Posts Tagged ‘religiao’

O deus Marcus, um face que adoramos?

sábado, novembro 26th, 2011

Você acredita que estamos evangelizando pela net ou é a net que está convertendo-nos? Gostaria de saber qual é a sua opinião. Escreva seu comentário, Obrigado! :

Maria Celina e Gerson Abarca na Canção Nova de Curitiba.

domingo, novembro 6th, 2011

Veja o chamado de Maria Celina e Gerson Abarca para o encontro de jovens na canção Nova de Curitiba, dias 19 e 20 de novembro 2011. Tema: Jovens Sarados:

Nossa Senhora, a face materna de Deus. Um olhar psicanalítico.

quarta-feira, outubro 12th, 2011

Neste dia 12 de outubro de 2011, ao celebrarmos a Padroeira do Brasil e o dia das crianças, veio-me a necessidade de elaborar um pensamento a partir da Psicanálise.

Primeiramente gostaria de remetê-lo a entender a possível relação entre Psicanálise e Religião. Sigmund Freud, em 1900, trás um novo olhar para a psicologia da época, que até então estava vinculada a aspectos comportamentais e biológicos. Remete a construção de um método para a psicologia de caráter filosófico e interpretativo, quando elabora o conceito do inconsciente. Freud, um Judeu de tradição familiar, ao ver o ser humano com potencialidades para construir ou destruir a própria histórias, começa a pensar também sobre o judaísmo e interpretá-lo. Por isso que muita gente imagina que Freud é um sujeito sem religião, o que é um equívoco, pois simplesmente ele começou a pensar sobre a prática religiosa e sua interlocução com o inconsciente. Desta forma elabora pensamentos que o leva ao confronto histórico com sua própria religião e a religião de todos.

No seu texto “Mal estar na civilização”, Freud chega a descrever em conversa com um líder religioso, seu amigo, que entende a existência de pessoas com um “sentimento oceânico”, pessoas com necessidade interna de se relacionar com um ser superior. Daí a grande polêmica, pois Freud trás a possibilidade de que Deus é uma necessidade e por isso uma invenção humana. Para os religiosos que precisam se apegar ao pé da letra, como se a letra tivesse pé, Freud estaria cometendo uma grande heresia.

No entanto, com minha prática religiosa antes mesmo de conhecer a Freud, consegui ver nesta possibilidade do “sentimento oceânico” uma forte brecha para entrar na teoria de Freud e a partir dela construir referenciais técnicos para atuar como Psicólogo, na forma que nomino de “Psicanálise Contextualizada”, prática esta que desenvolvo pelo Instituto Pensamento há 20 anos e consigo sem nenhum constrangimento falar de religião com instrumentos da psicanálise. Aprendi a fazer isto com facilidade através também dos estudos  de Dalton, uma Psicanalista francesa.

Neste sentido, o dia de hoje carrega a forte simbologia da necessidade do vínculo afetivo materno de todo ser humano que crê na pessoa de Nossa Senhora. No caso do Brasil, todos os brasileiros que de alguma forma cultuam Nossa Senhora de Aparecida, uma imagem que apareceu no Rio Paraíba região do vale do Paraíba de São Paulo para pescadores e que transformou seus corações e vem transformando até hoje o de milhões de pessoas.

Somos estruturados como pessoas e construímos nosso caráter e capacidade para amar a partir de vínculos vivenciados ao longo de nossa infância. Nossa Senhora é a possibilidade de vermos restabelecer todas as possibilidades de perdas de vínculos, as lacunas emocionais de nosso existir, pela fé e prática religiosa. Por isso que a fé atribuída à Nossa Senhora remove os corações dos que assim se colocam, com esperança, paz e serenidade. Para uns são as necessidades materiais não resolvidas no passado e que serão solicitadas nas intermediações junto à Nossa Senhora, para outros os buracos afetivos que ao remeter orações a Nossa Senhora trará consolo e satisfação emocional. Outros mais carentes por laços rompidos de forma cruel à pessoa de que se fez mãe na infância poderão se apegar de forma fanática a Nossa Senhora ou quem sabe fugir da possibilidade de existir uma Nossa Senhora.  Um amigo dizia que não conseguia crer em Nossa Senhora por que o vínculo que havia estabelecido com a sua própria mãe foi cruel.

Enfim, a religião e a fé em Nossa Senhora remete-nos a possibilidade de construirmos afetivamente lacunas que nossa história deixou. Por isso mesmo que religião nunca deixará de ter força entre a humanidade.

ORAÇÂO

Nossa Senhora de Aparecida, cubra-me com seu manto e proteja-me de todos os pensamentos negativos. Acolha minhas carências e transforme minhas dificuldades pessoais em serviços de solidariedade aos mais necessitados, como foi seu propósito ao se manifestar no território brasileiro, quando milhares de negros precisavam ser livres das correntes da escravidão.

A Trindade como referência de uma relação madura entre pai e filho.

sábado, agosto 13th, 2011

O Pai se fez carne e habitou entre nós (Jo 1) . De Pai torna-se Filho, e ficam dois em um. Nesta relação de vínculo um terceiro se faz, que é a lucidez, o Espírito Santo.

Na Trindade Santa podemos ter a convivência de papéis diferentes que se relacionam em um patamar de igualdade. Pai, Filho e Espírito Santo.

Neste dia dos pais veio-me esta analogia para identificar a saudável relação de filhos adultos com seus pais. Os papeis diferenciados mas em um mesmo posicionamento de igualdade. De adulto para adulto pode nascer um relacionamento de amizade. Dissolve-se a dependência e estabelece a parceria. Assim, o pai deixa de ser o pai enquanto função, e o filho deixa seu papel de subordinado. Estabelecem trocas.

Feliz do filho que ao celebrar o dia dos pais esteja celebrando o dia de um de seus melhores amigos, quem sabe o maior de todos os amigos. Neste dia, os sentimentos são de alegria, jubilo, agradecimento, saudade. Do contrário, quando o filho ainda é filho mesmo tendo crescido e o pai ainda é o pai que domina com medo de perder sua posição, amargarão o dia dos pais como um dia de angústia.

Na fé acontece algo semelhante. Quando nos relacionamos com Deus na condição de filhos imaturos, só queremos pedir, sem muito a oferecer. Vemos deus como um Pai punitivo, que muitas vezes nos escondemos Dele, principalmente quando acreditamos estar no erro. Uma fé infrutífera. Mas se nossa relação com deus se dá na condição de adulto para adulto, faremos compromissos e parcerias, tornamo-nos missionários em construção do Reino. Somos parceiros. Fazemos acontecer o mistério da Santíssima Trindade, onde tornamo-nos um com o Pai sob a luz ( que é a maturidade das relações) o Espírito Santo.

Hoje é dia São Benedito. Pelo menos, em muitos municípios do Brasil.

segunda-feira, dezembro 27th, 2010

No calendário Litúrgico Católico, hoje é dia de São João Evangelista. Mas em muitos municípios brasileiros comemora-se São Benetito.

Na cidade de São Mateus-ES, é feriado municipal por conta de São Benedito. E a Paróquia encerra a novena com Missa campal, procissão e show com Frei Zeca. Espera-se uma multidão devotos de São Benedito. Como a cidade possui uma população de aproximadamente 80% de afro descendentes, a devoção pelo Santo Negro é intensa.

São Benedito atrae muitos fiéis por seu exemplo de humildade. Sua evangelização etá no serviço. Ele carrega no colo o Menino Jesus, como simbologia de sua posiçao de estar a serviço. Ensina-nos a ver em cada nascituro um ser que deve ser cuidado. É a defesa da vida no início dela. O cuidado nos tratos culturais a um bebê. Por isto mesmo, após o natal, celebra-se São Benedito, aquele que cuida do Menino Jesus.

Cuidemos nós também de todos os meninos de colo que nasceram. Deles é a garantia de nossa existência no planeta. Nas crianças temos o real sentido da fé Cristã.

Veja parte de uma das celebrações da novena de São Benedito, realizada pela Paróquia de São Mateus-ES, presidida pelo Bispo Diocesano Dom Zanoni:

Estaremos no "Minha família é assim" neste feriado - 2/11 às 15:30H

segunda-feira, novembro 1st, 2010

Neste feriado de finados, estaremos falando da vida no “minha família é assim”. A entrevista com o Presbitero Nelsinho e sua esposa Marcia está de mais. Vale a pena conferir. Nossa conversa será em torno da vida em família. No dia de pensarmos nos mortos, nada melhor que falar da vida.

Não perca, nesta terça feira as 15:30H pela TV Canção Nova:

Gersomn e Maria Celina no Minha Família é Assim, na TV Canção Nova

Gerson e Maria Celina no Minha Família é Assim, na TV Canção Nova

Quando um filho faz 18 anos

quarta-feira, outubro 27th, 2010
No monte Pascal 12/10 - Bahia. Junto com Samuel.

No monte Pascal 12/10 - Bahia. Junto com Samuel.

A emoção bate a alma.

Chegou, e está só no começo.

Mas conseguiu, conseguimos.

Neste dia 28/10/2010, nosso querido filho Samuel Iauany completa seus 18 anos. Desejado, planejado.

Agora deixa a condição de simplesmente filho e passa a ter uma relação conosco de amigo. Um filho amigo.

Hoje somos leitores e trocamos livros. Falamos de política e debatemos idéias. Trocamos sonhos e sonhamos juntos. Sua liberdade é o reflexo de um processo educacional que foi trilhado na liberdade.

Se a sociedade diz que filho é problema, principalmente nesta idade, em Samuel podemos afirmar que esta idéia é para os pais fracassados. Pois temos a felicidade de celebrar esta data com alegria de ver um jovem que possui visão de futuro, que é forte nas suas buscas e que diante de seus limites, para pra trocar uma idéia pedindo ajuda.

Mas bom mesmo é ter um filho que aos 18 anos podemos pedir ajuda, orientação, quando também a nós como pais falta chão.

Dedico este dia a você Samuel, e agradeço a Deus pela alegria de ter nos oferecido a oportunidade de sermos pais de um homem que com certeza ajudará na construção do Reino Dele aqui na terra. Melhor ainda, podemos celebrar juntos como Irmãos de Fé, pois hoje você é um jovem movido pela ação do Espírito Santo. Agora somos também parceiros na caminhada Cristã.

Mãe preocupada com a homossexualidade do filho - o que fazer?

sábado, outubro 23rd, 2010

No programa Trocando Idéias da T.V. Canção Nova, Gerson Abarca ajuda mãe a pensar sobre a homossexualidade do filho:

Sobre cura espiritual X cura emocional

sexta-feira, outubro 22nd, 2010

Estar a serviço, como Maria

terça-feira, outubro 12th, 2010

Neste dia de Nossa Senhora de Aparecida, o Evangelho nos lembra a bodas de Caná ( João 2,1-11), onde ao faltar vinho Maria lembra  a Jesus como que querendo lembrar ao Filho de seu poder, mas jesus lembra-na que ainda não era chegada a sua hora. Esta necessidade de Maria em estar a serviço, para que os noivos não fossem ridicularizados diante dos convidados, e ao mesmo tempo a abertura de diálogo com Jesus, em uma relação de maturidade, de um filho que vê em sua mãe uma mulher, e de uma mãe que vê em seu filho um homem, capaz sim de realizar milagres.

Celebrar o dia da padroeira do Brasil, é lembrar que mais do que um símbolo religioso em torno de Nossa Senhora, temos um modelo de mulher que serve. Um exemplo a todos que desejam estar disponíveis para o serviço  à vida.

Subscribe to RSS feed