Hoje dia 16, foi o ultimo dia deste Encontro Internacional de Padres para o encerramento do ano Sacerdotal.

Un dia sem duvida especial, dia do Sagrado Coração de Jesus, a Igreja viveu um momento único, a maior concelebração Eucaristica da história de Roma.

Mais de 15 mil sacerdotes do mundo inteiro estiveram presentes na Praça de São Pedro, esta sexta feira, para celebrar os 150 anos de morte do santo Cura d’Ars, João Maria Vianney. Bento XVI, celebrou usando o calice de Cura D’Ars conservado hoje na paroquia de Ars (França).

A cerimonia iniciou com a aspersão de agua benta como acto penitencial de purificação. Onde do Coração de Jesus emana o sangue e a agua para o mundo.

Durante a sua homilia Bento XVI, fala de como neste ano sacerdotal, aparecem escandalos de pedofilia,e  estes devem ser vistos como uma purificação. Pede perdão para Deus e para os homens, e promete fazer o possivel afim de que tais abusos não aconteçam nunca mais. Promete que na admissão do ministerio sacerdotal e na formação durante o caminho de preparação para o sacerdocio, farão o possivel para avaliar a autentecidade da vocação.

Bento XVI fala-nos do Bom Pastor, que cuida, que guia, em meio aos vales tenebrosos do desencorajamento, das provações, Deus conhece e cuida da sua ovelha.

Apos a homilia, os sacerdotes do mundo inteiro, junto com o seu pastor, renovaram as promessas sacerdotais, momento de especial emoção entre os presentes.

A manhã findou com um momento de renovação do ato de consagração dos sacerdotes ao Imaculado Coração De Maria, Rainha dos Apostolos, Mãe dos sacerdotes.

O santo padre despediu-se nas varias linguas enviando a cada um para o seu campo de missão.

1 comentário

  1. Clarissa Oliveira

    Bom dia,
    Alex nossas fotos sao todas postadas no Flickr da CN, em uma coleção chamada Roma segue link: http://www.flickr.com/photos/cancaonova/collections/72157612277332157/
    Paz e Bem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *