Print Friendly

Se você estiver torto, deixe-se endireitar…
Banquinho da Casa de MariaO banquinho da foto acima se encontrava no alto do terreno da Casa de Maria, em Queluz. Não sei se ainda existe, mas sempre me dirigia até ele. O banquinho é realmente nada bonito e torto, mas estava de frente para uma paisagem belíssima, como está na foto abaixo. E o fato desse banquinho torto estar ali, falava muito ao meu coração.
Vista da Casa de Maria em QueluzMorei em nossa casa de Queluz (SP) no ano de 2010, durante o Discipulado, umas das etapas de formação inicial da Canção Nova. E toda vez que procurava um lugar mais isolado, na casa, para rezar, acabava ficando nesse banquinho.

Ao tentar sentar nele, acabava me vendo ali, como aquele banquinho torto. Quantas vezes estou seguindo por caminhos tortos ou então preciso me deixar endireitar, modelar pelo Senhor e apenas tenho uma atitude a tomar: me deixar envolver pela presença de Deus e contemplar a sua beleza e ação em mim, da mesma forma que o banquinho estava para aquela paisagem perfeita!

E assim, buscava retomar o meu caminho e minha entrega ao Senhor porque o problema não está no fato de sermos “tortos”, mas sim no fato de não nos deixarmos tocar pela graça de Deus que tudo quer endireitar em nossas vidas!

O Senhor não espera a nossa perfeição em primeiro lugar, mas um coração que luta, que reconhece sua miséria e, com toda verdade e humildade, sabe que somente um coração pobre é capaz de se envolver pela infinita misericórdia do Senhor! É assim que, consequentemente, conquistamos a santidade e a perfeição!

Morar na Casa de Maria foi justamente isso: um tempo de conhecer quem é a Gracielle aos olhos de Deus e saber que ela não tem nada, não é nada, mas também não tem medo de saber quem é. De primeira, nos sentimos as piores criaturas do mundo, quando nos deparamos com nossas misérias e limites, porém se nos colocamos na nossa posição de humanos que somos e portanto, de limitados, vemos os nossos limites com menos peso porque só Deus é Deus e tem o poder de nos transformar!

Gracielle Canção NovaNão digo que temos que nos acomodar e conformar com nossas misérias, contudo o que o Senhor espera de nós é um coração lutador e disponível que tem a consciência que o único lugar para depositarmos as nossas misérias é em seu Sagrado Coração!

Vamos endireitar nosso banquinho torto?
O Senhor te espera e te ama profundamente!
Que, no dia de hoje e sempre, corramos atrás da Sua Misericórdia!

Um abraço fraterno,

Gracielle Reis
Missionária da Canção Nova na frente de missão de Brasília

.

Post relacionado:

.: Senta um pouco neste banquinho
por Fernando Fantini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *