Sobre 3 pontos a Igreja Católica nunca vai abrir mão:

  1. A defesa da vida humana desde a concepção até a morte natural
  2. A manutenção do matrimônio formado por um homem e uma mulher
  3. O direito dos pais cristãos de educarem os  filhos segundo os próprios valores

Muito bem, quero falar sobre o direito nº 3, e que está sendo colocado em jogo  pela  famigerada “Lei da palmada”, que é o mais escancarado desrespeito do governo aos direitos individuais do cidadão e da liberdade dos pais em educarem seus filhos.

Se essa lei for sancionada estará inaugurado no Brasil o processo de tomada da guarda dos filhos pelo Estado, como já acontece, por exemplo, na Alemanha onde pais cristãos já foram, aos montes, condenados à prisão por não permitirem que seus filhos participassem de aulas sobre ”Educação sexual” do Governo. Já escrevi sobre isso; Veja matéria.

O problema quando se discute sobre essa lei é que sempre tem aqueles que não fazem a leitura de todo o contexto do que envolve o assunto e começam a confundir palmada com espancamento, cuja  punição já é prevista no Código Penal Brasileiro e precisa ser cada vez mais cumprida, totalmente diferente é a palmada. Continue Lendo…

É  o seguinte, vou ser bem rápido e objetivo.

Existe um movimento midiático e ideológico contra a liberdade de expressão sobre todos que se posicionam a favor dos valores cristãos, o deputado Marcos Feliciano é só um exemplo dessa perseguição que merece o repúdio de todos. Se hoje inventam, perseguem, ultrajam e escarnecem de um homem por defender o bom senso e a constituição o que não se espera, num futuro próximo, para aqueles que abertamente levam o Evangelho de Jesus Cristo.

Fica bem claro no vídeo a covarde distorção da realidade.

Penso que não preciso ficar dizendo que não concordo com a linha teológica de Marco Feliciano, blá,blá,blá…mas é uma questão de justiça,de perseguição religiosa, liberdade de opinião, enfim, de desrespeito à constituição, só isso.

Assista.

Manual de Bioética que será distribuído na Jornada Mundial da Juventude

As viagens papais sempre são precedidas por uma série de polêmicas levantadas pela mídia local, a fim de jogar terra na visita do Santo Padre. A bola da vez é a distribuição de cerca de dois milhões de exemplares do “Manual de Bioética para Jovens” para o público da Jornada Mundial da Juventude, no próximo mês de julho, no Rio de Janeiro. A iniciativa é da Comissão para a Vida e Família da CNBB e pretende, como diz o documento, “corrigir um ensino, por vezes, desvirtuado nos manuais escolares” acerca de temas como aborto, eutanásia e métodos contraceptivos. Para os “especialistas” ouvidos pela mídia, o manual seria um “desserviço” aos jovens, pois “não lhes dá o direito a uma informação técnica sem valores religiosos”. Continue Lendo…

O artigo que você vai ler abaixo se transformou, nestes últimos dias, no ícone do sentimento do jovem católico frente a renúncia do Papa. Alcançou uma repercussão enorme e rendeu milhares de acessos. Foi escrito por um jovem católico de 23 anos e traduzido do espanhol por Padre Paulo Ricardo.

.

A verdadeira causa da renúncia do Papa

Tenho 23 anos e ainda não entendo muitas coisas. E há muitas coisas que não se podem entender às 8 da manhã quando te dirigem a palavra para dizer com a maior simplicidade: “Daniel, o papa se demitiu”. E eu de supetão respondi: “Demitiu?” A resposta era mais do que óbvia, “Quer dizer que renunciou, Daniel, o Papa renunciou!”

O Papa renunciou. Assim irão acordar inúmeros jornais da manhã, assim começará o dia para a maioria. Assim, de um instante para o outro, uns quantos perderão a fé e outros muitos fortalecerão a sua. Continue lendo…

Eu fiquei impressionado com a clareza das palavras de Padre Paulo, ele que conseguiu deixar muito claro a situação em que o Brasil se encontra em relação a implantação do aborto, a gravidade do fato, a omissão dos Católicos, traçando uma visão geral sobre a origem da ideologia anti-vida.

Veja o Vídeo: http://padrepauloricardo.org/episodios/a-vida-em-risco


O Sagrado e as marchas

Dom Antônio Augusto – Bispo Auxiliar do Rio de Janeiro

O respeito ao sagrado encontra-se presente ao longo de toda a história da humanidade, em todas as civilizações e culturas, e, ao ser reconhecido esse espaço divino na vida dos povos, é possível estabelecer as condições para que os lugares, as pessoas e os objetos sacros sejam realmente valorizados e protegidos.

Infelizmente, nos últimos anos, o Brasil tem presenciado, com surpresa e, às vezes, com justa indignação, uma série de ataques verbais e até mesmo físicos à Igreja Católica. Continue lendo…

Claro que as abortistas de plantão não iriam perder a oportunidade de colocar a culpa na Igreja Católica pelas suas frustrações pessoais.

A “Marcha das vadias” nomenclatura escolhida por elas mesmas, percorreu as ruas do Rio de Janeiro-RJ, sábado(26), reclamando o direito de matar seus próprios filhos. Aos berros e não satisfeitas com o vexame público, decidiram invadir a Missa das crianças que acontecia na Matriz de Nossa Senhora de Copacabana.

O grupo foi impedido pela polícia e por alguns paroquianos de avançar para dentro da Igreja mas antes agrediram uma senhora de idade que saiu com a mão sangrando.

Mas não se escandalize achando que o mundo está perdido e que o mau tomou conta, isso não é verdade, o que de fato acontece é que os bons são uma maioria tímida e muitas vezes covarde enquando os idiotas(no sentido mais etimológico da palavra) são minorias barulhentas.

“A audácia dos maus se alimenta da covardia e da omissão dos bons” Papa LeãoXIII

WASHINGTON DC, 21 Mai. 12 / 09:23 pm (ACI/EWTN Noticias)

43 organizações católicas dos Estados Unidos processaram a administração do governo do presidente norte-americano Barack Obama em rechaço ao mandato que obrigaria estas instituições, a partir de agosto de 2013, a comprar planos de saúde que cobrem a anticoncepção, fármacos abortivos, e outros métodos anti-vida.

Os julgamentos assinalam basicamente que o mandato federal estabelecido pela secretária de Saúde e Serviços Humanos, Kathleen Sebelius, –católica que em seu estado de Kansas foi proibida pelo Arcebispo de comungar– viola a liberdade religiosa. Continue lendo…

Existe um programa na MTV que se chama “PC na TV”, onde o apresentador conhecido como PC Siqueira comenta vários acontecimentos enquanto mostra num telão vídeos ou fotos relacionados ao assunto.

Acontece que ao comentar o episódio de uma igreja Católica pichada com a frase: “Deus é gay, pequenas igrejas grandes negócios”,  ele incentivou as pessoas a repetirem o ato e disse mais:

“Toda vez que uma igreja for pichada com palavras de controvérsia, o “PC na TV” vai dar notícia. (…) De repente, a gente pode, sei lá, fazer um quadro, tipo “Igreja pichada do dia”, com as frases mais geniais”

O Apresentador PC Siqueira disse também: “Acho fantástica a manifestação”

Assita o vídeo:

É indispensável comentar que o pichador foi completamente incompetente. Pra começar erra a palavra “pequenas” tendo que corrigir por cima, deixa a palavra “negócio” sem acento, atribuiu à Igreja Católica o título de pequena Igreja, além de conferir a Deus um atributo impossível.

Mas o que me deixou surpreso mesmo foi o comentário do tal apresentador de TV, que eu supunha ser um pouco mais esperto que o tal pichador, mas nesse caso revelou não ser.
Ele assim demonstra o perfil da Emissora  MTV e seus intentos.

Ah, já ia esquecendo: a emissora assim comente crime, pois incentivou o vilipêndio religioso e o vandalismo. Apologia ao crime.


Pois é, após provocar uma série de manifestações dos Católicos por um ensaio fotográfico sensual feito dentro de uma Igreja, agora a marca brasileira de calçados “Melissa”, censura os comentários de protestos no vídeo.

Enquanto todos esperavam uma retratação e a retirada do vídeo, a “Melissa” fez o contrário, privou o público de se manifestar contra o vilipêndio religioso produzido por ela ao fazer um ensáio fotográfico sensual sobre o altar da Igreja, ao lado de imagens sagradas,crucifixo, sobre genuflexório e simulando uma Virgem Maria sensual. Continue lendo…