Eu deixava tudo para estar no PHN

O PHN sempre será para mim, um voltar na minha história vocacional, testemunha missionária.

Meu nome é Bianca de Senne Perez, tenho 28 anos, sou natural de Campos do Jordão/SP  e estou na Comunidade Canção Nova, há quatro anos. O Acampamento PHN sempre me seduziu e me conquistou. Ele é para mim um momento de escutar a Deus, de rezar, de contemplar a alegria de ser jovem, e como ser uma jovem que busca viver a santidade em Deus. Eu deixava tudo para estar no PHN:  trabalho, faculdade, juntava um dinheirinho e vinha para Cachoeira Paulista/SP, pois eu queria sentir a presença de Deus, a ação do Espírito Santo em mim e depois em minha família.

O PHN e toda a sua essência aconteceu em minha vida no tempo em que eu estava rezando, colhendo de Deus o que Ele queria para a minha vida. Já existia o chamado vocacional, onde Jesus em oração me dizia: “Eu te amo tanto, que te quero como consagrada”. Mas eu não estava preparada e também não sabia onde e/ou qual Comunidade seria para responder a esse chamado de Deus.

Existia em mim a sede em ser de Deus e me doar pela Missão

Foi então no Acampamento PHN “Amigos para voltar amar” em 2012, que eu vim com essa inquietação em meu interior. Jesus continuava a falar, quanto mais eu rezava, mais Ele confirmava e não tinha mais como fugir. Eu sentia que tudo que eu fazia era pouco e não me preenchia, percebi que no meu coração, na minha alma, existia a sede em ser de Deus, em me doar pela Missão, pela evangelização e de corresponder a esse chamado. 

Naquele PHN, logo na Missa de abertura, o Padre Roger Luis proclamou que também seria um PHN sobre vocações e que Deus iria responder a pessoas que traziam muitas inquietações dentro de si. Tomei posse dessa proclamação para mim e assim Deus fez comigo.

 

Arquivo Pessoal: Bianca de Senne Perez 

“Senhor, tu sabes tudo, tu sabes que eu te amo.”

Eu fui vivendo esse PHN, colhendo de Deus e me abrindo a corresponder a vocação para a qual Jesus estava me chamando. Durante o Acampamento eu vivi a experiência de ser atendida por uma pessoa e eu partilhava com ela sobre essa minha inquietação e ela me respondeu assim: “se você for chamada a Canção Nova, leia o livro do Pe. Jonas Abib, Canção Nova uma obra de Deus e se você se identificar com o livro é porque existe o chamado.”.  Assim eu fiz, comprei o livro e diante do Santíssimo na Capela Sagrada Família, eu comecei a ler o livro e meu coração foi vibrando e eu me percebi atraída e impulsionada a escrever a carta para o vocacional pedindo para iniciar o caminho vocacional.

Aquela jovem que tinha vindo para o PHN com dúvidas, inquietações, temerosa em corresponder a Jesus, saiu do mesmo Acampamento, diferente, desejando responder a Jesus, a discernir a vocação. E assim como Pedro dizer a Jesus: “Senhor, tu sabes tudo, tu sabes que eu te amo.” (Jo 21:17b)

Mais testemunhos:

:: Ele me disse que cuidaria da minha família e ficaria em meu lugar

:: Deus é capaz de “fazer novas todas as coisas”

:: E se a Canção Nova for o lugar que Deus tem pra você?

Respondendo ao Chamado

A minha experiência com o Acampamento PHN foi essa:  me lançar para responder ao chamado de Jesus. Quando enviei a carta para o vocacional em Agosto de 2012 em um pós PHN, não sabia onde Deus iria me levar. Em 2013, comecei o caminho vocacional. Em 2015 entrei para a Comunidade Canção Nova. E hoje sou uma consagrada, missionária, vivendo o meu Juniorato.

O PHN sempre será para mim, um voltar na minha história vocacional e contemplar a promessa de Deus se cumprindo. E poder perceber o quanto Jesus me seduziu e me venceu para no dia a dia, dizer o sim, que Ele colocou no meu  coração.

A você, eu pergunto: Já pensou se você for Canção Nova? Deixo e repito o que o Monsenhor Jonas sempre diz: “Só é feliz quem realiza a sua vocação”

Deus lhe abençoe

 

Bianca de Senne Perez

Comunidade Canção Nova