Dia 08/12/2018 a partir das 8h na Canção Nova São José do Rio Preto estaremos rezando a oração das Mil Ave Marias. Momento forte de Intercessão. Será na Rua XV de novembro, 3635 – Centro. São Felipe Neri afirma: “O melhor remédio contra a aridez  espiritual consiste em colocarmo-nos como pedintes na presença de Deus e dos santos, e andar, como um pedinte, de um canto para o outro, rogando uma esmola espiritual com a mesma impertinência com que um pobre pede esmola”

Tema: “O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele o meu coração confia, e dele recebo ajuda”. Salmo 28,7.

Data: 11 a 17 de janeiro de 2019
Local do evento: Rua XV de novembro,3635 – Centro – Frente de Missão São José do Rio Preto
Missas: 12h15 e 19h30

Com este Cerco de Jericó damos abertura ao ano celebrativo dos 15 anos da presença da Canção Nova – São José do Rio Preto: 15 anos cantando uma Canção Nova

Queremos a humildade da Virgem Maria, pois só com ela vamos configurar para sempre a constelação do Céu, brilhando com Cristo para sempre

Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!” (Lucas 1,38). 

Hoje, celebramos Nossa Senhora Rainha, aquela que está à direita de Deus, coroada como Rainha do Céu e da Terra. Quem é essa mulher? Quem é essa que avança como aurora? Quem é essa a quem os anjos servem? É Maria, a serva do Senhor!

.:Participe do Aprofundamento ‘Estudo Orante da Bíblia’ com padre Roger Araújo

Deus é aquele que exalta os humilhados e humilha aqueles que se exaltam. Maria, por toda a sua vida, foi uma mulher que se colocou como serva, comportou-se como uma discípula do Senhor Jesus, a filha de Deus Pai que seguiu os passos do Mestre Jesus. Ela é a Mãe do Senhor, a Mãe do Salvador. 

Maria não se deixou engrandecer por nada deste mundo, não deixou que o seu coração fosse tomado pelo orgulho, pelo sentimento de grandeza, pelas exaltações e os louvores humanos. Pelo contrário, ela é a humilde serva do Senhor.

Quando contemplamos a Festa da Coroação de Maria, os méritos dela estão nas suas virtudes e, entre essas virtudes, podemos admirar tantas que brilham no Céu. Eu destaco, hoje, a virtude da humildade. Como a humildade é agradável aos olhos de Deus, pois encanta e faz bem, melhora os relacionamentos humanos, destrói todo o egoísmo e soberba que se apoderam do nosso coração.

Precisamos investir num coração humilde, porque o orgulho se apodera de nós, gera todos os descontentamentos humanos, gera as disputas, as competições, as brigas e rivalidades. O orgulho é o veneno do inferno na vida humana, e a humildade é o remédio de salvação.

Olhamos, hoje, para a bem-aventurada, a sempre Virgem Maria, e queremos aprender dela a sermos humildes. Aquela que nós aplaudimos como Rainha do Céu e da Terra, brilha no meio de nós por toda a excelência de humildade que ela viveu no seu coração. Sempre serva, somente serviu a Deus e não buscou nenhuma ostentação humana.

No mundo onde vivemos, onde é tão importante aparecer, estar à frente dos outros, querer ser melhor – até nas igrejas as pessoas querem brilhar, querem reconhecimento, aplausos, destaque e likes –, o que nós queremos é a humildade da Virgem Maria. É só com ela que vamos configurar para sempre a constelação do Céu, brilhando com Cristo para sempre.

Ó bem-aventurada, sempre Virgem Maria, Rainha do Céu e da Terra, ensine-nos o caminho da humildade.

Deus abençoe você!

A MULHER DE VALOR

Prov 31, 10-31. “A mulher de valor… proporciona sempre alegria… nunca desgosto… trabalha prazerosamente… cinge-se com firmeza… redobra a força de seus braços… Fortaleza e dignidade são seus adornos, ela sorri para o futuro… abre a boca para a sabedoria e uma instrução bondosa está na  sua língua”.

Onde está a mulher de valor? Como se pode alcança-la? A mulher de valor é fruto da conquista de cada momento. É preciso fazer bem todas as coisas e dar sentido a tudo que se realiza. As decisões da vida cotidiana constroem a mulher de valor. Ela vai escolhendo bem em cada momento.

Ela sabe viver o hoje para assim, dar oportunidade a Deus de reconciliá-la com seu passado. Ela vive a simplicidade de cada momento e só assim sabe proporcionar alegria sem nunca dar desgosto. Sua beleza vem desta sabedoria de viver bem o tempo que se chama hoje. A mulher de valor é bondosa porque sabe ser agradecida, fez a experiência de receber mais do que mereceu.

Ah! A mulher virtuosa! Onde a encontrar? Ela está longe de mim! Ela parece o ideal porque na verdade, encontro outra pessoa dentro de mim. Eu a busco com todas as minhas forças, eu desejo. Senhor transforma a mulher velha na mulher nova, dou livre acesso. Eu quero ser a alegria do meu Senhor. Eu quero ser uma mulher de valor. Alegria, louvor, gratidão, acolhimento, disponibilidade, simplicidade, eis as características de uma mulher de valor.

Vera Lúcia Reis

Comunidade Canção Nova

 

 

Quando nos encontramos com Jesus, Ele ressuscita a nossa vida e se torna o grande amor da nossa existência

“Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: ‘Eu vi o Senhor!’, e contou o que Jesus lhe tinha dito” (João 20,18).

Maria Madalena era a discípula amada. A vida dela, o que ela viveu, os amores que ela teve na vida, ficaram para trás porque Jesus tornou-se o grande amor da sua vida. Por isso, ela foi ao encontro d’Ele, com todo amor do seu coração. Maria é a discípula que não deixou o medo falar mais alto do que o seu amor e a sua fé.

Temos, muitas vezes, amor por Jesus e não é pouco. Entretanto, o nosso amor se mistura com os nossos medos, com as nossas confusões, inquietações, preocupações e frustrações. Maria Madalena teve tudo isso, mas o sentimento que norteou o seu coração foi o amor profundo ao Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Alguns, por não conhecerem o amor de Deus da sua forma mais sublime, querem até confundir esse amor de Madalena, querem colocar no coração dela sentimentos que ela não teve. Os sentimentos de Madalena foram os sentimentos de uma mulher que apaixonou-se pelo Evangelho e teve a vida transformada por Ele. Madalena foi uma testemunha digna, fiel e amada; ela teve olhos e coração para ouvir o Ressuscitado falar ao seu coração, por isso ela foi testemunha.

Testemunha é quem vê e experimenta e, Maria Madalena, experimentou o Ressuscitado, ainda quando não tinha morrido, e depois, Ele se manifestou a ela e plenificou tudo aquilo que ela havia experimentado na sua vida.

Permitamos nos encontrar, de fato, com Jesus, permitamos que Ele ressuscite a nossa vida, ressuscite e inflame o nosso coração para que, também, sejamos apaixonados por Ele, para que possamos proclamar que Jesus está vivo.

Maria viu, acreditou e foi contar, testemunhar que Jesus estava vivo. Não anunciamos que Jesus está vivo, paramos nas decepções, nas dificuldades, nas coisas que estão negativas porque, muitas vezes, a nossa experiência com o Ressuscitado não é uma experiência que transforma o nosso coração e os nossos afetos.

Quando nos encontramos com Jesus, Ele ressuscita a nossa vida e se torna o grande amor da nossa existência.

Deus abençoe você!

Pe Roger Araújo

Aprofundamento para jovens com o tema: Como um jovem pode manter a sua vida pura? (Sl 118,9)
Dias: 03 e 04 de Março de 2018
Local: salão da #Catedral São José
Inscrição: R$ 10,00
Presença: Pe Edimilson Lopes da Cunha da @Canção Nova e Canção Nova – São José do Rio Preto
Como um jovem manterá a sua vida pura_ (sl 118,9)
Vamos celebrar juntos neste evento os 3 anos dos Jovens Sarados – Missão São José Do Rio Preto

Como um jovem manterá a sua vida pura_ (sl 118,9)

Padre Jonas e como tudo começou

Eu conheci monsenhor Jonas Abib em 1970, quando participava dos encontros de jovens que ele realizava na Casa de Retiro dos Salesianos, em Campos de Jordão. Depois, ele veio para o Colégio São Joaquim, na cidade de Lorena-SP, em 1971, onde eu morava e, posso dizer que, desde então nunca nos separamos. Em Lorena, ele começou os encontros de Jovens nesse colégio e, nos sábados, à noite, nos reuníamos para celebrar a Missa e para formação. Com a profundidade espiritual do monsenhor Jonas e seu talento para compor e cantar, ele reunia-se com os jovens que trabalhavam nos encontros.

-Padre-Jonas:-Canção-Nova-e-a-história-antes-do-chamado-

Foto: Encontro de jovens promovido pelo padre Jonas, em Areias-SP.

Em 1973, padre Jonas conheceu a Renovação Carismática Católica, em Campinas-SP, com o padre Haroldo Hahn, que a trouxe dos EUA. Renovado no Espírito Santo, pelo Batismo no Espírito, padre Jonas começou a realizar as “Experiências de Oração” na diocese de Lorena-SP e, logo, em outros estados do país. Foi um tempo de graças e de muitos trabalhos. Andávamos por muitos lugares, atendendo os pedidos de muitos.

Com isso, os grupos de oração se multiplicaram em toda a região, e padre Jonas começou, também, o catecumenato em várias cidades da diocese, dando formação aos jovens. Eu pude participar desse trabalho; eram belos encontros de catequese sobre a Igreja, os sacramentos, os mandamentos e a espiritualidade. Com todo esse trabalho, padre Jonas foi formando muitos jovens que, hoje, são adultos atuantes na Igreja.

Leia mais:
::O que fazer para ser membro da Comunidade Canção Nova?
::TV Canção Nova despertando vocações pelo Brasil
::Missionários são chamados para o trabalho evangelizador e social
::O chamado vocacional transcende as fronteiras do país

O começo de toda a obra

Em seguida, padre Jonas conseguiu uma casa na fazenda, em Areias-SP, perto de Cachoeira Paulista-SP, e ali foram realizados dezenas de encontros como: Maranathás, Aprofundamentos e Experiências de Oração com jovens e adultos, que logo se espalharam por muitos lugares. Foram tempos de muitos sacrifícios, porque a estrada para a fazenda era de terra, e no tempo de chuva, muitas vezes, era difícil de lá chegar. A casa não tinha luz elétrica; a água para os banheiros era levada por meio de um velho motor a diesel, que muitas vezes não pegava. Muita gente, de muitas cidades, passou por essa casa abençoada onde a Capela era num pequeno quarto fora da casa. Padre Jonas viajou muito para “pregar” esses encontros em outras cidades.

Em 1978, ele começou a Comunidade Canção Nova, em uma casa em Lorena-SP, com 12 jovens. Em seguida, comprou a pequena Rádio Bandeirantes de Cachoeira Paulista-SP, através da qual pôde e, graças a Deus, ainda pode evangelizar e espalhar o amor de Deus pelo ar. E na atual “Chácara Santa Cruz”, em Cachoeira Paulista-SP, estabeleceu a sede da comunidade Canção Nova. Assim tudo começou!

Hoje na Frente de Missão de São José do Rio Preto, Dom Tomé. celebra missa de ação de graças, ocasião onde os missionários renovam o seu compromisso com Deus no Carisma Canção Nova.

Parabéns Comunidade Canção Nova. Que o Senhor nos faça fiéis.

A Comunidade Canção Nova em parceria com Catedral, realizou no último final de semana o Acampamento de Oração Cura e Libertação, com os pregadores Pe. Fábio Camargos e Ana Lúcia, membros da Canção Nova.

Muitas pessoas de São José do Rio Preto e Região vieram fazer uma experiência pessoal com Jesus e seu Evangelho, crescer na fé e vivenciá-la em sua Comunidade.

Os pais puderam participar com tranquilidade do evento, porque uma Equipe voluntária se dedicou com muito carinho, cuidando da evangelização seus filhos. A Canção Nova agradece a Dom Tomé, ao Padre Deusdet, Equipe de Comunicação da Diocese e todos aqueles que de uma maneira ou outra contribuíram para o bom êxito de deste Evento. 

Mais Informações sobre a Canção Nova e suas atividades:

Comunidade Canção Nova São José do Rio Preto

Rua XV de Novembro, 3635 – Centro

Fone: 17 3233-4600 ( Casa de Evangelização)

Redes Socias:

facebook.com/cnriopreto

Blog: riopreto.cancaonova.com

Instagram: @cnriopreto / @radioriopretocn

Fotos: @samucamolina

Começa dia 04 de agosto, o Cerco de Jericó na Casa de Evangelização Canção Nova em São José do Rio Preto, encerrando com a Santa Missa na Catedral , dia 10 de agosto. Venha apresentar a Deus as suas intenções e rezar conosco esses 7 dias e 6 noites através dessa eficaz oração que é o Rosário diante de Jesus Eucarístico.

Intenções para este Cerco:

* Pelas intenções do Santo Padre;
* Pelo Ano Mariano;
* Pelo nosso bispo e Diocese;
* Pelo Projeto Dai-me Almas;
* Pela Missão Canção Nova em São José do Rio Preto;
* Pelas intenções deixadas na caixinha de oração e aqui no blog, facebook;
* Por nossas intenções particulares;

Venha rezar conosco e traga suas intenções!

 

Informações: 17 3233 4600
* Se você deseja assumir algum horário, por favor entre em contato conosco.

Saiba como surgiu o Cerco de Jericó!
(por Professor Felipe Aquino)

A Comunidade Canção Nova de São José do Rio Preto em unidade com a Catedral de São José, promovem um grande momento de Evangelização para a nossa diocese, o Acampamento de Oração, Cura e Libertação. O evento acontece nos dias 29 e 30 de Julho no salão da Catedral e contará com momentos de pregação, oração, adoração

ao Santíssimo, confissões e Santa Missa, conduzidos pelos missionários da Canção Nova padre Fábio Camargos e Ana Lúcia.

Loja da Canção Nova e a equipe do Clube de Evangelização, que atende os sócios, estarão presentes no evento trazendo muitas novidades oferecidas pela comunidade que neste ano completa 13 anos de missão em nossa diocese. Novidades também na Praça de Alimentação, que além dos salgados, lanches, doces e refrigerantes incluirá no cardápio marmitex no almoço do domingo, tudo com preço acessível.

As inscrições devem ser efetuadas através do telefone 17. 3233-4600 ou Casa de Missão da comunidade localizada na rua XV de Novembro, 3635, no Centro de São José do Rio Preto. A entrada é gratuita e o evento é aberto a toda a comunidade diocesana.

Forme sua caravana, traga sua família, convide seus amigos e venha participar conosco!

 

Evento                                                           
Acampamento de Oração, Cura e Libertação
Dia 29 de Julho, Sábado, das 15h às 21h | Dia 30 de Julho, Domingo, a partir das 8h

Local: Salão Paroquial da Catedral de São José | Rua Siqueira Campos, 3033 – Centro
Fone: 17. 3233-4600 São José do Rio Preto/SP

Participe!

Compartilhe!

Deixe seu comentário!