Depressão e Alimentação

DEPRESSÃO E ALIMENTAÇÃO DR. ROQUE SAVIOLI

 

 

 

 

 

 

 

A depressão afeta ao redor de 121 milhões de pessoas em todo o mundo e pouco se sabe sobre o papel da dieta no desenvolvimento dos sintomas depressivos. Existem estudos sugerindo  que o óleo de oliva, vitaminas do complexo B e ômega 3 podem exercer um papel preventivo na ocorrência dos sintomas dessa doenças.

Sabe-se que os ácidos graxos insaturados ( trans)  tem papel importante na gênese dessa moléstia, tendo sido demonstrado que a ingestão frequente de alimentos processados e industrializados tais como :hamburgers, pizzas, hot dogs e molhos ,  donuts, croissants e muffins está intimamente relacionada  a ocorrência de depressão.

Dessa forma, é bom saber dos efeitos nocivos desse tipo de alimentação, denominado “Junk Food “  ( comida lixo) que pode ser um fator preditor de várias doenças como as cardiovasculares e também a depressão.

3 Comentários

  1. Tenho alergia alimentar, e com a dieta meu pânico, e minha depressão melhorou significativamente.

  2. Bom saber, assim vou continuar com minhas saladinhas noturnas com queijo e frios, são gostosas e faz bem, e muita fé em Deus, combinação perfeita para saúde..

  3. Michele Matos

    Desde os 18 anos sofro de depressão mas muitos acham que quero é me aparecer ou chamar atenção do meu esposo só que vi sua palestra na canção nova e isso começou abrir meus olhos e o dele se poder nos ajudar em oração agradeço!!

Deixe uma resposta para Tamara Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *