Archive for maio, 2011

Noite Literária em escola, enaltece o livro

sábado, maio 28th, 2011


O meu filho Hélder Manacô recebe o autografo da Escritora Neusa Jordem Possatti

Nesta sexta feira, dia 27/05, aconteceu a “Noite Literária” em comemoração ao dia do livro, na Escola Alternativa da cidade de São Mateus/ES. O evento contou com a participação da Escritora capixaba, a premiadíssima Neusa Jordem Possatti, autora do livro infantil “Ciça”, Ed. Paulinas/SP e também do Psicólogo Gerson Abarca, autor do livro “Sexualidade na contramão”,Ed Paulus/SP. Também a Livraria Conceito de Vitória-ES fez exposição de livros, onde os alunos puderam levar seus pais para comprarem as indicaçães da escola, e a escola Clarim de Música apresentou jovens talentos no piano, que são alunos na escola Alternativa.

A coordenadora do evento bibliotecária Marly, vem inovando dentro da escola Alternativa com a integração da biblioteca da escola nas diferentes disciplinas dos alunos em sala de aula.Uma boa iniciativa , tendo em vista que em muitas escolas a biblioteca mais parece deposito empoeirado.

Gerson Abarca ressaltou que o livro literário é o melhor instrumento de ampliação de conhecimento. Disse que insentiva sua equipe de Psicólogos no Instituto Pensamento a lerem muita literatura, pois isto melhora o potencial de escrita. Para Abarca, as escolas poderiam assumir a meta de se transformarem no grande centro para transformação da cultura de leitores no Brasil. “Se as escolas tivessem como projeto pedagógico a exigência de os alunos lerem pelo menos dois livros por mês, inculindo as férias, em um  ano,  cada aluno teria lido 24 livros, e estaríamos chegando aos índices de leitura de alguns países Europeus”, afirma Abarca.

Gerson Abarca e Neusa Jordem Possatti

Estaremos no Acampamento de namorados da Canção Nova

segunda-feira, maio 23rd, 2011

Cunha/SP, uma cidade bem cuidada.

segunda-feira, maio 23rd, 2011

Cidade de Cunha-SP

Estive na cidade de Cunha/SP, nos dias 12 e 13 de maio por ocasião do evento “Emflora em Ação” ( Empresa prestadora de serviços do ramo silvicultura na região de Taubaté S/P). Na oportunidade proferi uma palestra sobre o Bullying para pais e professores de diferentes escolas do município.

Uma das coisas que mais me chamou a atenção foi o cuidado com a urbanidade daquele município. Além de terem o patrimônio histórico do centro da cidade vitalizado.

Ao conversar com os professores e pais, enfatizei a idéia que cidades como esta, favorecem para o projeto não bullying, pois colaboram para o bem estar dos cidadãos e trás auto estima positiva.

Sabemos o quanto é difícil vermos cidades no Brasil onde a administração pública gesta a urbanidade com carinho, cuidando dos detalhes das praças, da coleta do lixo, e mantendo as ruas limpas. Outro aspecto que dificilmente vemos nas cidades de interior e pequenas como Cunha, é o espaço cultural. Lá, o evento aconteceu no anfiteatro municipal com belíssima estrutura.

Vale a pena visitar Cunha. Fica no Vale do Paraíba, como quem segue à Parati-RJ.

Confira mais sobre o Emflora em ação no site www.emflora.com.br



Bullying, imagem que fala.com e pronto

sábado, maio 7th, 2011

http://youtu.be/ETz4C_U0Loc

O cachorro e o homem

sábado, maio 7th, 2011

Para não dizer que não falei das MÃES

sexta-feira, maio 6th, 2011

Houve um tempo em que ficava muito mal humorado com as comemorações do dia das mães. Sempre olhava pelo senso crítico da exploração comercial deste dia. O comércio faturando e as mães sendo enganadas. Um presentinho, beijinhos e depois novamente escrava dos filhos.

Nas escolas em que assessorava, cheguei até a indicar que não fizessem festas com teatrinhos melodramáticos, pois sempre acontecia uma choradeira daqueles que as mães, por causa de trabalho, não podiam comparecer na escola, ai os filhinhos desabavam em choro, e no trabalho as mães se torturavam se condenando por não poderem estar presentes.

E aqueles filhos adotivos, daquelas adoções realizadas sem critérios, os conflitos existenciais apareciam…Onde está minha verdadeira mãe!!.

Pasmem, já cheguei até a usar uma frase do Psiquiatra José Ângelo Gaiarça em uma palestra  no dia das mães: “Se toda mãe fosse boa não haveria doente mental”. Com certeza deixei muita mãe triste naquela noite.

Mas, com meus três filhos crescendo, fui observando o valor que eles depositam no dia das mães. E depois fui me tocar que eu também adorava ligar para minha mãe Aurora desejando-lhe um feliz dia das mães. Ela ficava toda derretida de emoção.

Agora, se o dia é explorado ou não pelo comércio, que assim seja. Afinal de contas muita cidade deste país vive do comércio. E a vida é para ser festejada, e presente é para retribuir em  agradecimento.

Mãe é realmente um ser fundamental para a existência da saúde emocional. É dela sim a maior força de energia psíquica que move uma criança durante todos os anos da infância de uma pessoa. É pela “maternagem” ( capacidade de cuidar e proteger com afeto segundo Winnicott), que chegamos à vida adulta com potencial para amar.

Vamos celebrar com muita alegria o dia das mães. Afinal de contas, todo ser humano teve seu primeiro ninho no útero de uma mulher.

Subscribe to RSS feed