembrar que o MOB deve ser utilizado como um recurso de libertação da sexualidade conjugal, uma libertação das amarras da cultura de morte imprimida pelas políticas internacionais de controle de natalidade e intensificada pela publicidade de consumo.

Sexualidade - Úteros fecundos em tempo de queda da fecundidade humana

sexta-feira, outubro 30th, 2009

Hoje tem início o curso de formação sobre o Método da Ovulação Billings ( MOB ), na Canção Nova em Cachoeiro Paulista-SP .

Esta metodologia desenvolvida por cientistas da Austrália para o Planejamento Natural da Família, está se transformando em um dos principais canais de prevenção e proteção da fecundidade humana, porque preserva naturalmente a saúde da mulher e a sua fecundidade.

Na década de 60 no Brasil a taxa de fecundidade era de 6,6 filhos por casal, hoje está em torno de 1,8. Para a humanidade continuar seu ciclo reprodutivo e existência, é necessário que a taxa de fecundidade seja de 2,2 filhos por casal. Estes dados confirmam que somos uma espécie em extinção. Isto pode parecer ridículo para alguns economistas que insistem na tese de que o problema da fome no mundo é o contingente populacional do planeta, fator que justificou campanhas de esterilização em massa nos países do terceiro mundo já na década de 60: “Há pessoas passando fome, diminuamos os comensais” (Mc Manara) relacionando a idéia que se os países pobres diminuissem a taxa de fecundidade, haveria melhor distribuição de renda. De lá para cá, a fecundidade caiu assustadoramente e a riqueza não foi distribuida, ao contrário, aumentou a pobreza no mundo – hoje são 2 bilhões de pessoas passando fome e outras 3 bilhões e 400milhões em estado de insegurança pois não possuem estabilidade financeira, de trabalho ou residencial -. Apenas 10% da humanidade pode se considerar estável em sua cultura e sociedade.

As mulheres que escolhem com seus parceiros o MOB no Planejamento familiar estão nadando contra a correnteza, pois o discurso de que filho é problema e os tempos atuais não cabe muito espaços para as crianças, estabelece um grande dilema para estas que escolhem a vida plena e natural.

Mas o tempo dirá, como já está dizendo. As mulheres com potencial de fecundidade serão como um rio sem poluição, valerão ouro. Como acontece com as poucas resevas de florestas naturais, as mulheres fecundas serão admiradas. Hoje já vemos em países desenvolvidos onde a taxa de fecundidade é negativa, governos oferecendo muitos benefícios sociais, salários e proteção e até garantia de bolsa de estudos para que mulheres com potencial de fecundidade queiram engravidar.

O que hoje é loucura, quando se fala que há casais que escolheram a vida fecunda e naturalmente planejada, amanhã será sinal de esperança para a humanidade.

A Canção Nova está mostrando sua vocação Profética, anuncia esta boa nova para o Brasil, com a certeza de estar convertendo mulheres e homens para a vida plena e uma sexualidade vitalizante.

Acompanhe pelo site da Canção Nova toda a movimentação deste curso do MOB que vai até dia 5 de novembro.

Para você conhecer mais, entre no blog sermulher do site da CN, nele a minha esposa Maria Celina escreve detalhas sobre o MOB.

“EU VIM PARA QUE TODOS TENHAM VIDA E A TENHAM EM ABUNDÂNCIA” (João 10,10)

POR QUE DORMIMOS DEITADOS

quinta-feira, outubro 29th, 2009

Você já parou para pensar do por que nossa fisiologia definiu que dormir deve ser deitado em uma cama reta?

É para que nosso corpo passe por uma faxina, com a equipe de enzimas responsáveis em limpar todas as porcarias que durante o dia foram produzidas. As enzimas só funcionam com o corpo deitado na horizontal e à noite. Elas são programadas para agirem dentro de um período de 8 horas na noite. Mas se você ao invés de dormir este quantitativo de horas para ficar fazendo outra coisa, como eu neste momento (23:50), as enzimas ficam aguardando o corpo repousar para iniciar o trabalho. Hoje, no meu caso, elas estão esperando com seus equipamentos de limpeza desde as 22:30H, que é meu padrão para ir dormir. Com certeza já estão cançadas de esperar e já começam a comprometer as metas deste trabalho, pois logo mais às 5:45H terei que acordar, e elas só terão em torno de 5horas para realizarem o trabalho de 8horas. Com certeza estarei deixando algumas sujeiras pelo corpo.

Imagine se ficar todos os dias atuando desta forma. Com os anos terei um acúmulo de porcarias não elaboradas dentro de mim que trará algum malefício em algum órgão do corpo.

Mas se a pessoa não está com sono? É melhor ficar deitada na cama com tranquilidade até o sono chegar.

Mas e se a pessoa ficar estudando na cama ou assistindo TV?

Ela estará demonstrando atividadde física corporal levando as enzimas a não começarem o trabalho. Todos os sérios manuais de prevenção para saúde corporal e emocional, enfatizam que a cama é o lugar privilegiado para dormir, e que estudos e TV devem ser evitados no quarto ou na cama.

VOCÊ JÁ SORRIU HOJE?

quarta-feira, outubro 28th, 2009

Olha, estou ao lado do meu filho Helder de 7 anos. Ele está sorrindo para valer. Sei que é por vários motivos. O principal é por que ele está recebendo umas cocegas de sua mãe, minha querida Maria Celina. Mas o outro motivo é que por enquanto o Flamengo está perdendo para o Barueri. É que por aqui, estado do Espírito Santo, têm muito Flamenguista, e ele é Corinthiano.

Eu estou sorrindo agora, porque estou feliz de escrever sobre o sorriso. Lembro-me do meu filho mais velho, o Samuel, que hoje está fazendo 17 anos, bem no dia de São Judas Tadeu, aquele das causas perdidas. Samuel quando criança falava se a gente sorri. Aí eu dava risadas, lógico.

Sorrir pôr estar feliz, é diferente de sorrir por que você ouviu uma piada. Sem dúvida que piadas inteligentes são legais, mas a felicidade é o sorriso da alma.

Mas é bem melhor sorrir do que chorar. Só se o sorriso for reativo ( forçado ), aí fica estranho.

E para terminar, meu filho Davi, que neste momento está lendo, costuma fazer-nos sorrir, com seus desenhos de caricaturas que são muito engraçados

E você? JÁ SORRIU HOJE?

FALANDO SOBRE A MORTE NO MINHA FAMÍLIA É ASSIM

terça-feira, outubro 27th, 2009

Nesta terça, 27 de outubro, fui o entrevistado do Programa “Minha Família é Assim” da TV Canção Nova. Nelsinho e Márcia como sempre, conduziram com transparência o tema, e sem dúvida que o resultado foi maravilhoso.

Parece estranho achar maravilhoso falar sobre a morte. Mas na verdade, é pela morte que alcançaremos ao Pai. E no fundo, acabamos falando mais sobre a vida.

Como disse no programa, quem tem medo da morte não está preparado para a vida, pois a única certeza que temos ao viver, é que morreremos. Mas para os têm Jesus Cristo como Caminho, Verdade e Vida, a morte é apenas uma passagem.

Quando  um telespectador perguntou sobre a melhor forma de apoiar alguém que perde um ente querido, pude elaborar a resposta lembrando das perdas que tive na minha família, de meu pai e dois irmãos. A única lembrança que gravei daquele momento de velório, foram os abraços dos amigos, aqueles abraços afetivos. Não me lembro das palavras que foram ditas, apenas do afeto nos abraços e o silêncio de suporte emocional.

Finados se aproxima, um feriado para meditarmos nossa existência e lembrarmos dos bons momentos daqueles entes queridos que já morreram.

Poder ter colaborado com o Programa”Minha Família é Assim” desta terça, foi um grande orgulho para mim.

Que Deus abençoe a todos os sócios que fazem acontecer a Canção Nova.

SER CANÇÃO NOVA É BOM DEMAIS.

Veja artigo sobre o tema, do Professor Felipe Aquino, no  www.blog.cancaonova.com/minhafamilia

VOCÊ JÁ ABRAÇOU HOJE ?

segunda-feira, outubro 26th, 2009

Abraçar faz bem para o corpo e para a alma. É um santo remédio para males do afeto. Só conseguimos amadurecer nossos orgãos vitais quando bebê graças a força do abraço, dos abraços de quem se fez de pai e mãe no primeiro ano de vida de nossa existência.

Fugir de abraços é encontrar-se com carências afetivas passadas. Quanto mais você fugir de ser abraçado, mais chance terá de adquirir doenças físicas e emocionais. Já na velhice, poderá ficar hipocondríaco ( mania de doença), que geralmente é de origem nas carências afetivas.

Abrace e deixe ser abarçado. Se for muito difícil, fale para alguém de sua confiança desta dificuldade, e peça-lhe que dê um longo abraço em você.

Nem sempre ajudamos pessoas só ouvindo-nas ou orientando-nas. Há momentos que um bom abraço já resolve e muito.

Nunca vou esquecer daquela noite fria do mês de junho, quando minha querida mãe veio até minha cama para acertar o coberto. Acordei e logo em seguida ela abraçou-me, aquecendo-me por inteiro. Foi uma noite deliciosa.

Como é bom abraçar alguém que não vemos há tempo e na qual estamos com enorme saudade. Aliás, saudade boa é lembrança de abraço.

VOCÊ JÁ ABRAÇOU HOJE ?

Olimpíadas no Brasil X Guerrilha urbana

sexta-feira, outubro 23rd, 2009

Estamos vibrando com a aprovação do Rio de Janeiro para a realização da Olimpíadas 2016. Investimentos econômicos e de infra estrutura, todos os focos voltados ao Brasil, e quem sabe um projeto esportivo brasileiro para além do futebol.

Mas o que me incomoda, e sei que a muitos outros brasileiros é a verdadeira guerrilha que se instaurou no Rio de Janeiro há anos e que pelo visto não têm data para acabar. A guerrilha do narcotráfico, que entre mortos e feridos mata bem mais do que verdadeiras guerras e condena cidadãos comuns e inocentes à morte ou ao pânico.

Alguém ja disse que viriamos o Brasil sendo administrado pelo cartel do narcotráfico, e parece que esta análise política que de imediato parecia absurda, é a realidade já no Rio de Janeiro e em muitos outros centros urbanos.

Somado ao crescimento das guerrilhas urbanas vemos a dificuldades do Governo Federal em melhorar o IDH ( Indice de Desenvolvimento Humano), que aliás piorou, sendo que já era ruim. Conseguimos passar pela crise e vemos um Governo em franco crescimento e com amplas áreas de gestão em inovação, mas ainda temos uma gestão pública  com pouco foco na erradicação da pobreza. Políticos são financiados pelo narcotráfico e polícias são parte do esquema. Veja o lance dos policiais que não deram retaguarda nesta semana a um líder de Ong no Rio, quando foram pegos nas câmaras como que colaborando com o crime.

Tomara que a Olimpíadas leve o Governo a ver além dos investimentos nas praças esportivas. Que consiga levar ao Rio de Janeiro o desenvolvimento social que aquele povo maravilhoso merece.

Atualmente, a população carioca é vítima de uma guerra insana. Nos morros cariocas, quando o exército ou polícia invadem, parecem tratar a todos como bandidos. E é nestes morros que temos os maiores potenciais de medalhas olímpica para o Brasil.

Sem inteligência, não veremos soluções a curto prazo para esta situação, e com certeza o que hoje é motivo de festa e orgulho da Nação, amanhã poderá ser motivo de condenação.

Ainda não temos nada a comemorar. Até porquê, os investimento realizados no Pan americano, estão quase todos abandonados.

SÃO LUCAS, O EVANGELISTA MULTIPLO-COMPETENTE

segunda-feira, outubro 19th, 2009

Ontem dia 18/10, foi dia de São Lucas. Um homem para além de seu tempo, tanto ontem como hoje. Simplesmente porque ainda hoje as passoas tendem a se restringir apenas na profissão, e não encontram muito tempo para desenvolver outras habilidades. Estamos cada vez mais especialistas e cada vez mais limitados. Mas São Lucas, há muitos anos atrás, já era um homem versátil. Simplesmente desenvolvia atividades em Artes Plástica, Música, Escritor, Médico e Historiador.

Não é por caso que seu Evangelho possui uma escrita muito poética e transparente; como também de um bom orientador familiar.

VOCAÇÃO PROFESSOR

quinta-feira, outubro 15th, 2009

No dia dos Professores, geralmente escuto algumas besteiras de pessoas que confundem a profissão Professor com o papel de educador. Foi durante uma homenagem em que o sujeito disse que os maiores educadores neste dia dos professores são os pais dentro de casa. Lógico que entendi o que a pessoa estava falando, mas irritei-me porque geralmente estas confusões leva a população a ter um olhar muito superficial sobre esta categoria.Todos podemos ser educadores, mas poucos serão Professores.

Pior ainda, é quando vou dar palestras na condição de Psicólogo e as pessoas começam a chamar-me de professor. É só alguém pegar um microfone para falar algo que  já passa a ser chamado de professor.

Hoje já existe a possibilidade do piso salarial  nacional do Professor, onde o Governo Federal pretende estabelecer um valor mínimo para a categoria. Mas sempre há aqueles que vão dizer  que Professor ganha muito bem. Se comparado a profissões com pouca exigência educacional, com certeza em algumas regiões do Brasil isto é uma verdade, mas se entendermos que todo cidadão que estudou passou por Professores, poderíamos dizer que esta profissão deveria ser a melhor paga de todas as profissões.

Hoje, pela Voz do Brasil, ouvi o Senador Cristóvão Buarque, ex- Minístro da Educação no Governo Lula, falar que é necessário dar estruturas físicas às escolas, bons salários aos Professores, e condições de crescimento educacional aos mesmos, se pensamos em melhoria da educação no país.

Ser Professor é uma vocação. Não basta ter só as condições educacionais para ministrar aulas, é preciso que um Professor esteja totalmente dentro da estrutura educacional por profundo amor ao que faz. Tenho visto Professores que até ganham bem em relação à demanda geral dos seus colegas, mas que reclamam o tempo todo do que fazem. Um sujeito que se diz professor e logo pela manhã fica angustiado com a idéia de ter que entrar em uma sala de aula, ou deve estar com algum problema emocional decorrente de sua atuação estressante, ou deve estar revelando-se um não vocacionado para esta profissão.

Conheço alguns colegas da Psicologia que até conseguém sobreviver como Psicólogos sem ter vocação; outros vendedores que estão por um período vendedor; secretárias que um dia querem exercer outra profissão e até conseguem desenvolver bem seu trabalho, é o caso de minha secretária Natália, que é excelente profissional, mas com uma enorme vontade de um dia exercer a função de Administradora de Empresa. Mas Professor é outro papo. Se não for por vocação, vai acarretar muitos prejuizos para  crianças e adolescentes, e para si mesmo.

Por isto tudo e muito mais, parabéns a todos os Professores vocacionados na missão de ensinar.

Abrace carinhosamente um Professor

Desenhos animados ou idiotices caricaturais

sexta-feira, outubro 9th, 2009

Fazia muito tempo que não parava uma manhã para assistir a programação televisiva para as crianças brasileiras. Mas hoje, estava em uma clínica aguardando exames e na recepção havia uma TV Plasma enorme na parede ligada em uma canal de TV comercial, destes de grande audiência. Fiquei aguardando por 1 hora o exame e tive que assistir a pelo menos 7 desenhos diferentes.

Imaginava que a programação tivesse melhor de quando eu ainda era criança. Sou da época da Pantera Cor de Rosa; Popay; Tom e Jerry. Neles havia uma violência subliminar (mensagem indireta), mas pelo menos tinha enredo. Ao assistir os desenhos de hoje, fiquei estagnado, tentava incorporar a ótica de uma criança, para ver se dava para engolir alguma coisa. Mas, no final daquela hora já estava estressado – quanta idiotice!!

Pior ainda são as caricaturas dos desenhos, uma produção parecida com aula de geometria na estética corporal dos desenhos. O conteúdo, sem roteiro, sem fundamento e uma agressão gratuita. Para uma ação, sempre outra reação agressiva.

No momento que fui chamado para realizar o exame, falei para as recepcionistas: “nesta sala não tem crianças, por que vocês mantêm este tipo de programação ligada, não tem algo melhor?” Uma das atendentes respondeu-me: – “o pior é que a gente sai daqui na hora do almoço com uma carga tão negativa! E quando tem criança na recepção, nem elas aguentam.”

A intencionalidade deste tipo de programa só pode ter uma linha de interesse – transformar as crianças em pequenos idiotas, que não pensam, não criam e não tomam atitude. Quem sabe desta forma, toda aquela quantidade de propagandas de brinquedos, entram de forma anestesiada no desejo inconsciente das crianças idiotizadas.

Subscribe to RSS feed