Print Friendly

Homilia do Padre Aluísio Ricardo: A santidade do Senhor envolve nossa fragilidade

O Senhor reina de tal forma que nossa vida vai ficando moldada por Ele. Nesses 50 dias de adoração, nós realmente constatamos que  ELE REINA. Jesus reina, Jesus é Rei, Jesus é Rei na minha e na sua vida.

Reze com o salmo que diz: “REINA O SENHOR, REVESTIU-SE DE ESPLENDOR”! É assim que nós queremos celebrar o Deus Imenso. Ele quer revestir-nos também do esplendor da Sua glória, da Sua santidade. A santidade do Senhor nada mais é do que servir.

[ + FOTOS deste grande evento no fb.com/CNQueluz ]

Nós aprendemos, nesses 50 dias, que a santidade do Senhor envolve a nossa fragilidade e que, o nosso corpo frágil e limitado, não resiste à potência da ressurreição diante de nós. De forma que nossas forças estão Nele e não mais em nós.

É uma escola de fé adorar ao Senhor. E quem quer ser aprendiz deve saber que o que você aprende do Senhor você deve ensinar aos outros. Na adoração aprendemos muito com o Senhor e precisamos transmitir aos outros.

Nesses 50 dias nós estávamos no monte e contemplamos a glória de Deus. E muitos se uniram a nós nesse período e constataram que Deus Imenso nos ensina, silenciosamente, duas importantes coisas da nossa vida: estar diante Dele e voltar para o povo com aquilo que de Deus colhemos.

[ + ÁUDIO desta homilia e oração de clamor ]

A liturgia de hoje nos convida à oração. Precisamos saber que não dá para separar a oração da fé. Quando se reza sem fé, nada acontece e não tem como ter fé sem oração. Por isso oração e fé andam juntas! E nós andamos num mundo onde a fé está em crise, está abalada. Quantos de nós está como o homem do Evangelho que diz: Senhor, eu tenho fé, mas ajuda-me!

Com a oração aprendemos a enxergar com o olhar espiritual. Quem não enxerga com o olhar espiritual só vê que nada vai bem e que não há no que crer. Mas quem está com o olhar aberto da alma, renova suas forças porque sabe que a esperança está no coração.

Todas as mudanças que o homem tenta provocar no mundo não se compara ao poder que a oração levanta no mundo e que transforma todas as coisas. O lugar onde nós descobrimos como está a nossa fé é diante de Jesus sacramentado.


[ Oração com padre Edimilson encerrando a homilia ]

Quando o Senhor subiu ao céu, os discípulos ficaram admirados olhando com saudade o Senhor que se foi. E hoje, todos nós da casa de Maria já estamos com saudade do Deus Imenso que “se vai” para que o Seu Espírito permaneça conosco.

Tudo o que temos se submete à Deus. A Sabedoria está nisso: dobrarmos nosso joelho diante de Deus e reconhecermos a SUA GRANDEZA. E, conhecendo a sua grandeza, reconhecermos a nossa pequenez. Com isso, acreditamos que Deus é fiel e que Ele não rompe com a Sua fidelidade. E a nossa resposta não pode ser outra a não ser sermos fiéis a esse Deus.

Precisamos aderir a Jesus e a sua palavra, porque sabemos que diante de Deus iremos encontrar a resposta. Ele não se detém a sua natureza, mas almeja algo que é sobrenatural. Adorar ao Senhor nos faz almejar o sobrenatural, às coisas do céu.

Nós podemos entender que a sabedoria do Senhor está em toda a criação e podemos resumi-la em uma palavra: FÉ. É preciso orar a Deus “Senhor, eu tenho fé, mas aumente-a porque não é possível que eu viva apenas pela razão”.

É o tempo da fé. É o tempo de voltarmos o nosso olhar e todo nosso ser a Deus. Orar a Deus faz bem para a alma. Quem reza fica sempre bem, ainda que fiquemos tristes, abatidos, angustiados, rezar nos faz bem.

As nossas ações só serão fecundas se buscarmos a eficácia na oração! Do contrário, ficamos frustrados e cansados. A oração é o que move todas as coisas, todas as situações. Não adianta querer fazer tudo se o teu coração não está na oração, pois fazer muito sem oração e como trabalhar e viver na ausência da vida.

De tal forma a vida fraterna, a vida familiar: se não for com oração, o seu amor é fraco demais. A fonte para salvar a sua vida familiar, a sua vida fraterna é amar Aquele que nos amou primeiro. Antes de você amar qualquer pessoa, ame a Deus.

Se o nosso coração não vibrar pela oração, se essa oração não nos levar a uma busca inquieta por Deus, a nossa vocação corre perigo. O que preenche o coração de um homem e uma mulher não é o que você faz por Deus, mas o quanto você fica na presença Dele. Justamente porque na presença Dele Deus não te deixa “morgando”. Leve para Jesus o seu coração, a sua família que vai mal, as suas lutas… “Senhor, que o meu coração fique Contigo”.

O Santo Padre, no dia do anúncio de seu pontificado, ensinou-nos com seus gestos que a Igreja precisa viver uma experiência profunda e necess`aria. Ao ser anunciado como novo Papa, ele lançou um olhar contemplativo para aquela multidao, pois buscava compreender o que o Espírito precisava lhe comunicar para então nos comunicar. Ao inclinar-se pedindo oração, ele convida homens e mulheres, do mundo inteiro, a unirem-se para fazer uma única prece. Nós precisamos reforçar nossa vida de oração, nossa intimidade com o Senhor. Deus está nos chamando a sermos unidos, homens e mulheres unidos ao coração de Deus para cantarmos uma nova canção.

.

Veja também:

.: ÁUDIO desta homilia e oração de clamor

.: Álbum de FOTOS no fb.com/CNQueluz

.: Deus Imenso: como surgiu essa inspiração

.: Receba em sua casa um Cartão Postal do Deus Imenso

Em caso de dúvidas ligue para (12) 3147-2208 ou envie email para deusimenso@cancaonova.com

.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *