Um concerto oferecido pelo presidente da república italiana, Giorgio Napolitano, em ocasião do 4° aniversário de pontificado do Papa Bento XVI, foi realizado na tarde desta quinta-feira, 30 de abril, às 17h30 na Sala Paulo IV, no Vaticano. O chefe do Estado, em seu discurso, parabenizou em nome dos italianos e agradeceu ao Pontífice pela recente visita em Abbruzzo e expressou felicitações pela sua viagem a Terra Santa.

As composições musicais foram interpretadas pela Orquestra Sinfônica e o Coro Sinfônico de Milão «Giuseppe Verdi», dirigidos respectivamente pelas maestrias Xian Zhang e Erina Gambarini.

O Pontífice escutou a «Sinfonia número 95» de Franz Joseph Haydn, o «Magnificat em sol menor» de Antonio Vivaldi; o famoso «Ave Verum Corpus», de Mozart.

Como grande admirador de Mozart, Bento XVI disse no discurso de agradecimento que «a meditação dá lugar à contemplação: o olhar da alma se detém sobre o Santíssimo Sacramento para reconhecer o Corpo do Senhor, o Corpo que foi verdadeiramente imolado na cruz e do qual surgiu o manancial da salvação universal».

«Mozart compôs este motete pouco antes de morrer,concluiu o Papa, e nele se pode dizer que a música se converte verdadeiramente em oração, abandono do coração a Deus, com um sentido profundo de paz», Bento XVI agradeceu ao presidente napolitano por esta homenagem, e pediu aos presentes: «Lembrai-vos de mim em vossas orações, para que eu possa cumprir sempre com meu ministério como quer o Senhor».

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *