Quem é Jonas Abib?

“Um pobre homem, mas grande em Deus, realmente um pobre homem, mas graças a Deus, grande e rico em Deus”

Eu nasci em Elias Fausto, uma cidade pequena, mas, com dois anos de idade fui para São Paulo (SP). Tenho quatro irmãs e um irmão. A melhor “construção” do meu pai sou eu e meus irmãos. Fui à capital paulista porque quase perdi a visão, e seria necessário uma cirurgia. Meu avô emprestou dinheiro ao meu pai para que fosse possível fazê-la. Meu pai trabalhava como pedreiro para que pudesse ter uma renda maior mensalmente e pagar os “olhos” do menino.

Todos dizem que tenho os olhos muito expressivos. Eu devo esses olhos, em primeiro lugar a Deus, e a honradez do meu pai. Papai teve que “dar um duro” como pedreiro para ganhar a vida.

 No meu tempo de menino eu juntava lata, vidro e vendia no ferro velho. Como meu pai dava um duro, eu não achava justo gastar o dinheiro dele. Então, ia ganhar meu dinheiro.

De 1940 a 1942, minha família morou na periferia de São Paulo. Fiz escola profissional em artes gráficas e estava aprendendo uma profissão. Estudei artes gráficas na Escola Profissional dos Salesianos. Depois fui para o seminário.

Fonte: https://padrejonas.cancaonova.com/