Print Friendly

Para as coisas de Deus oferecemos o nosso melhor!

Segundo o Monsenhor Jonas Abib, “vivendo juntos na Comunidade Canção Nova somos testemunhas da ação de Deus uns nos outros. Vemos a restauração acontecendo. Vemos o progresso, o crescimento, o homem novo desabrochando em cada um”.

Na Canção Nova, as obras novas acontecem no coração de seus membros e transbordam também nos ambientes onde eles vivem. Sendo assim, a Casa de Maria, em Queluz/SP, vive novidades em suas dependências.Jardins da Casa de Maria QueluzCoroando 2013, os jardins, muros e vários detalhes da área externa da casa estão sendo melhorados. “Queremos valorizar as pessoas, oferecendo assim em nossa casa ambientes agradáveis para favorecer encontros pessoais com Deus”, conta a responsável pela casa, Maria Marta Teixeira, ao falar da motivação principal deste projeto.

Com muita gratidão a Deus, para ajudar nesses trabalhos, Mário Saldanha auxilia diretamente. Em 2008 ele viveu uma experiência de transformação pessoal ao viver nesta casa.

fotos do novo jardim[ + Álbum de FOTOS no fb.com/CNQueluz ]

“Fui verdadeiramente acolhido. Vivi um profundo processo de cura, libertação e restauração em toda a minha história de vida”, conta Saldanha. “No tempo que permaneci nesta casa comecei a cuidar do jardim de maneira amadora e simultaneamente vi a minha vocação florescer a cada dia. Gostei da experiência e fiz um curso de Design Floral e Paisagismo em Holambra/SP. Somente 5 anos depois retornei a casa, a convite dos responsáveis, e percebi que tudo o que eu havia plantado nos jardins estava ainda mais bonito. Sendo assim me comprometi de forma profissional e voluntária retomar os cuidados com os jardins de Nossa Senhora, tudo conduzido pela Virgem Maria”.Jardins da Casa de Maria QueluzNosso trabalho é feito em oração. “Sinto que o Espírito Santo nos orienta a fazer ambientes contemplativos, onde as pessoas que passam por esta casa possam perceber o amor de Deus nos detalhes” confidencia o paisagista, que na Casa de Maria se submete como “O jardineiro da Virgem”.

Tudo isso é por que, para as coisas de Deus oferecemos o nosso melhor!

Mario Saldanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *