Print Friendly

Olá, me chamo Josiane tenho 29 anos, sou natural de São Caetano do Sul-SP e estou hoje aqui, para partilhar sobre minha história vocacional.

“Antes de formar-te no seio de tua mãe, eu já te conhecia, antes de saíres do ventre, eu te consagrei e te fiz profeta para as nações. Eu respondi: Ah! Senhor Deus, não sei falar sou uma criança. O Senhor me respondeu: Não digas: Sou uma criança, pois a quantos eu te enviar irás, e tudo o que eu te mandar dizer, dirás. Não tenhas medo deles, pois estou contigo para defender-te .”  Jeremias 1, 5-8

Assim como Jeremias eu fui chamada por Deus a viver em missão muito jovem. Após minha primeira comunhão, quando eu tinha aproximadamente 10 anos, comecei a participar de um movimento da Igreja, chamado “Infância Missionária”, que tem como missão crianças evangelizando crianças. O lema era: “Por todas as crianças do Mundo- sempre unidas”, e foi quando tudo começou, nesta época sentia um desejo enorme de evangelizar as crianças do mundo inteiro, queria que cada uma tivesse a mesma experiência que eu tive do amor de Deus, então com 12 anos comecei a ser animadora da Infância Missionária (é como se fosse catequista) evangelizava as crianças e assim continuei por mais alguns anos, fui crescendo e o meu desejo de levar o outro ao encontro pessoal com Jesus foi crescendo também. Continuei com as crianças, mas fui percebendo a necessidade da evangelização também para os jovens e adultos, e assim comecei a ser catequista do crisma e da catequese de adulto, foi uma experiência rica, mas em meu coração Deus me pedia mais.

Deus me constituiu profeta das nações, só não sabia como se daria isso, pois não me sentia chamada a uma vida religiosa, achava que só poderia servir a Deus na minha paróquia como já fazia ou sendo religiosa. Nessa época não conhecia a Canção Nova, quer dizer até conhecia, mas somente como uma TV Católica, na verdade não conhecia a Comunidade Canção Nova. Fiz a descoberta no grupo de oração (Jovens Sarados) através de um acampamento realizado na Canção Nova em Cachoeira Paulista (SP), quando cheguei lá fiquei admirada com toda a estrutura e Deus me inquietava para conhecer a comunidade, com isso descobri que existia pessoas leigas que dedicam a sua vida integralmente para a salvação das almas, isso era o que eu procurava desde criança mas não entendia.

Li o livro “Vocação: um desafio de Amor”, e decidi me aproximar da comunidade para descobrir o lindo chamado que Deus me fez. E aqui estou no meu 2º ano na comunidade Canção Nova. O que posso garantir para você, é que “Só é feliz quem realiza sua vocação”.

E você já encontrou o seu lugar? Não tenha medo de fazer as descobertas, será um processo lindo.

Josiane Teresinha de Sousa

Comments closed.