Archive for janeiro, 2010

RICARDO E ELIANA SÁ - UM CASAL MISSIONÁRIO QUE TAMBÉM APRECIA UM BOM VINHO

sexta-feira, janeiro 29th, 2010
Eliana Sá, Ricardo Sá e Gerson Abarca

Eliana Sá, Ricardo Sá e Gerson Abarca

Este casal Missionários de Vida da Comunidade Canção Nova, é só alegria, ou melhor, quase sempre alegria.

Sou testemunho da felicidade que reina na casa deles. Sempre com um bom humor, com alegria de receber os amigos e para não perder a alegria – um bom vinho à mesa -.

E olha que ainda têm gente que fica imaginando que missionários se privam de tudo e de todos, como  isolar-se do mundo garantisse a fidelidade à missão.

Mas em Ricardo Sá e Eliana Sá, temos a certeza de que a missão não é um fardo, mas uma alegria. E que a vida pode ser sempre festejada.

Ao estudar a Palavra de Deus, veremos que quase em tudo temos as festas, o banquete, o vinho. Lembra! quando Jesus transformou água em vinho? Foi em uma festa.

Falando em festa, como anda seu lazer?

Você está convivendo com os amigos, fazendo festas e construindo a sadia convivência entre homens e mulheres como nos ensina Monsenhor Jonas Abib?

Ricardo e Eliana, em vocês muitos casais podem ter a espectativa de que casamento é uma delícia.

PESSOAS OU OBJETOS NAS EMPRESAS ?

sexta-feira, janeiro 29th, 2010

Há 10 anos venho desenvolvendo programas de gestão de pessoas para empresas pelo Instituto Pensamento, na qual dirijo. Mas desde 1990, quando me formei em Psicologia, tenho atuado em intervenções de Psicologia Organizacional e convivido com seminários, cursos e congressos do ramo.

Desta experiência, o que tenho constatado é que os programas de gestão de pessoas tão divulgado nos cursos de administração de empresas, psicologia e áreas afins, ainda são teorias que embelezam TCC ( trabalhos de conclusão de curso). Isto porque poucos são os empresários que realmente investem na gestão de pessoas.

Grandes empresas continuam cometendo delitos de fazer de seus executivos escravos do trabalho, levando-nos ao distanciamento da família; estatais continuam tercerizando serviços e transformando seus contratantes em bolinha de ping-pong, cujo contratos duram pouco mais que dois anos. Nestes dias, conversando com um engenheiro de uma tercerizada do ramo de petróleo, falava-me que não teria férias porque a empresa em que estáva trabalhando perdeu o contrato e teve que ser incorporado por outra empresa.

Quando as contas da empresa fica no vermelho, os primeiros que sofrem são os seus emprtegados; os programas de gestão diferenciados; os apoios sociais. Pedem em treinamento que os colaboradores vistam a camisa, mas na primeira crise, são os colaboradores os primeiros a ter que entregar a camisa.

Raros são os casos em que o diretor de uma empresa luta para manter as condições de empregabilidade. Hoje mesmo uma esposa de um engenheiro de empresa de grande porte dizia-me que seu marido havia sido convidado para trabalhar em outra empresa, e ao iniciar no novo trabalho se surpreendeu por ver muitos funcionários de mais de 20 anos de carreira na própria empresa. Sua surpresa estava exatamente porque no trabalho anterior a empresa tinha uma política de manter os funcionários por um curto espaço de tempo. Tanto uma como outra são qualificadas com certificados de qualidade internacional; ambas deveriam ter programa de gestão de pessoas muito parecidos, pelo menos na perspectiva de qualificação. Porém, estão em posicionamentos antagônicos.

Tudo bem que no Brasil ainda não temos um controle do Ministério do Trabalho para verificar os critérios de demissão a admissão nas empresas, tipo: sistema para verificar das necessidades reais de se contratar e de dispensar funcionários.

Assim como se coloca uma cadeira em uma sala, e depois a tira para outro ambiente, as pessoas nas empresas, ou na maioria quase que absoluta delas, continuam sendo tratadas. São objetos ou peças descartadas.

Os poucos empresários que apostaram na fidelização aos seus colaboradores e valorização dos mesmos, estão ganhando e muito. Ganham perenidade, pois contratam pessoas para que elas se aposentem na empresa, sinal de visão do sucesso contínuo e longitudinal da empresa. Ganham vínculos de pessoas que se admiram, pois os diretores têm orgulho dos seus colaboradores e reconhecem que o sucesso da empresa está na mão de todos que a constróem ( as pessoas ), e por isto valorizam quantativamente e qualitativamente; por outro lado os colaboradores sentem prazer de pertencerem ao quadro de funcionários da empresa.

Empresas que só conseguém ver lucros, um dia poderão se deparar com a impossibilidade de existir. Porque economia é como onda do mar ( maré vai, maré vem ). Mas pessoas tendem á estabilidade, maturidade e história preservada.

Você não se lembra das moeda vigente em 1980. Aliás, ela já não vale mais nada.

Mas você não se esquece daquele professor que lhe tratou com muito carinho na sua escola infantil.

O dinheiro e a economia passam. As pessoas permanecem

QUANDO A HOMOSSEXUALIDADE AFASTA OS PAIS DO FILHO

quarta-feira, janeiro 27th, 2010

A questão da homossexualidade é hoje uma dos temas mais polêmicos da sexualidade. Por incrível que pareça, nos artigos que falamos sobre o tema ou em programas de rádio e TV que tenho participado, a questão é uma das mais perguntadas.

Geralmete o dilema daqueles que são homossexuais mas não aceitam ou daqueles que quando aceitam e encaram a posição homossexual se deparam com os conflitos internos da família.

Imagine um jovem que seu pai possui uma formação “machista”,  se depara com a realidade da transparência da escolha tendo que se posicionar abertamente para a famíla?

Ou uma família Católica de pais praticantes quando o filho ou filha revela sua escolha homossexual?

O dilema da homossexualidade têm gerado conflitos sociais com elavado grau de intransigência. Por um lado os que são contrários e que muitas vezes se posicionam de forma preconceituosa e com exclusão (caso de pais que chegam a expulsar filhos de casa); por outro lado os grupos organizados de homossexuais que diante de qualquer reação contrária entram com pedras para o contra-ataque. A intransigência está por parte dos que não aceitam e dos que assumem, nada anormal nisto, pois são emergêntes da sociedade que precisamos aprender a enfrentar e dialogar.

O mais importante detudo, é ver que em ambos os lados existem pessoas, e por isto deverá prevalecer o respeito.

CONTINUO O PAPO DAQUI A POUCO….VOLTO JÁ.

PS: Se você deseja fazer um comentário, fique a vontade

MARQUINHOS AZAMBUJA, UM MISSIONÁRIO QUE ESCOLHEU CUIDAR TAMBÉM DO CORPO

sexta-feira, janeiro 22nd, 2010
Marquinhos, orgulho de sua mãe(esqueda da foto) e esposa(direita da foto)

Marquinhos, orgulho de sua mãe(esqueda da foto) e esposa(direita da foto)

Estive na Canção Nova de Cachoeiro Paulista-SP por ocasião da celebração dos 19 anos de meu Matrimônio com Maria Celina e também pela participação no programa Trocando Idéias de 19 de janeiro.

Uma das boas notícias que tive, foi da opção do Missionário Marquinhos pela prática esportiva. Ele virou ciclista. Sabe, o cara já têm duas bikes de estilos diferentes, que não vou me arriscar em dizer quais são, pois deste esporte entendo pouco. Na verdade, Marquinhos fez uma escolha radical, mesmo tendo uma prática cotidiana de oração, trabalho e convivência famíliar – digna de um missionário -, escolheu também cuidar do corpo. Marquinhos garante que esta escolha repercuti em melhoras inclusive no seu posicionamento como pessoa nos diferentes ambientes: – “…vou mais tranquilo para o trabalho e estou vivendo com mais paciência em casa…”, afirma Marquinhos. Isto porque é uma pessoa de caráter bem forte e as vezes muito exigente.

Integrar corpo e alma é viver o Cristianismo. Se no passado a dicotomia Platônica conduzia as pessoas a valorizar mais as coisas da alma, deixando o corpo decepado e esquecido, hoje temos novas perspectivas de integração  que  nos conduz ao equilíbrio e consequentemente a uma maior possibilidade de vivenciarmos o amor Cristão. Lembremos do Papa João Paulo II, um atleta por longo período de sua vida, o que lhe deu longa vida e consequentemente longa Missão Evangelizadora.

Sabe Marquinho, da forma que você escolheu viver hoje, tenho a certeza que se tudo seguir os caminhos naturais da vida, a humanidade terá muito o que receber de sua Missão como membro da Comunidade de Vida Canção Nova.

Enquanto todos estavam dormindo às seis horas da manhã, Marquinhos pega sua bike de velocidade e sai para fazer um percurso de 55kms. Quando já estávamos na mesa do café, chega todo suado ás oito horas, com sua roupa triunfante de ciclitas.

Com certeza o dia de trabalho dele foi bem mais intenso e feliz.

VOCÊ PRATICA QUAL ESPORTE COM FREQUÊNCIA ?

DIÁRIO DE BORDO - FIM DE FÉRIAS

quinta-feira, janeiro 21st, 2010

Acabamos de chegar em São Mateus-ES. Após 33 dias de muita estrada, revimos grandes amigos, reencontramos parentes queridos e ao final celebramos 19 anos de casamento em Cachoeiro Paulista-SP, junto com os casais Missionários da Comunidade Canção Nova – Bia e Marquinhos, Ricardo Sá e Eliana – . Uma noite maravilhosa de celebração, após ter participado do programa Trocando Idéias que foi muito participativo.

Subindo rumo a São Mateus-ES, demos uma parada em Rio das Ostras-RJ – maravilhosa praia.

Enfim, lar doce lar.

Foram nada mais nada menos que 5200 Km rodados, mais de 60 amigos da época de juventude vistos e dezenas de parentes.

FÉRIAS – Sei que ao falar de minhas férias deixo muita gente com água na boca, pois poucos conseguem tirar tandos dias assim. Esta experiência consegui colocar em meu calendário anual nos últimos três anos. Neste ano faço 20 anos de profissão, e desde o primeiro ano de faculdade, nunca tirava férias longa, pois sempre estagiava. Depois de formado o rítimo também continuou acelerado. Sempre tirava férias picadas em dias curtos, e o estresse nunca saia. Depois que radicalizei em tirar férias por pelo menos trinta dias seguidos,fui perceber que minha produtividade profissional avançou bem mais.

Quem inventou esta coisa de férias de trinta dias, com certeza acertou na forma. É muito bom e o retorno profissional e pessoal é indescritível.

VOCÊ TÊM CONSEGUIDO FÉRIAS DE 30 DIAS ?

Partilhe sua experiência de férias nos comentários abaixo:

GERSON ABARCA NO PROGRAMA TROCANDO IDÉIAS DE 19/01/2010

segunda-feira, janeiro 18th, 2010
Gerson Abarca em recente palestra na TV Canção Nova

Gerson Abarca em recente palestra na TV Canção Nova

Gerson Abarca é o entrevistado desta terça feira, 19/01/2010, no Programa “Trocando Idéias” da TV Canção Nova, às 20:30H

O tema será “A educação de filhos, construindo relacionamentos de afeto”.

Apresentação de Ricardo Sá.

O Programa “Trocando Idéias” é uma dos melhores programas de entrevista da TV brasileira, com um perfil dinâmico e versátil, como é seu apresentador o Ricardo Sá .

Gerson Abarca, que neste ano está completando 20 anos de Profissão Psicólogo; 19 anos de vida Matrimonial (bem no dia do programa); 10 anos de direção do Instituto Pensamento; promete refletir o tema a partir de sua ampla experiência profissioanl e ao mesmo tempo na condição de pai de três filhos. “Será um momento de reflexão muito importante para os pais que se encontram com sérias dificuldades para o processo educacional dos filhos em tempos de pós modernidade”, enfatiza Abarca.

VALE A PENA CONFERIR

19/01/20010   –  PROGRAMA TROCANDO IDÉIAS – TV CANÇÃO NOVA – 20:30H

FORMANDOS EM FACULDADES - ONTEM, ORGULHO DOS PAIS. AMANHÃ, PROBLEMA PARA A NAÇÃO

sábado, janeiro 16th, 2010

Estou chegando da cidade de Londrina-PR, onde estive nos dias 14 e 15 participando de uma formatura de graduação em Psicologia, pela UEL.

A alegria dos pais e formandos em conseguirem chegar ao término de um curso é fantástico. Muitas lágrimas e a felicidade estampada no rosto.

Mas, nem tudo continuará sendo alegria a partir de segunda. Conversando com vários formanandos sobre as perspectivas de trabalho, não encontrei um deles que estivesse encaminhado em algum emprego. A maioria estavam de olho em cursos de mestrado para tentarem conseguir um apoio financeiro para pesquisa. Os argumentos eram unânimes, sempre em torno da dificuldade do primeiro emprego.

Assim, no amanhã, estes jovens formandos passam a ser um problema para a nação, mais uma leva de gente desempregada.

Sabemos que o início de uma profissão não é nada fácil, principalmente para quem só estudou. Ao témino de um curso surge o confronto com a realidade. É preciso trabalhar para ganhar o “pão nosso de cada dia”. Até então, havia a proteção dos pais. Muitos continuarão tendo proteções, até que o exercício profissional vai se estabilizando, mas a grande maioria não poderão contar com a ajuda dos pais, pois estes também passam por dificuldade econômica.

UMA DICA PARA QUEM ESTÁ ESTUDANDO

Porcure se envolver com projetos científicos dentro da universidade. Se na sua faculdade ainda não existe estes recursos, que são mais comuns nas públicas, procure estágios extra curriculares, não fique parado. Poucos são os estudantes que são corajosos de passarem férias escolar em estágio.

Direcione suas metas de estudo e vai estagiando em diferentes áreas de conhecimento do curso que você está fazendo.

Com muita busca e metas a atingir, você terá mais chance de no dia de sua formatura estar a um passo de seu primeiro emprego. Para que após sua formatura você não seja mais um problema social para a nação.

UMA MORTE EM MISSÃO - ZILDA ARNS

quinta-feira, janeiro 14th, 2010
Dra. Zilda Arns com agentes da Pastoral da Criança

Dra. Zilda Arns com agentes da Pastoral da Criança

Ao receber a notícia da morte da Dra. Zilda Arns, fundadora da Pastoral da Criança no Brasil, fiquei entristecido. Tenho certeza que todos aqueles que tiveram contato pessoal com ela ou atuaram em algum projeto liderado pela Pastoral da Criança, ficaram também entristecidos.

À noite, com mais detalhes do terremoto no Hait, começamos a pensar sobre a morte. minha querida cunhada Isa disse – “quem dera quando chegar a minha morte eu esteja em missão como a Dra. Zilda.” Achamos este comentário valioso, tendo em vista a perspectiva Cristâ do serviço. Neste sentido, a Dra.  Zilda conseguiu mostrar com seu textemunho durante toda a sua vida.  Ela estava em missão no Hait, levando a boa nova da Pastoral da Criança para aquele país cujo as crianças estão sem voz, vez,vida.

A perda para a Pastoral da Criança é imensurável, assim como o Brasil também perde uma porta voz dos empobrecidos, aquela que sempre nos lembrava e lembrava  também aos gestores públicos da existência de crianças em sofrimento pela fome e abandono.

A Morte da Dra. Zilda Airns, leva-nos a ver na morte um sinal. O sinal de quando a morte chegar, estejamos vigilantes. Para Zilda, estar vigilante era estar em serviço.

Em serviço, não morremos. Simplesmente continuamos, passamos para uma nova vida. Com a diferença que deixamos o legado das obras construidas.

No caso da história da Dra. Zilda, não veremos prédios construidos, mas sim pessoas reerguidas; crianças salvas; famílias reconstruidas; esperança anunciada; justiça tornando-se sinônimo da paz.

OBRIGADO ZILDA ARNS

FIDELIDADE AOS AMIGOS

sábado, janeiro 9th, 2010

O  conceito fidelidade anda meio desgastado nos últimos tempos. Parece que a fidelidade passou a ser sinônimo de  coisa antiquada.

As pessoas estão se separando no casamento, muitos por infidelidade ao parceiro(a); outros por infidelidade aos pactos estabelecidos no início de um casamento. Há os que deixam de ser amigo de uma hora para outra, só por que o amigo deixou de fazer algo ou não deu aquela atenção devida. Empresas trocam de funcionários como pessoas trocam de roupas, dificultando a construção da carreira profissional, daí a troca por novas empresas também por parte dos funcionários cresce.

Mas fidelizar é uma das formas mais eficazes de construir estabilidade na vida. A fidelização é a marca de pessoas estáveis. Isto podemos ver nos vínculos conjugais, empresariais, sociais e até entre visinhos.

Uma das formas de medirmos a capacidade de uma pessoa ser fiel, é pelo número de amigos que consegue cultivar desde a infância. Aqueles amigos que brincavam na rua quando criança, depois trilharam etapas educacionais juntos e na vida adulta conseguem partilhar experiências e vibram com o sucesso do outro – o amigo -.

Nestes dias, em que estou de férias, escolhi ver e rever amigos de longa data de caminhada. Envolvi meus filhos nesta empreitada e o resultado é maravilhoso, eles entram na minha história pelos amigos que vamos encontrando. E vou revitalizando minha existência em cada amigo que abraço, que troco informações do cotidiano presente.

A fidelidade aos amigos nos dá a sensação de vida longa, do ontem e do hoje, com ampla perspectiva para o amanhã

DIÁRIO DE BORDO V - CONSELHO ESTADUAL DE LEIGOS (CNLB-SUL I)

sexta-feira, janeiro 8th, 2010
Samuel,Davi, Maria Celina Zoneide, Lgia,João Paulo (em pé); Eu, Helder,Zezinho, Cristiane

Samuel,Davi, Maria Celina Zoneide, Lígia,João Paulo (em pé); Eu, Helder,Zezinho, Cristiane

Hoje tive a honra de entrar em contato com os amigos de Assis/SP, na família de Zezinho do Pulo e sua esposa Zoneide, com os filhos Cristiane, Lígia e  o seu noivo Marcel e João Paulo.

Em 1985 cheguei até a residência de Zezinho para articular o grupo pró-participação polular na constituição. Muitos trabalhos realizamos juntos, inclusive representávamos a Diocese de Assis no Conselho Regional de Leigos Sul I da CNBB. O Zezinho quem organizou meu casamento em 19 de janeiro de 1991, tendo sido nossos padrinhos ele e a sua esposa.

Minha grande felicidade foi de verificar que o Zezinho do Pulo, como carinhosamente ele é chamado no Estado, por conta de sua sanfona musicada, é o coordenador da sub-região Pastoral de Botucatu ( oito Dioceses) da organização dos Cristãos Leigos. Movimento na Igreja Católica que se fortaleceu após a Enciclica “Cristifidelis Laicis” do Papa João Paulo II.

Reencontrar os amigos e ver que estão fiéis aos ideais pela qual nos unimos desde o início da amizade, é uma imensa gratificação para a alma.

Como já disse Bertold Brech: “há homens que são lutadores por um momento, estes são importantes; há homens que são lutadores a vida toda, estes são imprescindíveis…”.

Os nossos padrinhos de casamento Zoneide e Zezinho, são imprescindíveis para a sociedade, e para nossa vida matrimonial.

Subscribe to RSS feed