Domingo da Misericórdia

 

“Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: A paz esteja convosco! Dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-se ao ver o Senhor. Disse-lhes outra vez: A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós.Depois dessas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: Recebei o Espírito Santo. Àqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados; àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos.” (Jo 20,19-23).

Tomé não estava lá, por isso, ele não acreditou. Podemos nos colocar no lugar de Tomé, pois, por muitas vezes, não acreditamos que o Senhor seja capaz de realizar os milagres em nossas vidas.

Hoje é um dia de muitas graças! Domingo da Misericórdia, o Sangue de Jesus que nos lava, nos purifica, nos redime, nos salva; hoje, esse Sangue Misericordioso, quer fazer tudo isso em nós. Que sejamos, neste dia, inundados pela Misericórdia do Senhor.

 

Cenáculo, lugar da Ceia, do Lava-pés, lugar que Jesus apareceu aos discípulos