Archive for outubro, 2010

Quando um filho faz 18 anos

quarta-feira, outubro 27th, 2010
No monte Pascal 12/10 - Bahia. Junto com Samuel.

No monte Pascal 12/10 - Bahia. Junto com Samuel.

A emoção bate a alma.

Chegou, e está só no começo.

Mas conseguiu, conseguimos.

Neste dia 28/10/2010, nosso querido filho Samuel Iauany completa seus 18 anos. Desejado, planejado.

Agora deixa a condição de simplesmente filho e passa a ter uma relação conosco de amigo. Um filho amigo.

Hoje somos leitores e trocamos livros. Falamos de política e debatemos idéias. Trocamos sonhos e sonhamos juntos. Sua liberdade é o reflexo de um processo educacional que foi trilhado na liberdade.

Se a sociedade diz que filho é problema, principalmente nesta idade, em Samuel podemos afirmar que esta idéia é para os pais fracassados. Pois temos a felicidade de celebrar esta data com alegria de ver um jovem que possui visão de futuro, que é forte nas suas buscas e que diante de seus limites, para pra trocar uma idéia pedindo ajuda.

Mas bom mesmo é ter um filho que aos 18 anos podemos pedir ajuda, orientação, quando também a nós como pais falta chão.

Dedico este dia a você Samuel, e agradeço a Deus pela alegria de ter nos oferecido a oportunidade de sermos pais de um homem que com certeza ajudará na construção do Reino Dele aqui na terra. Melhor ainda, podemos celebrar juntos como Irmãos de Fé, pois hoje você é um jovem movido pela ação do Espírito Santo. Agora somos também parceiros na caminhada Cristã.

Mãe preocupada com a homossexualidade do filho - o que fazer?

sábado, outubro 23rd, 2010

No programa Trocando Idéias da T.V. Canção Nova, Gerson Abarca ajuda mãe a pensar sobre a homossexualidade do filho:

Sobre pratica esportiva de filho

sexta-feira, outubro 22nd, 2010

Gerson Abarca responde no programa Trocando idéias a pergunta de mãe angustiada com a escolha do filho sobre prática esportiva:

Sobre cura espiritual X cura emocional

sexta-feira, outubro 22nd, 2010

Mania de sandálias - uma tendência feminina

sexta-feira, outubro 22nd, 2010

Nesta semana, por ocasião do aniversário de minha esposa, fui a uma loja de calçados para presenteá-la. No momento, fiquei observando o quanto a loja estava cheia de mulheres, e em outras lojas que passei também. E olha que era segunda feira.

Isto despertou em mim uma forte curiosidade, a de procurar entender o motivo pelo qual muitas mulheres gostam de acumular sandálias. Pensei por vários ângulos, primeiro na ótica dos homens ao olharem as mulheres, geralmente os homens observam outras coisas na mulher, e outras partes do corpo que não seja os pés; depois pensei na possibilidade de as sandálias deixarem as mulheres com um andar mais elegante, mas no fundo o atrativo masculino para o corpo de mulher ainda não é sandálias em si; depois pensei na possibilidade das sandálias serem tão psicodélicas que isto atrairia o olhar masculino; mas olhando mulheres andar nas ruas, as sandálias viram um pequeno detalhe; no final, conclui que as mulheres de fato não estão preocupadas em usarem sandálias para que os homens as vejam, mas sim por que elas possuem uma boa identificação com sandálias, é um elemento pessoal de fetiche delas.

Mas ainda faltava-me uma identificação mais elaborada com esta questão, assim fui buscar nos meus autos de pesquisa dentre centenas de mulheres que já analisei ao longo de vinte anos ( 90% da minha demanda analítica é de mulheres), cheguei a um elemento de elaboração:

As sandálias representam o vestir daquele que representa a sustentação da mulher, os pés ( na perspectiva de corpo), e consequentemente é o elemento de suporte para o caminhar da mulher (das buscas e sonhos). Pude observar em análise, que mulheres com sintomas bem definidos de transtornos comportamentais tendem a acumular muitas sandálias em casa. Já tive pacientes que me narravam ter mais de 500 sandálias. Parece que, dentro de uma dimensão mais interpretativa, as sandálias vira obsessão para uma mulher na medida que ela está sem rumo ou falta perspectivas na sua vida pessoal, profissional, ou mesmo se estiver bem sucedida profissionalmente, ainda sente-se vazia com seu próprio eu, ou mesmo apegada ou enraizada em si mesma.

São muitas as possibilidades, e gostaria que você que lê este texto neste momento, deixasse sua opinião no campo comentário:

Parabéns queridos e estimados Professores*

sexta-feira, outubro 15th, 2010

Queridos Professores,

Neste dia 15 de outubro, passei com imagens de Professores que me ajudaram a ser o que sou. Mas Professores mesmo. Categoria.

A primeira que veio a mente foi a Madalena da Escola Cândido Rodrigues da cidade de São José do Rio Pardo-SP, onde nasci. Ela com seu lindo e cumprido cabelos deixou-me apaixonado pelo desejo de ir à escola e estudar na pré-escola, até levava flores para ela. Sabe de um segredo? Ela ensinou-me a escovar os dentes, e até hoje penso nela, quando escovo os dentes. Sabe por quê? Ah! Ela dizia que escovar os dentes era tão bom quanto beber um refrigerante. Como meus pais não podiam pagar refrigerantes para eu levar à escola, então escovava os dentes pensando no refrigerante. Como ela sabia disto?

Depois, teve aquela professora Sara que me chamou de magricela, mas quando tirei 10 em matemática, ela disse que esta magricela era muito rapidinho para calcular. Mas repeti a quinta série por causa do português. A Dona Odete, uma professora muito séria, deixava-me encabulado, eu tinha medo dela. Imagine você um menino franzino diante de uma professora com cara de brava. Dona Odete ficava furioso comigo, tirava sempre 5 nas redações, porque era bom de idéias e péssimo na ortografia. Mas não deu pé, porque o português nas escolas parece coisa de “português mesmo”, desculpe o trocadilho. Na hora das provas gramaticais eu só tirava zero. Aí não teve jeito, repeti mesmo.

Bom mesmo foi o Professor Bagody, de matemática. Ele dava aula para ele mesmo. Mas , “caramba!”(termo paulistano),a gente aprendia. Acho que é porque eu já tinha facilidade com matemática. Sabe, o Professor Bagody tinha um método disciplinar fantástico, ele dava pontos positivos e negativos por comportamento na sala de aula. Mas era na hora do fato. Teve um bimestre que eu ficaria com nota 10, mas no final fiquei com 2. Ele conseguiu mostrar-me que os meus pontos negativos por agitações em sala de aula, transformou minha média em um desespero. Pergunte para mim se depois deste resultado eu voltei a fazer bagunça em sala de aula.

O pior ( ou melhor), é que depois que me formei em Psicologia, fui contratado para apagar fogo em uma turma de sexta série( dos hormônios pululantes), e descobri em uma pesquisa diagnóstica, que o professor querido dos alunos era um jovem( o mais jovem dos professores daquela escola), usava o mesmo método do Professor Bagody. Os demais professores com problemas com a turma, não usavam métodos tradicionais porque a escola era particular e tinham medo dos pais não aprovarem coisas tradicionais.

Sabe de uma coisa, recentemente tenho sido convidado a ministrar aulas em cursos de Pós- graduações, e teve dias em que ministrei aulas o dia inteiro. Cara, fiquei um “bagaço”. Conclui uma coisa: ser professor não é mole não.

Se eu fosse Ministro da Educação, lutaria para que o salário de um professor fosse o mais elevado de todas as profissões da Nação brasileira. Afinal de contas, todo cidadão passou pelas mãos de um Professor. Sem dúvida, não somos muito sem um bom Professor.

Agora, cá entre nós, Professor é categoria. Por isto, professor sério tem que sindicalizar-se. Tudo bem que o presidenciável José Serra “demoniza” o sindicato dos Professores de São Paulo. Mas convenhamos, para que o salário de Professores esteja no patamar do melhor salário do país, é só com muita luta corporativista, sim!. Ainda bem que neste ponto a Dilma ( também presidenciável), acredita que antes de se avaliar capacidades de Professor, é necessário potencializá-los para tal, por isto o aumento da quantidade e expansão das Universidades Federais no Governo Lula. Sabe! Um o Professor Universitário Dr. Marcelo Barreto da UFES- Extensão São Mateus-ES disse-me que os Professores das Universidade Públicas hoje, estão ganhando mais do que os das faculdades particulares, isto porque ele ministrou aulas em faculdade particular por muitos anos. Sinal de que há mudanças na forma de ver o Professor.

Caros e nobres Professores, palavras não conseguirão expressar o quando estimo vocês.

Sou o que sou hoje, porque vocês me ajudaram a ser o que sou.

Parabéns e muito obrigado

* Dedico este artigo especialmente ao Professor Marcos Correa, Professor de Geografia pela rede pública de ensino estadual na cidade de Ourinhos-SP

Estamos na final do top blog - área saúde- viva!!

quinta-feira, outubro 14th, 2010

O Paulinho Moraes, nosso salva vidas de T.I. da Canção Nova, aquele cara que sempre está disposto a resolver os pepinos para blogueiro como eu que não sou da geração digital, anunciou via twiter que este blog estaria entre os mais votados da primeira faze do Top blog. Fiquei meio sem acreditar, mas fui verificar e realmente estou lá, entre os finalistas para o segundo turno do Top blog.

Fiquei muito feliz, principalmente por ver que dentre os 100 blogs da categoria saúde, muitos são blogs que indico por ter a prática de visitá-los com frequência.

Agora,   vote novamente neste blog, para mantermos presença dentre os mais votados. Afinal de contas, vale a pena lutar por aquilo que fazemos voluntariamente e com o compromisso de verdade para com os leitores.

O valor de sermos um blog sério e comprometido com uma comunicação on-line ética, é um forte elemento para você votar neste blog.

Vote também nos outros blogs do site da Canção Nova. Dentre as várias categorias do Top blog, fiquei muito feliz de ver vários blogs da Canção Nova dentre os 100 finalistas

Itacaré-BA , um paraíso no Brasil. Turismo aquecido. Muitos estrangeiros.

quarta-feira, outubro 13th, 2010

Estive na cidade de Itacare-Ba com meus filhos Samuel e Davi. Eles queriam conhecer uma praia badalada para surfistas de todo o Brasil, pois estão praticando este esporte, em fase inicial.

Fiquei encantado, pois há pacote turístico para pelo menos 15 dias. Uma praia mais bela que a outra, com a diferença de todas darem para a floresta nativa ( mata atlântica) . Ficamos na praia de Tiririca, onde parece que os surfistas mas são atraídos.Na foto ao lado, o Samuel consegue pegar uma onda na praia de Tiririca.

Vale a pena conferir, para quem vem do sudeste, vai por Ilhéus – Ba pela BR101, e pega a “linha verde”, uma estrada ecológica que

liga Ilhéus à Salvador-Ba. Só esta estrada é magnífica, nela podemos ver que empreendimentos turísticos com preservação ambiental é possível.

Veja algumas fotos:

Samuel e Davi em Itacaré-Ba

Samuel e Davi em Itacaré-Ba

Praia de Tiririca - Itacaré-Ba

Praia de Tiririca - Itacaré-Ba

Estar a serviço, como Maria

terça-feira, outubro 12th, 2010

Neste dia de Nossa Senhora de Aparecida, o Evangelho nos lembra a bodas de Caná ( João 2,1-11), onde ao faltar vinho Maria lembra  a Jesus como que querendo lembrar ao Filho de seu poder, mas jesus lembra-na que ainda não era chegada a sua hora. Esta necessidade de Maria em estar a serviço, para que os noivos não fossem ridicularizados diante dos convidados, e ao mesmo tempo a abertura de diálogo com Jesus, em uma relação de maturidade, de um filho que vê em sua mãe uma mulher, e de uma mãe que vê em seu filho um homem, capaz sim de realizar milagres.

Celebrar o dia da padroeira do Brasil, é lembrar que mais do que um símbolo religioso em torno de Nossa Senhora, temos um modelo de mulher que serve. Um exemplo a todos que desejam estar disponíveis para o serviço  à vida.

Hipinose é uma técnica ultrapassada

quarta-feira, outubro 6th, 2010

Participação no programa Trocando Idéias da Tv Canção Nova

Tema: Estresse

Participação: Felipe Aquino

Subscribe to RSS feed