Produção e Conteúdo da Mídia*

1 – Vocação humana para o encontro

O ser humano é uma espécie que só se desenvolve a partir do encontro com um outro ser humano.

A maior vocação humana é para o encontro, existimos na medida que nos encontramos.

Um bezerro até consegue sobreviver logo após o parto sem a presença da vaca, mas o bebê necessita dos braços de um adulto, (pais ou quem cuida) para continuar o amadurecimento de alguns órgãos vitais para sua existência após o parto, como é o caso do cérebro, que necessita de aproximadamente mais 180 dias após o parto para se constituir propriamente em cérebro com todas as suas funcionalidades.

2 – O primeiro objeto de comunicação do ser humano

Nesta relação de amadurecimento bebê e mãe estabelecem uma profunda relação em que desenvolve seus processos de vínculo amoroso, onde a estrutura básica de afeto dar-se-á até os 2 anos de idade. E neste estabelecimento de vínculo, muito bem estudado pela psicanalista Melanie Klein o bebê terá no bico dos seios materno o seu primeiro objeto transicional, que representa o meio de ligação entre o bebê e a mãe (Winnicott). E que podemos associar como se o bico dos seios fosse o primeiro brinquedo da criança, onde ela aprende a estabelecer os primeiros processos de separação com a figura materna logo ao nascer, criança e mãe estão cindidos e o bebê relaciona-se como se a mãe fosse uma extensão dele. Por isto que o brinquedo e o brincar é a comunicação do bebê e posteriormente da criança com o mundo (Raquel Soifer). Podemos dizer que a criança conhece o mundo brincando.

3 – Comunicação, uma necessidade fundamentante e elementar

Para se comunicar o bebê nomeia um elemento intermediário, de mediação (mídia). A primeira mídia humana (o bico dos seios da mãe) evolui para os brinquedos e para os diferentes formatos da mídia (mediação). Assim, não conseguimos viver sem comunicar-nos, e consequentemente sem os instrumentos de comunicação que hoje se da nas diferentes formas de mídia (TV; rádio; on-line; imprensa; etc.).

Quando crescemos, o bico do seio passa a ser a mídia, por mediar a relação entre os seres humanos.

Por esta necessidade de comunicação, o apoderamento dos meios de comunicação torna-se uma disputa de poder. De quem vai deter o controle nas interações humanas. Todos os setores da sociedade conseguem associar o quanto é importante os meios de comunicação para a existência. Tanto que o valor de espaço publicitário nas diferentes mídias é caríssimo.

*Conteúdo das palestras de Gerson Abarca por ocasião dos eventos Pró-Conferência Nacional de Comunicação .Eixo Produção e Conteúdo na condição de representante do CRP16. Gerson Abarca é psicólogo, Conselheiro do CRP16-ES e autor do livro “O Poder da TV no Mundo da Criança e do adolescente” – Ed. Paulus/SP.

Tags: , ,

Leave a Reply

Subscribe to RSS feed