Na Bíblia Sagrada são varias as situações de medo, desde a primeira ,citada em Gênesis 3,8  quando Adão e Eva esconderam-se de Deus em um arbusto pois estavam amedrontados por terem desobedecido as leis do Senhor. Porque eles estavam com medo? Porque sabiam que tinham descumprido uma ordem do Senhor. Isso quase sempre acontece no nosso quotidiano quando após uma situação de pecado ficamos com medo das conseqüências. É uma relação sexual não permitida que pode gerar um filho, pequenos roubos em uma casa de família , uma mentira que dá medo de descobrirem e assim vai. Na verdade o medo, nesses casos, é uma reação punitiva do nosso inconsciente contra um ação pecaminosa do consciente.

Um outra situação descrita foi quando Jose soube da gravidez de Maria, fica perplexo, tem medo de abandona-la e ter que sofrer as penas da lei, mas por outro lado, como aceitar uma situação dessa? Naquela noite, no seu sonho aparece-lhe um anjo que lhe diz:

“ Jose, filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, pois nela foi o que vem foi gerado pelo Espírito Santo”

NÃO TEMAS

Às vezes, o medo nos paralisa e nos impede de continuar o nosso dia a dia. É comum nas situações de grande medo, ficarmos paralisados de medo e não conseguirmos nos afastar de um agente agressor. Nessa situação, o medo que era uma arma defesa para nos, se torna prejudicial , pois nos impossibilita de defesa.

Confira aqui em breve a parte 2 deste artigo.

E saiba mais sobre este assunto, adquirindo o livro NÃO ENTRE EM PÂNICO.

Adquira e ajude a Canção Nova a evangelizar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *