“Todo ramo em mim que não produz fruto ele o corta, e todo o que produz fruto ele o poda, para que produza mais fruto ainda” (João 15,2). Um versículo tão curto, e que nos convida a amadurecer ao longo da vida.

 

Este amadurecimento se realiza quando nos deixamos podar, pois, ninguém deseja ser cortado. O fruto é a santidade de uma vida fiel aos mandamentos, especialmente ao do amor. Achei interessante o significado da palavra amadurecer, pois, nos faz pensar, e o que chama a atenção é que o próprio significado da palavra amadurecer nos convida a melhorar como pessoa.  

 

  1. Tomar jeito – Melhorar comportamento, melhorar atitudes;
  2. Virar gente – Tornar-se adulto, amadurecer;
  3. Aperfeiçoar, aprimorar, aparar, burilar, limar, tornear; desenvolver, crescer

 

 

Assim que acontece a poda em algum aspecto da nossa vida, ao invés de brigar e se enfurecer, é preciso respirar fundo e aproveitar este momento para amadurecer, não é fácil, mas é possível. Sim, ao longo da nossa vida as oportunidades de amadurecimento vão surgir, e quando surgir, precisamos aproveitar para melhorar. Na verdade, viver desse jeito é viver uma vida de santidade. Lembro-me das palavras que o Pe. Jonas Abib disse para a Carla em 27/12/97, no dia do nosso casamento: “o Cleto é uma pedra preciosa, mas que precisa ser lapidado, melhorado“.

 

 

Então, se desejamos ser pessoas melhores, é essencial viver os mandamentos de Deus, afinal, a fidelidade aos mandamentos nos faz amadurecer, e neste processo de amadurecimento vamos produzindo fruto de santidade na vida dos outros por meio da melhoria que vai acontecendo com a gente.  

 

Durante o nosso tempo de existência, todos nós estamos sujeitos a errar ou acertar

 

 

Mas na verdade, no coração do ser humano existe o desejo de acertar, e quando erra quer melhorar, enfim, a vida é assim, e isso acontece nos vários aspectos da vida. O que fazer para errar menos? Consultar a consciência ao deitar-se, quando colocamos a cabeça no travesseiro é um bom momento para refletir sobre as decisões que vamos tomar no dia seguinte. Antes de fazer, melhorar o seu pensar.

 

 

E, além de consultar a consciência, dois pontos são importantíssimos: aconselhar-se com alguém e rezar. É tão bom escutar uma pessoa que traz na bagagem a experiência da vida, pois, uma orientação de alguém mais experiente acrescenta muito, afinal, são informações com base em experiências. Claro, rezar é essencial, pois, a oração nos ajuda a discernir, e um dos frutos da oração é a paz no coração para tomar uma decisão.  

 

Não podemos viver no automático. Portanto, refletir duas, três, ou dez vezes antes de agir ou tomar uma decisão é melhorar o nosso pensar sobre um assunto. Aprendi com meus pais que antes de comprar algo é bom fazer três a quatro orçamentos, e este exemplo, podemos considerar para vários assuntos do dia a dia. A quantidade de vezes que meditamos nos ajuda a conceber melhor cada detalhe, portanto, é importante imaginar e medir as consequências, assim, podemos avaliar antes de fazer.

 

 

Pensar significa arquitetar, então, é fundamental observar se a ideia que começa a se formar na sua cabeça e no seu coração tem finalidade para o mal ou para o bem, vai fazer bem para você e para o próximo?

Um dos significados da palavra pensar é planejar, então, antes de fazer é preciso traçar o esboço do que está sendo projetado, e não ir fazendo. Para construir uma obra, uma casa, um prédio; arquitetura e engenharia avaliam cada detalhe antes de fazer, assim, contemplam melhor o projeto. O maior projeto que Deus pensou é o ser humano, portanto, pensar no jeito que você quer viver e no jeito que quer reconstruir a sua vida necessita um olhar de atenção. Sim, olhar para a sua vida como o maior projeto significa escolher viver por meio do bem.

 

 

Melhorar o seu pensar para acertar mais!

 

Melhorar a sua vida interior é o grande desejo de Jesus Cristo, essa transformação o homem e a mulher precisam desejar, muito mais do que qualquer coisa.

 

 

Quando falamos de melhorar, várias situações podemos pensar, por exemplo: melhorar a aparência, melhorar em conhecimento, etc…; mas, melhorar a vida interior de cada pessoa é a especialidade do Bom Pastor. Sim, essa é a grande revolução que o ser humano deve querer: a revolução de dentro para fora, a transformação interior.

 

 

Reconhecer que necessitamos de melhorias no nosso interior é um bom ponto de partida…

 

“Deus é luz e nele não há trevas. Se dissermos que estamos em comunhão com ele, mas caminhamos nas trevas, estamos mentindo e não praticamos a verdade. Mas, se caminhamos na luz, como ele está na luz, então estamos em comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, seu Filho, nos purifica de todo pecado. Se dissermos que não temos pecado, estamos enganando a nós mesmos, e a verdade não está em nós. Se reconhecemos nossos pecados, então Deus se mostra fiel e justo, para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça” (1João 1,5-9).

 

Um dos significados da palavra melhorar é purificar. Então, assim que erramos, ou tivemos uma queda, ao invés de nos entregarmos aos prazeres e aos vícios, e ficarmos atolados na lama do pecado, e consequentemente sufocados interiormente pelo sentimento de culpa; precisamos rapidamente melhorar. Sim, é isto que Jesus quer a todo instante: purificar a sua vida interior de todo pecado e purificar a sua vida interior de toda culpa. Afinal, só Jesus para iluminar a escuridão que em muitos momentos se encontra a nossa vida interior.

 

Jesus quer:

  • Aliviar o seu interior de todo peso de pecado e de culpa que você carrega. Enfim, essa melhoria acontece por meio de uma boa confissão, portanto, busque este Sacramento com o coração arrependido;
  • Tornar você melhor de dentro para fora, e a partir dessa conversão, melhorar uma nação;

 

 

Claro, quando falamos de melhorar, podemos pensar: melhorar o estado de saúde, melhorar a situação financeira, etc…; mas, reorganizar a vida interior de cada pessoa é a especialidade do Bom Pastor. Sim, Jesus quer endireitar o ser humano, fazendo a pessoa sair de uma situação moralmente lamentável. Sim, Jesus nos observa com um olhar digno de compaixão e deseja mudar completamente a nossa vida interior.

“Felizes os puros no coração, porque verão a Deus” (Mateus 5,8). “Do Senhor é a terra com o que ela contém, o universo e os que nele habitam. Pois foi ele que a estabeleceu sobre os mares e firmou-a sobre os rios. Quem vai subir o monte do Senhor, quem vai ficar no seu santuário? Quem tem mãos inocentes e coração puro, quem não corre atrás de vaidades, quem não jura para enganar seu próximo. Este alcançará do Senhor a benção, e justiça de Deus seu salvador. É esta a gente que o procura, que procura a face do Deus de Jacó” (Salmo 24, 1-6).

 

Meu Deus, 20 anos – passou rápido e quanto aprendizado!

 

Quantas lutas, quantas vitórias, quantas alegrias… Com certeza foram muitos tijolos colocados na construção deste casamento. E conforme os dias vão passando, temos consciência de que precisamos estar atentos a estes três verbos: aprender, fortalecer e agradecer. Pois, a própria vida mostra que devemos aprender sempre, e este aprendizado contribui para fortalecer, mas, acima de qualquer coisa, agradecer a Deus por tudo, porque é a graça de Deus que fortalece o nosso casamento, e nos faz seguir em frente…

 

 

Claro, chegar até aqui, necessitou do nosso empenho e desejo de acertar, afinal, Deus conta com a nossa parte, mas, não podemos achar que é somente o mérito humano. Sim, a graça de Deus nos superou em muito. Nestes 20 anos de casados, chegamos a uma conclusão: estamos aprendendo. E, com toda simplicidade dizemos, “ainda estamos aprendendo”, mas, muito mais fortalecidos na oração, na convivência, no diálogo, na compreensão, na vida sexual e nos filhos. Este aprendizado tem nos mostrado que é possível um casamento fortalecido.

 

 

Harmonizar a vida matrimonial ao longo dos dias é um caminho de santidade…

 

 

Aprender que o verbo harmonizar é um tijolo essencial na construção do casamento as vezes leva tempo, talvez por causa da nossa cabeça dura. Uma coisa é aprender, outra é colocar em prática na vida a dois. Quando entendemos que trilhar o caminho da harmonização nos faz pessoas melhores, isso dá uma ganho na vida pessoal, no casamento e na família. De que adianta o casal saber tantas coisas, se não tem harmonia nas escolhas e decisões?  

 

Em todos os aspectos da vida, marido e mulher, precisam sempre lembrar do significado da palavra harmonizar:

  • Estar de acordo, aceitar o que foi acordado;
  • Pacificação, reconciliação, ajuste, compromisso;
  • Fazer as pazes, ficar de bem, afinar a viola;
  • Apaziguar uma situação conflituosa;
  • Beijo de paz;

 

 

 

 

 

 

É possível

um casamento

fortalecido!

 

Não se deixe vencer pelo desânimo!

 

 

O dia a dia do ser humano é assim… Tem dias que estamos animados, e tem dias que estamos desanimados. O que não podemos deixar acontecer é o desânimo vencer, portanto, os acontecimentos que fogem do nosso controle não podem nos fazer pessoas desanimadas e tristes. Claro, desanimar e se entristecer é normal, mas, é preciso reagir e recomeçar. Sim, superar os momentos em que o desânimo quer nos derrubar precisa ser decisão diária. Então, ao invés de desanimados, que sejamos bem-aventurados. E Maria, a mãe de Jesus, é um bom exemplo de superação.

 

 

“Naqueles dias, Maria partiu para a região montanhosa, dirigindo-se, apressadamente, a uma cidade da Judeia. Entrou na casa de Zacarias e cumprimentou Isabel. Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança pulou no seu ventre e Isabel ficou cheia do Espírito Santo. Com um grande grito, exclamou: Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre! Como posso merecer que a mãe do meu Senhor me venha visitar? Logo que a tua saudação chegou aos meus ouvidos, a criança pulou de alegria no meu ventre. Bem-aventurada aquela que acreditou, porque será cumprido o que o Senhor lhe prometeu” (Lucas 1, 39-45).

 

Não temos ideia de como estava o quadro existencial de Isabel, mas, Maria partiu e se dirigiu apressadamente para estar com ela. Não sabemos se Isabel estava animada ou desanimada, alegre ou triste, enfim, a presença de Maria gerou alegria na vida da sua prima. É isso que Maria quer fazer agora, se dirigir às nossas casas, para que sejamos cheios do Espírito Santo, e que no interior de cada pessoa possa brotar a alegria que vem de Deus. Nós temos duas opções na vida: viver na alegria ou viver na tristeza?  

 

 

O que fazer para viver na alegria? Ter a palavra alegria escrita num projeto de vida, em outras palavras, precisamos persistir em querer viver numa alegria constante, isso se torna meta, portanto, os acontecimentos não podem mudar a minha meta. A alegria constante é uma meta desafiadora, e nos chama a permanecer neste propósito de vida. Ninguém coloca como meta viver na tristeza, então, mesmo que os acontecimentos tenha tudo para nos fazer pessoas desanimadas e tristes, precisamos olhar para a meta porque a alegria gera paz na vida da gente.

 

 

Essa citação bíblica traz o relato de duas mulheres importantes na nossa história de salvação: Isabel a mãe de João Batista e Maria a mãe de Jesus Cristo. Afinal, a nossa história de salvação nos aponta para uma eternidade muito feliz com Deus.

 

Em meio as tristezas da vida, precisamos ser sementes de alegria!